Planejamento e gestão tributária AV1
3 pág.

Planejamento e gestão tributária AV1


DisciplinaPlanejamento e Gestão Tributária204 materiais1.332 seguidores
Pré-visualização1 página
28/06/2015 Estácio
data:text/html\u37echarset=utf­8,%3Ctable%20align%3D%22center%22%20width%3D%2295%25%22%20cellpadding%3D%220%22%20cellspacing%3D%22\u2026 1/3
   Fechar
Avaliação: GST0457_AV_201307263488 » PLANEJAMENTO E GESTÃO TRIBUTÁRIA
Tipo de Avaliação: AV
Aluno: 201307263488 ­ PATRICIA RQUEL FERREIRA TELIS
Professor: MARCELO OLIVEIRA CAMARA Turma: 9001/AA
Nota da Prova: 5,0        Nota de Partic.: 0        Data: 19/06/2015 18:04:20
  1a Questão (Ref.: 201307425608) Pontos: 1,3  / 1,5
O Empresário que não realiza devidamente sua obrigações tributárias está sujeito a se ver inserido na
famigerada Dívida Ativa. Assim sendo, como entende ser composta a divida ativa da União?
Resposta: A dívida ativa da União é composta por tributos em atraso, onde ocorre um processo administrativo
para a cobrança desta dívida.
Gabarito: Proposta de Gabarito: Dívida Ativa da União é composta por todos os créditos desse ente, sejam eles
de natureza tributária ou não­tributária, regularmente inscritos pela Procuradoria­Geral da Fazenda Nacional,
depois de esgotado o prazo fixado para pagamento, pela lei ou por decisão proferida em processo regular.
  2a Questão (Ref.: 201307376464) Pontos: 0,5  / 0,5
_____________é o tributo que não está vinculado a uma contraprestação direta a quem o está pagando.
Taxa
  Imposto
Contribuição
Tarifa
despesa
  3a Questão (Ref.: 201307425571) Pontos: 0,5  / 0,5
A busca do desenvolvimento econômico fez surgir investimentos, gastos, despesas, receitas e para isso, o
Estado através do mecanismo de uma atividade financeira pode inserir, no contexto dessa evolução, funções
fiscais, tais como:
Manter a estabilidade econômica, com fins de distribuição de rendas.
Promover ajustamentos na distribuição de renda, apenas.
  Promover ajustamentos na alocação de recursos, promover ajustamentos na distribuição de renda,
manter a estabilidade econômica.
Manter a estabilidade econômica, somente.
Promover ajustamentos na alocação de recursos, unicamente.
  4a Questão (Ref.: 201307425638) Pontos: 0,5  / 0,5
28/06/2015 Estácio
data:text/html\u37echarset=utf­8,%3Ctable%20align%3D%22center%22%20width%3D%2295%25%22%20cellpadding%3D%220%22%20cellspacing%3D%22\u2026 2/3
A Constituição Federal prevê mecanismo para repartição das receitas. Sendo assim, assinale a única opção
incorreta:
A repartição indireta do ICMS se dá da seguinte forma: 25% do ICMS arrecadado pelos Estados pertence
aos Municípios, o principal critério para distribuição é o movimento econômico do Município.
A repartição direta do ITR se dá da seguinte forma: 50% do produto da arrecadação do ITR, de
competência da União, cabe aos Municípios em cujo território está localizado o imóvel.
  Ocorre a repartição direta quando são formados fundos, e a repartição depende de rateios previstos na
legislação.
Ocorre a repartição indireta quando são formados fundos, e a repartição depende de rateios previstos na
legislação.
Existe duas espécies ou hipótese de Repartição de Receitas, quais sejam a repartição direta e a
repartição indireta.
  5a Questão (Ref.: 201307425616) Pontos: 0,0  / 0,5
O termo de inscrição da dívida ativa deverá conter, sob pena de nulidade, as seguintes informações, EXCETO:
  A memória discriminada de cálculo da dívida.
  A natureza do crédito e a disposição da lei em que seja fundado.
O número do processo administrativo de que se originou o crédito.
A data em que foi inscrita.
O nome do devedor e, sendo o caso, o dos co responsáveis.
  6a Questão (Ref.: 201307375733) Pontos: 0,5  / 0,5
A Constituição Federal é quem atribui competência em matéria tributária, que, sintetizando o pacto federativo,
traça os contornos gerais do Estado nas suas três esferas de poder. Como expressão pura desse pacto, ela
distribui as competências tributárias entre a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, formando,
juntamente com os princípios e as normas de direito tributário, o Sistema Tributário Nacional.Com base na
afirmativa, assinale a opção correta em relação as garantias e proteção a sociedade em relaçao a arrecadação
das receitas públicas pelos entes da federação:
  As limitações à competência tributária, previstas nos artigos 9º a 11 do CTN, consistem em princípios e
normas jurídicas, consubstanciadas em vedações constitucionais, que têm por objetivo a garantia do
cidadão contra o abuso do poder de tributar do Estado.
é possível em alguns casos a substituição de emendas que diminuam a proteção que a Constituição
Federal atribui ao contribuinte.
não é possível a realização de emendas que ampliem ou melhorem a proteção que a Constituição
Federal atribui ao contribuinte.
não existe limitação em relação a competência tributária.
não há garantias e privilégios tributários para a sociedade, somente em relação ao Poder Público.
  7a Questão (Ref.: 201307376919) Pontos: 0,5  / 0,5
Os tributos ___________são aqueles cujo montante pago numa etapa de circulação de mercadoria pode ser
abatido do montante devido em etapa seguinte. Exemplos brasileiros: ICMS e IPI.
  não­cumulativos
Tolerável
Adicionado
Intolerável
cumulativo
28/06/2015 Estácio
data:text/html\u37echarset=utf­8,%3Ctable%20align%3D%22center%22%20width%3D%2295%25%22%20cellpadding%3D%220%22%20cellspacing%3D%22\u2026 3/3
  8a Questão (Ref.: 201307376355) Pontos: 1,2  / 1,5
O planejamento tributário tem um objetivo a economia (redução) legal da quantidade de dinheiro a ser
entregue ao governo. O que são tributos?
Resposta: Tributo é uma prestação pecuniária que deve ser paga ao governo em moeda corrente. Deve está
prevista em lei e é fonte de receita da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municipios.
Gabarito: Os tributos (impostos, taxas e contribuições) representam importante parcela dos custos das
empresas.
  9a Questão (Ref.: 201307444195) Pontos: 0,0  / 1,0
Acerca da responsabilidade tributária dos sucessores, assinale a unica opção correta:
  Apenas a pessoa jurídica de direito privado que adquirir de outra, estabelecimento comercial, industrial
ou profissional e continuar a respectiva exploração, responde pelos tributos, relativos ao estabelecimento
adquirido, devidos até à data do ato, integralmente, se o alienante cessar a exploração do comércio,
indústria ou atividade.
  Apenas as pessoas naturais ou jurídicas de direito privado que adquirir de outra, fundo de comércio e
continuar a respectiva exploração, responde pelos tributos, relativo ao fundo adquirido, devidos até à
data do ato, integralmente, se o alienante cessar a exploração do comércio, indústria ou atividade.
Apenas a pessoa natural que adquirir de pessoa natural ou jurídica, fundo de comércio e continuar a
respectiva exploração, responde pelos tributos, relativo ao fundo adquirido, devidos até à data do ato,
integralmente, se o alienante cessar a exploração do comércio, indústria ou atividade.
Apenas a pessoa jurídica de direito privado que adquirir de outra, fundo de comércio e continuar a
respectiva exploração, responde pelos tributos, relativo ao fundo adquirido, devidos até à data do ato,
integralmente, se o alienante cessar a exploração do comércio, indústria ou atividade.
Apenas a pessoa natural que adquirir de pessoa natural ou jurídica, estabelecimento comercial, industrial
ou profissional e continuar a respectiva exploração, responde pelos tributos, relativos ao estabelecimento
adquirido, devidos até à data do ato, integralmente, se o alienante cessar a exploração do comércio,
indústria ou atividade.
  10a Questão (Ref.: 201307376227) Pontos: 0,0  / 1,0
A Exclusão do Crédito Tributário pode ocorrer em duas hipóteses que são:
  A Isenção e o Pagamento.
O Pagamento e a Anistia.
A negociação do Pagamento.
  A Isenção e a Anistia.
O Pagamento e o Crédito.