Slides de Aula - Unidade II
49 pág.

Slides de Aula - Unidade II


Disciplina<strong>psicologia Sociointeracionalista</strong>15 materiais19 seguidores
Pré-visualização3 páginas
Unidade II
PSICOLOGIA SOCIOINTERACIONISTA
Profa. Dra. Mônica Cintrão
Ementa
\uf0a7 Estudo da teoria do desenvolvimento psicológico 
de Lev S. Vygotsky (1896-1934) e sua abordagem
social do desenvolvimento e da aprendizagem. 
\uf0a7 Estudo da teoria do desenvolvimento psicológico
de Henri Wallon (1879-1962) e sua concepção dialética
do desenvolvimento infantil.
Unidade I
A obra de Lev Vygotsky em seu momento histórico:
\uf0a7 recordando a Revolução Russa;
\uf0a7 vida e obra de Vygotsky.
O pensamento de Vygotsky:
\uf0a7 mediação simbólica, pensamento e linguagem.
Desenvolvimento e Aprendizado:
\uf0a7 zona de desenvolvimento iminente, relações
entre desenvolvimento e brinquedo;
\uf0a7 Vygotsky e a educação.
Unidade II
A obra de Henri Wallon em seu momento histórico.
O pensamento de Wallon:
\uf0a7 concepção epistemológica do conhecimento;
\uf0a7 dinâmica do desenvolvimento infantil.
Psicogênese da pessoa completa:
\uf0a7 o desenvolvimento psicológico infantil;
\uf0a7 períodos do desenvolvimento psicológico.
Wallon e a educação:
\uf0a7 Projeto Langevin-Wallon.
A obra de Henri Wallon em seu momento histórico
Fonte: Extraído do livro-texto
Vida e obra \u2013 Henri Wallon
\uf0a7 Henri Wallon nasceu em Paris, França, em 1879. 
\uf0a7 Em sua formação, recebeu forte influência de sua família,
de tradição universitária, republicana e de forte atmosfera 
humanista. Sua maior referência foi seu avô, a quem admirava 
profundamente. Foi um grande historiador, discípulo de 
Michelet, político de oposição ao Império, autor da \u201cemenda 
Wallon\u201d, que introduziu a palavra \u201crepública\u201d na Constituição 
de 1875.
\uf0a7 O fato de ter sido criado em um ambiente repleto de 
discussões sobre política e sobre a construção de uma 
sociedade justa e igualitária, contribuiu para sua inclinação
e preocupação sobre as causas sociais traduzida numa 
trajetória de compromisso ético e engajamento político.
Vida e obra \u2013 Henri Wallon
\uf0a7 1902 \u2013 formou-se na Escola Normal Superior
e iniciou como professor de Filosofia.
\uf0a7 1903 e 1908 \u2013 estudou Medicina em Paris e, ao final do curso, 
defendeu sua primeira tese, sobre delírio de perseguição. 
\uf0a7 Ao longo de sua formação e atuação profissional, suas áreas 
de interesse foram Filosofia, Medicina, Psiquiatria e Psicologia.
\uf0a7 Como professor, discordava dos autoritários métodos 
empregados para controle disciplinar, assim como do 
patrulhamento clerical exercido sobre o ensino, o qual levava, 
segundo suas palavras, ao obscurantismo e à desconfiança.
I Guerra Mundial
\uf0a7 1914 \u2013 realizou pesquisas sobre psicopatologia,
observou crianças de 2 a 15 anos internadas com profundas 
perturbações de comportamento (instabilidade, delinquência, 
perversidade) e estes estudos foram a base para posteriores 
investigações sobre o funcionamento psicológico humano.
\uf0a7 1914-1918 \u2013 participou como soldado na I Guerra Mundial, 
como médico do exército francês, prestou atendimento
médico aos soldados feridos e teve a oportunidade de
cuidar de pessoas com distúrbios psiquiátricos ao lidar 
constantemente com ex-combatentes portadores de
lesões cerebrais.
Laboratório de Psicobiologia da Criança
\uf0a7 1925 \u2013 fundou o Laboratório de Psicobiologia
da Criança, destinado à pesquisa e ao atendimento
clínico a crianças deficientes. Este laboratório ficava
localizado perto de uma escola na periferia de Paris,
o que o permitia ter acesso ao contexto social da criança.
Publica sua tese de doutorado: \u201cA criança turbulenta\u201d.
\uf0a7 A partir desses estudos, elaborou uma teoria
sobre a psicogênese da pessoa completa.
Psicologia da criança
\uf0a7 1929 \u2013 realizou conferências sobre a psicologia da criança 
como professor na Universidade de Sorbonne e em outras 
instituições de Ensino Superior. Atuou como médico em 
instituições psiquiátricas e, nesse período, consolida-se 
seu interesse pela psicologia da criança. 
\uf0a7 1931 \u2013 viajou a Moscou e foi convidado para integrar o
Círculo da Rússia Nova, grupo formado por intelectuais
que se reuniam com o objetivo de aprofundar o estudo
sobre o materialismo dialético e examinar as possibilidades 
oferecidas por este referencial aos vários campos da ciência. 
Neste grupo, o marxismo que se discutia não era o sistema
de governo, mas a corrente filosófica.
II Guerra Mundial
\uf0a7 1939 a 1945 \u2013 período marcado pela II Guerra Mundial, a 
França foi ocupada pelos alemães e Wallon participou do 
movimento de Resistência Francesa contra os invasores, 
foi perseguido pela Gestapo (polícia nazista), viveu 
clandestinamente e teve de interromper suas atividades 
acadêmicas, mas não as atividades científicas.
\uf0a7 1948 \u2013 cria e lança a revista Enfance, periódico que
ainda hoje é utilizado como fonte de pesquisa por
estudiosos na área da psicologia do desenvolvimento.
\uf0a7 1937 e 1962 \u2013 lecionou psicologia e educação no
Colégio de França (berço da psicologia francesa)
e integrou a Sociedade Francesa de Pedagogia.
Projeto Langevin-Wallon
\uf0a7 1944 a 1946 \u2013 participou em Paris da Comissão
do Ministério da Educação Nacional, para reformulação
do sistema de ensino francês.
\uf0a7 1946 a 1962 \u2013 tornou-se vice-presidente do Grupo Francês 
da Educação Nova, instituição que ajudou a revolucionar 
o sistema de ensino daquele país e da qual foi presidente 
de 1946 até sua morte.
\uf0a7 Elaborou um projeto de reforma do sistema
do ensino francês, o Projeto Langevin-Wallon.
A vida de Wallon
\uf0a7 Wallon se dedicou a conhecer a infância e o funcionamento 
psicológico da criança para, com isso, entender os distúrbios 
do desenvolvimento. 
\uf0a7 De acordo com seus pressupostos, o meio exerce influência 
fundamental sobre o desenvolvimento da pessoa humana, 
considerado o alimento cultural.
\uf0a7 Morreu em Paris, França, em 1962, aos 83 anos.
Interatividade
Leia a frase a seguir e responda a questão:
A teoria de Wallon ficou conhecida por __________________ , 
pois entende o homem como um ser constituído por dimensões 
que se completam, se entrelaçam, são interdependentes.
Assinale a alternativa que completa corretamente a lacuna:
a) \u201cpsicogênese da pessoa completa\u201d.
b) \u201csociointeracionismo\u201d.
c) \u201cconstrutivismo\u201d.
d) \u201cinteracionismo\u201d.
e) \u201cpsicogênese da língua escrita\u201d.
Resposta
Leia a frase a seguir e responda a questão:
A teoria de Wallon ficou conhecida por __________________ , 
pois entende o homem como um ser constituído por dimensões 
que se completam, se entrelaçam, são interdependentes.
Assinale a alternativa que completa corretamente a lacuna:
a) \u201cpsicogênese da pessoa completa\u201d.
b) \u201csociointeracionismo\u201d.
c) \u201cconstrutivismo\u201d.
d) \u201cinteracionismo\u201d.
e) \u201cpsicogênese da língua escrita\u201d.
Concepção epistemológica do conhecimento
\uf0a7 Wallon, da mesma forma que Vygotsky, foi adepto da
corrente epistemológica materialista histórica e dialética. 
\uf0a7 O que é materialismo histórico e dialético?
\uf0a7 Existem os aspectos biologicamente determinantes, que são 
de natureza orgânica, genética, que herdamos no nascimento; 
e, por outro lado, existem os fatores do meio, do contexto 
social e histórico em que vivemos, que nos impõem uma série 
de desafios e nos obrigam ao desenvolvimento necessário 
a uma adaptação. 
Psicologia genética
\uf0a7 Parte do principio de que é no início da vida que a história
de um sujeito começa a se constituir. Por isso, constrói uma 
teoria psicogenética para compreender o psiquismo humano.
\uf0a7 A psicologia genética estuda as origens, a gênese dos 
processos psíquicos, constitui-se no método de uma 
psicologia geral, concebida como conhecimento sobre 
o adulto por meio do estudo da criança.
Psicogênese da pessoa completa
\uf0a7 A teoria de Wallon é chamada de
psicogênese da pessoa completa.
\uf0a7 Compreende o desenvolvimento do homem como 
geneticamente social,