Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
TOMOGRAFIA TOTAL APOSTILA DO CURSO DNA PB

Pré-visualização | Página 4 de 4

e hiperatenuante para atenuações maiores que o tecido padrão (geralmente o órgão que contém a lesão é considerado o tecido padrão, ou quando isto não se aplica, o centro da janela é considerado isoatenuante).
�
TEXTO ANEXO 02:
Regras fundamentais de segurança para garantir a segurança das pessoas e do 
equipamento.
�
QUALIFICAÇÃO E COMPETÊNCIA:
Profissionais com formação específica (Técnico em radiologia médica);
Treinamento no uso do Equipamento de Tomografia Computadorizada (T.C.);
Conhecimento Detalhado dos manuais do operador.
REGRAS DE CONDIÇÕES DE USO:
Seguir as informações do Manual do Proprietário do Sistema (System Owner Manual) durante a instalação, operação e manutenção do equipamento.
Procedimento geral do Operador de TC:
Registro do Paciente: 
Associação errada de registro e imagens pode causar erro no diagnóstico.
 Tenha certeza que digitou corretamente os dados pessoais do paciente, principalmente sobre o posicionamento, sexo e data de nascimento.
Cuidado para não ocorrer duplicidade do registro do paciente, verifique antes se já existe o registro.
Posicionamento do Paciente: 
O paciente deve sempre estar posicionado na mesa, nunca posicione o paciente direto no gantry.
Informação: 
Informe ao paciente todos os detalhes sobre como ele deve se comportar durante o exame, isso facilitará o entendimento e a conduta correta do paciente durante o procedimento. 
Higiene: 
Sempre mantenha o equipamento limpo, principalmente a mesa e os acessórios de apoio, com o objetivo de minimizar o risco de infecção.
Sangue e contraste médio: 
Tenha sérias precauções na hora de remover o sangue ou resíduo de contraste médio, pois pode causar riscos a saúde.
Infusões: 
Os tubos de infusão não podem ser tencionados ou pressionados. Verifique se os tubos de infusão são longos o bastante para que não fiquem presos ou esmagados com o movimento da mesa.
Cuidado Especial: 
Tenha um cuidado especial quando o exame é realizado com crianças, bebês, obesos, pacientes que não consegue se locomover ou que sofreram acidentes com contusão ou ferimentos.
Movimentos incontroláveis do paciente: Paciente instável na hora do exame pode se machucar, mobilize-o caso seja necessário.
Faixa de imobilização: 
A faixa não é presa à mesa, portanto não pode prevenir o paciente de uma possível queda, tenha muito cuidado principalmente com pacientes inconscientes.
Sistema de Movimentos: 
Tenha certeza de que o paciente ou outra pessoa próxima ao equipamento não esteja em perigo ao executar movimentos ou varredura no sistema. Certifique-se de que nenhum objeto esteja obstruindo o movimento.
Parando o sistema de movimentos e a radiação: 
Todos os sistemas podem ser interrompidos em caso de emergência, tenha certeza de que você sabe onde o botão de STOP está localizado. Você irá encontrar o botão de STOP no gantry e na caixa de controle.
Liberando o paciente: 
Depois de apertar o botão de STOP ou EMERGÊNCIA ou se ocorreu uma falha de energia, não é possível nenhum tipo de movimentação do sistema, contudo você pode liberar o paciente manualmente da abertura do gantry.
Durante a varredura: 
Sempre supervisione o equipamento durante o exame. Fique de olho no paciente e pare a varredura caso a mesa esteja posicionada de forma errada.
Comunicação: 
O paciente pode se comunicar durante o exame através do sistema de intercomunicação. Deixe o Sistema de Intercomunicação ligado durante o exame, olhe para o paciente enquanto estiver ouvindo ou falando com ele.
Artefatos: 
Vários fatores podem causar distorções na imagem. Se não tiver certeza quanto a veracidade da imagem, repita o processo de aquisição.
Documentação: 
Falhas no sistema de computação pode ocasionar perda de informações (dados). Salve os arquivos dos pacientes o mais rápido possível.
Vírus no computador: 
Apesar das precauções, o software de sistema de computação não é totalmente isento de um vírus de computador. Verifique os discos de armazenamento de dados (CDR,CDRW,Pen drive, etc...) antes de usá-los.
Compatibilidade eletromagnética: 
O sistema é amplamente insensitivo a descarga eletrostática. Alguns equipamentos como rádio e celulares podem causar interferência.
Cuidado com líquidos e comida: tenha cuidado ao manusear líquidos e comida próximo ao equipamento (teclado, caixa de controle) eles podem cair dentro do equipamento e causar mal funcionamento.
Compartimento de ventilação: 
Bloquear a passagem de ventilação do equipamento pode causar perda de dados (computador).
Fogo: 
Em caso de incêndio, você deve saber a localização dos extintores e também deve saber usa-los corretamente. Você e o paciente devem saber a exata localização da saída de segurança. Desligue o sistema de aquisição imediatamente caso haja incidente com fogo.
Ligando e desligando: 
Desligar o equipamento de forma incorreta pode causar danos ao aparelho e perdas de dados no computador.
Verificar as funções e intervalos de manutenção: 
Execute os teste de funções prescritos no manual e realize a manutenção de acordo com os intervalos adequados.
Acessórios: 
Use somente acessórios aprovados pelo fabricante do equipamento, substitua acessórios com defeito por acessórios novos e originais.
Danos e defeitos: 
Se ocorrer algum dano ou defeito ao a mesa do paciente, gantry, dispositivos de extensão e acessórios, não haverá mais segurança na realização do exame. Conserte ou reponha essas peças imediatamente. 
Cabos: 
Há um risco de tropeço quando os acessórios são conectados via cabo, tenha certeza de que estejam instalados de forma que ninguém vai tropeçar sobre eles.
Falha no monitor: 
Se nenhuma imagem aparece no monitor apesar do sistema estar ligado, o monitor pode estar com defeito. Pare a realização do exame imediatamente, aperte o botão de STOP ou EMERGÊNCIA e ligue para o serviço de atendimento ao cliente do fornecedor do equipamento. 
�
SUGESTÃO DE LITERATURAS PARA O CURSO DE CAPACITAÇÃO E ESPECIALIZAÇÃO EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA.
TÉCNICA E PRÁTICA NA TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA CLÍNICA.
SUZANNE HENWWOD.
EDITORA: GUANABARA & KOOGAN.
TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA: PRINCÍPIOS FÍSICOS E APLICAÇÕES.
PROF. ALEXANDRE ARAÚJO.
EDITORA: CORPUS.
ENFERMAGEM NAS UNIDADES DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM.
LÚCIA YURICO.
GUIA PRÁTICO DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA.
LÚCIA MAYERHOFF.
TRATADO DE TÉCNICA RADIOLOGICA E BASE ANATÔMICA 5ª, 6ª e 7ª EDIÇÕES.
KENNETH L. BONTRAGER.
TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA – MANUAL PRÁTICO
ALMIR INÁCIO DA NÓBREGA – ED. DIFUSÃO.
SITES RECOMENDADOS:
www.radiology.com.br
www.playmagen.com.br
estudoxradmed.blogspot.com
ESPECIALIZAÇÃO E CAPACITAÇÃO TÉCNICA EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA.
PROFº RICARDO SOUZA.
E-mail: snapbio@gmail.com
Face: Ricardo Souza.
You tube: Aula de radiologia
BELÉM-PARÁ. 
0 UH
+1000 UH
-1000 UH
H2O
Materiais de maior densidade:
OSSOS, Ba, I e METAIS.
Materiais de menor densidade:
AR, CO2 e outros gases.
BRANCO
PRETO
Ar
Osso
Tecidos moles
Feixe de raios-x
Detectores
Tubo de raios-x
Mesa de exames
1
1 = 
2 = 
3 = 
2
3
2-D
3-D
Raios-x
CÂMARAS DE GÁS XENÔNIO
SINAL ELÉTRICO
COMPUTADOR
RAIOS-X
CRISTAIS LUMINESCENTES
LUZ
COMPUTADOR
-
+
-
LSOM
SALA DE EXAMES
SALA DO CONSOLE
(+) = MEIOS DE CONTRASTE / DENSIDADE ELEVADA.
(-) = AR / GASES EM GERAL DENSIDADE BAIXA.
a) Área de um tumor, delimitada por meio de contraste.
�PAGE �
�PAGE \* MERGEFORMAT�23�
Página1234