Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
149 pág.
MEIRELES   Sistemas De Informação

Pré-visualização | Página 1 de 32

1
2
3
Manuel Meireles
SISTEMAS DE
 INFORMAÇÃO
Quesitos de excelência dos
sistemas de informações
operativos e estratégicos.
Série:
Indicadores Gerenciais
Volume 1
Primeira Edição
2001
Arte & Ciência
4
5
Manuel Meireles
SISTEMAS DE
 INFORMAÇÃO
Quesitos de excelência dos
sistemas de informações
operativos e estratégicos.
Série:
Indicadores Gerenciais
Volume 1
Primeira Edição
2001
Arte & Ciência
6
Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)
(Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil)
MEIRELES, Manuel. 1949-
Sistemas de Informação: quesitos de excelência dos sistemas
de informações operativos e estratégicos. Volume 1 da Série:
Indicadores Gerenciais / Manuel António Meireles da Costa;
MEIRELES, Manuel. São Paulo: Arte & Ciência, 2001.
1.Indicadores gerenciais 2. Medidas de desempenho 3.
Sistema de informações 4. Quesitos dos sistemas de
informações 5. Administração de sistemas de informações
CDU: 658.5
(658.562)
M 455 a
7
Índice
Introdução ..........................................................................................................11
Capítulo 1: Cultura da informação ...............................................................15
Capítulo 2: Informação estratégica-I...................................................................29
Capítulo 3: Informação estratégica-II..................................................................45
Capítulo 4: O SI como fonte de VC ...............................................................61
Capítulo 5: Quesitos de excelência de um SI...................................................... 83
Capítulo 6: Gestão do capital intelectual ...........................................................95
Capítulo 7: Monitoração ambiental ............................................................105
Capítulo 8: Análise crítica do desempenho global.............................................123
Bibliografia...................................................................................................... 135
Índice remissivo.............................................................................................. 139
8
9
O autor agradece a valiosa colaboração de:
Umberto Nanini, que escreveu o capítulo 4:
 O sistema de informações como fonte de
vantagem competitiva; e
Eudes L de Castro, que escreveu o capítulo 6:
Gestão do capital intelectual.
A
SØrgio Baptista Zaccarelli e
JosØ Celso Contador
que produziram
a mais coerente e sinØrgica
teoria da estratØgia competitiva.
10
11
introdução
1 - Objetivos
Ao término deste capítulo o leitor deve estar capacitado a definir os objetivos
gerais do curso que se inicia com este volume.
2 - Introdução ao curso
Sumário:
2.1 - Uso e abrangência das obras
2.2 - Objetivos das obras
2.3 - Ementa das obras
2.1 - Uso e abrangência das obras
Este é o primeiro volume da série Indicadores gerenciais, conjunto
de quatro obras que se constituem em textos de apoio, atualizados e
ampliados, que podem ser usados como textos básicos para a disciplina de
ASI - Administração de Sistemas de Informação, dos cursos de
Administração e de Administração com ênfase em Análise de Sistemas.
O programa destas obras estrutura-se em grandes tópicos que são,
desdobrados, depois, em capítulos. Cada grande tópico constitui uma divisão
da obra; o desdobramento considera a existência de 36 capítulos - suficientes
e necessários para um curso anual. Cada volume cobre matéria que pode ser
dada em um bimestre. Em princípio, cada capítulo, em média, pode ser discutido
em cerca de duas horas-aula.
Estas obras - consideradas básicas para a disciplina Administração
de Sistemas de Informação - focam-se nos critérios de Gestão do
Conhecimento e Análise do PNQ e nos indicadores referentes aos
Resultados da organização. Parte-se do princípio que a gestão da informação
deve contribuir para o estabelecimento de metas desafiadoras para os
principais resultados; permitir o estabelecimento de um conjunto de
indicadores de desempenho da organização, de sua gestão e de seus
produtos; a busca e uso de referenciação interna e externa para entendimento
dos níveis dos resultados obtidos e desejados; a análise crítica dos resultados
12
para o estabelecimento de planos de ação.
No que diz respeito aos processos de Gestão do Conhecimento e
Análise dentro da organização, considera-se que a Administração de
Sistemas de Informação deve contribuir para o desenvolvimento do processo
de planejamento que acompanha tendências da economia, do mercado, das
necessidades do cliente, da atuação da concorrência, das tecnologias, do
mercado de trabalho e do ambiente legal e social, e transforme as informações
levantadas em parâmetros úteis para dirigir os planos. A Administração do
Sistema de Informações deve levar em conta as exigências da gestão das
Informações da organização; da gestão das informações comparativas e da
análise crítica do desempenho dos resultados.
2.2 - Objetivos das obras
São objetivos gerais da presente série de obras capacitar o leitor a
identificar, selecionar, comunicar e utilizar as informações necessárias ao
processo de gestão empresarial.
São objetivos específicos, que se constituem um desdobramento
natural dos objetivos gerais, capacitar o leitor a:
Conhecer e apreender os princípios inerentes à gestão das informações
da organização, em especial:
1.na fase de desdobramento das estratégias para a definição de: a)-
indicadores de desempenho utilizados para acompanhar e avaliar
o êxito das estratégias; b) - métodos de acompanhamento do
progresso da implementação dos planos de ação; c) modos de
assegurar que o desdobramento dos planos seja eficaz e coerente
por meio de indicadores consistentes e integrados
2.na seleção e utilização de informações necessárias para apoiar os
projetos da organização;
3.na seleção dos principais tipos de informação relacionados aos
principais processos e metas da organização;
4.no desenvolvimento de sistema de indicadores de desempenho da
organização, levando-se em conta a integração das informações
(sistema de informações executivas considerando conceitos
como o Balanced Scorecard);
5.na forma de disponibilização e disseminação da informação aos
usuários para assegurar a consecução das metas da organização.
13
Conhecer e apreender os princípios da gestão das informações
comparativas, com ênfase: na seleção e utilização de informações
comparativas com vistas a promover a melhoria do desempenho
global da organização, contemplando:
1.a existência de um processo estruturado de benchmarking;
2.o estabelecimento de diretrizes e métodos para a busca de
informações comparativas adequadas, dentro e fora do ramo de
atividade e dos mercados da organização;
3.a definição dos principais tipos de informações comparativas
utilizadas e como cada tipo se relaciona com os principais projetos,
processos e metas da organização;
4.existência de referenciais comparativos de excelência (para apoio à
formulação de estratégias)
Compreender os quesitos de uma análise crítica do desempenho da
organização, em especial:
1.a forma como a alta direção participa na análise crítica do
desempenho global e na utilização dessa análise para reforço
dos valores e revalidação das estratégias da organização;
2.o modo de selecionar e utilizar informações necessárias para apoiar
os principais processos e melhoria do desempenho;
3.o processo de integração e correlação dos indicadores de
desempenho referentes à satisfação dos clientes e ao mercado;
finanças; pessoas; fornecedores e parceiros e produtos,
processos e projetos organizacionais;
4.o processo de análise crítica do desempenho e uso da análise para
estabelecer prioridades de melhoria.
Compreender a importância da existência de Indicadores
Página123456789...32