A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
11 pág.
AULA 2  Distinção de ética e moral

Pré-visualização | Página 1 de 1

Professor(a) Titular: Maria Sara de Lima Dias*
* É Doutora em Psicologia, pela Universidade Federal de Santa Catarina, Mestre 
em Psicologia da Infância e Adolescência, pela Universidade Federal do Paraná, 
e Especialista em Pedagogia Social, pela Universidade Católica Portuguesa. 
Atualmente, trabalha com projetos de orientação profissional e planejamento de 
carreira e atua, principalmente, nos seguintes temas: dinâmica de grupos, cultura, 
planejamento de carreira, psicologia organizacional e do trabalho, psicologia da 
educação e saúde e psicologia social e comunitária. Além disso, é professora de 
cursos de graduação e de Especialização em Psicologia Organizacional e, também, 
é professora do Programa de Pós-Graduação do Mestrado em Psicologia Social 
Comunitária na Universidade Tuiuti do Paraná (UTP).
ÉTica e ReLacionaMenTo 
inTeRPeSSoaL
A diferença entre moral e ética
Toda ação e toda escolha humana visam a um bem qualquer, ou seja, 
o bem é o fim para o qual as coisas tendem, portanto, para todas as 
coisas que fazemos sempre existe algum fim desejado por si mesmo.
A diferença entre moral e ética
Em primeiro lugar, a ética existe em todas as sociedades humanas 
e talvez mesmo entre nossos parentes não humanos mais 
próximos. Assim, nós abandonamos o pressuposto de que a ética 
é unicamente humana, por exemplo, pois alguns animais possuem 
a capacidade de serem afetados pelo estado de 
outros, como o macaco, que se solidariza com 
outro animal, chegando mesmo a adotar filhotes.
A diferença entre moral e ética
É importante fazer uma diferenciação entre a ética e a moral. A 
ética pode ser definida como um conjunto de regras, princípios ou 
maneiras de pensar que guiam ou chamam para si a autoridade de 
guiar as ações de um grupo em particular (moralidade). É o estudo 
sistemático da argumentação sobre como devemos 
agir (filosofia moral).
A diferença entre moral e ética
A ética pode ser definida como as normas individuais, ou seja, um 
conjunto de condutas tomadas por uma pessoa sem que necessite 
de leis para isso ou sem que lhe seja imposto.
A diferença entre moral e ética
A moral são normas sociais, ou seja, um conjunto de regras de 
condutas considerado correto pelo grupo social, e não apenas por 
uma pessoa.
A diferença entre moral e ética
Os termos “ética” e “moral” não são particularmente apropriados 
para nos orientarmos em nossa vida social. Vamos ver qual a origem 
dessas expressões.
A diferença entre moral e ética
Aristóteles tinha denominado suas investigações teórico-morais – 
então denominadas como “éticas” – como investigações “sobre o 
ethos”, “sobre as propriedades do caráter”, porque a apresentação 
das propriedades do caráter, boas e más (das assim chamadas 
virtudes e vícios) era uma parte integrante essencial 
dessas investigações.
A diferença entre moral e ética
A procedência do termo “ética”, portanto, nada tem a ver com aquilo 
que entendemos por essa palavra. O ethos, para a sociologia, é uma 
espécie de síntese dos costumes de um povo e indica, de maneira 
geral, os traços característicos de um grupo, aquilo que o diferencia 
de outros grupos, do ponto de vista social e cultural.
A diferença entre moral e ética
Do ponto de vista das relações, o ethos possui um valor de identidade 
social, posto que significa o modo de ser de um povo, o seu caráter. A 
diferença entre ética e moral indica que o comportamento do homem 
em sua vida social definiu regras e normas de conduta.
A diferença entre moral e ética
Atualmente, tomamos ética por moral, e vice-versa. É preciso, no 
entanto, compreender a diferença entre essas palavras. A moral muda 
com o tempo e com o desenvolvimento das sociedades; já a ética 
não permanece como nosso conjunto de valores ou, como pensava 
Aristóteles, nosso conjunto de virtudes.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.