A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
50 pág.
ESTAGIO

Pré-visualização | Página 7 de 14

teocrático dos faraós e o poder dos sacerdotes .Levou para eles um texto que falava da importância dessas civilizações.Passou no retroprojetor transparências sobre essas sociedades.Falou sobre a religiosidade na Grécia Antiga e relacionou-a com aspectos da vida cotidiana dos seus habitantes para que reconhecessem o processo de formação das polis gregas.Relacionou a formação e estruturação das polis gregas com a religiosidade e de como o povoamento da Grécia é explicado pelas versões histórica e mística .Pediu uma pesquisa sobre a Grécia antiga que será feita por grupo de quatro alunos e nas próximas aulas apresentarão o que aprenderam para os outros grupos. A Grécia clássica baseava-se em valores que glorificavam o homem e desconheciam a moral cristã. Os gregos clássicos criaram a democracia, especialmente em Atenas.Democracia limitada aos homens livres atenienses, mas não fazia distinção de renda entre os cidadãos.
9- Quais os procedimentos/metodologias adotados pelo professor durante as aulas? De que maneira você percebe que esses procedimentos favorecem/ inibem o aprendizado dos alunos? Trabalho em grupo e produção textual, essa metodologia favorece o aprendizado porque dão oportunidades para todos socializarem seus conhecimentos. Aulas expositivas e dialogadas; análise de fontes históricas; atividades de pesquisa. A aproximação do aluno leitor com o período estudado, suas características de linguagem, convenções que compõem sua realidade, o contato com opiniões de segmentos sociais atuantes nos acontecimentos relativos aspectos sociais, políticos, econômicos e culturais de algumas das sociedades desenvolvidas na Antiguidade Oriental. O gradual e constante exercício de interpretação, indispensável para o estudo da história e outras disciplinas, além do incentivo ao hábito da leitura. O exercício de crítica, questionamento, comparação, relação da opinião expressada pelos autores (no caso, sujeitos históricos) com outras informações inseridas nos conhecimentos prévios dos alunos e professores e/ou conhecimentos adquiridos ao decorrer das demais aulas lecionadas sobre os temas estudados.
10- Como se dá a participação dos alunos em sala (ex: fazem perguntas, colaboram com seus conhecimentos, mostram-se interessados)? Você acredita que a participação ou a não participação dos alunos compromete o aprendizado dos mesmos? Por quê? Os alunos participaram bem de todas as aulas fizeram perguntas e mostraram-se interessados. A participação dos alunos é efetiva eles interagem entre si e com o professor, eles fazem perguntas, leram fragmentos do texto em questão. A participação dos mesmos favorece o aprendizado, pois, a medida que os alunos foram perguntando o professor foi tirando suas dúvidas.
11- Comente as maneiras pelas quais os alunos e o professor interagem (ex: espontaneamente, respeitosamente, atentamente). Quão próxima/ distante essa interação está daquilo que você considera ideal para a experiência escolar bemsucedida? O professor apresentou com uma postura aberta ao conteúdo, e teve a possibilidade de relacioná-lo ao presente e também aos conhecimentos prévios da turma, levando o conhecimento para dentro da sala e o lapidando conforme as especificidades da turma. A abertura e disponibilidade apresentado pela professora foram de profunda importância para as aulas. A interação entre o professor e os alunos foi excelente, espontânea e de muita amizade e respeito acredito que esse seja o caminho para um bom desenvolvimento da aprendizagem.
12- Descreva a avaliação da aprendizagem dos alunos. Quais as atividades propostas pelo professor para avaliar a aprendizagem do(s) tema(s) trabalhado(s)?A avaliação foi bem tradicional pontuando a participação do aluno nas atividades escritas. A participação oral e a pesquisa que fizeram na sala de informática da escola e entregaram na sexta aula sobre o assunto também pode ser considerada como um ponto forte na avaliação da professora. A percepção do nível de aprendizagem dos alunos se deu na medida em que a professora teve como referência os “feedbacks” evidenciados através das perguntas feitas por ele no decorrer da aula. Avaliação escrita e individual por tema. Atividades avaliativas individuais e em dupla. Trabalhos em equipe. Pesquisas. 
13- Qual o papel do livro didático na aula? Comente. Usado para pesquisa e para que respondessem as questões para nota. Na minha aula, o livro didático aparece só de vez em quando. Planejo o ano letivo com os outros professores de História levando em conta os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), as matrizes de avaliações externas e obras de especialistas na área. As propostas incluem experimentos, vídeos, leituras de revistas científicas e outras atividades, muitas delas retiradas de obras que recebemos para avaliação na época do PNLD. Os alunos estudam com o livro que escolhemos, mas têm acesso aos outros nos momentos de pesquisa autônomos ou quando querem revisar algum tópico.  
14- Que outros materiais/ recursos são utilizados na aula? Mapa mundi,livro didático,computadores, documentos históricos, fragmentos de textos. Fotocópias, retroprojetor, transparências, quadro negro e giz O uso de um material didático dependem da intencionalidade que orienta seu uso e das formas pelas quais ele é incorporado nas aulas.
15- Os materiais utilizados promovem o desenvolvimento da criticidade dos alunos? Como? De que forma? Sim, por que as aulas não se restringem em ficar somente nas salas de aulas, elas vão muito além. Fazendo-os assim conhecedores de outros recursos como: Computadores, data show, internet, despertando a curiosidade do aluno. Os debates são ótimas formas de fazer com que os estudantes escutem uns aos outros e possam formar determinada opinião sobre o assunto discutido. Além de conhecer outros pontos de vista, os alunos podem potencializar suas noções de argumentação, buscando defender suas opiniões com pontos de vista bem embasados. A pesquisa em sala de aula e em outros ambientes desenvolve práticas com o objetivo de tornar o aluno sujeito da sua aprendizagem, por meio de relações mais democráticas e cidadãs. Esse modo de aprender ocorre na sala de aula com base no contexto do aluno e visa desenvolver capacidades de pensar, de aprender a aprender e de buscar qualidade formal e política. Consistem em práticas que estimulam o questionamento, o diálogo e a argumentação.
Atividade 7: Observação das aulas de História no Ensino Médio (observar uma turma de cada série)
Diário de observação: 2
1- Nome da Escola: Escola Estadual Jardim Souza Lima. 
2- Série/ano: 2ºano A.
3- Datas das 6 aulas observadas: (deve ser igual ao registrado na ficha de acompanhamento) 15/08/-16/08/-17/08/-20/08/-21/08/ 23/08 de 2018.
4- Turno das aulas observadas: (X ) MAT ( ) VESP ( ) NOT 
5- Aulas geminadas: ( ) SIM ( x) NÃO 
6- Nome do professor regente: Angela Maria Cieto
 Estagiário: Givaldo Oliveira Pinto.
7- Tema (s) abordado(s) pelo professor regente durante as aulas: Idade Média para além do preconceito “Idade das Trevas”, Efervescência cultural, técnica e social da época-Idade Média na Europa:dez séculos de altos e baixos.
8- Nas aulas, como o professor apresenta/introduz o tema? O professor relaciona o tema estudado com o cotidiano do aluno? A professora começou a aula perguntando o que eles sabiam sobre a Idade Média. Alguns responderam e ela foi colocando na lousa. Colocou para os alunos que esse período chamado de Idade Média ou medieval se iniciou quando o Império Romano do Ocidente foi dominado pelos germanos no século V e se estendeu até o século XV quando o Império Romano do Oriente(bizantino)foi dominado pelos turcos .Entregou uma imagem para cada aluno de alguns instrumentos e técnicas de cultivo que eram utilizados na época entre eles: Arado com roda-utilização de cavalos-Atrelagem peitoral-Rotação de cultura-,Moinho hidráulico-Pediu que eles observassem bem e comparassem com o que eles conheciam nos dias atuais .Eles analisaram bem o documento e deram sua opinião sobre o