Intramuscular e Mesoterapia (1)
54 pág.

Intramuscular e Mesoterapia (1)


DisciplinaCosmetologia2.053 materiais38.618 seguidores
Pré-visualização3 páginas
MESOTERAPIA E
INTRAMUSCULAR
GORDURA LOCALIZADA 
\uf0a2 OBJETIVO 
 
\uf0d8 Utilizar princípios ativos com atividades 
lipolíticas para dissociar o Triglicerídeo 
armazenado no adipócito em Glicerol e Ácido 
Graxo, aumentar o metabolismo local para 
facilitar a ligação dos hormônios adrenérgicos aos 
receptores do adipócito. 
 
\uf0d8 Mobilizar a gordura armazenada no panículo 
adiposo para redução e remodelamento corporal. 
 
\uf0a2 L TEANINA 
Aminoácido encontrado no Chá Verde. Tem efeito 
emagrecedor, drenante e lipolítico. Promove 
vasodilatação e potencializa os resultados nos 
tratamentos de celulite e gordura localizada. 
\uf0a2 ARGININA 
 Aumenta circulação local, com potente aumento do 
metabolismo, auxilia no aumento de massa magra, 
reduzindo a gordura corporal. 
\uf0a2 CAFEÍNA 
Efeito lipolítico por inibir a fosfodiesterase e 
aumentando o metabolismo local, pelo aumento da 
disponibilidade de adrenalina e 3'5'-AMPc. 
CONTRA INDICADO EM PACIENTES 
HIPERTENSOS 
\uf0a2 DESOXICOLATO 
É um veículo detergente capaz de solubilizar e 
dissolver gorduras. Promove o rompimento do 
adipócito. 
\uf0a2 LIPOSSOMAS DE GIRASSOL + L CARNITINA 
Sua ação local aumenta os níveis de AMPc, lipólise e 
quebra de triglicerídeos em ácidos graxos + glicerol, 
que serão transformados em energia, aproveitando a 
leve aceleração de metabolismo causada pela L-
Carnitina. 
\uf0a2 COLINA 
Testes associados à COLINA (bitartarato), os 
resultados de ação lipolítica superaram em 10% os 
resultados do LIPOSTABIL, proibido pela ANVISA 
em 2003. A colina se fixa na membrana da gordura, 
facilitando o metabolismo da mesma. 
APLICAÇÃO 
\uf0a2 Seringa de 10 ml para diluir os ativos. 
 
\uf0a2 Agulha 18 G ½ para aspirar o conteúdo das 
ampolas. 
 
\uf0a2 Agulha 26 G ½ para aplicação no tecido. 
 
\uf0a2 Aplicar no ângulo de 90º ou 45º. 
 
\uf0a2 Quantidade por ponto = 0,2 ml. 
 
\uf0a2 Tratamento com 10 sessões no mínimo. 
RECOMENDAÇÕES 
\uf0a2 Drenagem linfática somente 72h após o 
procedimento. 
 
\uf0a2 Exercícios Físicos ou plataforma vibratória 
somente após 24h do procedimento. 
 
\uf0a2 Alimentação hipocalórica livre de gorduras 
durante o tratamento. 
 
\uf0a2 Alimentar-se após 3 a 4 horas depois do 
procedimento. 
ASSOCIAÇÕES 
\uf0a2Ultrassom de alta potência. 
 
\uf0a2Radiofrequência . 
 
\uf0a2Lipocavitação. 
 
 
De 24 a 72 horas depois 
CONTORNO DO ABDÔMEN 
 
APLICAÇÃO 
\uf0a2 O paciente deve ter camada adiposa de no mínimo 15 
mm. 
 
\uf0a2 Deve ter um Abdômen: 
Tonificado/Trabalhado/Hipertrofiado 
 
\uf0a2 Desenhar o Abdômen pedindo para o paciente 
contrair a musculatura. 
 
\uf0a2 Marcar os pontos com 1 a 2 cm de distância e aplicar 
0,2 ml do medicamento a 45 º. 
 
Não Utilizar Desoxicolato. 
 
CELULITE 
\uf0a2 OJETIVO 
 
\uf0d8 Melhorar a microcirculação e drenagem do 
edema. 
 
\uf0d8 Tratar o tecido adiposo envolvido no processo 
celulítico. 
 
\uf0d8 Restaurar a estrutura normal do tecido dérmico e 
subcutâneo, através do espessamento da derme 
ou impedindo a herniação de gordura no tecido 
superficial. 
\uf0a2 BUFLOMEDIL 
Aumenta o fluxo sanguíneo periférico melhorando a 
microcirculação, melhorando a fluibilidade do 
sangue. 
\uf0a2 BENZOPIRONA 
Reduz de forma significativa os edemas de origem 
vascular. Age promovendo a drenagem linfática dos 
vasos, eliminando os fatores de retenção hídrica. 
\uf0a2 SILÍCIO 
Atua sobre o metabolismo celular e estimula a 
síntese de das fibras de sustentação da pele, como o 
colágeno, a elastina e proteoglicanas. 
\uf0a2 HIALURONIDASE 
Reduz a viscosidade do meio intercelular, torna o 
tecido mais permeável à outras substâncias e 
promove a reabsorção do excesso de fluidos, 
mobilizando os edemas e infiltrações. 
 
\uf0a2 PENTOXIFILINA 
A pentoxifilina é conhecida por estimular a 
fibrinólise e facilitar a perfusão capilar. Melhora a 
perfusão capilar. 
APLICAÇÃO 
\uf0a2 Seringa de 10 ml para diluir os ativos. 
 
\uf0a2 Agulha 18 G ½ para aspirar o conteúdo das 
ampolas. 
 
\uf0a2 Agulha 30 G ½ para aplicação no tecido. 
 
\uf0a2 Aplicar no ângulo de 45º. 
 
\uf0a2 Quantidade por ponto = 0,2 ml. 
 
\uf0a2 Tratar 1 vez por semana - 10 sessões no mínimo. 
 
RECOMENDAÇÕES 
 
\uf0a2 Exercícios Físicos ou plataforma vibratória 
somente após 24h do procedimento. 
 
\uf0a2 Alimentação hipocalórica livre de gorduras e 
sódio durante e após o tratamento. 
 
\uf0a2 Terapia Vibro-oscilatória (Modellata) após 72h. 
 
 
 
 
ASSOCIAÇÕES 
\uf0a2Ultrassom de alta potência. 
\uf0a2Radiofrequência. 
\uf0a2Lipocavitação. 
Após 24 a 72h 
 
 
\uf0a2Drenagem Linfática 72h após. 
 
 
 
ESTRIAS 
\uf0a2 OBJETIVO 
 
\uf0d8 Promover reação inflamatória a partir da técnica 
de subcisão para estimular cicatrização e 
recrutamento de fibroblastos. 
 
\uf0d8 Estimular reconstrução de tecido com ativos 
específicos. 
\uf0a2 SILÍCIO 
Na derme atua através do aumento da síntese de 
colágeno, elastina e estabilização de 
glicosaminoglicanos. 
\uf0a2 ÁCIDO GLICÓLICO 
Estimula a produção de colágeno, aumenta a 
hidratação do meio preenchendo as lacunas 
deixadas pelas estrias. 
\uf0a2 VITAMINA C 
O ácido ascórbico é necessário para a formação de 
colágeno e reparação de tecidos corporais. Estimula 
a produção de fibras na derme. Essencial para a 
síntese de colágeno. 
\uf0a2 Na formulação pode-se associar Ácido 
Hialurônico + Condroitin. 
 
APLICAÇÃO 
 
\uf0a2 Seringa de 3 ml 
\uf0a2 Agulha 30 G ½ 
\uf0a2 Técnica de retroinjeção + Subcisão 
\uf0a2 Tratar uma vez por semana 
\uf0a2 Indicar de 6 a 12 sessões 
 
FLACIDEZ CORPORAL 
\uf0a2 OBJETIVO 
 
\uf0d8 Melhorar o tecido conjuntivo utilizando ativos 
que estimulam contração muscular e promovem 
sustentação da pele. 
\uf0a2 COLÁGENO 
O Colágeno é fundamental para a manutenção da 
firmeza cutânea, assim como da hidratação 
superficial da pele. É uma macromolécula com 
característica fibrosa, de vital importância para a 
sustentação e coesão da derme e da pele como um 
todo. 
\uf0a2 DPANTENOL 
Regenerador cutâneo. Desenvolve um efeito 
eutrófico dérmico aumentando a resistência das 
fibras colágenas. 
\uf0a2 Na formulação pode-se associar DMAE + Ácido 
Hialurônico e Condroitin. (ver em Facial). 
 
APLICAÇÃO 
 
\uf0a2 Seringa de 3 ml 
\uf0a2 Agulha 30 G ½ 
\uf0a2 Aplicar 0,1 intradérmico 
\uf0a2 Agulha 15 graus formando pequenos botões sob a 
pele. 
\uf0a2 Tratar uma vez por semana \u2013 10 sessões. 
CAPILAR 
\uf0a2 A perda e o enfraquecimento do cabelo, verifica-
se tanto em homens como nas mulheres ao longo 
da vida, com maior ou menor grau de severidade, 
sendo que os homens são mais afetados pela 
calvície (alopécia androgenética) embora esta 
exista igualmente na mulher num menor grau, 
devido aos hormônios (androgenicos). 
 
\uf0a2 Há diminuição da fase anágena. 
 
\uf0a2 Estudos recentes, referem que uma ou mais 
estruturas capilares (glândulas sebáceas e 
sudoríparas, células germinativas, músculo 
eretor, folículo e bulbo capilar etc.) na fase de 
descanso, adormecem simplesmente. 
 
\uf0a2 Assim, o estímulo oriundo do exterior 
através da intradermoterapia capilar é 
imprescindível para acordar e ativar o sistema, a 
fim de que o processo de crescimento (fase 
anágena), de descanso (fase catágena) e queda 
(fase telógena) possa continuar com os ciclos 
normais. 
 
 
\uf0a2 OBJETIVO 
 
\uf0d8 Estimular a microcirculação no couro cabeludo 
para ativar o folículo capilar e promover maior 
fase de crescimento do cabelo. 
\uf0a2 IGF- Fator de Crescimento Insulínico 
Ativa produção de novas células capilares,fortalece 
os cabelos enquanto estimula os folículos capilares 
a produzirem fios