A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
APOSTILA QUESTÕES OAB FGV

Pré-visualização | Página 8 de 50

difuso), tenha reconhecido a incompatibilidade entre uma lei em vigor desde 1987 e a 
Constituição de 1988. Nesse caso, é correto afirmar que: 
A) após reiteradas decisões no mesmo sentido, o STF poderá editar súmula vinculante. 
B) o STF deverá encaminhar a decisão ao Senado. 
C) os órgãos fracionários dos tribunais, a partir de então, ficam dispensados de encaminhar a 
questão ao pleno. 
D) a eficácia da decisão é erga omnes. 
 
67. (FGV – OAB – VII EXAME) De acordo com entendimento consolidado do STF e da doutrina, 
qual, dentre os órgãos e entidades listados abaixo, NÃO precisa demonstrar pertinência 
temática como condição para ajuizar Ação Direta de Inconstitucionalidade? 
 
Boa Viagem: Rua Visconde de Jequitinhonha, 76. tel: 34628989 e 33425049 
 Boa Vista: Rua Montevidéu, 276. Tel: 34230732. 
 falecom@espacojuridico.com 
 www.espacojuridico.com 
 
 
 
A) Mesa de Assembleia Legislativa ou Câmara Legislativa (DF). 
B) Conselho Federal da OAB. 
C) Entidade de Classe de âmbito nacional. 
D) Confederação Sindical. 
 
68. (FGV – OAB – VIII EXAME) Lei estadual de iniciativa do Deputado “X” previu a criação de 300 
cargos de fiscal de rendas e determinou o seu preenchimento no mesmo ano, sem indicar a 
previsão da receita necessária para fazer frente a tal despesa. Realizado o concurso público e 
depois da posse e exercício dos 100 primeiros aprovados, o Governador ajuíza ação direta de 
inconstitucionalidade perante o Supremo Tribunal Federal, arguindo a invalidade do diploma 
legal, por vício de iniciativa e por não indicar a fonte de receita necessária. Considerando as 
normas existentes a respeito do controle de constitucionalidade, assinale a alternativa que 
indica o correto posicionamento do STF. 
A) Não terá alternativa senão declarar a inconstitucionalidade da lei, por vício de iniciativa, 
com efeitos ex tunc, e julgar de plano inválido o concurso público, determinando a 
exoneração de todos os fiscais aprovados e a anulação dos atos por eles praticados. 
B) Não poderá acatar os argumentos da ação direta, uma vez que o Governador foi quem 
autorizou a realização do concurso e deu posse aos candidatos, de modo que a ação 
proposta por ele mesmo viola a segurança jurídica, denotando conduta contraditória. 
C) Deverá realizar uma ponderação de princípios e poderá, ao final, decidir pela 
constitucionalidade da lei e pela sua manutenção no ordenamento jurídico, apesar da afronta 
à Constituição, caso em que julgará improcedente a ação. 
D) Poderá, ao declarar a inconstitucionalidade, e pelo voto de dois terços dos ministros, 
restringir os efeitos da decisão ou decidir que ela só tenha eficácia a partir de seu trânsito em 
julgado ou de outro momento que venha a ser fixado, preservando os atos já praticados pelos 
fiscais. 
 
69. (FGV – OAB – IX EXAME) João ingressa com ação individual buscando a repetição de 
indébito tributário, tendo como causa de pedir a inconstitucionalidade da Lei Federal “X”, que 
criou o tributo. Sobre a demanda, assinale a afirmativa correta. 
A) João não possui legitimidade para ingressar com a demanda, questionando a 
constitucionalidade da Lei Federal “X”, atribuída exclusivamente às pessoas e entidades 
previstas no art. 103 da Constituição. 
B) Caso a questão seja levada ao Supremo Tribunal Federal, em sede de recurso extraordinário, 
e este declarar a inconstitucionalidade da Lei Federal “X” pela maioria absoluta dos seus 
membros, a decisão terá eficácia contra todos e efeitos vinculantes. 
C) O órgão colegiado, em sede de apelação, não pode declarar a inconstitucionalidade da 
norma, devendo submeter a questão ao Pleno do Tribunal ou ao órgão especial (quando 
houver), salvo se já houver prévio pronunciamento deste ou do plenário do STF sobre a sua 
inconstitucionalidade. 
D) O juiz de primeiro grau não detém competência para a declaração de 
inconstitucionalidade de lei ou ato normativo, mas somente o Tribunal de segundo grau e 
 
Boa Viagem: Rua Visconde de Jequitinhonha, 76. tel: 34628989 e 33425049 
 Boa Vista: Rua Montevidéu, 276. Tel: 34230732. 
 falecom@espacojuridico.com 
 www.espacojuridico.com 
 
 
 
desde que haja prévio pronunciamento do plenário do Supremo Tribunal Federal sobre a 
questão. 
 
70. (FGV – OAB – IX EXAME) O Estado ”X” possui Lei Ordinária, que dispõe sobre regras de 
trânsito e transporte. Determina essa lei a instalação de cinto de segurança em veículos de 
transporte coletivo de passageiros, impondo penalidades em caso de descumprimento. 
Inconformado com este diploma legal, o Governador do Estado deseja propor ação direta de 
inconstitucionalidade. Neste caso, assinale a afirmativa correta. 
A) A ação não poderá ser ajuizada pelo Governador sem prévia autorização da Assembleia 
Legislativa do Estado X, já que se trata de ação contra lei do próprio Estado. 
B) O Governador não poderá propor a ADI, como pretende, pois a lei não possui vício de 
inconstitucionalidade. 
C) A lei é inconstitucional, pois viola a competência privativa da União para legislar sobre 
trânsito. 
D) Não haveria vício de inconstitucionalidade, caso a lei estadual tivesse status de lei 
complementar, ao invés de lei ordinária. 
 
GABARITO DIREITO CONSTITUCIONAL: 
1. D 2. D 3. A 4. A 5. C 6. D 7. C 
8. C 9. B 10. C 11. B 12. B 13. D 14. D 
15. C 16. D 17. D 18. B 19. A 20. B 21. D 
22. D 23. B 24. C 25. A 26. D 27. B 28. C 
29. B 30. A 31. C 32. D 33. C 34. C 35. A 
36. C 37. A 38. D 39. C 40. A 41. B 42. D 
43. A 44. C 45. A 46. D 47. D 48. D 49. D 
50. B 51. C 52. D 53. C 54. B 55. A 56. D 
57. C 58. B 59. A 60. C 61. C 62. C 63. A 
64. D 65. D 66. A 67. B 68. D 69. C 70. C 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Boa Viagem: Rua Visconde de Jequitinhonha, 76. tel: 34628989 e 33425049 
 Boa Vista: Rua Montevidéu, 276. Tel: 34230732. 
 falecom@espacojuridico.com 
 www.espacojuridico.com 
 
 
 
DIREITO PROCESSUAL CIVIL 
 
 
DAS PARTES E DOS PROCURADORES 
 
01. (X EXAME DE ORDEM UNIFICADO/FGV/CAPACIDADE PROCESSUAL) A respeito da 
capacidade processual, assinale a afirmativa correta. 
A) Os municípios serão representados em juízo, ativa e passivamente, pelo Prefeito ou pelo 
procurador. 
B) O juiz, de plano, deverá extinguir o processo sem resolução do mérito, ao verificar a 
incapacidade processual ou a irregularidade da representação das partes. 
C) O juiz dará curador especial ao réu preso, bem como ao réu citado por hora certa, por 
edital ou por meio eletrônico. 
D) A citação dos cônjuges nas ações que versem sobre direitos reais imobiliários é prescindível. 
 
02. (II EXAME DE ORDEM UNIFICADO/FGV/PRESSUPOSTOS PROCESSUAIS) A capacidade é um dos 
pressupostos processuais. Caso o juiz verifique que uma das partes é incapaz ou há 
irregularidade em sua representação, deverá suspender o processo e marcar prazo razoável 
para que o defeito seja sanado. Assinale a alternativa que indique a providência correta a ser 
tomada pelo magistrado, na hipótese de persistência do vício. 
(A) Se o vício se referir ao autor, deve o juiz aplicar-lhe multa por litigância de má-fé. 
(B) Se o vício se referir ao autor, deve o juiz proferir o julgamento antecipado da lide. 
(C) Se o vício se referir ao réu, deve o juiz reputá-lo revel. 
(D) Se o vício se referir ao réu, deve o juiz julgar a causa em seu desfavor. 
 
03. (VII EXAME DE ORDEM UNIFICADO/FGV/RESPONSABILIDADE DAS PARTES POR DANO 
PROCESSUAL) As regras processuais impõem as partes deveres

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.