Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
11 pág.
Lista Resolvida

Pré-visualização | Página 1 de 2

SISTEMAS DE COMUNICAÇÕES II 
 
 
1 Lista de exercícios – Engenharia de Microondas 
 
1.1 Explique o que é roll-off e qual é a sua finalidade de uso? 
 
Roll-off é a região em particular fora da banda desejada (Nyquist) de um filtro, 
onde as frequências são atenuadas mas não rejeitadas. Um filtro idela possui Roll-off 
de zero. É utilizado para limitar o espectro, controlando a interferência entre canais 
adjacentes. 
 
1.2 Qual deve ser a largura de banda de canal para a transmissão 
analógica via rádio micro-ondas se fossemos transmitir 30 canais de 
4 KHz? 
 
30 x 4.103 = 120 kHz 
 
1.3 O que e refração, difração e reflexão? 
 
1.3.1 Refração: 
 
1É a mudança na direção de uma onda ao atravessar a fronteira entre dois 
meios com diferentes índices de refração. A refração modifica a velocidade de 
propagação da onda e o comprimento de onda. 2Fenômeno no qual uma onda passa 
de um meio a outro. 
 
1.3.2 Difração: 
 
Acontece quando uma onda atravessa um obstáculo e é a aparente flexão das 
ondas em volta destes obstáculos, também como o espalhamento ou alargamento das 
ondas após atravessar orifícios ou fendas. 
 
1.3.3 Reflexão: 
 
Mudança de direção de propagação de energia, desde que o ângulo de 
incidência não seja zero. Fenômeno no qual a onda volta a se propagar no meio de 
origem, após incidir sobre uma superfície de separação entre dois meios. 
1.4 O que é propagação em espaço livre? 
 
É a propagação da onda no vácuo ou numa atmosfera homogênea e isotrópica, 
na ausência de qualquer corpo capaz de alterar a recepção. 
 
1.5 O que é atenuação em espaço livre? 
 
Refere-se à perda natural de potência no sinal do rádio devido à dispersão de 
potência pelo espaço, sem obstáculos. 
 
1.6 O que fazer com frequências acima de 2GHz para minimizar os 
efeitos da difração? Por quê? 
 
Deve-se trabalhar sem obstruções do sinal, aumentando a altura das torres e 
antenas ou posicionando as estações em lugares mais elevados porque acima de 
2GHz o comprimento de onde se torna muito pequeno dificultando o contorno de 
obstáculos pela onda fazendo com que a atenuação por difração seja maior. 
 
1.7 A partir da faixa de VHF não é mais possível o uso da refração 
ionosférica qual o mecanismo de propagação utilizado? 
 
Difusão troposférica/ visibilidade e difração. 
 
1.8 O que é antena isotrópica? 
 
São antenas que irradiam ou recebem ondas uniformemente em todas as 
direções. É a antena ideal, sem perdas nem ganhos. 
 
1.9 Quais são os fatores que influenciam no índice de refração do ar 
com altura? 
 
Temperatura, pressão e umidade. 
 
1.10 Quais são as principais consequências do encurvamento do feixe? 
 
 Obstrução parcial das ondas por obstáculos; 
 Desvio da energia irradiada da antena receptora; 
 Anomalias de propagação, citando-se os casos de percursos múltiplos 
e formação de dutos; 
 Modificação nas condições de reflexão de onda. 
 
1.11 Quais são os efeitos do terreno na propagação? 
 
 Árvores, prédios, morros ou a própria superfície da terra podem 
bloquear de maneira parcial ou total o feixe de micro-ondas, causando 
atenuação por obstrução; 
 Terrenos regulares, lagos ou o próprio mar podem refletir o sinal em 
oposição de fase ao sinal transmitido, resultando em cancelamento total 
do campo recebido. 
 
1.12 Em que são baseados critérios práticos que permitem definir as 
alturas das torres? 
 
São baseados numa análise de variação da energia recebida com o grau de 
obstrução existente, levando em conta o fenômedo da refração através do conceito de 
terra equivalente. 
 
1.13 O que é Elipsoide de Fresnel? 
 
São áreas de concentração de energia em formato de elipse, sendo a maior 
área onde se concentra a energia o primeiro elipsoide de Fresnel. Este estudo é 
necessário para garantir que a primeira elipsoide de Fresnel chegue à outra antena 
sem obstáculos ou com atenuações mínimas. 
 
1.14 Quais são os tipos de configuração de hardware para enlaces micro-
ondas. Explique. 
 
1.14.1 1+0 
 
Nesta configuração não há duplicidade de equipamentos para caso de falha. O 
sistema é composto pelo número básico de equipamentos para que o rádio funcione. 
1.14.2 1+1 HSB (Hot Stand By) 
 
Nesta configuração o equipamento reserva transmite ao mesmo tempo que o 
equipamento ativo 
 
 
 
Esta configuração é necessária para proteger o equipamento de transmissão. 
Um circuito lógico gerencia a detecção de falhas. Esse tipo de comutação é chamado 
como erro devido ao chaveamento entre Txs (bolinha azul entre os Tx). O erro é de 
aproximadamente 50ms (segundo o Henri). 
Na recepção, os dois receptores recebem o mesmo sinal e o processam em 
paralelo. O circuito lógico usa o sinal digital na comutação. Esse tipo de comutação é 
sem erro. 
 
1.14.3 Configuração com diversidade de frequência 
 
Nesta configuração a mesma informação lógica é transmitida em canais 
diferentes. É ideal para lugares com bastante interferência. 
 
1.14.4 Configuração com diversidade de espaço 
 
Na recepção o sinal é recebido por duas antenas. É utilizada em todas as 
estações de radio base de celulares para combater desvanecimentos na propagação. 
 
1.14.5 Configuração com diversidade de espaço dupla 
- 
 
1.14.6 Configuração com diversidade quadrupla de espaço e frequência 
- 
 
1.15 Quais são duas principais ações utilizadas para desobstrução do 
sinal irradiado? 
 
Elevar a altura das torres e antenas ou posicioná-las em lugares mais altos, 
como em morros. 
 
1.16 Apresente o esquema básico de um sistema de telecomunicações 
utilizando como meio de transmissão a atmosfera. 
 
 
 
1.17 Qual é a diferença entre estação repetidora e estação regeneradora? 
 
A estação repetidora amplifica o sinal analógico (RF) recebido sem tratamento, 
inclusive os ruídos. Já a estação regeneradora trata o sinal a nível digital, 
regenerando-o ao seu formato inicial. A estação regeneradora é um rádio. 
 
2 Lista de exercícios – Sistemas de comunicação via Satélite 
 
2.1 Quais são os fatores motivadores da utilização de sistemas com 
Satélites? Quais suas principais características, vantagens e 
desvantagens? 
 
Existem duas motivações principais: Com o satélite é possível ter um meio de 
transmissão digital em áreas remotas e de difícil acesso como oceanos, florestas e 
montanhas, além de cobrir qualquer área do globo terrestre. Se compararmos os 
preços de transmissão por terra e por satélite nestas sitações, o satélite é mais viável. 
Tem como principais características a disponibilidade e qualidade, a 
disponibilidade tipicamente ultrapassa 99,5%. 
Outras características incluem: 
 Flexibilidade na implantação: se refere à instalação e mudança de 
pontos sem a necessidade de uma rede telefônica. 
 Custo: o custo de um canal independe da distância entre os pontos que 
interligam a rede. A multiplexação de dados permite sua recuperação 
independentemente de sua localização geográfica. 
 
2.1.1 Vantagens 
 
Cobertura geográfica, capacidade alta de canais, transmissão faixa larga (TV), 
acesso a regiões de difícil acesso. 
 
2.1.2 Desvantagens 
 
Atraso muito alto (>230 ms up/down), manutenção corretiva impossível, 
sistemas auxiliares (energia, controle) complexos e caros; perda de TX e ruído no 
enlace altíssimos 
 
2.2 Quais são as faixas de frequências mais utilizadas em sistemas com 
Satélites? 
 
As frequências mais utilizadas para comunicação via satélite são as da banda 
C (4 a 6 GHz) e banda KU (11 a 14 GHz). 
Bandas de frequência
Página12