A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
excelente port indivi 6°

Pré-visualização | Página 1 de 2

�PAGE �
SUMÁRIO
INTRODUÇÃO...........................................................................................3
DESENVOLVIMENTO................................................................................4
CONCLUSÃO.............................................................................................7
REFERÊNCIAS..........................................................................................8
��
 
Este presente trabalho relata sobre em diversas áreas do conhecimento, a várias formas de ensinar matemática. Os conteúdos que compõem o ramo da Matemática denominado de álgebra, e suas características da disciplina de álgebra e sugestões de como devem ser ensinados os conteúdos algébricos na área escolar, usando a modelagem da matemática aplicada e também usando como suporte com o os livros didáticos e novas tecnologias. Podendo esta incluindo a utilização de tecnologia em sala de aulas, como auxiliar no processo de ensino aprendizagem dos conteúdos algébricos. 
Esta proposta visa calcular diversas, modelagem denominada no campo matemático com o formalismo em sua linguagem, e necessita da utilização e procedimentos não muito simples, exigindo um maior grau de abstrações e que a álgebra como parte da Matemática que trabalha a generalização e abstração, representando quantidades através de símbolos.
Já os Padrões de desenvolvimento do pensamento algébrico. O tema proposto consente a oportunizar uma formação ao aluno que oferece não apenas a matemática tradicional mas novos e modernos horizontes da maneira de raciocinar e valorizando o pensamento e reflexão onde há formas e métodos variados para se chegar ao resultado que deseja alcançar.
Modelagem Matemática no Ensino de Funções Polinomiais do 2º Grau
 A presente proposta apresenta as Funções Polinomiais do 2º Grau dentro da visão de alguns teóricos como Menezes, Biembengut & Hein entre outros. Abordando metodologia que seja adequada ao desenvolvimento integral do aluno A matemática facilita e organiza as sociedades desta tenra idade, estando presente em diversas áreas do conhecimento, a várias formas de ensinar matemática. E a proposta nesta metodologia formas diferente maneira de aplicar a linguagem matemática, valorizando o cotidiano dos alunos dentro das aulas, usando como foco a modelagem da matemática aplicada e também usando como suporte com o os livros didáticos e novas tecnologias.
 Com isso estimulando mais interesse do aluno nas aulas, sendo mais atraentes tanto no grupo e individuais, para obter resultado desejado com espaço para a participação, questionador e argumentador e desenvolvendo as capacidades de interpretar modelar analisar situações matemática. 
	Ao analisar o processo de globalização nos dias atuais e as novas tecnologias em diversas áreas dos conhecimentos. Observar-se que é necessário profissional dinâmico e qualidades que acompanhe o processo de desenvolvimento matemático. 
Segundo Biembengut & Hein (2003: p.12), Bassanezi (2004 p.20) Que o modelo matemática é um conjunto de símbolos estes autores propões que modelagem matemática e técnicas próprias das ciências e dentro das figuras das amostras D`Ambrosio e Biembengut & Hein trabalha dentro da proposta de modelo matemático como interação. 
		Nos professores precisamos dar oportunidade para os alunos estudar situação problema por meio de pesquisa, desenvolvendo seu senso crítico. 
Quando trabalha com modelagem matemática e interagindo com diversas áreas de conhecimento, mostrando a importância da matemática para o dia-a-dia a compreensão e estimulando o aluno para o aprendizado.
		Na primeira aula trabalhamos com Funções Polinomiais do 2ª Graus. Apresentamos situação do calculo da área de um terreno retangular. Neste terreno seria o campo de futebol, medindo 100 metros de comprimentos e 70 metros de largura. Esta proposta visa calcular diversa modelagem denominada (expansão de caixas retangulares). Percebemos que este projeto proporcionou nos alunos a capacidade de interpretar solucionar problemas numéricos e obteve mais êxito na realização do trabalho.
 	O professor tem o papel de suma importância ao avaliar o ano letivo. O sistema de avaliação é o processo de vida escolar do aluno e de todos os componentes da escola é levado em consideração. Por isso o professor precisa estar em controle observação e utilizando bom senso. 
Com a metodologia o professor deve ser mais criativo e melhorando as escolas públicas, o professor sempre em contato com mudanças. Mesmo com todas as dificuldades encontradas a vários pontos positivos que facilita o envolvimento da aluna com os conteúdos.
		Este Projeto Proposto o aprendizado do aluno propusemos uma metodologia baseada na modelagem matemática, envolvendo o Ensino de Polinomiais do 2º Grau. Para obter participação integral dos alunos e das aulas utilizamos aulas dialogadas, aulas expositivas, cartazes.
 
Padrões e o Desenvolvimento do Pensamento Algébrico
O presente estudo tem como base a investigação do padrão do desenvolvimento do pensamento algébrico. 
Desenvolvendo e o pensamento algébrico e o sentido do símbolo, é um trabalho com intenção de explorar a atividades que interliga a investigação.
Com base no livro das professoras (Débora Cristina Barbosa Kirnev, Keila Tatiana Boni, Renata Karoline ,Livro o Tesouro do Estudante Editora Meca. 
 Débora Cristina Barbosa Kirnev e Renata,Karolaine Fernandes (Álgebra linear 
(Vetorial, 2015).
O estudo do pensamento algébrico,torna-se desenvolvimento do pensamento algébrico a base para compreender Álgebra. A passagem da aritmética para Álgebra é a dificuldades do aluno. De acordo (Barbosa e Borralho 2009a; Sinistsky llanye Guberman,2009). Os professores devem diversificar estratégias. Permitindo que o aluno compreenda a linguagem algébrica. 
Este Estudo propõe investigação de padrões e regularidades em situações diversas, com contextos numéricos e geométricos, que contribuirá para o desenvolvimento do raciocínio algébrico do aluno. Aplicado em sala de aula. Procurando resposta. 
Atualmente o pensamento em álgebra é visto como um conjunto de símbolos desgarrado uns dos outros. Uma matéria complicada, quem não entender a linguagem abstrata da álgebra fica restrita na sua competência matemática. A interação com a álgebra é o veículo para compreender o pensamento da álgebra, onde os alunos tem oportunidade para explorar padrões estabelecidos e possam discutir e refletir descontextualizado de regras de manipulação Simbólica.
De acordo com o artigo são vários autores que defende a introdução Álgebra e continua associada à manipulação simbólica e a resolução de equação. Chamamos de expressão algébrica qualquer matemática que envolva operações com números e com letra ou somente letras (Livro, O Tesouro do Estudante, Ed. MECA).
Para NCTM (2007) define pensamento algébrico são algo que diz respeito ao estudo de estruturas, simbolização e modelação e também Kaput (2008) Divide o pensamento algébrico em cinco pontos, para o investigador os cinco pontos designa como ‘’aspectos nucleares’’ (Care aspcets) da Álgebra. Os autores definem ainda que o principal instrumento da álgebra é o símbolo. A escolha de como propor a articulam assume um cariz de destaque no trabalho do professor. É importante que o professor consiga envolver os alunos em tarefas de carácter exploratório e investigativo.
A questão em estudo do ensino da Álgebra é o desenvolvimento do sentido do símbolo. Para compreender os símbolos devem introduzidos de forma contextualizada. Em quadro com atividades que mostrem de forma natural aos alunos. As aulas de exploração de conteúdos proporcionando ponte entre a tarefa de investigação e realização do conteúdo abordado.
A

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.