A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
AVALIANDO APRENDIZADO DE TSP II

Pré-visualização | Página 1 de 1

1a Questão (Ref.:201705273861)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	Breuer denominou método catártico o tratamento que possibilita a eliminação dos sintomas. A catarse consiste em:
		
	
	Método hipnótico que altera a consciência.
	
	Avaliação dos comportamentos observáveis ligados à psique.
	 
	Liberação de afetos e emoções ligadas a acontecimentos traumáticos.
	
	Análise dos processos de saúde e doença do homem.
	
	Investigação dos conteúdos conscientes cognitivos.
	
	
	
	2a Questão (Ref.:201705273857)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	Sigmund Freud (1856-1939) foi um médico vienense que alterou, radicalmente, o modo de pensar a vida psíquica. Se fosse possível concentrar a teoria freudiana em uma única palavra, essa palavra seria:
		
	
	Alterego
	
	Comportamentalismo
	 
	Inconsciente
	
	Independência
	
	Dissociação
	
	
	
	3a Questão (Ref.:201705273865)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	A prática profissional da psicanálise refere-se à forma de tratamento em que o psicanalista utiliza a associação livre para que o paciente se conscientize de seus processos psíquicos. A forma de tratamento da psicanálise chama-se:
		
	
	Experimento
	 
	Análise
	
	Gestalt
	
	Observação
	
	Franquia
	
	
	
	4a Questão (Ref.:201705273859)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	Uma paciente de Breuer , Ana O., apresentava um conjunto de sintomas que a fazia sofrer: paralisia com contratura muscular, inibições e dificuldades de pensamento. Esses sintomas são característicos da:
		
	
	Desinteria
	
	Pneumonia
	
	Cardiopatite
	 
	Histeria
	
	Esquizofrenia
	
	
	
	5a Questão (Ref.:201705273960)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	Qual a estratégia terapêutica utilizada por Freud, no início de sua prática clínica, para obter a origem dos sintomas da histeria?
		
	
	Anamnese
	
	Entrevista
	 
	Hipnose
	
	Observação
	
	Registros
	
	1a Questão (Ref.:201705273866)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	Ricardo teve um sonho muito intenso, mas ao acordar não se lembrava de nada, apenas ficou com uma sensação estranha. Os conteúdos inconscientes do sonho correspondem a:
		
	
	Conteúdo manifesto
	
	Conteúdo de prospecção
	
	Conteúdo de afiliação
	
	Conteúdo lactante
	 
	Conteúdo latente
	
	
	
	2a Questão (Ref.:201705273977)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	Assinale a alternativa ERRADA.
		
	
	na fase oral, a relação de objeto é a incorporação
	
	a idéia de perversão ou desvio deve ser considerada em relação ao instinto (pulsão)
	 
	a idéia de perverso polimorfo a que Freud se refere nos Três ensaios indica um processo psicopatológico presente na primeira infância
	
	o processo secundário está em função de um aumento das exigências da instância crítica e uma inibição parcial dos impulsos inconscientes
	
	apenas o representante ideacional da pulsão pode ser recalcado
	
	
	
	3a Questão (Ref.:201705273968)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	Coloque (1) para condensação; (2) para desolcamento; (3) para figuração ou consideração à figurabilidade; (4) para elaboração secundária:                                  
(   ) modificação do sonho para que apareça de maneira coerente e compreensível;
(   ) transformação dos pensamentos do sonho em imagens;
(   ) omissão, exibição de fragmentos ou combinação de elementos do conteúdo latente do sonho;
(   ) substituição ou alteração de ênfase de um elemento do conteúdo latente do sonho.
A sequência correta da correlação é:
		
	
	1, 3, 2, 4
	 
	4, 3, 1, 2
	
	2, 3, 1, 4
	
	3, 4, 2, 1
	
	4, 3, 2, 1
	
	
	
	4a Questão (Ref.:201705273855)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	Freud publicou em 1901 a obra Psicopatologia da Vida Cotidiana, que contém a descrição do lapso freudiano, também conhecido como:
		
	
	Ato consciente
	
	Ato moral
	
	Ato imoral
	
	Ato final
	 
	Ato falho
	
	
	
	5a Questão (Ref.:201705273956)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	São expressões do inconsciente, EXCETO:
		
	
	sonhos
	
	chistes
	
	atos-falhos
	 
	percepção e atenção
	
	sintomas
	
	
	1a Questão (Ref.:201705273994)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	De acordo com o texto Três ensaios sobre a teoria da sexualidade, o objeto da pulsão é:
		
	
	pré-determinado para a espécie humana
	
	é paixão
	
	o mesmo para todo e qualquer sujeito
	 
	indeterminado
	
	dependente da maturidade sexual
	
	
	
	2a Questão (Ref.:201705273988)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	O complexo de Édipo foi trabalhado por Freud para se referir a um tempo da constituição do sujeito. Esse tempo se refere à:
		
	 
	Estádio fálico;
	
	A interdição do objeto materno;
	
	O Édipo do menino é considerado como Édipo negativo.
	
	Fase latente
	
	Ambivalência afetiva em relação ao objeto paterno.
	
	
	
	3a Questão (Ref.:201705273931)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	Sobre a Libido explicada e estudada por Freud é CORRETO afirmar que:
		
	
	Considerada como infantilismo psíquico
	
	Não é desenvolvida por todos e não tem valor para o desenvolvimento psicossexual.
	
	Progressivas organizações do corpo em direção aos objetos não erógenos.
	
	Fonte final de energia que mobilizou o organismo em direção ao ideal de vida
	 
	Fonte original de energia afetiva que mobiliza o organismo na perseguição de seus objetivos.
	
	
	
	4a Questão (Ref.:201705273936)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	No desenvolvimento psicossexual, quando surge no indivíduo a angústia muito forte para a evolução de uma outra fase, há a fixação na fase presente que não o permite progredir. Para Freud, esta neurose pode ser definida como:
		
	
	Formação reativa
	
	Projeção
	
	Racionalização
	
	Negação
	 
	Infantilismo psíquico
	
	
	
	5a Questão (Ref.:201705273940)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	Dentro da primeira tópica de Freud qual alternativa traz uma clara interpretação sobre os conteúdos pré-conscientes do aparelho psíquico?
		
	 
	são conteúdos do sistema cosnciente na medida em que permanecem de direito acessíveis à consciência.
	
	constituído por conteúdos recalcados aos quais foi recusado o acesso ao sistema pré-consciente-consciente pela ação do recalque originário e recalque a posteriori.
	
	são conteúdos do sistema inconsciente na medida em que permanecem de direito acessíveis à consciência (conhecimentos e recordações não atualizados, por exemplo).
	
	Conteúdos inconscientes que não conseguem ser recordados.
	
	não são conteúdos do sistema inconsciente na medida em que permanecem de direito acessíveis à consciência (conhecimentos e recordações não atualizados, por exemplo).