Guia de Aplicação da Norma de Desempenho para Impermeabilização IBI (1)
25 pág.

Guia de Aplicação da Norma de Desempenho para Impermeabilização IBI (1)


DisciplinaProjeto e Construção de Edifícios22 materiais71 seguidores
Pré-visualização20 páginas
1
32
1 \u2013 OBJETIVO \u2013 Página 4
2 \u2013 TERMO DE RESPONSABILIDADE \u2013 Página 4
3 \u2013 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA NORMATIVOS \u2013 Página 5
4 \u2013 SISTEMA DE IMPERMEABILIZAÇÃO \u2013 Página 7
4.1 - Função
4.2 - Projeto
4.3 - Classificação dos impermeabilizantes
4.4 - Classificação dos sistemas quanto à flexibilidade
4.5 - Classificação dos sistemas quanto à forma de apresentação
4.6 - Classificação dos sistemas quanto à solicitação
4.7 - Classificação dos sistemas quanto à exposição ao intemperismo
4.8 - Classificação dos sistemas quanto à aderência
5 \u2013 VUR \u2013 VIDA ÚTIL DE REFERÊNCIA E MÉTODO FATORIAL \u2013 Página 12
5.1 - Norma de referência
5.2 - Fatores que influenciam na VUR para se obter a VUP
5.3 - Forma de cálculo
6 \u2013 REQUISITOS DO USUÁRIO SEGUNDO A ABNT NBR 15575 (CRITÉRIOS) \u2013 Página 14
7 \u2013 INCUMBÊNCIAS DOS INTERVENIENTES \u2013 Página 14
8 \u2013 DESEMPENHO \u2013 Página 15
9 \u2013 IMPORTÂNCIA DA IMPERMEABILIZAÇÃO NA DURABILIDADE DA EDIFICAÇÃO \u2013 Página 15
10 \u2013 HABITABILIIDADE \u2013 Página 16
11 \u2013 SUSTENTABILIDADE \u2013 Página 16
12 \u2013 ESPECIFICAÇÕES PARA OS DIVERSOS LOCAIS \u2013 Página 18
12.1 - Locais a serem impermeabilizados conforme a ABNT NBR 15575:2013 e suas VUP´s 
12.2 - Classificação dos sistemas conforme as normas da ABNT
12.3 - Tabela detalhada com os locais a serem impermeabilizados e numerações dos itens de
especificação para obtenção das VUP´s.
13.4 - Especificação detalhada para obtenção das VUP´s.
13 \u2013 ORIENTAÇÕES PARA A CONTRATAÇÃO DE PROJETO DE IMPERMEABILIZAÇÃO \u2013 Página 31
14 \u2013 ORIENTAÇÕES PARA AQUISIÇÃO DO MATERIAL IMPERMEABILIZANTE \u2013 Página 31
15 \u2013 ORIENTAÇÕES PARA A CONTRATAÇÃO DA FISCALIZAÇÃO DOS SERVIÇOS 
DE IMPERMEABILIZAÇÃO \u2013 Página 32
15.1 - Fiscalização dos serviços de impermeabilização
15.2 - Ensaios laboratoriais nos materiais e produtos de impermeabilização
15.3 - Critérios de aceitação e rejeição nos materiais e produtos de impermeabilização
16 \u2013 ORIENTAÇÕES PARA A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS ESPECIALIZADOS 
EM IMPERMEABILIZAÇÃO \u2013 Página 33
Condições prévias para contratação dos serviços de impermeabilização
17 \u2013 VERIFICAÇÃO DA EXISTÊNCIA DE FALHAS \u2013 Página 34
17.1 - Teste de lamina de água 
17.2 - Outros métodos de avaliação da existência de falhas nos serviços 
de impermeabilização
18 \u2013 USO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO DAS IMPERMEABILIZAÇÕES 
NAS CONSTRUÇÕES E EDIFICAÇÕES \u2013 Página 35
19 \u2013 GLOSSÁRIO \u2013 Página 36
20 \u2013 PARTICIPAÇÃO DOS PROFISSIONAIS/EMPRESAS QUE PARTICIPAM 
DA ELABORAÇÃO DESTE MANUAL \u2013 Página 46
21 \u2013 BIBLIOGRAFIA \u2013 Página 47
SUMÁRIO
GUIA DE APLICAÇÃO DA NORMA 
DE DESEMPENHO PARA IMPERMEABILIZAÇÃO:
Especificação, aplicação, e contratação com foco 
no atendimento à ABNT NBR 15575:2013
54
Este Guia tem como escopo a aplicação da ABNT NBR 9575 (impermeabilização, seleção e pro-
jeto) e da ABNT NBR 9574 (execução da impermeabilização) e assim como todas as normas da
Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) referentes a serviços, materiais e produtos destina-
dos à Engenharia de Impermeabilização pertencente ao campo técnico da Engenharia das Cons -
truções, tornando prática a aplicação das normas técnicas, ao projetar, especificar, contratar, adquirir,
executar, aplicar e definir a manutenção da impermeabilização, no atendimento aos requisitos e
critérios da ABNT NBR 15575 \u2013 Edificações Habitacionais \u2013 Desempenho.
Comitê Brasileiro de Impermeabilização (CB-022) 
da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT)
OBJETIVO
Este Guia foi elaborado com base nos requi-
sitos da ABNT NBR 15575 \u2013 Edificações Ha bi -
tacionais \u2013 Desempenho.
Os resultados aqui apresentados são um re -
sumo dos relatórios dos ensaios de materiais e
produtos destinados à impermeabilização das
construções, ensaios estes realizados nos labo-
ratórios de pesquisa e desenvolvimento tecno ló -
gico (P&D) das empresas fabricantes, assim co -
mo de laboratórios independentes, devida-
mente citados neste guia.
A utilização deste Guia em qualquer das eta-
pas previstas para sua aplicação (especificação,
aquisição, instalação e manutenção da imper-
meabilização) não substitui, em hipótese algu-
ma, a consulta e adoção às normas técnicas.
Este Guia deve ser utilizado por conta e risco
do usuário e/ou consumidor dos produtos e
serviços de impermeabilização. O IBI Instituto
Bra sileiro de Impermeabilização, o coordenador
e os colaboradores deste Guia estão isentos de
qualquer responsabilidade referentes a reclama -
ções, danos diretos, emergentes ou vícios cons -
trutivos aparentes ou vícios construtivos ocultos,
e, ao mesmo tempo, negam qualquer ga rantia,
expressa ou implícita, que, de qualquer forma,
possam estar relacionados ao Guia.
O usuário deste Guia deve sempre se consul-
tar com um profissional independente e habilita-
do para determinar se o material ou produto de
impermeabilização descrito neste Guia se en -
contra atualizado e/ou aplicável no momento de
sua utilização.
Não se deve esquecer, portanto, que o Guia
facilita a interpretação e aplicação das normas,
mas não as substitui.
TERMO DE RESPONSABILIDADE
1
ABNT NBR 9574, Execução de impermeabilização.
ABNT NBR 9575, Impermeabilização \u2013 Seleção e projeto.
ABNT NBR 9685, Emulsão asfáltica para impermeabilização.
ABNT NBR 9686, Solução e emulsão asfáltica empregados como material de imprimação 
 na imprimação.
ABNT NBR 9690, Impermeabilização \u2013 Mantas de cloreto de polivinila (PVC).
ABNT NBR 9910, Asfaltos modificados para impermeabilização sem adição de polímeros \u2013 
 características de desempenho.
ABNT NBR 9952, Manta asfáltica para impermeabilização.
ABNT NBR 11797, Mantas de etileno-propileno-dieno-monômero (EPDM) 
 para impermeabilização \u2013 Especificação.
ABNT NBR 11905, Argamassa polimérica industrializada para impermeabilização.
ABNT NBR 12170, Potabilidade da água aplicável em sistema de impermeabilização \u2013 
 Método de ensaio.
ABNT NBR 12171, Aderência aplicável em sistema de impermeabilização composto por cimento
 impermeabilizante e polímeros \u2013 Método de ensaio.
ABNT NBR 13121, Asfalto elastomérico para impermeabilização.
ABNT NBR 13176, Polímeros \u2013 Determinação do índice de acidez de dispersão \u2013 
 Método de ensaio.
ABNT NBR 13321, Membrana acrílica para impermeabilização.
ABNT NBR 15352, Mantas termoplásticas de polietileno de alta densidade (PEAD) 
 e de polietileno linear (PEBDL) para impermeabilização.
ABNT NBR 15375, Bocal de etileno-propileno-dieno monômero (EPDM) para impermeabilização
 de descida de águas.
ABNT NBR 15375, Bocal de etileno-propileno-dieno monômero (EPDM) para impermeabilização
 de descida de águas \u2013 Emenda 1.
ABNT NBR 15414, Membrana de poliuretano com asfalto para impermeabilização.
ABNT NBR 15487, Membrana de poliuretano para impermeabilização.
ABNT NBR 15885, Membrana de polímero acrílico com ou sem cimento, para impermeabilização.
ABNT NBR 16072, Argamassa impermeável.
ABNT NBR 16411, Fita asfáltica autoadesiva.
DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA NORMATIVOS3
2
76
Normas de outros comitês da ABNT ou de outras instituições normalizadoras
ABNT NBR 5674, Manutenção de edificações \u2013 Requisitos para o sistema de gestão 
 de manutenção.
ABNT NBR 6494, Segurança nos andaimes.
ABNT NBR 7678, Segurança na execução de obras e serviços de construção.
ABNT NBR 9050, Acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos.
ABNT NBR 14037, Diretrizes para elaboração de manuais de uso, operação e manutenção 
 das edificações \u2013 Requisitos para elaboração e apresentação dos conteúdos.
ABNT NBR 15575, Edificações