contabilidade03
8 pág.

contabilidade03


DisciplinaQuestionario III18 materiais95 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Utilizam-se diversos livros na contabilidade para o registro das operações, como o livro diário, o livro razão, o livro de registro de caixa, o Lalur (Livro de Apuração do Lucro Real, de cunho tributário), entre vários. Mas quais são os principais livros utilizados na contabilidade?
		Resposta Selecionada:
	c. 
Diário e razão.
	Respostas:
	a. 
Livro de registro de caixa e livro diário.
	
	b. 
Livro de registro de caixa e livro razão.
	
	c. 
Diário e razão.
	
	d. 
Livro diário e livros fiscais.
	
	e. 
Livro razão e livros fiscais.
	Feedback da resposta:
	Justificativa:
O livro diário é onde se registram e anotam todas as ações que ocorrem na empresa. O livro razão registra e sintetiza as operações contábeis abrindo um controle (razão) para cada conta.
O nome \u201cdiário\u201d é muito apropriado porque, de fato, as operações são registradas de forma diária, como se os fatos de uma empresa estivessem sendo narrados no diário de uma pessoa ou de um navio. No livro diário contábil, no entanto, os fatos são registrados de acordo com o método das partidas dobradas, ou seja, débitos e créditos.
O livro \u201crazão\u201d é onde as contas são controladas individualmente. Nele, são demonstrados de forma didática os \u201crazonetes\u201d, ou seja, um traço na vertical e um outro na vertical que, juntos, formam um \u201cT\u201d. Todos os lançamentos a débito são lançados do lado esquerdo e todos os lançamentos a crédito são lançados do lado direito.
Um exemplo do uso do livro diário e do livro razão:
Uma empresa de confecções tinha, em seu saldo da conta bancária, R$ 200.000,00. Os sócios da empresa decidiram comprar um carro utilitário (uma caminhonete) por R$ 60.000,00 para transportar mercadorias. O carro foi comprado à vista.
No livro diário, o lançamento desse fato será realizado da seguinte forma:
D \u2013 Veículos 60.000,00
C \u2013 Bancos conta movimento 60.000,00
Compra de caminhonete modelo \u201cSol\u201d da montadora \u201cLua\u201d, da Concessionária da Cidade Ltda., conforme NF 0001X por R$ 60.000,00, com pagamento à vista por meio do cheque Banco Exempel 0090.
No livro razão, o lançamento desse fato será realizado individualmente em cada conta contábil, de acordo com os razonetes abaixo:
Pergunta 2
0,4 em 0,4 pontos
	
	
	
	O livro diário e o livro razão, quanto à validade jurídica, apresentam as seguintes características:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	d. 
Ambos não têm validade jurídica, servem apenas para controle do contador.
	Respostas:
	a. 
Ambos têm validade jurídica.
	
	b. 
Apenas o livro razão tem validade jurídica.
	
	c. 
O livro diário tem validade jurídica, enquanto o livro razão é um livro de serviço para o contador.
	
	d. 
Ambos não têm validade jurídica, servem apenas para controle do contador.
	
	e. 
Deve haver um engano no enunciado, porque não há erros nessa DRE da Alpargatas S.A.
	Feedback da resposta:
	Alternativa: D
Justificativa: Uma das diferenças entre o livro diário e o livro razão é que o livro diário tem validade jurídica, sendo que pode, inclusive, ser solicitado em casos judiciais para comprovar os fatos contábeis ocorridos na empresa durante um determinado período. O livro razão não tem validade jurídica, porém é extremamente importante para o controle interno do contador e possíveis análises.
<Observação>
Até há bem pouco tempo, os livros contábeis eram escritos em livros de papel; aliás, o vínculo dos contadores é tão grande com os livros que, antigamente, o contador era conhecido como \u201cguarda-livros\u201d. Mesmo hoje, nos países de língua inglesa, o ato de registrar os fatos contábeis é denominado bookkeeping, ou seja, \u201caquele que mantém os livros\u201d. Aqui no Brasil, se dá o nome de \u201cescrituração\u201d. Atualmente, os livros contábeis são organizados em sistemas de computador e são armazenados em arquivos eletrônicos. Mesmo assim, o layout (formato, desenho, aparência) é igual a um livro de papel.
	
	
	
Pergunta 3
0,4 em 0,4 pontos
	
	
	
	Qual é a finalidade do balancete de verificação?
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	b.
O balancete de verificação é muito útil para verificar, em um determinado momento, se a sequência de lançamentos está correta.
	Respostas:
	a. 
Demonstrar toda a movimentação da empresa, orientando o empresário a analisar o lucro ou prejuízo.
	
	b.
O balancete de verificação é muito útil para verificar, em um determinado momento, se a sequência de lançamentos está correta.
	
	c. 
Serve para verificar o ativo circulante e se há capital de giro suficiente para suprir as obrigações.
	
	d. 
É utilizado para fechar o patrimônio líquido.
	
	e.
O balancete de verificação serve para organizar os papéis, mas, atualmente, com os ambientes informatizados, caiu em desuso.
	Feedback da resposta:
	Alternativa: B
Justificativa: O balancete de verificação foi criado com a finalidade de conferir se os lançamentos efetuados no razão estão corretos. São transportados apenas os saldos dos razonetes.
Ao contrário do que se diz na alternativa \u201ce\u201d, o balancete não caiu em desuso com os ambientes informatizados e continua sendo uma importante ferramenta de análise na contabilidade (ver exemplo no livro-texto).
	
	
	
Pergunta 4
0,4 em 0,4 pontos
	
	
	
	As demonstrações financeiras são resumos emitidos pela contabilidade, relatando a situação econômica e financeira de uma empresa (ou entidade) em um determinado momento. As demonstrações financeiras mais conhecidas (ou mais tradicionais) são o balanço patrimonial e a DRE (Demonstração do Resultado do Exercício), e sabe-se que todas as demonstrações financeiras se relacionam. Sobre a relação entre a DRE e o balanço patrimonial, podemos afirmar que:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	d. 
O lucro ou prejuízo apurado na DRE fazem parte do patrimônio líquido no balanço patrimonial.
	Respostas:
	a. 
As receitas fazem parte do passivo no balanço patrimonial.
	
	b. 
As despesas fazem parte do ativo no balanço patrimonial.
	
	c. 
As receitas e despesas não fazem parte do DRE.
	
	d. 
O lucro ou prejuízo apurado na DRE fazem parte do patrimônio líquido no balanço patrimonial.
	
	e. 
As despesas e receitas fazem parte do ativo circulante.
	Feedback da resposta:
	Alternativa: D
Justificativa: A DRE (Demonstração do Resultado do Exercício) é formada por receitas \u2013 despesas = lucro ou prejuízo do exercício.
As contas contábeis de receitas e despesas são classificadas como \u201ccontas de resultado\u201d, ou seja, devido ao resultado ser apurado em cada exercício social (período de tempo, normalmente de um ano, um semestre, trimestre ou mês), o saldo dessas contas é zerado.
Do confronto entre as receitas e despesas surge o resultado, que é o lucro e/ou prejuízo.
Por sua vez, esse lucro e/o prejuízo forma um novo patrimônio para a empresa.
Então, a conta contábil que faz relação entre o balanço patrimonial, onde são dispostas apenas contas patrimoniais (cujo saldo não é zerado ao final do exercício social), é a conta de lucros e/ou prejuízos acumulados.
Essa relação pode ser visualizada na imagem a seguir:
Imagem: A conta lucro e/ou prejuízo realiza uma comunicação entre o balanço patrimonial e a demonstração do resultado do exercício.
	
	
	
Pergunta 5
0,4 em 0,4 pontos
	
	
	
	Marta acaba de desligar o telefone. Avisou a sua chefe, Dona Irene, que o boleto do seguro foi pago naquele instante, por meio da internet. Dona Irene, que é sócia de uma empresa do setor de móveis artesanais, estava chateada com a seguradora porque foi cobrada de um pagamento que supostamente estaria atrasado, mas era um erro! Ela teria ainda uma semana de prazo. \u2013 Antes mesmo de atrasar, já estou sendo cobrada! \u2013 lamentava.
Decidiu pagar o boleto para evitar problemas. Por sinal, decidiu pagar o \u201cprêmio de seguros\u201d de forma integral e não parcelado em 12 meses (o tempo de vigência do contrato) para \u201cnão ter dores de cabeça\u201d. Detestava ser procurada por cobradores! Após o pagamento,