Anatomia Dental - 1
6 pág.

Anatomia Dental - 1


DisciplinaAnatomia e Escultura Dental2.670 materiais119.002 seguidores
Pré-visualização2 páginas
1 
 
1 Ana Carolina Machado - Odontologia UNIRB, 2019 
Anatomia Dental 
Introdução à anatomia dental 
humana 
A anatomia dental é a parte da anatomia 
humana que estuda os dentes e a sua 
organização. 
Os dentes fazem parte de um sistema 
complexo denominado sistema 
estomatognático, cuja função primordial é 
a mastigação. 
 
Sistema estomatognático 
O sistema estomatognático é estruturado 
por: 
\uf0a9 Ossos da face e crânio; 
\uf0a9 Dentes e periodonto; 
\uf0a9 Glândulas salivares; 
\uf0a9 Articulações; 
\uf0a9 Músculos; 
\uf0a9 Vasos sanguíneos; 
\uf0a9 Vasos linfáticos; 
\uf0a9 Sistema nervoso. 
Definição de Dente 
Dentes são órgãos ou massas duras de 
tecidos calcificados, de coloração 
esbranquiçada, situados na cavidade 
bucal e colocados sobre os maxilares 
(maxilar e mandíbula) onde se dispõem 
em fileiras; 
Ou ainda, os dentes são órgãos compostos 
de dentina, polpa e tecidos acessórios de 
revestimento (esmalte e cemento). 
DENTES SÃO ÓRGÃOS?????? 
Sim, dentes são órgãos, já que são formados 
por diferentes tipos de tecidos. 
O órgão dental é formado por dente e 
periodonto. 
 
 
 Esmalte; 
Dente Dentina; 
 Polpa. 
 
 P. de Inserção 
Periodonto 
 P. de Proteção. 
 
 Cemento; 
p. de inserção Lig. Periodontal; 
 Osso alveolar. 
 
P. de proteção Gengiva. 
 
Classificação 
Dentre a classificação do sistema dental, os 
seres humanos são agrupados como: 
\uf0a9 Plexodonte; 
\uf0a9 Heterodonte; 
\uf0a9 Difiodonte. 
Plexodonte: Dentes complexos; 
Heterodonte: Dentes com funções 
diferenciadas; 
Difiodonte: Duas dentições, uma decídua e 
outra permanente. 
Funções 
As funções realizadas pelos dentes podem 
ser divididas em: 
\uf0a9 Uma função ativa; 
\uf0a9 Diversas funções passivas. 
Função ativa 
A função ativa dos dentes é a mastigação. 
Estímulo esse que se define como o preparo 
mecânico dos alimentos sólidos a fim de 
 
2 
 
2 Ana Carolina Machado - Odontologia UNIRB, 2019 
reduzi-los a partículas que possam ser 
deglutidas. Também fazem parte deste 
processo a língua, glândulas salivares, 
músculos, lábios e bochechas. 
Cada grupo dental realiza funções 
específicas no processo da mastigação. 
 
 
 
 
 
 
 
 
Mastigação 
\uf0a9 Incisivos: preensão e incisão; 
\uf0a9 Caninos: perfuração e dilaceração; 
\uf0a9 Pré \u2013 molares e molares: trituração. 
Funções passivas 
\uf0a9 Estética; 
\uf0a9 Proteção e sustentação dos tecidos 
moles relacionados; 
\uf0a9 Fonação (existem pronúncias que 
são: linguo \u2013 dentais: S, Ç, T, D, N e 
pronúncias lábio- dentais: F, V. 
\uf0a9 Oclusão. 
Divisão anatomo - descritiva 
\uf0a9 Raiz; 
\uf0a9 Colo; 
\uf0a9 Coroa. 
 
 
 
 
 
 
Coroa 
A coroa pode ser pentaédrica ou 
cúbica/cuboide. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
De um modo geral as coroas representam 
1/3 do comprimento total de um dente. 
Coroa anatômica coroa clínica: 
\uf0a9 Coroa é a porção do dente recoberta 
por esmalte; 
\uf0a9 Colo anatômico é o que vai dividir a 
coroa anatômica da raiz 
anatômica; 
\uf0a9 Colo clínico: gengiva com o dente 
(aderência do dente ao colo); 
\uf0a9 Coroa clínica é a parte do dente 
exposta na cavidade oral. 
Raiz 
A raiz é a porção do dente que fica 
implantada no osso alveolar, não sendo 
visível na cavidade oral; 
A raiz é revestida pelo cemento, que lhe 
confere uma coloração amarelada e uma 
textura mais rugosa; 
De um modo geral, a raiz do dente 
representa 2/3 do seu comprimento total. 
A raiz fixa \u2013 se no alvéolo através do 
ligamento periodontal. 
A articulação dente \u2013 alvéolo recebe o 
nome de gonfose. 
 
3 
 
3 Ana Carolina Machado - Odontologia UNIRB, 2019 
IMPORTANTE!!!!!! 
Anquilose dentária: Anquilose dentária é 
a fusão anatômica entre a raiz do dente e 
o osso. Diferente do que se imagina, o dente 
não é fixado diretamente no osso. Entre 
eles existe um "sistema de amortecimento" 
chamado ligamento periodontal! 
A anquilose existe justamente quando não 
existe esse ligamento periodontal 
Colo 
O colo é a porção do dente que se localiza 
entre a coroa e a raiz. 
No dente isolado, o colo é perfeitamente 
visível. É representado por um 
estrangulamento entre a coroa e a raiz. 
Além disso, é marcado ainda por uma 
linha sinuosa entre o esmalte e o cemento. 
Divisão histoestrutural 
\uf0a9 Esmalte; 
\uf0a9 Dentina; 
\uf0a9 Cemento; 
\uf0a9 Polpa. 
 
Esmalte 
O esmalte é o tecido mais mineralizado do 
corpo humano e representa 96 \u2013 97% de 
conteúdo mineral (inorgânico) de origem 
ectodérmica. 
 
Dentina 
A dentina forma o arcabouço do dente. É 
revestida pelo esmalte na porção coronária 
e pelo cemento na porção radicular. Além 
disso, no interior da dentina está a 
cavidade pulpar. A dentina representa 69% 
de matéria inorgânica e tem origem 
mesenquimal. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Cemento 
O cemento faz parte do periodonto de 
inserção, juntamente com as fibras do 
ligamento periodontal, osso alveolar das 
paredes do alvéolo. O cemento representa 
cerca de 49% de material inorgânico. 
Polpa 
A polpa é de natureza conjuntiva 
(mesenquimal/ vem lá do mesoderma). É 
ricamente vascularizada e inervada, 
assim como, apresenta grande 
sensibilidade e possui uma série de células, 
dentre as quais se destacam os osteoblastos. 
 
Situação e localização dos dentes 
Os dentes humanos estão localizados no 
interior da cavidade oral, sobre as cristas 
maxilares em fileiras contínuas deixando 
ou não espaços entre eles (diastema). 
IMPORTANTE!!!! 
Diastema: Diastema é uma lacuna ou 
espaço entre dois dentes. O termo é mais 
comumente aplicado a um espaço aberto 
entre os incisivos superiores. 
 
 
4 
 
4 Ana Carolina Machado - Odontologia UNIRB, 2019 
Existem dentes superiores e inferiores. As 
coroas dos superiores localizam \u2013 se 
inferiormente e as coros dos inferiores 
localizam \u2013 se superiormente. 
Os dentes dispõem - se na boca em forma de 
arco, existindo um giro de quase 90° se 
compararmos o incisivo central com o 
terceiro molar. Desta maneira, a face 
anterior do incisivo é homóloga à lateral 
do molar. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Sentido vertical 
Quando se descreve a coroa de um dente, 
empregam-se os termos: Terços: 
\uf0a9 Cervical: que refere \u2013 se à porção da 
coroa que se relaciona com a raiz; 
\uf0a9 Oclusal/ incisal: refere \u2013 se à porção 
da coroa que se relaciona com o 
plano oclusal; 
\uf0a9 Terço médio: Sempre que uma 
estrutura se localiza entre a porção 
oclusal e a porção cervical, emprega 
\u2013 se o termo médio. 
Quando se descreve a raiz de um dente, 
empregam \u2013 se os termos: 
\uf0a9 Apical: refere- se à porção final da 
raiz do dente; 
\uf0a9 Cervical: refere \u2013 se à porção que se 
relaciona com a coroa; 
\uf0a9 Médio: Sempre que uma estrutura se 
localiza entre a porção cervical e a 
apical, emprega \u2013 se o termo médio. 
 
No sentido horizontal 
No sentido horizontal não há diferença 
entre os termos da coroa ou da raiz. Foram 
criados termos: 
\uf0a9 F. Vestibular: Voltada para o 
vestíbulo da boca, limitado pelos 
dentes, lábios e bochechas; 
\uf0a9 F. Lingual/palatina: está voltada 
para a cavidade bucal propriamente 
dita ou para a língua/ palato; 
\uf0a9 Mesial: Estruturas voltadas