FATOS JURÍDICOS
15 pág.

FATOS JURÍDICOS


DisciplinaDireito Civil II12.759 materiais132.573 seguidores
Pré-visualização3 páginas
FATOS JURÍDICOS
Naturais
Ordinários: são os comuns, rotineiros e naturais (nascimento, morte, aquisição da maioridade aos 18 anos, etc.).
Extraordinários: são os incomuns, excepcionalmente ocorrem \u2013 caso fortuito e força maior (há exclusão da responsabilidade, porém, a Lei faz distinção entre um e outro); a consequência destes fatos é a exclusão da responsabilidade civil.
Caso fortuito: é o acontecimento cujo o homem é o protagonista de conseqüência inevitável e imprevisível. Ex.: epilepsia.
Força maior: são os acontecimentos derivados de fenômenos naturais, de grandes proporções e de caráter inevitável pelo homem. Ex.: maremoto, tsunami, água da chuva em caso de enchente. (exclui responsabilidade, exceto, por ex.: Pessoa Jurídica de administração dos serviços exploradores de produtos naturais como energia elétrica por ser atividade de risco).
Humanos (atos jurídicos)
Ilícitos: é o fato humano cuja conseqüência de sua prática gera responsabilidade (por ação ou por omissão; voluntária \u2013 dolosa; culposa \u2013 negligência, imprudência, imperícia). (art. 389, CC \u2013 contratual; art. 186, CC \u2013 extracontratual; art. 393, CC)
Observação: o caso fortuito e a força maior excluem a responsabilidade civil como regra; porém, se houver contratualmente previsão de responsabilidade, tais fatos não poderão excluí-las1 (vide art. 393,CC; § único \u2013 definição genérica para ambos).
Responsabilidade Civil - Tem haver com grana, indenização.
Na Responsabilidade Civil não há diferenciação entre dolo ou culpa.
A Responsabilidade Civil preestabelece uma multa num contrato, é a cláusula penal, prevê uma antecipação da Responsabilidade Civil.
Exemplos: Artigo em inglês: Professor Accácio contratou a Vanessa para fazer a tradução de um texto técnico para o Inglês. Eles firmaram um contrato excluindo o caso fortuito e a força maior, ou seja, caso a Vanessa não entregue o trabalho no prazo irá pagar uma multa preestabelecida nesse contrato.
Entrega de apartamento fora do prazo: Geralmente o prazo de atraso é de 6 meses previsto em contrato. Depende muito do caso em concreto, mas não se exclui a força maior.
Fatos Jurídicos Humanos \u2013 São os atos jurídicos
Podem ser:
Lícitos Simples: é sempre uma conseqüência. É aquele cuja conseqüência já vem predeterminada na lei, independentemente da vontade de seus agentes.
Ex.: ao efetuar o trancamento da faculdade para mudar de cidade, automaticamente efetuou-se também a transferência de domicílio. Essa mudança independe da vontade de quem se mudou.
Ato Jurídico Complexo = Negócio Jurídico: é aquele que visa criar, modificar ou extinguir direitos e deveres, que correspondam exatamente de acordo com a vontade de seus agentes.
Ex.: dono de funerária adquire um carro que aparentemente parece caber um caixão. Porém, ao verificar viu que não cabia, esse é um exemplo onde não correspondeu exatamente com a vontade dos dois agentes. Aqui existe a possibilidade de desfazer o negócio.
A diferença entre ele é a conseqüência.
Casamento é uma união de valor sentimental, afetivo, mas gera um negócio jurídico porque casamento é um contrato.
Ex.: casamento entre menores, um de 16 anos e outro de 17. Automaticamente ocorre a emancipação. Código Civil artigos 1533, 1534, 1535 e 1538:
\u201cArt. 1.533. Celebrar-se-á o casamento, no dia, hora e lugar previamente designados pela autoridade que houver de presidir o ato, mediante petição dos contraentes, que se mostrem habilitados com a certidão do art. 1.531.
Art. 1.534. A solenidade realizar-se-á na sede do cartório, com toda publicidade, a portas abertas, presentes pelo menos duas testemunhas, parentes ou não dos contraentes, ou, querendo as partes e consentindo a autoridade celebrante, noutro edifício público ou particular.
§ 1o Quando o casamento for em edifício particular, ficará este de portas abertas durante o ato.
§ 2o Serão quatro as testemunhas na hipótese do parágrafo anterior e se algum dos contraentes não souber ou não puder escrever.
Art. 1.535. Presentes os contraentes, em pessoa ou por procurador especial, juntamente com as testemunhas e o oficial do registro, o presidente do ato, ouvida aos nubentes a afirmação de que pretendem casar por livre e espontânea vontade, declarará efetuado o casamento, nestes termos:"De acordo com a vontade que ambos acabais de afirmar perante mim, de vos receberdes por marido e mulher, eu, em nome da lei, vos declaro casados."
Art. 1.538. A celebração do casamento será imediatamente suspensa se algum dos contraentes:
I - recusar a solene afirmação da sua vontade;
II - declarar que esta não é livre e espontânea;
III - manifestar-se arrependido.
Parágrafo único. O nubente que, por algum dos fatos mencionados neste artigo, der causa à suspensão do ato, não será admitido a retratar-se no mesmo dia.\u201d
NEGÓCIO JURÍDICO
1 \u2013 Conceito
2 \u2013 Classificação dos Negócios Jurídicos
A \u2013 Onerosos ou Gratuitos
B \u2013 Unilaterais ou Bilaterais
C \u2013 \u201cInter vivos\u201d ou \u201cCausa mortis\u201d
D \u2013 Negócios Jurídicos Formais ou Informais
3 \u2013 Elementos
25.08.2011
2 \u2013 Classificação dos Negócios Jurídicos
A \u2013 Onerosos ou Gratuitos: NJs onerosos são aqueles onde há contrapartida de direito e deveres. Ex.: compra e venda (art. 481, CC). NJs gratuitos são aqueles em que não há contrapartida de direitos e deveres. Ex.: doação pura (art. 531, CC). Obs.: neste caso, se a doação estiver sujeita ao cumprimento de uma obrigação (encargo), deixa de ser NJ gratuito para ser oneroso.
B \u2013 Unilaterais ou Bilaterais: NJ unilateral é aquele que requer apenas uma manifestação de vontade. Ex.: testamento. NJ bilateral é aquele que requer ao menos duas manifestações de vontade. Ex.: locação.
C \u2013 \u201cInter vivos\u201d ou \u201cCausa mortis\u201d: \u201cInter vivos\u201d é o NJ organizado para surtir efeito sobre a vida de quem realiza. \u201cCausa mortis\u201d é o NJ organizado para surtir efeito após a morte de quem realiza. Ex.: testamento.
D \u2013 Negócios Jurídicos Formais ou Informais: os formais (solenes2) são os NJs que exigem uma formalidade especial como requisito de validade3. Ex. testamento ou escritura pública (art. 108, CC). Os informais são aqueles que não requerem nenhuma formalidade especial para sua validade; constituem a regra no Brasil, ou seja, art. 107, CC. Ex.: contrato de aluguel para casa de temporada; art. 1533, CC \u2013 celebração de casamento.
Obs.: existem determinados NJs que, embora informais, requerem solenidades internas para sua validade.
3 \u2013 Elementos dos Negócios Jurídicos
- Essenciais: para existência, a manifestação autônoma da vontade é expressa ou tácita; validade, partes, objeto ou formas.
- Acidentais: envolvem a eficácia dos negócios.
Obs.: a manifestação autônoma da vontade quer dizer a capacidade livre e consciente de realizar negócios jurídicos.
- Existência4:
- Observação 1: a tricotomia dos NJs é a análise dos planos da existência, da validade e da eficácia.
- Observação 2: a MAV expressa quer dizer inequívoca e pode ser feito de forma verbal, escrita ou gestual.
- Observação 3: a MAV pode ser também tácita que é o silêncio interpretado como concordância, aquiescência (art. 111, CC).
- Observação 3a: a MAV tácita só se aceita em NJ gratuito. Ex.: art. 539 \u2013 da doação.
- Observação 4: a MAV subsistirá e o NJ será considerado existência ainda que seu autor tenha feito uma reserva mental de que não deseja seus resultados. Ex.: origem CC português; art. 110, CC; casamento Débora Secco em \u201cAmérica\u201d (reserva mental); casamento para adquirir \u201cGreen card\u201d; se comprovado, passa a inexistir.
- Validade:
- Observação 1: o primeiro elemento para validade dos NJs é a CAPACIDADE DAS PARTES, isto é, que elas sejam maiores e sem qualquer alienação mental; ou emancipadas sem alienação.
- Observação 2: os INCAPAZES podem praticar NJs válidos? Sim, se forem representados ou assistidos5.
- Observação 3: a conseqüência da não observância dessa regra gera invalidade do NJ.
	Art. 3º*
	Art. 4º*
	Causa da
Incapacidade
	Quem?
Representa / Assiste
	Não tem pais
	I
	I
	Idade
	Pais
	Tutela
	II
III
	II
III
IV
	Alienação
Iris
Iris fez um comentário
ótimo!!
1 aprovações
A.S.A.L
A.S.A.L fez um comentário
Muito bom.Direto.
2 aprovações
Carregar mais