Organização da Adm direta e indireta - resumo para o TCE AM.pdf
3 pág.

Organização da Adm direta e indireta - resumo para o TCE AM.pdf

Pré-visualização1 página
Administração pública \u2013 Características gerais 
 
Resumo: de john hebert legal para \u201cFUNDÃO\u201d especial 
Diagramação: Leví o bom 
 
\u2713 É composta por órgãos, entidade e agentes públicos 
Órgão: é a unidade de atuação integrante despersonalizada da estrutura da 
administração direta e indireta. 
Entidade: é a unidade de atuação com personalidade jurídica 
Agent. Públicos: toda pessoa que desempenha atividades adm., temporária ou não, com 
ou sem remuneração 
 
Entidades políticas: 
U/E/DF e M 
\u2713 Constituem a adm. direta 
\u2713 Possuem competências legislativas e administrativas 
\u2713 Os órgãos integram tais entidades 
 
Entidades administrativas: 
Autarquias/Fundações/Empresas públicas e Sociedade de E.M 
\u2713 Constituem a adm. indireta 
\u2713 Possuem apenas competências administrativas 
 
\u27a2 Obs.: o Estado pode exercer suas atribuições de 2 maneiras, de uma forma direta 
(quando o faz por meio dos inúmeros órgãos que compõe a adm. direta), e de forma 
indireta (seja quando descentraliza por outorga para a adm. indireta, seja quando 
descentraliza por delegação para o setor privado) 
\u27a2 Obs.: 1 descentralização por outorga transfere a titularidade e execução. 2 
descentralização por delegação/contrato negocial passa apenas a titularidade 
\u27a2 Obs.: os órgãos como são unidades despersonalizadas, não respondem judicialmente 
por atos de seus funcionários. Quem responderá será a pessoa jurídica à qual estiver 
vinculada. 
\u27a2 Obs.: a reponsabilidade civil das entidades integrantes da adm. indireta é, em regra, 
objetiva, direta e não exclusiva. Isto significa que caso uma autarquia não consiga arcar 
com os créditos que deve a terceiros, a entidade política da adm. direta à qual esteja 
vinculada responderá subsidiariamente. 
Fenômeno importante na organização da adm.: 
\u2713 CONCENTRAÇÃO: desempenho das atribuições adm. por meio de órgãos públicos, mas 
sem divisão interna. 
\u2713 DESCONCENTRAÇÃO: é a divisão de tarefas dentro do mesmo órgão ou mesma 
entidade. 
\u2713 CENTRALIZAÇÃO: é a própria adm. direta seja de forma concentrada ou desconcentrada 
fazendo tudo. 
\u2713 DESCENTRALIZAÇÃO: é a própria adm. indireta seja de forma concentrada ou 
desconcentrada exercendo atribuições específicas. 
 
\u27a2 Obs.: na desconcentração temos um fenômeno do poder hierárquico, logo há 
hierarquia. Já na descentralização temos um controle finalístico/ministerial/vinculação. 
 
 
Administração direta \u2013 características gerais 
\u2713 É o conjunto de órgão que integram as pessoas jurídicas de direito público interno 
(U/E/DF e M) aos quais foram atribuídos o exercício de forma centralizada da adm. 
pública. 
\u2713 É composta pelos entes políticos 
\u2713 São pessoas jurídicas de direito público 
\u2713 Possuem competência legislativa e adm. 
\u2713 Exigência de concurso público 
\u2713 Quadro de pessoal composto por servidores estatutários 
\u2713 Obrigatoriedade de licitação 
 
Administração indireta \u2013 características gerais 
\u2713 É o conjunto de pessoas jurídicas autônomas desprovidas de autonomia política que, 
vinculadas à adm. direta, possuem competência para exercer de forma descentralizada 
as atribuições adm. 
\u27a2 Obs.: as E.P e S.E.M são, em regras, exploradoras de atividades econômicas. Porém, 
podem prestar serviços públicos também. 
\u27a2 Obs.: o fato de tais entidades serem exploradoras de atividades econômicas não implica 
dizer que elas não exerçam atividades adm., mas sim que esta não constitui seu objetivo 
principal. 
 
AUTARQUIA: 
\u2713 Lei específica cria e extingue. Não precisa de registro. 
\u2713 Personalidade jurídica se inicia quando a lei entrar em vigor. Se não houver vacatio legis, 
a personalidade inicia no momento da publicação no Diário Oficial da União. 
\u2713 É um serviço autônomo criado por lei com personalidade jurídica de direito público, 
patrimônio e receita próprio para executar atividades típicas da adm. pública que 
requerem para seu melhor funcionamento, gestão financeira e adm. descentralizadas 
\u2713 Em regra, sujeitam-se a licitações e concursos públicos 
\u2713 Agentes estatutários 
 
ESPÉCIES DE AUTARQUIA: 
\u2713 Agências reguladoras (seus chefes possuem mandato fixado em lei e suas indicações 
necessitam de aprovação pelo senado) 
\u2713 Associação pública (consórcio público) 
\u2713 Autarquia fundacional (origens dos recursos são públicos) 
 
FUNDAÇÃO: 
\u2713 Lei autoriza a criação e extinção. Precisa de registro 
\u2713 A personalidade jurídica inicia com o registro no cartório 
\u2713 Patrimônio público ou privado personificado. 
\u2713 Em regra, é entidade de direito privado, com autonomia adm. e patrimônio próprio para 
desenvolvimento de atividades 
\u2713 Prescindem de execução por órgãos ou entidades de direito público. 
\u2713 Agentes estatutários 
 
\u27a2 Obs.: a fundação autárquica segue o mesmo processo de criação e extinção da autarquia 
 
Empresa pública e Sociedade de economia mista 
\u2713 São empresas estatais 
\u2713 Regime jurídico híbrido 
\u2713 Estatuto: lei 13.303 
\u2713 Em regra, sujeitam-se a licitação e concurso, porem as regras são mais flexíveis tendo 
em vista suas atividades precípuas 
\u2713 Em regra, seus agentes são empregados públicos. 
E.P: 
\u2713 entidades dotadas de personalidade jurídica de direito privado com patrimônio próprio 
e capital exclusivamente público. 
\u2713 Exploram atividades econômicas, em regra, mas podem prestar serviços públicos 
também. 
\u2713 Criação e extinção autorizada por lei. Precisa de registro. 
\u2713 A personalidade se inicia com a inscrição do registro no cartório 
\u2713 Qualquer forma jurídica 
 
S.E.M: 
\u2713 entidade dotada de personalidade jurídica de direito privado para exploração de 
atividades econômicas, mas podem prestar serviços públicos também. Aceitam apenas 
forma jurídica de Sociedade Anônima. 
\u2713 Possuem a maioria das ações com direito a voto públicas. 
\u2713 Criação e extinção autorizada por lei. Precisa de registro 
\u2713 Personalidade jurídica se inicia com o ato da inscrição do registro no cartório