A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
17 pág.
Acordão 1723 2008

Pré-visualização | Página 1 de 8

Tribunal de Contas da União
TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO	TC-000.183/2005-0
GRUPO I – CLASSE II – 2ª Câmara
TC-000.183/2005-0 - c/ 2 volumes e 2 anexos
Natureza: Tomada de Contas Especial 
Entidade: Município de Carmópolis/SE
Responsável: Theotonio Narcizo da Cruz Neto, ex-Prefeito (CPF 038.784.655-72)
Advogado: Jussara Maria Moreno Jacinhto (OAB/SP 171645-b)
Sumário: TOMADA DE CONTAS ESPECIAL. CITAÇÃO. AS ALEGAÇÕES DE DEFESA NÃO LOGRARAM DESCARACTERIZAR E/OU JUSTIFICAR AS IRREGULARIDADES. CONTAS IRREGULARES. DÉBITO. MULTA.
RELATÓRIO
Adoto como relatório a instrução da lavra do ACE Wagner Ferreira da Silva, que foi devidamente acolhida pelos dirigentes da Secex/SE e pelo representante do Ministério Público junto a esta Corte. 
“2. DESCRIÇÃO DOS FATOS
 Trata-se de Tomada de Contas Especial – TCE, instaurada pela Fundação Nacional de Saúde - FUNASA contra a Sr. Theotônio Narciso Da Cruz Neto, CPF nº 038.784.655-72, ex-Prefeito Municípal de Carmópolis/SE, em decorrência de irregularidades verificadas na aplicação dos recursos repassados ao Município de Carmópolis/SE, por força do Convênio nº 1059/1997 (Siafi nº 340407) (fls. 158/164), cujo objeto era a ampliação do sistema de abastecimento de água no Município de Carmópolis/SE. Foram repassados à aludida Prefeitura os valores de R$ 65.610,79 (98OB02835, de 28.04.1998 – fls. 171), R$ 65.610,77 (98OB08517, de 15.09.1998 – fls. 212) e R$ 131.221,54 (98OB08520, de 15.09.1998 – fls. 221).
2. Instado a apresentar a prestação de contas em 04/01/2000 (fls. 272/273) e em 15/03/2000 (fl. 276), o responsável manteve-se silente, razão pela qual foi solicitada em 09/06/2000 a instauração da presente Tomada de Contas Especial (fls. 287). 
3. Em 31/05/2000, o Engenheiro Álvaro José Bastos Figueiredo, Chefe da SESAN/FNS, emitiu o Relatório de Viagem de fls. 279 no qual afirma, verbis: 
“(...) Considerando ainda que a Prefeitura de Carmópolis havia ligado, pois tinha entrado em inadimplência por falta de prestação de contas, acertamos uma reunião em Carmópolis no dia 12/05/2000.
Paralelo a isto, solicitamos à UCECON/BSB, o processo para melhor avaliar a situação.
Em reunião realizada na Prefeitura com a presença do Secretário Geral de Finanças e o Eng. Berbeti, ficou claro que para a conclusão das obras faltava a entrega de um Booster, a instalação de outro na caixa subterrânea e o reparo nas ruas onde o calçamento cedeu no local das valas escavadas, já que de resto o sistema construído está em funcionamento (...).”.
.................
Conclusão:
Conforme visita feita na cidade, notamos que para a conclusão da obra faltam poucos serviços. Assim que o processo retornar ao SESAN/COOR/SE para emissão do Parecer técnico final referente à prestação do contas final, voltaremos à Carmópolis para efetuar as devidas medições e avaliações.”
4. Em 15/06/1999, o Engenheiro Álvaro José Bastos Figueiredo, Chefe da SESAN/FNS, emitiu novo Relatório de Viagem de fls. 284/285 no qual afirma, verbis:
“(...) 
2) Situação Atual da Obra:
Captação => as bombas submersas não estão instaladas . O poço do Ecoclube já foi perfurado, mas o Secretário de Obras me informou que a firma ainda não enviou a ficha do poço.
Adução => As adutoras estão assentadas, faltando apenas a instalação da bomba do poço do Ecoclube para que a mesma possa entrar em operação. As interligações no reservatório elevado já estão executadas.
Reservação => O reservatório de concreto já está recuperado, com cerca de alambrado e terreno limpo. Notamos que vândalos arrebentaram o portão e que as fortes chuvas ocasionaram a queda de um barranco derrubando um canto de cerca.
Rede de distribuição => Assentada na totalidade. Feita limpeza e teste da rede, faltando o cadastro técnico. Houve recalque em alguns pontos.
Boosters => Ainda não foram instalados. Na caixa subterrânea onde será instalado o Booster do Bairro Trapiá, notamos que está havendo infiltração de águas de chuva. Alertamos ao Secretário de Obras do Município que a firma Eng&Arq, contratada para a obra deveria solucionar o problema antes da instalação do Booster para evitar a queima do motor. 
3) Providências a serem tomadas pelo Município:
Captação => Enviar ao FNS a ficha do poço do Ecoclube, com ART do geólogo responsável e cobrar a instalação das bombas submersas. 
Adução => Cobrar a recuperação do calçamento onde houve recalque do terreno.
Reservação => Recuperar a cerca e o portão.
Rede de distribuição => Enviar cadastro técnico e levantar as conexões e tubos que não foram necessários nesta fase da convênio para fazer o devido repasse para o SAAE, após conferência por parte do FNS.
Boosters => Cobrar da firma as providências para a instalação dos boosters.
 4) Conclusão:
 Para a conclusão da obra faltam poucos serviços (...).”.
5. O Parecer Financeiro nº 39/2001 (fls. 391/392), de 30/06/2000, analisou a prestação de contas apresentada (fls. 293/381) e, diante da documentação analisada e pelo que foi constatado no Roteiro de Análise Preliminar detectou como impropriedades e/ou irregularidades a ausência dos formulários e/ou cópias dos documentos abaixo relacionados, que deverão ser apresentados conforme determina a IN/STN/01/97: 
Relatório de Execução Físico-Financeiro; 
Cópias dos despachos adjudicatórios e homologação da Tomada de Preços; 
Cópias dos extratos bancários desde o primeiro crédito até a última movimentação da conta específica do convênio e 
Termo de Recebimento Definitivo da Obra emitido por responsável técnico que acompanhou a execução da obra. 
6.Solicitou, ainda, respostas às diligências do relatório de viagem, de fls. 284/285, do Engenheiro Álvaro José Bastos Figueiredo, Chefe da SESAN/FNS.
7. O Ofício nº 780/2001 GAB/CORE de fls.406 notificou o responsável para que o mesmo atendesse ao constante no Relatório Técnico 01/01 (fl.394) e no Parecer Financeiro nº 39/2001 (fls. 391/392). 
8. Em resposta (fls. 409/410), o responsável informa, quanto ao Demonstrativo de Débito, que “ já remetemos Prestação de Contas do referido convênio, bem assim toda documentação complementar constante de Parecer Financeiro, diretamente a CHEFIA DE SERVIÇO DE CONVÊNIO E GESTÃO, conforme poderá constatar em anexo ao referido processo naquela chefia; daí julgarmos improcedente o Demonstrativo de Débito ” (fls. 409), o que é confirmado às fls. 411 e 413/426. Contudo, o parecer de fls. 427 salientou que ainda havia extratos bancários faltantes, apesar da apresentação dos extratos de fls. 417/425, e que as solicitações técnicas já feitas ainda permaneciam pendentes, sugerindo a continuidade do processo.
9. O Relatório do Tomador de Contas (fls.428/429), de 20/09/2001, registra que, em observância à Ordem de Serviço nº 02, de 29/09/2000, o Coordenador Regional da FUNASA/SE, de ordem, designou a instauração desta Tomada de Contas Especial dos recursos repassados à Prefeitura Municipal de Carmópolis/SE, conforme Notas de Empenho nºs 97NE03271-fl. 154 e 98NE01655-fl.180 e Ordens Bancárias nºs 98OB02835-fl.171 , 98OB08517-fl.212 e 98OB08520-fl.221, perfazendo R$ 262.442,10, referentes ao Convênio nº 1059/97. Faz um relato do caminho percorrido até a instauração da presente TCE (fl.428) e concluiu sugerindo a inscrição do Sr. Theotônio Narciso Da Cruz Neto, CPF nº 038.784.655-72, ex-Prefeito Municípal de Carmópolis/SE, na conta Diversos Responsáveis do SIAFI, com R$ 413.550,26 conforme demonstrativo de débito, bem como o registro no CADIN.
10. O Exame Preliminar nº 016/2003 (fl. 446/447), da Secretaria Federal de Controle Interno, registra na sua alínea “d”, verbis: 
“...No Relatório do Tomador de Contas ficou consignado a glosa total dos recursos transferidos, no valor de R$ 262.443,10, que acrescidos dos encargos legais, até 23/08/2001, atingiu o valor de R$ 413.550,26. Todavia, consta no Relatório de Viagem de Fiscalização de Execução de Convênio, de 15/06/1999 (fls.282/283), a informação de que faltavam poucos