A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
apol artes visuais  escultura

Pré-visualização | Página 1 de 2

Questão 1/5 - Atelier de Artes Visuais - Escultura
Considere o trecho a seguir: 
“A forma fechada e a superfície contínua, características do bloco escultórico tradicional, resgatadas por Brancusi, foram substituídas no Construtivismo pela forma aberta resultante da interseção de planos e curvas estruturalmente organizadas. A obra construtiva atribui, portanto, aos vazios um papel análogo ao das partes sólidas que a formam. Captura em seu corpo o espaço real, impregnando-o”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: FABRIS, A. (Org.). Tridimensionalidade: arte brasileira do século XX. 2. ed. São Paulo: Itaú Cultural; Cosac & Naify, 1999. 
De acordo com o trecho acima e os conteúdos do livro-base Artes visuais – práticas tridimensionais sobre o Construtivismo, assinale a alternativa correta:
Nota: 0.0
	
	A
	O Construtivismo privilegiava o uso de materiais naturais.
	
	B
	O processo de reavaliação de forma, massa, volume, espaço, representação e a busca pelo novo na escultura são ignorados pelo Construtivismo.
	
	C
	O Construtivismo tinha como característica a apresentação das formas figurativas.
	
	D
	Com o construtivismo, surgiu a arte concreta, que se afastou da natureza e tentou abandonar os aspectos nacionais ou regionais.
O construtivismo fazia uso de materiais como ferro, madeira, vidro, além de materiais naturais e sintéticos e tinha como característica a apresentação de formas geométrica. São características do construtivismo: busca de uma linguagem de comunicação universal e integração do trabalho industrial com o artístico (livro-base, p. 111-112).
	
	E
	Algumas características do construtivismo são a utilização da técnica da assemblage e a integração do trabalho artesanal com o artístico.
Questão 2/5 - Atelier de Artes Visuais - Escultura
Considere o trecho a seguir: 
“José Resende, aprofundando sua concepção de arte como uma forma específica de pensamento, a exigir uma leitura especializada, seria o responsável pela introdução de novos materiais no campo da escultura, como parafina, vidro, borracha, couro, chumbo, feltro, cobre, tecido, breu e mesmo elementos líquidos, exercendo, como consequência, uma considerável influencia sobre os novos escultores brasileiros”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: MORAIS Frederico. O campo tridimensional: esculturas, relevos, objetos e instalações. In: FABRIS, A. (Org.). Tridimensionalidade: arte brasileira do século XX. 2. ed. São Paulo: Itaú Cultural; Cosac & Naify, 1999. p. 236. 
Com base no fragmento de texto e nos conteúdos do livro-base Artes visuais – práticas tridimensionais sobre a obra de José Resende leia as afirmativas a seguir e marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as afirmativas falsas:
( ) José Resende explora as potencialidades expressivas dos diversos materiais empregados como pedras, tubos de cobre, lâminas de chumbo, cabos de aço, chapas e ampolas de vidro, além de utilizar também líquidos, como mercúrio, água e tinta sépia.
(  ) No Brasil a ruptura significativa com os suportes e as categorias tradicionais da arte, a negação do sistema de valores, regras, técnicas e programas disciplinares só acontece no século XXI.
( ) A partir da ruptura com os suportes há arte feita fora dos limites de paredes, colocada em contato com o meio ambiente e se utilizando dos materiais encontrados na natureza para que, então, o tempo se encarregue do seu fim.
( ) A produção mais característica de José Resende procura dar relevância aos elementos empregados e às relações destes com o espaço, em lugar de utilizá-los apenas como suporte para formas convencionais. Seus trabalhos distinguem-se ainda pelas articulações plásticas tensas que criam: torções, curvas e nós, que sugerem um equilíbrio precário, uma sensação de movimento ou deslocamento. 
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:
Nota: 20.0
	
	A
	V - F - V - F
	
	B
	V - V - F - F
	
	C
	F - F - V - V
	
	D
	V - F - V - V
Você acertou!
A afirmativa II é falsa porque no “Brasil houve uma ruptura significativa com os suportes e as categorias tradicionais da arte e da escultura, como a negação de sistemas de valores, regras, técnicas e programas disciplinares” no século XX, não no século XXI. As demais afirmativas são verdadeiras porque José Resende (1945), explora as potencialidades expressivas dos diversos materiais empregados, como pedras, tubos de cobre, lâminas de chumbo, cabos de aço, chapas e ampolas de vidro, além de utilizar também líquidos, como mercúrio, água e tinta sépia. Ele procura dar relevância aos elementos empregados e às relações destes com o espaço, ao invés de apenas utilizá-los como suporte para formas convencionais (livro-base, p.246).
	
	E
	F - V - F - V
Questão 3/5 - Atelier de Artes Visuais - Escultura
Considere o seguinte trecho sobre a escultura cinética: 
“Foi inspirado nas obras abstratas de Piet Mondrian (1872-1944) que o americano Alexander Calder (1898-1976) imaginou suas esculturas verticais suspensas, cinéticas e coloridas, feitas de placas geométricas de metal, hastes e arame”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: FARTHING, Stephen. Tudo sobre arte. Rio de Janeiro: Sextante, 2011. p. 447. 
A partir deste texto e dos conteúdos do livro-base Artes visuais – práticas tridimensionais, leia as seguintes afirmativas sobre a escultura cinética:
I. Nas esculturas de Alexander Calder o ar produz efeitos espontâneos, ao contrário das obras movidas mecanicamente, nas quais a sequência dos movimentos é previamente programada e, consequentemente, controlada.
II. As obras de Alexander Calder que passaram a ser conhecidas como móbiles são peças suspensas, que se movem apenas com a ação natural do vento.
III. Em 1920 Man Ray construiu uma peça móvel, de papel, em forma de espiral. É uma obra que tem as características e antecede as obras de Alexander Calder, que passaram a ser conhecidas como móbiles.
IV. Na década de 1950 ficou conhecido um grupo de jovens artistas alemães, o grupo Zero, que produziu inúmeras obras cinéticas.
V. No Brasil podemos citar como exemplos de artistas que produziram obras cinéticas Victor Brecheret e Bruno Giorgi. 
Estão corretas apenas as afirmativas:
Nota: 0.0
	
	A
	I, II e V.
	
	B
	III e IV.
	
	C
	I, II, III e IV.
As afirmativas I, II, III e IV estão corretas porque nas obras de Alexander Calder o ar produz movimentos espontâneos, obras que tornaram-se conhecidas como móbiles, que, suspensos, movem-se com a ação natural do vento. Man Ray criou em 1920 uma peça móvel, de papel, em forma de espiral, que antecede as obras de Calder. Um grupo de artistas alemães, conhecido como Zero, criou várias obras cinéticas. A afirmativa V está incorreta porque Brecheret e Giorgi não produziram obras cinéticas. No Brasil podemos citar como exemplos de artistas que produziram obras cinéticas Abraham Palatnik e Waldemar Cordeiro. (livro-base, p.210-215).
	
	D
	II, III e IV.
	
	E
	I, II, III, IV e V.
Questão 4/5 - Atelier de Artes Visuais - Escultura
Leia a e citação a seguir: 
“O grupo concreto carioca prega a experimentação de todas as linguagens, ainda que no âmbito não figurativo geométrico. À investigação paulista centrada no conceito de pura visualidade da forma, o grupo carioca opõe uma articulação forte entre arte e vida - que afasta a consideração da obra como ‘máquina’ ou ‘objeto’ -, e maior ênfase na intuição como requisito fundamental do trabalho artístico. As divergências entre Rio e São Paulo se explicitam na Exposição Nacional de Arte Concreta, São Paulo, 1956, e Rio de Janeiro, 1957, início da ruptura neoconcreta, efetivada em 1959”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: http://enciclopedia.itaucultural.org.br/termo370/concretismo.  Acesso em: 21 jan.  2017. 
De acordo com a citação e o livro-base Artes Visuais

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.