CONT. MET. E PRAT. DE ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA
11 pág.

CONT. MET. E PRAT. DE ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA


Disciplina<strong>condução</strong>1 materiais1 seguidores
Pré-visualização11 páginas
Disciplina: CEL0354 - CONT. MET. E PRAT. DE ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA 
	201702289249

	

	Aula 1

	

	1a Questão
	

	

	
	

	No ensino de língua portuguesa é fundamental distinguir três tipos de atividades ligadas respectivamente:

		

	
	Leitura-releitutra-escrita

	
	escrita-ortografia-gramática

	
	Fala-escrita-leitura

	
	Gramática-leitura-decorar

	
	Texto-gramática-fonética

	

Explicação:
A criança já chega na escola, normalmente, falando. Logo em seguida começa e escrever e, concomitante a essa prática, vai sendo apresentado à leitura.

	

	

	

	

	2a Questão
	

	

	
	

	Levando em consideração os tipos de gramática que foram apresentados nessa disciplina marque a alternativa que define o conceito de gramática internalizada.

		

	
	Sistema de regras que constituem a estrutura de organização e funcionamento do idioma.

	
	Sistema de variedades linguísticas usadas em situações formais de comunicação.

	
	Sistema de enunciados compreendidos a partir de uma ordem no discurso.

	
	Sistema de normas usadas em situações formais de comunicação.

	
	Sistema de normas que têm como referência os usos tradicionais do sistema linguístico.

	

Explicação: A gramática internalizada é o conjunto de regras que o falante domina em uma situação de uso.

	

	

	

	

	3a Questão
	

	

	
	

	De que maneira o professor pode aprimorar o seu conhecimento e perceber que a língua portuguesa não está dissociada de seu mundo:

		

	
	Percebendo que a leitura e outras formas de contato com a língua devem ser uma constante em sua vida.

	
	Não comprando livros; sem formar, em casa, como uma pequena biblioteca particular.

	
	Aprimorando o conhecimento linguístico apenas com o uso da gramática normativa.

	
	Através da falta de leitura de clássicos.

	
	Não tendo, em seu cotidiano, espaços para a leitura.

	

	
	Gabarito
Coment.
	

	

	

	4a Questão
	

	

	
	

	Até o início do século XX, como era o estudo da Língua Portuguesa:

		

	
	o professor de língua portuguesa apresentava textos Modernistas e de escritores contemporâneos como primores da beleza da língua.

	
	havia o estudo ou análise de textos, de palavras que fizessem algum sentido ou remetessem a algum texto para o debate e a produção oral e escrita a partir do texto.

	
	consistia no estudo da gramática, no estudo de conceitos, regras e listas de exceções da língua através de frases ou períodos sem o menor sentido.

	
	a criança que chegava a primeira vez na escola percebia que esta existia para apresentar, ensinar e fazer praticar o português falado nas diversas regiões do Brasil.

	
	O objetivo na construção de frases ou períodos, ou até mesmo, na apresentação de trechos de parágrafos era a aplicação das regra no uso da língua.

	

	
	Gabarito
Coment.
	

	

	

	5a Questão
	

	

	
	

	Documentos oficiais que regulam o ensino como os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), as Diretrizes Curriculares, os programas estaduais de educação, os documentos de formação de professores etc. , além de documentos que orientam avaliações sistêmicas, como o SAEB e a Prova Brasil, têm utilizado os termos capacidades/habilidades e competências para se referirem aos saberes que os alunos constroem ao longo de sua escolarização; outras vezes, o que era capacidade/habilidade a ser atingida em determinado ano da alfabetização, por exemplo, se transforma em direito de alfabetização, ou seja, há uma mudança radical, pois não se trata de mera expectativa de aprendizagem, mas de algo que precisa ser alcançado por todos, com as estratégias políticas e pedagógicas adequadas. (Verbetes associados: Compreensão leitora, Fala, Gêneros do discurso, Gêneros e tipos textuais, Leitura , Oralidade, Reconto, Texto)
Este trecho considera a aquisição da escrita, ou seja, o domínio da escrita como:

		

	
	Capacidade de aprender mesmo antes de ingressar na escola.

	
	Um direito político-pedagógico que todos devem conquistar.

	
	Uma experiência de vida para quem frequenta a escola.

	
	Habilidades que são aferidas e medidas nas avaliações oficiais.

	
	Um dever de todo o cidadão que ensina a língua portuguesa.

	

	
	Gabarito
Coment.
	
	
	Gabarito
Coment.
	

	

	

	6a Questão
	

	

	
	

	No ensino da linguagem oral, não é suficiente preocupar-se apenas com os aspectos sonoros, como entoação, clareza, altura da voz, dicção e outros. A respeito do ensino da linguagem oral, considere as afirmativas abaixo. I ¿ A linguagem oral tem um papel secundário no processo de ensino, sendo uma atividade decorrente da linguagem escrita. II ¿ O trabalho com a linguagem oral deve acontecer no interior de atividades significativas, como, por exemplo, dramatizações teatrais e simulações de programas de rádio. III ¿ O desenvolvimento da capacidade de expressão oral do aluno é favorecido quando, na escola, há respeito às diferenças e à diversidade. Está correto APENAS o que se afirma em

		

	
	(D) I e II

	
	(C) III.

	
	(E) II e III.

	
	(B) II.

	
	(A) I.

	

	

	

	

	7a Questão
	

	

	
	

	Selecione a opção que dá continuidade ao texto abaixo de acordo com os PCNs: Nas sociedades contemporâneas, expressar-se segundo a norma, falar ¿certo¿ continua sendo valorizado. No entanto, a excessiva ênfase do ensino da gramática normativa e a insistência nas regras de exceção, em detrimento da comunicação real em situações do cotidiano,

		

	
	deve continuar a ser o principal objetivo do ensino da língua materna, à medida que a língua é um produto social e cultural, portanto todos devem falar da mesma maneira

	
	é necessária porque o domínio das regras gramaticais está associado às classes instruídas e deve ser o objetivo principal do ensino da língua materna

	
	ocorre porque o ensino da língua deve se fundamentar na língua culta, a língua de Camões , entre outros clássicos da Literatura

	
	ocorre porque língua culta é uma das marcas distintivas das classes dominantes e deve prevalecer em qualquer situação de comunicação.

	
	tem como consequência o preconceito contra as formas de oralidade e as variedades não padrão.

	

	
	Gabarito
Coment.
	

	

	

	8a Questão
	

	

	
	

	(Concurso professor /Comperve 2014),Marta, professora do 5º ano do Ensino Fundamental, preparou um texto de temática nordestina acompanhado de música instrumental de idêntico tema - um baião.Na aula de leitura e interpretação com essa atividade, a professora tentava desenvolver a percepção dos alunos para as linguagens

		

	
	não verbal e cênica.

	
	todas são verdadeiras.

	
	gestual e plástica.

	
	verbal e musical.

	
	plástica e musical.

	

	

Aula 2
	

	
		

	

		1.

		&quot; A Língua não pode vista como uma questão de certo e errado. &quot; ( Antunes, 2007). Esta afirmação pode ser entendida como:

	

	
	
	A língua portuguesa possui uma gramática formal, tradicional e o seu uso deve ser obrigatório e rígido em sala. Os alunos não podem desviar da norma em seus falares.

	
	
	O trabalho do professor precisa e deve ser pautado sempre no que está certo e desprezar, principalmente, os falares presentes em sala de aula.

	
	
	A citação acima reforça que o trabalho do professor precisa estar voltado para o que é certo, corrigindo, em sala, toda forma de falar que foge ao padrão.

	
	
	A língua portuguesa deve ser ensinada nas escolas de forma normativa, desprezando-se toda e qualquer variante linguística presente em sala de aula.

	
	
	A língua deve ser vista muito além de certo e errado. Por ser parte de nós mesmos, traduz as realidades sociais e culturais. É por meio dela que interagimos com o grupo e desenvolvemos