A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
30 pág.
Seminário Fungos Anemófilos

Pré-visualização | Página 1 de 2

DISCIPL INA DE PARASITOLOGIA E
MICOLOGIA
SEMINÁRIO
FUNGOS
ANEMÓFILOS
Aléxia Maciel, Ana Paula Assenato, Danielle Paz,
Jaqueline Antunes e Larissa Peres
Conceito
• Fungos anemófilos: Fungos que são dispersados através
do ar atmosférico
• Eucariontes
• Heterotróficos
• Ampla distribuição na natureza
 
 
Conceito
• Microbiota fúngica anemófila pode ser semelhante ou
diferente em cada cidade ou região 
• Possuem a capacidade de colonizar diferentes substratos
de forma singular e eficiente
• Esporos: Órgãos de disseminação dos fungos que se
encontram no ar atmosférico
 
Conceito
• Oportunistas: aeroalérgenos que quando inalados podem
ser responsáveis por alergias respiratórias
• Possuem a capacidade de colonizar diferentes substratos
de forma singular e eficiente
• Fungos do ambiente domiciliar e do ar atmosférico fora
do domicílio podem ser diferentes
 
Principais fungos anemófilos
• Aspergillus fumigatus
 - Fungo filamentoso, septado, hialino
 - Fungo patogênico mais frequente no
ambiente hospitalar
 - Aspergilose: uma das infecções com índices
de mortalidade mais elevados 
 - Frequência aumentada no outono
Principais fungos anemófilos
• Penicillium spp.
 - Filamentoso, septado, hialino filo Ascomycota
 - Relacionado a infecções oportunistas
(queratites, otites e endocardites)
 - Responsável por infecções pulmonares e
disseminadas em pessoas com AIDS
 - Predominante no inverno
Principais fungos anemófilos
• Cladosporium spp.
 - Fungo demáceo, filo Ascomycota
 - Associados a infecções superficiais da pele
 - Causam graves doenças alérgicas do trato
respiratório
 
 
Principais fungos anemófilos
• Fusarium spp
 - Fungo filamentoso, septado, hialino, filo
Ascomycota
 - Causam infecções em humanos,
denominadas fusarioses
 - É encontrado no solo, afetando
principalmente as plantas
Importância clínica e ambiental
• São causadores de vários problemas respiratórios e
doenças no homem tais como asma e rinite quando inaladas
• Nas grandes cidades, o grande número de locais fechados
aumenta a incidência dos fungos (baixa dispersão do ar)
• Podem causar problemas como a deterioração de
materiais, alergias, intoxicações e infecções.
 
Importância clínica e ambiental
• Monitoramento de fungos é necessário para um adequado
controle ambiental, evitando contaminações e infecções
• Presença desses microrganismos em laboratórios pode
causar grandes problemas econômicos e prejuízo à saúde
dos trabalhadores do local
 
 
Métodos de coleta
 a) Placa de Petri 
 
 
 
 
• Recipiente cilíndrico, achatado
que pode ser de vidro ou plástico
amplamente utilizado para cultura
de microrganismos
• Possui duas partes uma base e
uma tampa.
 
Métodos de coleta
 b) Aparelho de Burkard 
 
 
 
 
• Realiza a sucção de 10L de
ar/minuto, sendo que partículas
presentes neste, como esporos
de fungos e grãos de pólen
impactam em fita impregnada de
silicone, aderida a um tambor
dentro do aparelho.
Métodos de coleta
 b) Aparelho de Rotorod
Sampler 
 
 
 
 
• Coletor de impacto para colher
partículas na superfície de
bastões (haste) presos em um
prendedor de metal de apx. 10
cm, que fica num motor pequeno
 
 
Controle do ambiente
• As concentrações de fungos no ambiente sofrem
influências de diversos fatores (ambientais, físicos) que
podem aumentar a quantidade de propágulos no
ambiente 
• Níveis de exposição e sensibilidade a estes alérgenos
vão dizer o quão grave é a patologia
 
Controle do ambiente
• Importante identificar a frequência com que esses
fungos ocorrem na localidade e número de exposições a
que o paciente está exposto
 
 
 
Legislação Vigente
• PORTARIA Nº 3.523, DE 28 DE AGOSTO DE 1998
(MINISTÉRIO DA SAÚDE): Entre outras coisas considera a
preocupação com a saúde, o bem-estar, o conforto e a
produtividade dos ocupantes dos ambientes climatizados.
 
 
Legislação Vigente
- Art. 4º Adotar para fins deste Regulamento Técnico as
seguintes definições:
a) ambientes climatizados: ambientes submetidos ao
processo de climatização
b) ar de renovação: ar externo que é introduzido no
ambiente climatizado
 
Legislação Vigente
c) ar de retorno: ar que recircula no ambiente climatizado.
d) boa qualidade do ar interno: conjunto de propriedades
físicas, químicas e biológicas do ar que não apresentem
agravos à saúde humana.
 
 
Legislação Vigente
e) climatização: conjunto de processos empregados para se
obter por meio de equipamentos em recintos fechados,
condições específicas de conforto e boa qualidade do ar,
adequadas ao bem-estar dos ocupantes.
f) filtro absoluto: filtro de classe A1 até A3.
 
 
Legislação Vigente
h) manutenção: atividades técnicas e administrativas
destinadas a preservar as características de desempenho
técnico dos componentes ou sistemas de climatização.
 
 
 
 
Legislação Vigente
i) Síndrome dos Edifícios Doentes: consiste no surgimento de
sintomas que são comuns à população em geral, mas que,
numa situação temporal, pode ser relacionado a um edifício
em particular. Um incremento substancial na prevalência dos
níveis dos sintomas, antes relacionados, proporciona a
relação entre o edifício e seus ocupantes.
 
Legislação Vigente
• RESOLUÇÃO - RE N º 176, DE 24 DE OUTUBRO DE 2000
(ANVISA): principais medidas de correção em ambientes
interiores em relação aos fungos: 
a) Corrigir a umidade ambiental; 
b) Manter sob controle rígido vazamentos, infiltrações e
condensação de água; 
 
Legislação Vigente
c) Higienizar os ambientes e componentes do sistema de
climatização ou manter tratamento contínuo para eliminar
as fontes; 
d) Eliminar materiais porosos contaminados;
e) eliminar ou restringir vasos de plantas com cultivo em
terra, ou substituir pelo cultivo em água (hidroponia); 
f) utilizar filtros G-1 na renovação do ar externo.
Legislação Vigente
• VIII RESPONSABILIDADE TÉCNICA: Recomenda que os
proprietários, locatários e prepostos de estabelecimentos
com ambientes ou conjunto de ambientes dotados de
sistemas de climatização devam manter um responsável
técnico com as seguintes atribuições:
 
 
Legislação Vigente
• VIII RESPONSABILIDADE TÉCNICA: 
a) realizar a avaliação biológica, química e física das
condições do ar interior dos ambientes climatizados;
b) proceder a correção das condições encontradas, quando
necessária.
c) manter disponível o registro das avaliações e correções
realizadas;
Legislação Vigente
d) divulgar aos ocupantes dos ambientes climatizados os
procedimentos e resultados das atividades de avaliação,
correção e manutenção realizadas.
*Considera-se como responsável técnico o profissional que
tem competência legal para exercer as atividades descritas
nas análises preconizadas, em conformidade com a
regulamentação profissional vigente no país.
Legislação Vigente
• A responsabilidade técnica pelas análises laboratoriais
realizadas deverá estar desvinculada da responsabilidade
técnica pela realização dos serviços de limpeza e
manutenção do sistema de climatização
 
Curiosidade
• 15,38% dos indivíduos atópicos com asma e ou rinite em
Porto Alegre são sensibilizados por fungos anemófilos. 
• Nos Estados Unidos e outros países industrializados cerca
de 20% da população apresentam doenças respiratórias
alérgicas como asma e rinite causadas por