Paisagismo Contemporâneo
177 pág.

Paisagismo Contemporâneo


DisciplinaPaisagismo841 materiais30.978 seguidores
Pré-visualização42 páginas
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO 
FACULDADE DE ARQUITETURA E URBANISMO 
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM URBANISMO - PROURB 
 
 
 
PAISAGISMO CONTEMPORÂNEO:PAISAGISMO CONTEMPORÂNEO:PAISAGISMO CONTEMPORÂNEO:PAISAGISMO CONTEMPORÂNEO: 
FERNANDO CHACEL E O CONCEITO DE ECOGÊNESEFERNANDO CHACEL E O CONCEITO DE ECOGÊNESEFERNANDO CHACEL E O CONCEITO DE ECOGÊNESEFERNANDO CHACEL E O CONCEITO DE ECOGÊNESE 
 
 
 
MIRIAN MENDONÇA DE CAMPOS CURADOMIRIAN MENDONÇA DE CAMPOS CURADOMIRIAN MENDONÇA DE CAMPOS CURADOMIRIAN MENDONÇA DE CAMPOS CURADO 
 
 
 
 
Dissertação de Mestrado apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Urbanismo - 
PROURB - da Faculdade Federal do Rio de Janeiro como parte dos requisitos necessários 
para obtenção do grau de Mestre em Urbanismo. 
 
 
 
 
Orientadora: Profa Dra ROSÂNGELA LUNARDELLI CAVALLAZZI 
Co-orientadora: Profa Dra LÚCIA MARIA SÁ ANTUNES COSTA 
 
 
 
Rio de Janeiro - RJ - Brasil 
Dezembro | 2007 
 
 
 
 2 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 Curado, Mirian Mendonça de Campos 
C975 Paisagismo contemporâneo: Fernando Chacel e o conceito de ecogênese./ 
 Mirian Mendonça de Campos Curado. - Rio de Janeiro: UFRJ/FAU, 2007. 
 177 f.:::: il.; 21 cm. 
 Orientador: Rosângela Lunardelli Cavallazzi. 
 Dissertação (mestrado) - UFRJ/PROURB/ Programa de Pós-Graduação em 
 Urbanismo, 2007. 
 Referências bibliográficas: f. 136-142. 
1. Paisagismo. 2. Ecossistemas. I. Chacel, Fernando, - Paisagista. II. 
 Cavallazzi, Rosângela Lunardelli. III. Universidade Federal do Rio de Janeiro, 
 Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Programa de Pós-Graduação em 
 Urbanismo. IV. Título. 
 
 CDD 712 
 
 3 
Rio de Janeiro, dezembro de 2007. 
 
PAISAGISMO CONTEMPORÂNEO:PAISAGISMO CONTEMPORÂNEO:PAISAGISMO CONTEMPORÂNEO:PAISAGISMO CONTEMPORÂNEO: 
FERNANDO CHACEL E O CONCEITO DE ECOGÊNESEFERNANDO CHACEL E O CONCEITO DE ECOGÊNESEFERNANDO CHACEL E O CONCEITO DE ECOGÊNESEFERNANDO CHACEL E O CONCEITO DE ECOGÊNESE 
 
 
MIRIAN MENDONÇA DE CAMPOS CURADOMIRIAN MENDONÇA DE CAMPOS CURADOMIRIAN MENDONÇA DE CAMPOS CURADOMIRIAN MENDONÇA DE CAMPOS CURADO 
 
 
 
Esta dissertação foi julgada adequada para a obtenção de título de mestre em Urbanismo e 
aprovada em sua forma final pelo Programa de Pós-Graduação em Urbanismo da 
Universidade Federal do Rio de Janeiro. 
 
 
 
Profª Denise Pinheiro Machado, Dra.Profª Denise Pinheiro Machado, Dra.Profª Denise Pinheiro Machado, Dra.Profª Denise Pinheiro Machado, Dra. 
Coordenadora do curso 
 
 
Apresentada à banca examinadora integrada pelos professores: 
 
 
 
Profª Rosângela Lunardelli Cavallazzi, Dra.Profª Rosângela Lunardelli Cavallazzi, Dra.Profª Rosângela Lunardelli Cavallazzi, Dra.Profª Rosângela Lunardelli Cavallazzi, Dra. 
Orientadora \u2013 UFRJ 
 
 
Profª Lúcia Maria Sá Antunes Costa, Dra.Profª Lúcia Maria Sá Antunes Costa, Dra.Profª Lúcia Maria Sá Antunes Costa, Dra.Profª Lúcia Maria Sá Antunes Costa, Dra. 
Co-orientadora \u2013 UFRJ 
 
 
Prof. José Francisco Bernardino Freitas, Dr.Prof. José Francisco Bernardino Freitas, Dr.Prof. José Francisco Bernardino Freitas, Dr.Prof. José Francisco Bernardino Freitas, Dr. 
Membro externo \u2013 UFES 
 
 4 
AGRADECIMENTOSAGRADECIMENTOSAGRADECIMENTOSAGRADECIMENTOS 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
A Sonia Luiza (in memoriam), minha mãe, que com ar visionário me ensinou a acreditar no 
sonho de uma humanidade melhor. 
A Carlos Hercílio, meu pai, pelo apoio incondicional em todos os momentos da minha vida 
e pelo incentivo à carreira acadêmica. 
A Rosângela, pela orientação em todos os sentidos, pelo carinho e estímulo sempre 
necessários durante todo o processo. A Lúcia Costa e Ivete Farah pelos conselhos 
paisagísticos. A Lia Gianelli pelas conversas e trocas de idéias. Aos colegas do PROURB, a 
mega-liga, pela amizade, pelas reuniões inesquecíveis. Aos funcionários do PROURB, 
Keila, Carlos e Dona Francisca pela gentileza e atenção. A Caco Scarlatelli pela 
digitalização e edição da entrevista. 
A Felipe Cohen, meu amor e amigo, pela filmagem da entrevista, pelas fotografias e 
manipulação das imagens, pelas noites mal dormidas, pelo companheirismo. 
À equipe da CAP, a arquiteta Beth Cohen e a secretária Cláudia, pela eficiência em 
disponibilizar todas as informações. 
E, principalmente, a Fernando ChacelFernando ChacelFernando ChacelFernando Chacel, por sua amabilidade, por sua obra. 
 
 5 
PAISAGISMO CONTEMPORÂNEO: PAISAGISMO CONTEMPORÂNEO: PAISAGISMO CONTEMPORÂNEO: PAISAGISMO CONTEMPORÂNEO: 
FERNANDO CHACEL E O CONCEITO DE ECOGÊNESEFERNANDO CHACEL E O CONCEITO DE ECOGÊNESEFERNANDO CHACEL E O CONCEITO DE ECOGÊNESEFERNANDO CHACEL E O CONCEITO DE ECOGÊNESE 
 
SUMÁRIOSUMÁRIOSUMÁRIOSUMÁRIO 
 
SUMÁRIO ...............................................................................................................................................5 
RESUMO ................................................................................................................................................7 
ABSTRACT ..............................................................................................................................................8 
APRESENTAÇÃO .....................................................................................................................................9 
1. PAISAGEM CULTURAL E MEIO AMBIENTE.......................................................................................14 
1.1. CONSIDERAÇÕES SOBRE A PAISAGEM.................................................................................15 
1.2. PAISAGEM NATURAL E PAISAGEM CULTURAL.........................................................................18 
1.3. PAISAGISMO OU ARQUITETURA DA PAISAGEM.....................................................................21 
1.4. A NATUREZA E A CIDADE .....................................................................................................23 
1.5. MOVIMENTOS AMBIENTALISTAS ...........................................................................................29 
2. RIO DE JANEIRO: ASPECTOS AMBIENTAIS E CULTURAIS .................................................................33 
2.1. OS ECOSSISTEMAS DO RIO DE JANEIRO ..............................................................................36 
2.1.1. MATA ATLÂNTICA ...............................................................................................................37 
2.1.2. MANGUEZAL......................................................................................................................38 
2.1.3. RESTINGA ..........................................................................................................................41 
2.1.4. OCUPAÇÃO DE MANGUEZAIS E RESTINGAS NO RIO DE JANEIRO.......................................43 
2.2. O PARQUE BRASILEIRO: A CONTRIBUIÇÃO DE GLAZIOU ......................................................45 
2.3. FLORESTA DA TIJUCA...........................................................................................................48 
2.4. SÉCULO XX: EXPANSÃO URBANA