A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
Artigo Teste Palitos

Pré-visualização | Página 1 de 1

TESTE PALITOS DE PICOLÉ DE MADEIRA
FACULDADE DA SERRA GAÚCHA
MECÂNICA DOS SÓLIDOS II
Prof.º: Carlos Rodrigo Pinheiro David, MSc.
Teste tração palitos de picolé de madeira
Vinicius Adriano Schio, Vinícius André Pfeifer.
	viniciusaschio@gmail.com; vinicius.pfeifer@gmail.com
RESUMO
A partir dos conhecimentos obtidos nas aulas da disciplina de Mecânica dos Sólidos II, em adição a cálculos, explanamos neste artigo os testes realizados com um único elemento e dois ou mais unidos.
Palavras-chave: Carga; União; Teste.
1. Introdução
Este estudo teve por finalidade desenvolver teste de resistência a certa força resultante aplicada, utilizando palitos de picolé de três maneiras: um único palito de picolé sendo assim, simples, 2 palitos de picolé colados, desta forma, duplo, e três palitos colados, consequentemente, triplo.
2. Introdução de Força
A força é tração ou compressão aplicada a um objeto. Uma força sempre tem magnitude e direção. Quando um caminhão atravessa uma ponte, ele exerce uma força sobre a ponte. A magnitude da força é o peso do caminhãoe a direção da força é para baixo. Matematicamente, a força é representada como um vetor. Por definição, um vetor é uma quantidade que tem tanto magnitude quanto direção. Para mostrar uma força sobre uma imagem ou diagrama esta é representada com uma seta (que mostra a direção) e uma amplitude (em unidades de força, como libras ou newtons), conforme segue:
Componentes das forças internas: 
Quando se aplica cargas externas a uma estrutura reações externas ocorrem nos apoios. No entanto, forças internas também são desenvolvidas dentro de cada membro estrutural. 
Em um palito, estes membros internos de forças serão sempre tração ou compressão. Um membro de tração está sendo esticado, tal como o elástico, a força de tração tende a tornar o corpo mais longo.
Um membro de compressão está sendo achatado, como um bloco de espuma, força de compressão torna um membro mais curto.
3. Como Foram Realizados os Testes
O ensaio de tração nos corpos de prova foi realizado utilizando o equipamento EMIC linha DL, localizado no campus sede do centro universitário da Serra Gaúcha (FSG). Com o auxilio de garras auto travantes por efeito de alavanca na lateral do mesmo para prender os palitos de picolé, conforme anexo 01. 
Foi realizado ensaio de tração nos palitos de picolé de três maneiras diferentes, com o palito simples, com dois palitos colados e com três palitos colados.
Primeiramente foi realizado cinco amostragens de tração com um único palito de picolé. Conforme anexo 02.
Após foi executado quatro amostragens com dois palitos de picolés colados um ao outro. Conforme anexo 03.
Por último foi exercido quatro amostragens com três palitos de picolés calado um ao outro. Conforme anexo 04.
4. Material e Método
Foram utilizados, para teste, os palitos de picolé de madeira e cola branca para madeira, além de ferramentas para auxílio da colagem, prendedor de roupa para comprimir os palitos com a cola e lixas para o acabamento. 
Devido a não uniformidade dos palitos, foram realizadas algumas medições por meio de um paquímetro a fim de se determinar as características básicas dos materiais. 
As dimensões dos palitos são 105 mm de comprimento, 2 mm de espessura, 10,5 mm de largura. Diante dessa grande variação entre os palitos, foi realizada uma minuciosa seleção de palitos com medidas bem próximas, a fim de excluir palitos quebrados, frágeis ou muito deformados que foram encontrados no pacote. 
Feita essa seleção, o processo baseou-se no estudo da resistência do material, com aplicação das forças na sua base horizontal.
5. Resultados e Discussão
 Quanto a resistência dos palitos de madeira:
 - A média da resistência à tração do palito simples foi de 1200 N, palito duplo 1072,5 N, e palito triplo 1516,5 N.
Apesar de um processo aparentemente simples, agrega uma gama de conhecimentos, visando necessitar de um estudo detalhado das propriedades do material (no caso, madeira). Exige atenção para a deformação com a variação da temperatura, a verificação do material de união, dadas suas propriedades e custos, e também o tipo de ambiente, e que aspectos relevantes são incluídos para verificação dos testes.
6. Considerações Finais
Os testes contaram com algumas variações devido a não uniformidade dos palitos e a forma com que foram fixados considerando a cola, elemento no qual está baseada a união de dois ou mais palitos.
Assim podem ocorrer resultados inesperados devido ao fator da colagem e também da uniformidade dos palitos. 
.
7. Referências
HIBBELER, R.C. Resistência dos materiais. 7.ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2010.
BEER, F, e RUSSEL J. Mecânica vetorial para engenheiros. São Paulo. 5ª ed. revisada. Editora Pearson Mekron Books. 1994.
Revista Científica Univiçosa - Volume 7 - n. 1 - Viçosa - MG - Jan. - dez. 2015 - p. 283-288.
8. Anexos
Anexo 01(garras autotravantes)
Anexo 02 (ensaio de tração com palito de picolé simples)
Anexo 03 (ensaio de tração com palito de picolé duplo)
Anexo 04 (ensaio de tração com palito de picolé triplo)

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.