PCC Principos de Zoologia de Vertebrados
3 pág.

PCC Principos de Zoologia de Vertebrados


DisciplinaPrincípios de Zoologia de Vertebrados30 materiais130 seguidores
Pré-visualização1 página
Nome: Jaqueline Cavalari de Carvalho
RA: 1768115
Jogo Didático
Objetivo: Este jogo tem como objetivo fazer com que os alunos do Ensino Fundamental II aprendam de maneira divertida sobre os Anfíbios. O jogo requer perguntas e respostas sobre o tema abordado, com curiosidades e valendo pontos, onde no final haverá uma equipe vencedora. O jogo faz com que tenham o conhecimento dos animais, incluindo algumas estruturas do corpo, reprodução e ambiente onde vivem uma maneira divertida de aprender brincando.
Vocabulário: 
Vertebrados: presença de coluna vertebral segmentada e de crânio que protege o cérebro.
Anfíbios: representa uma classe de animais vertebrados.
Ectotêrmicos: temperatura do corpo varia de acordo com a temperatura do ambiente.
Ciclo de Vida: nos anfíbios é dividido em duas fases: a fase aquática e a fase terrestre.
Ambiente Aquático Dulcícola: são rios e lagos de agua doce.
Brânquias: é um órgão da respiração, onde ocorre as trocas gasosas.
Metamorfose: é o desenvolvimento pós-embrionário que permite o anfíbio sair do ambiente aquático e fazer parte do ambiente terrestre.
Respiração Cutânea: são trocas gasosas feitas através da pele dos anfíbios.
Cavidades do Coração: o anfíbio tem o coração dividido em dois átrios e um ventrículo.
Glândula Parótida: secreta uma substancia leitosa que é usada para sua defesa.
Fecundação Externa: é feita quando a fêmea libera seus óvulos no ambiente e o macho libera seus espermatozoides sobre os óvulos para ocorrer a fecundação.
Girino: o anfíbio tem forma de um peixe com cauda.
Anuros: são animais que pertencem a classe dos anfíbios, possuem corpo curto sem cauda, como os sapos, as rãs e as pererecas.
Urodela: são animais que pertencem a classe dos anfíbios que possuem cauda, como as salamandras.
Ápodes: são animais que pertencem a classe dos anfíbios, não possuem patas, como a cobra-cega.
Conhecimentos Necessários: Os anfíbios são representados por animais como sapos, rãs, pererecas, salamandras, cobra-cega. São animais vertebrados possuem uma coluna vertebral segmentada. A respiração dos anfíbios é feita de três formas: pulmonar, cutânea e branquial. Na respiração pulmonar as trocas gasosas são feitas nos pulmões. Na respiração cutânea as trocas gasosas são realizadas através da pele do animal. Na respiração branquial as trocas gasosas são feitas por meio das brânquias.
O sistema cardiovascular doa anfíbios contém um coração que é dividido em dois átrios, onde ocorre a chegada do sangue ao coração e um ventrículo que direciona o sangue para o pulmão ou para o corpo. O sistema digestório é completo, na sua boca possuem dentes em uma ou em ambas mandíbulas. O sistema excretor é formado por rins que estão ligados a bexiga que armazena urina cujo excreta ureia.
A fecundação é feita externamente, a fêmea libera seus óvulos envolvidos por uma massa gelatinosa e o macho libera seus espermatozoides sobre os óvulos para que ocorra a fecundação. Os ovos fecundados iniciam seu desenvolvimento rápido, cerca de uma semana ocorre a formação do girino, que vive em ambiente aquático e se alimenta por algas, possuem brânquias externas que com o tempo uma dobra de pele cresce sobre a brânquia, que recebe o nome de espiraculo e mais adiante de seu ciclo de vida aparecem os membros posteriores e interiores. No final a cauda do girino é reabsorvida e ocorre modificações na cabeça e a metamorfose está completa.
Os sapos produzem sons que são evidentes quando o saco vocal dos machos se expande e contrai rapidamente com entrada e saída de ar para produzir os sons. Alguns sapos possuem uma glândula parótida que produz veneno e outras glândulas espalhadas pelo seu corpo. Esse veneno é eliminado quando esta glândula é apertada fazendo com que o veneno seja espalhado sobre o predador. A classe dos anfíbios é dividida em:
Ápoda: são animais alongados, sem patas, tem olhos pequenos, são chamados de cobra-cega.
Anura: são animais de corpo robusto, pele ressecada ou úmida, tem patas com membranas entre os dedos, são muito comuns em nosso dia a dia são chamados de sapos, rãs e pererecas.
Urodela: são animais que possuem cauda nos adultos, são semelhantes aos lagartos, são chamados de salamandras.
Assuntos relacionados: Para o jogo estão relacionados os assuntos sobre animais vertebrados, especificamente sobre os anfíbios, relacionado a eles o seu ciclo de vida, habitat onde vivem, órgãos do seu corpo em geral, fase de modificações conforme seu crescimento, fase de reprodução e as classes que estão relacionados cada um dos animais.
Materiais: Para o jogo foi utilizado cartas contendo perguntas e respostas sobre o tema Anfíbios, uma tabela com o nome e os pontos das equipes que participaram do jogo. Também será usado uma mesa onde ficara um aluno de cada lado e a professora ao meio para fazer as perguntas e um sino para cada equipe para que possa dar direito de resposta primeiro a equipe que tocou mais rapidamente. 
Regras: O jogo dos anfíbios é destinado aos alunos do Ensino Fundamental II, contendo cartas com perguntas e respostas sobre a classe dos anfíbios. Será formado grupos de alunos com a mesma quantidade de pessoas, para responderem as perguntas que estarão valendo dois pontos cada resposta correta. Quando a resposta do aluno estiver errada os pontos irão para outra equipe. Será escolhido um aluno de cada equipe para ir até a mesa onde a professora fara a pergunta e o aluno que souber a resposta tocara um sino e terá a vez de falar. No final do jogo a equipe que somar maior quantidade de pontos serão os vencedores levando conhecimentos para vida.