A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
A importância da Educação Ambiental

Pré-visualização | Página 1 de 1

TRABALHO EM GRUPO – TG
Aluno:
	
Polo Norte
 2017
A importância da Educação Ambiental
A educação ambiental está prevista na constituição federal promulgada em 1988. O artigo 225 que fala sobre meio ambiente diz que: a educação ambiental deve ser fomentada em todos os níveis de ensino e em caráter multidisciplinar. Tantos anos depois e são pouquíssimas escolas que adicionaram a educação ambiental no currículo escolar.
Educadores e todos que fazem parte da comunidade escolar devem adotar uma postura crítica diante da realidade quando o assunto é Educação Ambiental. Esta postura associada a práticas docentes adequadas contribuirão para a formação de cidadãos mais conscientes, a médio e longo prazo. A inclusão da educação ambiental, em quaisquer níveis de escolaridade, pode ser visto como uma esperança de progresso para uma sociedade melhor visando sempre a sustentabilidade. A introdução deste assunto nos mais baixos níveis de escolaridade pode ser visto como um contexto otimista, já que as crianças são promessas de um mundo melhor no encalço de um futuro próximo. 
Dependendo da série/idade do aluno, deve ser adotada uma metodologia especifica de modo a facilitar o aprendizado e aumentar assim a eficácia do projeto. Nas séries iniciais do ensino fundamental essa ação crítica se torna promissora, pois nesta fase os alunos estão em processo de descoberta e de transformação. Desta forma, os educadores podem introduzir a questão ambiental de maneira a sensibilizá-los, motivando-os a tomar uma postura que possibilite a percepção acerca da necessidade do cuidado e respeito para com a natureza.
Para um resultado satisfatório educação terá que atingir todas as instâncias, da criança no ensino formal ao adulto analfabeto que vive no meio das grandes florestas, mostrando de uma maneira prática e didática o quão grave esta a situação atual e que ainda pode piorar. Criar projetos que usem recursos naturais causando o mínimo de prejuízo possível no meio ambiente pode ser outra possível saída.
Não será uma tarefa fácil porque estamos indo contra uma cultura pré estabelecida que não tem o habito de preservar a natureza e sempre valorizou o desenvolvimento a qualquer preço. Apesar da dificuldade na implantação, as benfeitorias provocadas serão de valor inestimável para o mundo todo.