aula 3 2018
14 pág.

aula 3 2018

Pré-visualização1 página
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
CAMPUS BAIXADA SANTISTA
Estática dos Sólidos
Aula 3
Equilíbrio de uma partícula
2018
Profa. Adriana
Equilíbrio
Quando a resultante de todas as forças que atuam sobre uma partícula é igual 
a zero, a partícula está em equilíbrio.
Podemos determinar
a Fr pela regra do
polígono. Dispondo
as forças no padrão
ponta-cauda, vemos
que a ponta de F4
coincide com o
ponto inicial O.
Exemplo 1 
Logo, Fr é zero e a partícula está em equilíbrio.
Algebricamente, temos: \ud835\udc6d\ud835\udc93 =\udcd\ud835\udc6d = 0 \udcd\ud835\udc39\ud835\udc65 \ud835\udc8a + \udcd\ud835\udc39\ud835\udc66 \ud835\udc8b = 0
Condições necessárias para o equilíbrio
Equilíbrio
Primeira Lei de Newton Se a força resultante que atua sobre uma
partícula é nula, a partícula permanecerá em repouso (se
originalmente em repouso) ou se moverá à velocidade constante em
linha reta (se originalmente em movimento).
Diagrama de corpo livre
Diagrama espacial \u2013 esboço das 
condições físicas do problema.
Diagrama de corpo livre \u2013 partícula 
representativa 
Exemplo 2 Determinar as trações nos cabos.
Exemplo 3 A esfera na figura tem massa de 6 kg e está apoiada como
mostrado. Desenhe o diagrama de corpo livre da esfera, da corda CE e do
nó em C.
Exemplo 4 Determine a intensidade e a direção da menor força F que irá
manter em equilíbrio a embalagem da figura. Observe que a força
exercida pelos roletes é perpendicular ao plano inclinado.
Exemplo 5 
Exercícios
Força definida por intensidade e por
dois pontos em sua linha de ação
Vetor unitário ao longo da linha de F
Adição do forças concorrentes no 
espaço
Exemplo 6 
Exemplo 7 
Exemplo 8
Exercícios
Determine a) as componentes x, y y z da força de 
750 N e b) os ângulos qx, qy e qz que forma a força 
com os eixos coordenados.