Seja Premium

ATV GEOGRAFIA ECONÔMICA E DA INDUSTRIA

Seja Premium e tenha acesso liberado!

São milhões de conteúdos disponíveis pra você.

Já tem cadastro?

Você viu 3 do total de 29 páginas deste material

Prévia do material em texto

GEOGRAFIA ECONÔMICA E DA INDUSTRIA
1a aula
		
	 
	Lupa
	 
	 
	
	
PPT
	
MP3
	 
		Exercício: CEL1031_EX_A1_201708429387_V2 
	27/08/2019
	Aluno(a): GIVANILDO SOUSA
	2019.3 EAD
	Disciplina: CEL1031 - GEOGRAFIA ECONÔMICA E DA INDUSTRIA 
	201708429387
	
	 
	
	 1a Questão
	
	
	
	
	AOCP 2016
Preencha a lacuna e assinale a alternativa correta. Na __________, a gestão de documentos está fundamentalmente nas mãos da Igreja, detentora do "saber e da cultura", concentrados em catedrais e mosteiros. Os arquivos Eclesiásticos vão assim ter a função de guardar e gerir os títulos de propriedade, quer da Igreja, quer de outras instituições públicas e particulares.
Qual o termo correto que preenche a lacuna?
		
	
	Guerra Fria
	
	Idade Moderna
	
	Contemporaneidade
	
	Antiguidade
	 
	Idade Média
	Respondido em 27/08/2019 12:22:30
	
Explicação:
Com a expansão do feudalismo por toda a Europa Medieval, observamos a ascensão de uma das mais importantes e poderosas instituições desse mesmo período: a Igreja Católica. Aproveitando-se da expansão do cristianismo, observada durante o fim do Império Romano, a Igreja alcançou a condição de principal instituição a disseminar e refletir os valores da doutrina cristã. 
	
	
	 
	
	 2a Questão
	
	
	
	
	IF-TO 2016
As teorias e práticas mercantilistas estão inseridas no contexto da transição do Feudalismo para o Capitalismo, possuindo ainda características marcantes das estruturas econômicas feudais e já diversos fatores que serão mais tarde identificados com características capitalistas, não sendo nenhum dos dois sistemas, no entanto. O termo mercantilismo define os aspectos econômicos desse processo de transição. Se o mercantilismo tem sua contraparte política no Estado absoluto, no campo social tem relação com a estrutura social comumente conhecida como sociedade do Antigo Regime. 
SILVA, Kalina V. & SILVA, Maciel Henrique. ¿Dicionário de conceitos históricos¿. São Paulo : Contexto, 2009, p. 283-284.
Das práticas apresentadas abaixo, qual não pode ser identificada como pertencente ao mercantilismo:
 
		
	
	Absolutismo
	
	Balança comercial favorável
	 
	Metalismo
	
	Protecionismo alfandegário
	
	Liberalismo econômico
	Respondido em 27/08/2019 12:24:09
	
Explicação:
O mercantilismo é um conjunto de práticas econômicas, cuja aplicação caracteriza a Idade Moderna e, dentre seus principais aspectos está o metalismo, o protecionismo, o pacto colonial e a balança comercial favorável. Os Estados Nacionais que aplicavam essa prática, controlavam fortemente a economia de seu território, portanto, não poderiam ser favoráveisao liberalismo econômico.
	
	
	 
	
	 3a Questão
	
	
	
	
	Analise as características a seguir:
Provocou um processo de intensificação da urbanização;
O ritmo vivido pela sociedade foi significativamente acelerado; e,
Novas tecnologias agilizaram o transporte de mercadorias e informações.
As características pontuadas anteriormente são consequências historicamente diretas da:
		
	
	Revolução Farroupilha
	 
	Revolução Industrial
	
	Revolução Urbana
	
	Revolução Americana
	
	Revolução Francesa
	Respondido em 27/08/2019 12:24:37
	
Explicação:
Revolução Industrial foi a transição para novos processos de manufatura no século XVIII, que incluiu novos processos de produção de ferro, maior eficiência da energia da água, o uso crescente da energia a vapor e o desenvolvimento das máquinas-ferramentas, além da substituição da madeira e de outros biocombustíveis pelo carvão. A revolução teve início na Inglaterra e em poucas décadas se espalhou para a Europa Ocidental e os Estados Unidos. 
	
	
	 
	
	 4a Questão
	
	
	
	
	NUCEPE 2015
As bases do feudalismo remontam ao século III, quando o sistema escravista de produção no Império Romano entrou em crise. A respeito do Modo de Produção Feudal, podemos afirmar corretamente:
		
	
	O trabalho servil constituiu-se como base da produção, o que estimulou a produção de excedentes comerciais e uma forte centralização política
	
	Por meio do domínio político, exercido com o uso da força, os servos estavam sujeitos a uma série de obrigações em relação aos senhores
	
	Baseou-se em uma sociedade de castas, onde não era permitida a mobilidade social, o que resultou no fim da escravidão
	 
	Com um modelo econômico voltado para o mercado externo, fez surgir uma sociedade fragmentada politicamente e centralizada no campo religioso
	
	A transição da terra era feita por meio da doação aos suseranos que pagavam rendas a seus vassalos
	Respondido em 27/08/2019 12:26:15
	
Explicação:
O feudalismo foi um modo de organização social e político baseado nas relações servo-contratuais. Tem suas origens na decadência do Império Romano. Os senhores feudais conseguiam as terras porque o rei lhes dava. Os camponeses cuidavam da agropecuária dos feudos e, em troca, recebiam o direito a uma gleba de terra para morar, além da proteção contra ataques bárbaros. Os servos da gleba constituíam a maior parte da população camponesa: estavam presos à terra, sofriam intensa exploração, eram obrigados a prestarem serviços à nobreza e a pagar-lhes diversos tributos em troca da permissão de uso da terra e de proteção militar.
	
	
	 
	
	 5a Questão
	
	
	
	
	Adaptado de CESPE 2011
O liberalismo é a doutrina baseada na defesa da liberdade individual, nos campos econômico, político, religioso e intelectual, contra as ingerências e atitudes coercitivas do poder estatal.
No que se refere a liberalismo e intervencionismo, assinale a opção correta.
		
	
	Com o liberalismo, buscou-se atingir a justiça social por meio da imposição de regras estatais na condução da atividade econômica, sem se considerar o lucro
	 
	O objetivo do liberalismo foi o de livrar o indivíduo da usurpação e dos abusos do poder estatal na condução da atividade econômica
	
	O intervencionismo valoriza o indivíduo como agente econômico e ente responsável pela condução das regras de mercado
	
	O intervencionismo visava proteger o Estado dos abusos advindos do liberalismo, como foi o caso da concorrência desleal entre os indivíduos e o Estado
	
	A atuação do Estado, seja por meio do condicionamento da atividade econômica, seja por meio da exploração direta de determinada atividade econômica, anula, por inteiro, a forma econômica capitalista prevista na Constituição Federal
	Respondido em 27/08/2019 12:27:01
	
Explicação:
Para Adam Smith, os governos corruptos, ineficientes, desperdiçadores e que concediam privilégios a indivíduos/grupos produtores, como o monopólio, em detrimento da concorrência.
	
	
	 
	
	 6a Questão
	
	
	
	
	Com a invasão dos bárbaros e a crise do Império Romano no século V, as atividades comerciais diminuíram e as cidades praticamente desapareceram.  A partir desta crise surgiu uma forma de organização econômica, social, política e cultural baseada na terra e não no comércio. 
Este sistema firmou-se na Europa ocidental e ficou conhecido como?
		
	
	Grandes Navegações
	
	Capitalismo
	
	Globalização
	
	Sistemas meeiros
 
	 
	Feudalismo
	Respondido em 27/08/2019 12:27:13
	
Explicação:
O feudalismo foi um modo de organização social e político baseado nas relações servo-contratuais (servis). Tem suas origens na decadência do Império Romano. Predominou na Europa durante a Idade Média.
	
	
	
		 
	GEOGRAFIA ECONÔMICA E DA INDUSTRIA
2a aula
		
	 
	Lupa
	 
	 
	
	
PPT
	
MP3
	 
		Exercício: CEL1031_EX_A2_201708429387_V1 
	30/08/2019
	Aluno(a): GIVANILDO SOUSA
	2019.3 EAD
	Disciplina: CEL1031 - GEOGRAFIA ECONÔMICA E DA INDUSTRIA201708429387
	
	 
	
	 1a Questão
	
	
	
	
	CESGRANRIO 2010
Para compreender o tema exposto na figura e no texto ao lado, faz-se necessário, no contexto apresentado, o domínio dos significados de neoliberalismo e de keynesianismo. Essas duas opções de políticas e/ou teorias econômicas são:
		
	
	Semelhantes, porque ambas estão apoiadas num capitalismo sem atuação do aparato estatal de regulamentação da economia
	 
	Contraditórias, porque o neoliberalismo se apoia no Estado mínimo e o keynesianismo é uma teoria fundamentada na afirmação do Estado como um agente de controle da economia
	
	Divergentes, porque, no neoliberalismo, o mercado garante elevada qualidade de vida na sociedade, e o keynesianismo se distancia do Estado de Bem-Estar Social
	
	Complementares, porque as práticas neoliberais reforçam os interesses do setor público e das empresas estatais e a livre circulação de mercadorias
	
	Instáveis, porque tanto o Estado quanto o mercado são ineficientes para regular a economia na dinâmica do capitalismo
	Respondido em 30/08/2019 14:31:09
	
Explicação:
Keynesianismo e o neoliberalismo são ideologias políticas contrárias uma a outra.   O neoliberalismo é a defesa de que os mercados precisam trabalhar de forma livre, sem interferência Estado fazendo valer a concorrência como fator de queda dos preços e de pleno funcionamento da economia. Por sua vez, o keynesianismo possui a ideia de que o Estado precisa interferir nas ideias e nas empresas para que sempre haja emprego.
	
	
	 
	
	 2a Questão
	
	
	
	
	Ao compreender-se a Revolução Francesa (1789) como fundadora dos direitos civis reconhece-se também o século XVIII como o século do Iluminismo Ilustrado de Voltaire, Montesquieu, Kant, Goethe, Rousseau, Mozart e Beethoven, entre outros luminares. Nele se deu, também, a tentativa de transformar as Ciências da Natureza em Ciência da Razão e da Experimentação, como verdadeiro caminho para o estabelecimento do conhecimento científico. 
O lema maior da Revolução Francesa era:
		
	
	Igualdade, soberania, tripartição dos poderes
	
	Liberdade, igualdade, pluralismo político
	
	Autodeterminação, liberdade, igualdade
	
	Soberania, fraternidade, pluralismo político
	 
	Liberdade, igualdade, fraternidade 
	Respondido em 30/08/2019 14:31:20
	
Explicação:
Os principais ideais da Revolução Francesa fazem referência ao lema ¿Liberdade, Igualdade, Fraternidade¿, adotado ainda nas primeiras fases da Revolução.
	
	
	 
	
	 3a Questão
	
	
	
	
	O liberalismo foi reinventado pelos neoliberais nos fins dos anos 1970 e 1980, como forte reação teórica e política ao Keynesianismo e ao welfare state, espraiou-se na década de 1990 em todo mundo. Uma das premissas neoliberais é um(uma):
		
	
	Ampliação dos direitos sociais
	 
	Estado parco para os gastos sociais e regulamentações econômicas
	
	Reforma fiscal aumentando os impostos sobre os rendimentos mais altos
	
	Estado fraco para romper o poder dos sindicatos e controlar a moeda
	
	Fraca disciplina orçamentária
	Respondido em 30/08/2019 14:32:39
	
Explicação:
Os defensores do neoliberalismo advogam em favor de políticas de liberalização econômica extensas, como as privatizações, austeridade fiscal, desregulamentação, livre comércio, e o corte de despesas governamentais a fim de reforçar o papel do setor privado na economia.  
	
	
	 
	
	 4a Questão
	
	
	
	
	CEPERJ 2013
O impacto da crise de 1929 foi, sem dúvida, muito grande. Abalou todo o modelo liberal, tanto em termos econômicos quanto em termos políticos. Foi um dos episódios mais dolorosos da história norte-americana, talvez só comparável à Guerra de Secessão ou ao ataque às Torres Gêmeas de Nova Iorque. Um conjunto de medidas, denominadas New Deal, foram adotadas para buscar reerguer a economia norte-americana. O New Deal foi implementado sob a liderança do seguinte presidente norte-americano:
		
	 
	Franklin Delano Roosevelt
	
	Richard Nixon
	
	John Fitzgerald Kennedy
	
	Woodrow Wilson
	
	Theodore Roosevelt
	Respondido em 30/08/2019 14:33:05
	
Explicação:
A proposta de intervenção do estado na economia foi incorporada ao plano de governo de Hjalmar Horace Greeley Schacht, na Alemanha Nazista, e de Franklin Delano Roosevelt, nos Estados Unidos. Roosevelt desenvolveu o Plano New Deal e o aplicou a partir de 1930, após a grave crise iniciada nos Estados Unidos, conhecida como a Quebra da Bolsa de Nova York.
	
	
	 
	
	 5a Questão
	
	
	
	
	FCC 2010
Prolongamento do mais-trabalho corresponderia à redução do trabalho necessário, ou seja, uma parte do tempo de trabalho que o trabalhador até agora utilizava de fato, para si mesmo, transforma-se em tempo de trabalho para o capitalista. O que teria mudado não seria a jornada de trabalho, mas a sua divisão em trabalho necessário e mais-trabalho.
Karl Marx. O Capital, Vol. 1, Livro 1, 1980, p. 250.
A partir do trecho acima, pode-se inferir que se trata do conceito de:
		
	
	Mais-Valia Absoluta
	
	Acumulação Primitiva
	
	Trabalho Complexo
	
	Trabalho Abstrato
	 
	Mais-Valia Relativa
	Respondido em 30/08/2019 14:33:34
	
Explicação:
Mais-valia é uma expressão do âmbito da Economia, criada por Karl Marx que significa parte do valor da força de trabalho dispendida por um determinado trabalhador na produção e que não é remunerado pelo patrão. Também pode ser classificada como o excesso de receita em relação à despesas. o aumento da mais-valia é possível graças a dois processos fundamentais: o prolongamento da jornada de trabalho ("mais-valia absoluta") e a redução do tempo de trabalho necessário ("mais-valia relativa").
	
	
	 
	
	 6a Questão
	
	
	
	
	FCC 2018
Um dos conceitos fundamentais na análise do capitalismo feita por Karl Marx é o de materialismo dialético. Com o materialismo dialético, Marx expressa que o movimento da história ocorre tendo por base o antagonismo entre duas classes: 
		
	
	A nobreza, que vive de privilégios, e os plebeus, que constituem o restante da sociedade
	 
	A burguesia, que detém os meios de produção, e o proletariado, que vende sua força de trabalho
	
	Os ricos, que acumulam dinheiro com a exploração capitalista, e os servos, que servem a seus caprichos
	
	Os senhores feudais durante a Idade Média, e os vassalos, que lhes devem lealdade
	
	Os grandes latifundiários, que detém o poder político, e os escravos, que eram suas propriedades
	Respondido em 30/08/2019 14:33:54
	
Explicação:
Aqueles que possuem os meios de produção, são os proprietários, enquanto que aqueles que vendem a sua força de trabalho, em troca de um salário, são chamados de trabalhadores.
		GEOGRAFIA ECONÔMICA E DA INDUSTRIA
3a aula
		
	 
	Lupa
	 
	 
	
	
PPT
	
MP3
	 
		Exercício: CEL1031_EX_A3_201708429387_V1 
	03/09/2019
	Aluno(a): GIVANILDO SOUSA
	2019.3 EAD
	Disciplina: CEL1031 - GEOGRAFIA ECONÔMICA E DA INDUSTRIA 
	201708429387
	
	 
	
	 1a Questão
	
	
	
	
	A partir de sua obra Uber den Standort er Industrien, publicada em 1909, Max Weber desenvolveu a primeira grande tentativa de teorizar a localização industrial. De acordo com Weber, o fator fundamental na decisão da localização industrial é:
		
	 
	A distância entre a planta de produção, os recursos e o mercado
	
	O processo de desenvolvimento das atividades agrárias
 
	
	O desenvolvimento de medidas protecionistas
	
	A separação entre os ricos e pobres
	
	A possibilidade de implantação do mercantilismo
	Respondido em 03/09/2019 15:07:56
	
Explicação:
Na versão do economista alemão, a localização da atividade produtivaestá atrelada puramente às condições econômicas de produção e de distribuição.  O que isso quer dizer?  Que o empresário, na hora de escolher o local de sua indústria, preocupa-se principalmente com custos, ou seja, onde há minimização dos custos totais de transporte, definidos pela soma dos custos de aquisição e de distribuição.
 
	
	
	 
	
	 2a Questão
	
	
	
	
	 
FMP Concursos 2011
A emergência de novos centros dinâmicos de crescimento no interior do Brasil associada à persistência das desigualdades regionais e à preservação do meio ambiente tem aumentado o interesse pela análise econômica regional. No estudo desta área, a teoria dos polos de crescimento elaborada pelo economista francês François Perroux afirma que: 
I.    o crescimento acaba difundindo-se a partir desses pólos de crescimento para outras regiões, através de diversos canais de integração (meios de transporte e comunicações, comércio de bens finais, matérias-primas e insumos industriais). 
II.    o polo de crescimento caracteriza-se pela indústria motriz, que promove o crescimento, ao exercer efeitos de encadeamentos entre setores e regiões. Os efeitos de encadeamento gerados pela indústria motriz no interior do polo geram economias externas (infraestruturas, proximidade dos consumidores, mão-de-obra e serviços especializados) que atraem as atividades econômicas. 
III.    a teoria dos polos apresenta pontos comuns com a teoria da localização de Alfred Weber e August Lösch, uma vez que o crescimento ocorre de forma localizada. A relação básica entre as duas teorias encontra-se nas economias de aglomeração geradas nos polos urbanos-industriais. Elas resultam das interdependências entre as atividades e das economias externas. Isso explica a concentração industrial e os complexos industriais localizados no Brasil e no mundo. 
Analisando as afirmativas, pode-se dizer que:
		
	
	Apenas as alternativas II e III estão corretas
	
	Apenas a alternativa I está correta
	
	Apenas as alternativas I e III estão corretas
	 
	Todas as alternativas estão corretas
	
	Apenas as alternativas I e II estão corretas
	Respondido em 03/09/2019 15:08:03
	
Explicação:
O economista François Perroux afirmava que esses grandes pólos industriais de crescimento podem surgir em torno de uma aglomeração urbana importante, como é o caso da cidade de Paris ou perto de grandes fontes de matérias-primas, como no Vale da Ruhr, onde há carvão e minério de ferro.  Também podem ser citados como pólos de aglomeração os locais de passagem e fluxos comerciais significativos, como é o caso Médio Vale do Rio Paraíba do Sul, na Região Sudeste do Brasil, ou ainda em torno de uma grande área agrícola dependente.
	
	
	 
	
	 3a Questão
	
	
	
	
	Na teoria da localização das indústrias, Alfred Weber adotou parcialmente o conceito de produção agrícola de von Thunen e transformou-o em uma análise dos fatores que influenciam a localização da indústria durante os períodos de desenvolvimento e crescimento. 
A Teoria de Alfred Weber tinha como principal base para justificar a localização das indústrias:
		
	 
	Os custos de transporte
	
	A maximização dos lucros
	
	A presença de figuras políticas
	
	O tamanho das cidades do entorno
	
	A localização do mercado consumidor
	Respondido em 03/09/2019 15:10:14
	
Explicação:
Alfred Weber desenvolveu a teoria da localização industrial onde afirmava que os custos operacionais, sobretudo transporte, era o principal elemento a ser considerado pelo empreendedor, quando planeja a sua planta industrial.
	
	
	 
	
	 4a Questão
	
	
	
	
	A Teoria dos Ciclos Longos, ou Teoria dos Ciclos de Kondratiev, foi criada pelo economista russo Nikolai Kondratiev, durante o período de domínio da União Soviética. Esta teoria defende que a dinâmica econômica global, a partir da Primeira Revolução Industrial, foi e é constituída de ciclos, onde fases de expansão econômica são seguidas, contiguamente, de fases recessivas.
Disponível em . Acesso em 13 nov 2018.
O primeiro Ciclos de Kondratiev começou com:
		
	
	A Revolução Francesa
	
	A Primeira Guerra Mundial
	
	A Segunda Guerra Mundial
	
	A Segunda Revolução Industrial
	 
	A Primeira Revolução Industrial
	Respondido em 03/09/2019 15:10:23
	
Explicação:
O cientista desenvolveu uma teoria que afirmava que o capitalismo era praticado de tal forma que teria ciclos de crescimento e crise, ao longo da História, começando pela Primeira Revolução Industrial.
	
	
	 
	
	 5a Questão
	
	
	
	
	Leia o texto
O geógrafo alemão Walter Christaller foi o autor da mais difundida teoria geográfica fica sobre a urbanização: a teoria dos lugares centrais, desenvolvida em sua tese de doutoramento intitulada "Os Lugares Centrais no Sul da Alemanha, defendida em 1932 e publicada em 1933. Christaller rompeu com o método usual dos geógrafos da época, tradicionalmente descritivo e indutivo, partindo para uma proposição dedutiva, em busca de uma formulação genuinamente teórica e pioneira nos estudos sobre a urbanização, que até então se baseavam em três abordagens: a geográfica, a histórica e a estatística.
Disponível em . Acesso em 13 nov 2018.
A formação principal de Walter Christaller para o desenvolvimento de sua teoria era:
		
	
	Matemática
	
	Astronomia
	 
	Geografia
	
	Filosofia
	
	Física
	Respondido em 03/09/2019 15:11:01
	
Explicação:
Walter Christaller era geógrafo econômico e é autor de uma das mais conhecidas teoria geográficas associadas à urbanização: A teoria dos lugares centrais.
	
	
	 
	
	 6a Questão
	
	
	
	
	August Lösch (1906 a 1945) foi um geógrafo e economista alemão que estudou na Universidade de Harvard e, nos Estados Unidos.  O cientista acreditava que  localização ótima de uma indústria é aquela que proporciona o menor custo de produção possível, sendo o fator transporte o aspecto primordial desses custos.  Dentro desse contexto, o alemão considerava alguns fatores, como forças aglomerativas.  
Associe as forças aglomerativas e o seu significado
1 - Economias de escala
2 - Economias de localização
3 - Economias de urbanização
    
(  ) Resultam da redução dos custos unitários graças à aglomeração de firmas do mesmo setor ou vinculadas em um mesmo espaço restrito;
Economias de urbanização
(   ) Referem-se às economias internas das firmas, que aumentam de acordo com o seu tamanho, ou seja, há diminuição nos custos unitários de produção em virtude do aumento na escala de produção da própria firma
(   ) Resultam das vantagens internas à área urbana, independentes da natureza da firma, em decorrência da oferta de infraestrutura (transporte, energia elétrica, água, comunicações etc.), serviços especializados (instituições bancárias, técnicos de suporte, consultores, etc.) e mercado
Economias de complexo industrial
A resposta é:
		
	
	3, 2, 1
	
	3, 1, 3
	 
	2, 1, 3
	
	1, 2, 3
	
	1, 1, 2
	Respondido em 03/09/2019 15:11:07
	
Explicação:
Economias de escala: Referem-se às economias internas das firmas, que aumentam de acordo com o seu tamanho, ou seja, há diminuição nos custos unitários de produção em virtude do aumento na escala de produção da própria firma;
Economias de localização: Resultam da redução dos custos unitários graças à aglomeração de firmas do mesmo setor ou vinculadas em um mesmo espaço restrito;
Economias de urbanização: Resultam das vantagens internas à área urbana, independentes da natureza da firma, em decorrência da oferta de infraestrutura (transporte, energia elétrica, água, comunicações etc.), serviços especializados (instituições bancárias, técnicos de suporte, consultores, etc.) e mercado
		GEOGRAFIA ECONÔMICA E DA INDUSTRIA
4a aula
		
	 
	Lupa
	 
	 
	
	
PPT
	
MP3Exercício: CEL1031_EX_A4_201708429387_V1 
	03/09/2019
	Aluno(a): GIVANILDO SOUSA
	2019.3 EAD
	Disciplina: CEL1031 - GEOGRAFIA ECONÔMICA E DA INDUSTRIA 
	201708429387
	
	 
	
	 1a Questão
	
	
	
	
	CESPE  2010
O desenvolvimento das empresas transnacionais obrigou o Estado a melhorar os instrumentos regulatórios. Com relação à ordem econômica, a legislação brasileira permite que essas empresas:
		
	
	Fixem preços em acordo com o concorrente
	
	Limitem ou impeçam o acesso de novas empresas ao mercado
	
	Exijam exclusividade para divulgação de publicidade nos meios de comunicação de massa
	
	Dominem mercado relevante de bens ou serviços
	 
	Aumentem arbitrariamente os preços
	Respondido em 03/09/2019 15:11:19
	
Explicação:
A criação de oligopólios reduz a concorrência de as empresas podem se organizar para estabelecer o preço que desejarem sobre os seus produtos ou serviços.  Para evitar tal prática, o governo brasileiro Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) que, dentre suas funções está o fato de evitar o aumento exponencial dos preços.
	
	
	 
	
	 2a Questão
	
	
	
	
	FUNCEFET  2011
Observe esta charge.
 
 
Marque a alternativa que indica o modelo de produção industrial a que a charge faz referência.
		
	
	Pós-fordismo
	 
	Fordismo
	
	Produção tecnocientífica
	
	Produção flexível
	
	Sailarismo
	Respondido em 03/09/2019 15:11:26
	
Explicação:
Fordismo é um termo que se refere ao modelo de produção em massa de um produto, ou seja, ao sistema das linhas de produção.
	
	
	 
	
	 3a Questão
	
	
	
	
	A Teoria da Dependência é uma tentativa de traçar outro caminho teórico para justificar as diferenças econômica entre os países. Dentre os seus idealizadores não está:
		
	
	Orlando Caputo
	
	André Gunder Frank
	 
	Karl Marx
	
	Theotonio dos Santos
	
	Ruy Mauro Marini
	Respondido em 03/09/2019 15:11:49
	
Explicação:
A Teoria da Dependência vem sendo desenvolvida e defendida por intelectuais como André Gunder Frank, Theotonio dos Santos, Ruy Mauro Marini, Orlando Caputo, Vania Bambirra, dentre outros.
	
	
	 
	
	 4a Questão
	
	
	
	
	Adaptado de UECE-CEV 2018
A ocupação do continente africano, particularmente a parte subsaariana, teve um longo percurso, a partir de meados do século XI até atingir o seu ápice na segunda metade do século XIX, quando ocorreu uma verdadeira partilha da África por países como França, Inglaterra, Alemanha, Itália, Bélgica, Espanha, Portugal e Holanda. Esse processo histórico tem sido interpretado como:
		
	 
	Neocolonialismo e imperialismo
	
	Socialismo e mercantilismo
	
	Colonialismo e capitalismo
	
	Extrativismo e processo civilizatório
	
	Mercantilismo e metalismo
	Respondido em 03/09/2019 15:11:54
	
Explicação:
Dá-se o nome de neocolonialismo ao processo de dominação política e econômica, pelas potências capitalistas ou ex-coloniais ocidentais, no final do século XIX e ao longo do século XX, de regiões ou nações da África e da Ásia.
	
	
	 
	
	 5a Questão
	
	
	
	
	ESAF 2010
As décadas finais do século XIX testemunharam a entrada do capitalismo numa nova fase, a monopolista, cujo resultado mais visível foi a expansão neocolonial. São características definidoras desse imperialismo contemporâneo, exceto:
		
	 
	Retirada do Estado do cenário econômico mundial
	
	Acentuado processo de concentração de capitais
	
	Forte movimento de exportação de capitais
	
	Expansão de grandes corporações mundiais
	
	Fusão entre capital bancário e industrial
	Respondido em 03/09/2019 15:11:58
	
Explicação:
Dentro do imperialismo contemporâneo há a necessidade da força do Estado para organizar a tomada dos territórios.
	
	
	 
	
	 6a Questão
	
	
	
	
	Adaptado de FCC 2018
Oligopólio é um sistema que faz parte da economia política que caracteriza um mercado onde existem poucos vendedores para muitos compradores.
Em se tratando de estruturas de mercado, a presença do oligopólio se caracteriza por apresentar:
		
	
	Produtos homogêneos perfeitos
	
	Livre mobilidade dos recursos
	
	Inexistência de concorrência entre as empresas
	
	Empresas tomadoras de preço
	 
	Rivalidade entre as poucas empresas participantes
	Respondido em 03/09/2019 15:12:01
	
Explicação:
O oligopólio acontece de forma estrutural, ou natural, quando um setor da economia possui um número reduzido de empresas ofertando um produto ou serviço.  Esta formação de mercado se encontra entre o monopólio, caso onde existe apenas uma empresa, e a concorrência perfeita, onde existe uma quantidade "infinita" de empresas.
	
	
		
	GEOGRAFIA ECONÔMICA E DA INDUSTRIA
5a aula
		
	 
	Lupa
	 
	 
	
	
PPT
	
MP3
	 
		Exercício: CEL1031_EX_A5_201708429387_V1 
	03/09/2019
	Aluno(a): GIVANILDO SOUSA
	2019.3 EAD
	Disciplina: CEL1031 - GEOGRAFIA ECONÔMICA E DA INDUSTRIA 
	201708429387
	
	 
	
	 1a Questão
	
	
	
	
	 
SEDUC - CE 
Leia o texto abaixo.
Perdi o recorte com a frase, motivo pelo qual posso estar chamando o autor errado. Mas tenho quase certeza de que foi o historiador norte-americano Arthur Schlesinger quem cunhou a seguinte: ¿Não é porque Marx estava errado que Adam Smith está absolutamente certo.
ROSSI, Cláudio. Folha de São Paulo, 1995. Fragmento.
Nesse texto, o articulista do jornal ¿Folha de São Paulo¿, Cláudio Rossi, faz referência a dois ideários que representaram a conjuntura mundial no final dos anos 1980, respectivamente,
		
	
	Socialismo e Intervencionismo
	
	Liberalismo e Socialismo Utópico
	
	Socialismo e Comunismo
	
	Liberalismo e Nacionalismo
	 
	Socialismo e Liberalismo
	Respondido em 03/09/2019 15:12:14
	
Explicação:
Karl Marx é o maior expoente do socialismo utópico, cujo objetivo era a criação de uma sociedade ideal, mais justa e igualitária. Essas ideias surgiram com o aumento dos problemas sociais desenvolvidos pela Revolução Industrial. Tudo isso, atrelado ao liberalismo e capitalismo, os quais visavam, acima de tudo, o lucro.
	
	
	 
	
	 2a Questão
	
	
	
	
	Leia o texto abaixo.
O mundo em que vivemos hoje é radicalmente diferente do que era no início ou mesmo no meio deste século [século XX]. E continua a mudar. Hoje, a preservação de qualquer tipo de sociedade `fechada¿ é impossível.
Discurso proferido por Mikhail Gorbachev, em 1988, em reunião da ONU. In: Aquino et al, p. 342.
Podemos definir os fatos políticos e sociais, ocorridos na segunda metade da década de 1980, na antiga URSS, como:
		
	
	Reestalinização da estrutura burocrática soviética, implementando uma política sem transparência, cujo objetivo era promover a modernização na economia e uma abordagem mais direta dos problemas sociais
	
	Série de reformas em que foram estabelecidas novas diretrizes que fortaleceram o modelo estalinista do socialismo real
	 
	Mudanças profundas na estrutura do sistema econômico soviético, com a substituição dos mecanismos de economia centralmente planificada pelos mecanismos de economia de mercado
	
	Reformas, como se sabe, pautadas apenas no setor econômico soviético. Não ocorreram mudanças nem na política nem na ordem social do país
	
	A diminuição de gastos financeiros, com armamentos na esfera de ação do Pacto de Varsóvia, destinando-se parte dos recursos para reerguer países socialistas que travavam guerras civis
	Respondido em 03/09/2019 15:12:18
	
Explicação:
Após a queda do Muro de Berlim e a desintegração da União Soviética, a Rússia precisou passar pelo processo de transição econômica, saindo do socialismoe indo para o capitalismo.
	
	
	 
	
	 3a Questão
	
	
	
	
	Adaptado de TJ-RS 2013
Para realizarem suas análises comparativas entre as nações, os economistas utilizam alguns indicadores econômicos. Um dos indicadores mais acompanhados nesse cenário é o Produto Interno Bruto (PIB). Como cada país possui uma moeda diferente em valor nominal, no intuito de equipará-las convencionou-se utilizar o dólar americano para a conversão dos valores. Segundo esse critério, quais são os três países considerados as maiores potências mundiais em relação ao PIB atualmente? 
		
	 
	Estados Unidos e China
	
	Brasil e China 
	
	China e Cuba
	
	Japão e Alemanha
	
	Japão e França 
	Respondido em 03/09/2019 15:12:23
	
Explicação:
As suas maiores economias do mundo global ainda são Estados Unidos e China.
	
	
	 
	
	 4a Questão
	
	
	
	
	ESAF 2010
A URSS saiu da Segunda Guerra como a única potência em condição de fazer frente aos EUA, ao tempo em que liderava a formação do bloco de países socialistas. No que se refere ao processo de construção e de crise do socialismo soviético, assinale a opção correta:
		
	
	Perestroika a Glasnost vinculam-se à vitoriosa reestruturação econômica e abertura política da URSS conduzida por Brejnev
	 
	Um dos pilares do sistema socialista soviético foi a organização da economia mediante a elaboração de sistemático planejamento
	
	A economia soviética preteriu a industrialização e voltou-se enfaticamente para a agricultura, tendo por meta a produção de alimentos
	
	A iniciativa privada foi decisiva para o êxito dos planos quinquenais adotados pela URSS durante o governo de Stálin
	
	A construção da moderna URSS fez-se naturalmente, sem que o Estado impusesse pesados sofrimentos à população
	Respondido em 03/09/2019 15:12:26
	
Explicação:
Economia Planificada é um sistema econômico cuja produção é controlada pelo Estado, que define o planejamento e as metas da economia do país, praticada por países socialistas.
	
	
	 
	
	 5a Questão
	
	
	
	
	Adaptada de FAUEL 2016
A divisão da Península da Coreia em dois países (Coreia do Norte e Coreia do Sul) remonta a fins da Segunda Guerra Mundial. A este respeito, assinale a alternativa que apresenta os fatos corretamente:
		
	
	Os governos da Coreia do Norte e da Coreia do Sul são ambos alinhados à ideologia comunista, embora em graus variados de comprometimento
	
	Atualmente, a Coreia do Norte representa na região a ordem econômica capitalista e a organização política democrática
	
	Embora tenha sido um governo autoritário comunista por décadas, a Coreia do Norte encontra-se, atualmente, em fase de plena abertura política e econômica
	 
	Enquanto a Coreia do Norte aproximou-se do comunismo soviético, a Coreia do Sul aliou-se ao capitalismo norte-americano
	
	Nunca o governo da Coreia do Norte ameaçou entrar em guerra com a Coreia do Sul, usando armas nucleares
	Respondido em 03/09/2019 15:12:30
	
Explicação:
No início do século XX, a Península da Coréia foi conquistada pelo Japão, sedento de colônias para servir de apoio para o seu processo industrial e somente em 1945 ocorreu a independência, já com duas nações separadas.  A Coréia do Norte, sob a proteção da União Soviética, tornou-se socialista, comandada pelo ainda fantoche Kim il-Sung e se tornou uma ditadura hereditária.  E a Coréia do Sul ficou sob a influência dos Estados Unidos capitalista.
	
	
	 
	
	 6a Questão
	
	
	
	
	IDECAN 2016
Hoje é um dia histórico na relação entre Cuba e Estados Unidos. Estamos assinando este memorando de entendimento para que, pela primeira vez em mais de cinco décadas, EUA e Cuba tenham um serviço de transporte aéreo regular¿, afirmou na capital cubana o secretário de Transporte americano, Anthony R. Foxx, segundo a EFE. Pelo acordo, as empresas aéreas poderão operar diariamente 110 voos de ida e volta entre EUA e Cuba: até 20 deles com destino a Havana e até 10 para cada um dos outros nove aeroportos internacionais cubanos.
Disponível em . Acesso em 16 fev 2016.
O rompimento dos Estados Unidos com Cuba se deu na década de 1960 devido à:
		
	 
	Adesão de Cuba ao marxismo-leninismo e alinhamento, a época, com a hoje extinta União Soviética
	
	Decisão do Raúl Castro de não aceitar mais que Cuba fosse utilizada como base militar dos Estados Unidos
	
	Queda do Muro de Berlim e o fim da União Soviética, com importantes reflexos na economia cubana
	
	Posição tomada pelo ditador Fulgêncio Batista de apoiar a revolução socialista russa
	
	Participação de Cuba na 2ª Guerra Mundial ao lado do eixo, liderado pela Alemanha
	Respondido em 03/09/2019 15:12:34
	
Explicação:
Com a Revolução Cubana, Fidel Castro precisa ajudar o seu povo, oferecendo melhores condições de vida.  É dentro desse contexto que se volta contra o capitalismo dos Estados Unidos (que deixou seu povo a beira da miséria) e adere ao socialismo, apoiando as iniciativas da União Soviética.  Esse ato transformou a ilha no principal inimigo dos Estados Unidos, na América Latina.
		
	GEOGRAFIA ECONÔMICA E DA INDUSTRIA
6a aula
		
	 
	Lupa
	 
	 
	
	
PPT
	
MP3
	 
		Exercício: CEL1031_EX_A6_201708429387_V1 
	11/09/2019
	Aluno(a): GIVANILDO SOUSA
	2019.3 EAD
	Disciplina: CEL1031 - GEOGRAFIA ECONÔMICA E DA INDUSTRIA 
	201708429387
	
	 
	
	 1a Questão
	
	
	
	
	ESAF 2013
O Brasil, no momento em a que crise mundial de 1929 foi deflagrada, apresentava-se:
		
	 
	Com uma economia já estagnada em virtude do estancamento das exportações de café
	
	Numa situação confortável devido ao seu alto nível de reservas internacionais
 
	
	Com uma conjuntura favorável a novos investimentos em virtude das políticas do Governo Federal de sustentação do preço do café
	
	Com disponibilidade de crédito externo para financiar suas exportações
	
	Numa posição privilegiada em relação ao resto do mundo por ser um país primário exportador
	Respondido em 11/09/2019 13:14:31
	
Explicação:
O Brasil vivia grandes safras de café e a superprodução fazia com que grande parte da colheita fosse comprada pelo governo (que cedia o dinheiro de todos) e depois queimada, para não causar a redução do preço da mercadoria exportada, pelos cafeicultores (os únicos que lucravam).  Era o Convênio de Taubaté.  Com a crise norte-americana, o país teve grandes perdas econômicas, o café era parcamente vendido e os investidores buscaram novas formas de obtenção de lucro, dentro do contexto capitalista.
	
	
	 
	
	 2a Questão
	
	
	
	
	ESAF 2012
A crise mundial de 1929, aliada à situação vulnerável da cafeicultura brasileira, significou para a economia brasileira:
		
	 
	A ascensão da indústria nacional, com o desenvolvimento da produção de bens direcionados ao mercado doméstico
	
	Um aumento da importação de bens de consumo
	
	A manutenção da pauta de importações do país
	
	A intensificação dos investimentos na cultura do café
	
	Um momento de consolidação do modelo primário-exportador
	Respondido em 11/09/2019 13:14:34
	
Explicação:
O Brasil já vinha reduzindo as suas exportações de café e, com a Quebra da Bolsa de Nova York, houve brusca redução nas exportações dessa matéria-prima.  O enfraquecimento da oligarquia cafeeira abriu espaço para os investimentos em novos espaços produtivos, como foi a industrialização, incentivada por Getúlio Vargas.
	
	
	 
	
	 3a Questão
	
	
	
	
	Leia o texto:
Ao longo do desenvolvimento histórico do capitalismo, observou-se a formação de quatro ciclos sistêmicos de acumulação (CSA), cada qual liderado por uma nação hegemônica com um determinado padrão tecnológicoe características políticas, econômicas e sociais distintas. Cada ciclo era constituído por uma fase de expansão material, declínio, crise sinalizadora, caos sistêmico e transição para um novo ciclo. 
Ribeiro, Luiz Carlos de Santana. Ciclos Sistêmicos De Acumulação Arrighianos E A Crise Econômica De 2008: Será O Fim Do Ciclo Norte-Americano?. In: Revista Diálogo E Interação, v. 2, Salvador, 2009.
Os ciclos sistêmicos foram propostos por qual autor?
		
	
	François Perroux
	
	Walter Christaller
	
	Milton Santos
	
	Trevor Evans
	 
	Giovani Arrighi
	Respondido em 11/09/2019 13:14:47
	
Explicação:
Ao longo do desenvolvimento do capitalismo, desde a crise do feudalismo, o que o mundo tem observado é a presença de Ciclos Sistêmicos de Acumulação (CSA) e para cada um deles, houve uma liderança diferente, no sistema global.  Essa é a conclusão encontrada por Giovanni Arrighi, sociólogo italiano que desenvolveu uma teoria de que o capitalismo passou por 4 CSAs, e, para cada fase, houve uma nação hegemônica.
	
	
	 
	
	 4a Questão
	
	
	
	
	FUNIVERSA 2012
A turbulência econômica que sacode os mercados mundiais desde 2008 mostra agora sua força na Europa. Iniciada com a quase falência da Grécia, a crise expande-se e espalha desconfiança quanto à capacidade financeira de outros países, a exemplo de Espanha, Portugal, Irlanda e Itália. No que se refere às incidências e às implicações desse quadro de instabilidade econômica, assinale a alternativa correta. 
		
	
	Ao ferir profundamente a credibilidade do euro, a crise atinge a totalidade dos integrantes da União Europeia, já que todos eles adotam a moeda comum do bloco
	
	Todos os dados hoje disponíveis indicam que o encaminhamento para a solução definitiva da atual crise culminará na dissolução da União Europeia
	
	A pujança das economias alemã e francesa impede que haja algum tipo de conexão entre a atual crise da zona do euro e as demais regiões do mundo
	 
	Para evitar o colapso da moeda comum, o acordo para salvar o euro envolve a adoção de medidas rígidas, assentadas no controle dos orçamentos
	
	A presente crise europeia deixa claro não haver futuro para blocos econômicos, regionais ou continentais, no atual cenário de globalização
	Respondido em 11/09/2019 13:14:52
	
Explicação:
A partir de 2010, a crise atingiu, em cheio, a União Europeia, onde vários países, que já estavam endividados, viram a crise se aprofundar, como foi o caso de Portugal, Espanha, Itália e principalmente, a Grécia.  Para tentar resolver a situação, muitas nações recorreram aos créditos do Fundo Monetário Internacional e do banco da União Europeia, que exigiam, como contrapartida, corte de gastos, privatizações, contenção de direitos trabalhistas, redução dos salários, dentre outras.
	
	
	 
	
	 5a Questão
	
	
	
	
	Ari de Sá no Ar 2018
Charge crítica sobre a crise da Grécia e a União Europeia
LATUFF, C. ¿Todas as opções na mesa para a Grécia¿. Operamundi. Disponível em: http://operamundi.uol.com.br. Acesso em: 08 jun. 2015.
Na charge acima, temos a Primeira-ministra da Alemanha e representante da União Europeia (UE), Angela Merkel, apresentando as ¿opções¿ da Grécia perante a crise econômica.
A crítica presente no cartum faz referência:
		
	
	Ao regime de controle midiático da UE sobre os gregos
	
	Aos gastos necessários para recuperação monetária
	
	À negativa da UE perante a entrada da Grécia no bloco
	
	À disputa ideológica entre os diferentes sistemas de produção
	 
	À política de austeridade exigida pela União Européia
	Respondido em 11/09/2019 13:15:05
	
Explicação:
Na charge, as opções da União Europeia para Grécia são, na verdade, uma só: cortes. Nesse caso, seriam os chamados ¿cortes de gastos¿ tanto com a máquina pública quanto com as políticas sociais, a fim de evitar um possível calote internacional em função da dívida crescente no país. Essa política de cortes orçamentários é chamada de ¿política de austeridade¿.
	
	
	 
	
	 6a Questão
	
	
	
	
	Prefeitura de Betim - MG  2015
No período chamado de Entre Guerras, um acontecimento norte-americano alcançou repercussão mundial. Trata-se da Quebra da Bolsa de Valores de Nova Iorque, em outubro de 1929. Foram causas dessa crise econômica:
		
	
	A retomada da produção europeia, aumento do preço do petróleo no mercado internacional e redução do consumo interno
	
	A intervenção do Estado na economia, contrariando o ideal do liberalismo, profundamente arraigado na cultura norte-americana
	 
	A superprodução agrícola e industrial, diminuição nos níveis de exportação e queda nos preços no mercado interno
	
	A Revolução Russa que teve o seu auge em 1917, que implantou o socialismo no país e o preparou para a criação da União Soviética
	
	A explosão do consumo, aumento das taxas de juros e uma sequência de nacionalizações de empresas estrangeirasA superprodução agrícola e industrial
	Respondido em 11/09/2019 13:15:12
	
Explicação:
Durante a Primeira Guerra Mundial, a economia norte-americana estava em pleno desenvolvimento. As indústrias dos EUA produziam e exportavam em grandes quantidades, principalmente, para os países europeus. Após a guerra o quadro não mudou, pois, os países europeus estavam voltados para a reconstrução das indústrias e cidades, necessitando manter suas importações, principalmente dos EUA. A situação começou a mudar no final da década de 1920. Reconstruídas, as nações europeias diminuíram drasticamente a importação de produtos industrializados e agrícolas dos Estados Unidos.
Com a diminuição das exportações para a Europa, as indústrias norte-americanas começaram a aumentar os estoques de produtos, pois já não conseguiam mais vender como antes. Grande parte destas empresas possuíam ações na Bolsa de Valores de Nova York e milhões de norte-americanos tinham investimentos nestas ações.
		
	GEOGRAFIA ECONÔMICA E DA INDUSTRIA
7a aula
		
	 
	Lupa
	 
	 
	
	
PPT
	
MP3
	 
		Exercício: CEL1031_EX_A7_201708429387_V1 
	11/09/2019
	Aluno(a): GIVANILDO SOUSA
	2019.3 EAD
	Disciplina: CEL1031 - GEOGRAFIA ECONÔMICA E DA INDUSTRIA 
	201708429387
	
	 
	
	 1a Questão
	
	
	
	
	CESGRANRIO 2013
Na força de trabalho de um país, há pessoas em situação de ociosidade involuntária; são os desempregados. Há vários tipos de desemprego, classificados de acordo com suas causas. 
O desemprego estrutural decorre, por exemplo, de:
		
	
	Insuficiência da demanda agregada por bens e serviços
	
	Salários nominais excessivamente baixos
	
	Sazonalidade da demanda por trabalho em certas regiões
	
	Contratações de mão de obra irregularmente, em desacordo com a legislação trabalhista
	 
	Inovações tecnológicas que alteram os processos produtivos
	Respondido em 11/09/2019 13:15:25
	
Explicação:
O Desemprego Estrutural é uma consequência do desenvolvimento tecnológico das indústrias. A robotização e a informatização de grande parte dos processos industriais fazem com que o trabalhador seja substituído pelas máquinas ou pela tecnologia. Ao invés de muitos trabalhadores empregados em uma linha de montagem, há a necessidade de apenas um, que seja capaz de operar computadores que controlam muitos robôs.
	
	
	 
	
	 2a Questão
	
	
	
	
	Quadrix 2012
A geração de renda é um fator essencial para o desenvolvimento. Manter baixas taxas de desemprego é, certamente, uma das principais metas econômicas dos Governos. Das opções a seguir, qual melhor define o desemprego causado por crises econômicas?
		
	
	Desemprego friccional
	 
	Desemprego conjuntural
	
	Desemprego motivacional
	
	Desemprego tecnológico
	
	Desemprego estatístico
	Respondido em 11/09/2019 13:15:31
	
Explicação:O Desemprego Conjuntural acontece em momentos de crise econômica, na qual o consumo generalizado apresenta queda. Dessa forma, há uma redução nos postos de trabalho em todos os setores da economia. Esse tipo de desemprego é chamado de conjuntural porque quando há o reaquecimento da economia os postos de trabalho são reabertos e os trabalhadores recontratados.
	
	
	 
	
	 3a Questão
	
	
	
	
	Adaptado de CONSULPLAN 2018
Toda e qualquer formação de professores envolve um processo de comunicação e esse, por sua vez, um processo de disseminação de informações. Nesse sentido, é fundamental ter em mente que, hoje em dia, informação não é mais a mesma coisa que era há pouco tempo.
TIC Educação, 2013, p. 57.
As informações atualmente estão disponíveis a um clique do celular. No contexto atual, observa-se o desafio de integrar as TICs (Tecnologias da Informação e Comunicação) ao currículo, para trazer de fato a cultura digital à escola e demais espaços de aprendizagem. Qual informação, dentre as listadas a seguir, melhor explica a expressão ¿integrar as TICs ao currículo¿? 
		
	 
	Desenvolver a temática para os alunos experenciarem sua tecnologia disponível (celular, computador etc.) nas diversas situações que envolvam o aprendizado
	
	Os sistemas de informação geográfica não são considerados ferramentas de TIC
	
	Fazer o planejamento das aulas utilizando recursos da internet
	
	Realizar o máximo de aulas na sala de multimeios: sala de recursos onde há computadores disponíveis aos alunos
	
	Dar aulas utilizando o computador e o projetor de tela, projetando slides de conteúdos abordados no planejamento
	Respondido em 11/09/2019 13:15:35
	
Explicação:
As Tecnologias de Informação e Comunicação precisam estar sendo utilizadas no contexto do ensino-aprendizagem.
	
	
	 
	
	 4a Questão
	
	
	
	
	FCC 2018
Uma diferença importante entre a Terceira Revolução Industrial e as duas primeiras ocorridas anteriormente reside na constatação de que o produto final, no caso da Terceira Revolução Industrial:
		
	 
	Tem elevado valor agregado, considerando-se os altos custos e investimentos em seu processo de produção
	
	Produz impacto reduzido na sociedade, uma vez que permanecem inalterados os hábitos e padrões de consumo
	
	Gera distribuição de riqueza, uma vez que promove a participação de pequenos produtores no processo industrial
	
	Favorece a autonomia do trabalhador, uma vez que independe da lógica de produção industrial e em série
	
	Causa poucos danos ao meio ambiente, uma vez que os materiais envolvidos são recicláveis e gasta-se pouca energia em sua fabricação
	Respondido em 11/09/2019 13:15:41
	
Explicação:
A Terceira Revolução Industrial ou Revolução Tecno-científica permitiu o desenvolvimento de atividades na indústria que aplicam tecnologias de ponta em todas as etapas produtivas. Essa nova fase produtiva não se limita a produtos de pouco valor agregado, como nas revoluções industriais anteriores, pelo contrário, o conhecimento inserido, no qual foram gastos anos de estudos e pesquisas, agregam elevados valores no produto final, mesmo que tenha sido gasto pouca quantidade de matéria-prima.
	
	
	 
	
	 5a Questão
	
	
	
	
	Adaptado de FCC  2016
Leia o texto a seguir.
O mundo, após a segunda metade do século XX, depois da Segunda Guerra Mundial, ingressou em uma etapa de profundas evoluções no campo tecnológico desencadeada principalmente pela junção entre conhecimento científico e produção industrial. O processo industrial pautado no conhecimento e na pesquisa caracteriza a chamada Terceira Revolução Industrial.
Disponível em . Acesso em 27 nov 2018.
As principais características da Terceira Revolução Industrial são: 
		
	
	Crescente valorização das matérias-primas; mundialização dos direitos trabalhistas; inclusão da certificação ambiental na linha de produção
	
	Criação do sistema de linhas de produção (fordismo); expansão do emprego industrial; parcerias entre a indústria e produtores artesanais
	
	Intensa mecanização da produção; utilização intensiva de mão de obra barata e pouco qualificada; produtos com baixo conteúdo tecnológico
	
	Informatização e robotização da produção; redução da mão de obra industrial (desemprego estrutural), novos sistemas produtivos (toyotismo)
	 
	Produção em massa; expansão da manufatura (pequenas empresas); maior acessibilidade às novas tecnologias de produção
	Respondido em 11/09/2019 13:15:46
	
Explicação:
A Terceira Revolução Industrial ou Revolução Tecno-científica permitiu o desenvolvimento de atividades na indústria que aplicam tecnologias de ponta em todas as etapas produtivas. Nesse sentido, as atividades que mais se destacam no mercado estão vinculadas à produção de computadores, softwares, microeletrônica, chips, transistores, circuitos eletrônicos, além da robótica com grande aceitação nas indústrias, telecomunicações, informática em geral. Destacam-se ainda a expansão de transmissores de rádio e televisão, telefonia fixa, móvel e internet, indústria aeroespacial, biotecnologia e muitas outras inovações.
	
	
	 
	
	 6a Questão
	
	
	
	
	UNIOESTE 2010
A globalização é, de certa forma, o ápice do processo de internacionalização do mundo capitalista. [...] No fim do século XX e graças aos avanços da ciência, produziu-se um sistema de técnicas presidido pelas técnicas da informação, que passaram a exercer um papel de elo entre as demais, unindo-as e assegurando ao novo sistema técnico uma presença planetária. Só que a globalização não é apenas a existência desse novo sistema de técnicas. Ela é também o resultado das ações que asseguram a emergência de um mercado dito global, responsável pelo essencial dos processos políticos atualmente eficazes.
SANTOS, Milton. Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal. Rio de Janeiro: Record, 2000, p. 23-24.
Considerando o enunciado anterior, sobre o processo de globalização na sociedade contemporânea, assinale a alternativa correta.
		
	
	Sobre as ações que asseguram a emergência do mercado global, o autor está se referindo à doutrina econômica neoliberal que, entre outros princípios, defende o fortalecimento do Estado e a intervenção estatal como reguladora direta dos mercados ¿ industrial, comercial e financeiro
	
	Entre as características próprias da globalização temos a alteração profunda na divisão internacional do trabalho, em que a distribuição das funções produtivas tende a se concentrar cada vez mais em poucos países, como é o caso dos Estados Unidos e do Japão
	
	As estratégias protecionistas tomadas pelos governos em todo o mundo, dificultando a entrada de produtos estrangeiros em seus mercados nacionais, são consideradas como características marcantes do processo de globalização
	 
	Atualmente, as relações econômicas mundiais, compreendendo a dinâmica dos meios de produção, das forças produtivas, da tecnologia, da divisão internacional do trabalho e do mercado mundial, são amplamente influenciadas pelas exigências das empresas, corporações ou conglomerados multinacionais
	
	A globalização é um processo exclusivamente baseado no desenvolvimento das novas técnicas de informação e sua origem está diretamente relacionada com a difusão e universalização do uso da internet, que se deu a partir do final da década de 1990
	Respondido em 11/09/2019 13:15:50
	
Explicação:
Com o processo de Globalização, a propriedade privada tornou-se predominante no mundo, o que ocasionou o surgimento de grandes corporações que passaram a ter influência decisiva sobre a dinâmica econômica mundial.
A origem da globalização remonta às grandes navegações do final do século XV e início do século XVI. Sua intensificação, porém, ocorreu na segunda metade do século XX, com os processos de inovações relacionadosà III Revolução Industrial e à consolidação do capitalismo como sistema econômico mundial. Com a globalização, a divisão internacional foi, sem dúvida, aprofundada. Porém, ela não concentrou a distribuição das forças produtivas, pelo contrário, ela ampliou essa distribuição, através da difusão das chamadas Multinacionais ou Empresas Globais, que se instalaram em países subdesenvolvidos em busca de matérias-primas baratas, mão de obra abundante, leis ambientais frágeis e facilidade de alcance ao mercado consumidor. O neoliberalismo, na verdade, preconiza a mínima regulação do Estado na economia e o predomínio da propriedade privada em detrimento da propriedade estatal.  A característica marcante do processo de globalização é, na verdade, a máxima abertura comercial e o mínimo possível de intervencionismo, embora alguns países não aceitem essa regra.
		
GEOGRAFIA ECONÔMICA E DA INDUSTRIA
8a aula
		
	 
	Lupa
	 
	 
	
	
PPT
	
MP3
	 
		Exercício: CEL1031_EX_A8_201708429387_V1 
	11/09/2019
	Aluno(a): GIVANILDO SOUSA
	2019.3 EAD
	Disciplina: CEL1031 - GEOGRAFIA ECONÔMICA E DA INDUSTRIA 
	201708429387
	
	 
	
	 1a Questão
	
	
	
	
	IFSP 2012
Leia o texto a seguir.
A General Eletric, líder mundial na fabricação de produtos eletrônicos, reduziu seu número de funcionários em todo o mundo de 400 mil em 1981 para menos de 230 mil em 1993, triplicando suas vendas ao mesmo tempo. A GE achatou sua hierarquia gerencial nos anos 80 e começou a introduzir novos equipamentos de automação na fábrica. Na GE em Charlottesville, Virgínia, novos equipamentos de alta tecnologia montam componentes eletrônicos nas placas de circuitos, na metade do tempo da tecnologia anterior.
Disponível em . Acesso em 26 out 2015.
As transformações no mundo do trabalho mostradas no texto podem ser relacionadas à:
		
	 
	Terceira Revolução Industrial
	
	Industrialização periférica
	
	Formação do Terceiro Mundo
	
	Expansão das empresas estatais
	
	Expansão do capitalismo
	Respondido em 11/09/2019 13:16:00
	
Explicação:
A robótica é marcante na Terceira Revolução Industrial. O mundo, após a segunda metade do século XX, depois da Segunda Guerra Mundial, ingressou em uma etapa de profundas evoluções no campo tecnológico desencadeada principalmente pela junção entre conhecimento científico e produção industrial. A Terceira Revolução Industrial ou Revolução Tecno-científica permitiu o desenvolvimento de atividades na indústria que aplicam tecnologias de ponta em todas as etapas produtivas. A produção de tecnologias é um ramo que apresenta como um dos mais promissores no âmbito global.
	
	
	 
	
	 2a Questão
	
	
	
	
	COPEVE-UFAL 2011
O sistema organizacional do trabalho denominado de Toyotismo é uma resposta à crise do fordismo dos anos 70. É correto afirmar que o Toyotismo se caracteriza:
		
	 
	Por ter um trabalhador qualificado e polivalente e pela produção atender às particularidades das demandas
	
	Por ter sua origem no modo de organização do trabalho de uma indústria automobilística da China, cujo presidente era Kiichiro Toyoda, daí a derivação da sua denominação
	
	Pela adoção de uma organização produtiva verticalizada, voltada para produzir somente os itens necessários na quantidade necessária, sem gerar estoque, por meio da técnica denominada de kanban, em que o trabalhador desempenha uma única tarefa
	
	Pela rigidez na produção, principalmente pela eliminação do desperdício de tempo e movimentos, por meio do trabalho parcelar, padronizado e descontínuo
	
	Pela produção em massa, pois o consumo condiciona toda a organização da produção
	Respondido em 11/09/2019 13:16:05
	
Explicação:
As principais características da Produção Flexível ou Toyotismo ou Modo Clean? Redução dos estoques, produção associada à demanda, diversificação dos produtos, automação do processo produtivo e mão de obra altamente qualificada e multitarefas.  Enquanto que, no Fordismo, a proposta era produzir em massa, poucos tipos de mercadorias, com funcionários fazendo uma única função.
	
	
	 
	
	 3a Questão
	
	
	
	
	FGV 2015
A teoria clássica da administração, em que a filosofia da gestão é baseada nos tempos e movimentos, prevendo o rendimento máximo do trabalhador, é um princípio norteador observado no:
		
	
	Taylorismo e fordismo
	
	Fordismo e humanismo
	
	Humanismo
	
	Fordismo
	 
	Taylorismo
	Respondido em 11/09/2019 13:16:13
	
Explicação:
O Taylorismo é um sistema de organização do trabalho concebido pelo engenheiro norte-americano Frederick Winslow Taylor 1856-1915, com o qual se pretende alcançar o máximo de produção e rendimento com o mínimo de tempo e de esforço.
	
	
	 
	
	 4a Questão
	
	
	
	
	Sobre tecnopólos, analise as afirmativas abaixo, colocando entre parênteses a letra ¿V¿, quando se tratar de afirmativa verdadeira, e a letra ¿F¿, quando se tratar de afirmativa falsa. A seguir, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta.
(   ) Tecnopólo é um centro de atividades industriais de alta tecnologia
(   ) Os Tecnopólos são dependentes de universidades
(   ) A Zona Franca de Manaus é um Tecnopólo
(   ) Há uma difusão de Tecnopólos nas metrópoles brasileiras
		
	
	F  V  F  V
	 
	V  V  F  F
	
	F  F  V  V
	
	V  F  F  V
	
	V  F  V  F
	Respondido em 11/09/2019 13:16:18
	
Explicação:
Tecnopólo é um centro de atividades industriais de alta tecnologia - VERDADEIRO
Tecnopólos são dependentes de universidades - VERDADEIRO, é importante ter centros de produção de conhecimento
A Zona Franca de Manaus é um Tecnopólo - FALSO.  Não há relação entre conhecimento e produção de novas tecnologias.  É só uma área de montagem de equipamentos produzidos em outros lugares
Há uma difusão de Tecnopólos nas metrópoles brasileiras - FALSO, os locais candidatos a grandes tecnopólos estão nas cidades médias.
	
	
	 
	
	 5a Questão
	
	
	
	
	UFMT 2017
Que modelo de gestão começou a ser conhecido e aplicado após a Segunda Guerra Mundial, que visava a eliminação de desperdícios com a racionalização da força de trabalho, produção flexível e utilização do just in time?
		
	
	Volvismo
	
	Taylorismo  
	 
	Toyotismo
	
	Marxismo  
	
	Fordismo
	Respondido em 11/09/2019 13:16:28
	
Explicação:
Os engenheiros da Toyota flexibilizaram totalmente a produção, fabricando e estocando apenas o necessário. O sistema de cronometragem ficou conhecido com Just in time (no tempo certo).
	
	
	 
	
	 6a Questão
	
	
	
	
	FGV 2014
Uma pessoa que realiza as cinco fases necessárias na fabricação de um só produto só pode fabricar uma unidade.
Cinco pessoas, cada uma delas especializada em uma das fases de fabricação, fabricam dez unidades ao mesmo tempo.
A alteração na forma de organização do trabalho caracterizada na imagem está de acordo com um determinado modelo de organização da produção. 
Assinale a opção que identifica, respectivamente, esse modelo e uma característica dele.
		
	
	Keynesianismo / concentração espacial da produção
	
	Volvismo / grandes aglomerações urbanas
	
	Fordismo / flexibilidade de localização industrial
	
	Toyotismo / rigidez da mão de obra
	 
	Taylorismo / grandes unidades fabris
	Respondido em 11/09/2019 13:16:47
	
Explicação:
O Taylorismo é um sistema de organização do trabalho concebido pelo engenheiro norte-americano Frederick Winslow Taylor 1856-1915, com o qual se pretende alcançar o máximo de produção e rendimento com o mínimo de tempo e de esforço. O fordismo não tem flexibilização da produção.
		GEOGRAFIA ECONÔMICA E DA INDUSTRIA
9a aula
		
	 
	Lupa
	 
	 
	
	
PPT
	
MP3
	 
		Exercício:CEL1031_EX_A9_201708429387_V1 
	11/09/2019
	Aluno(a): GIVANILDO SOUSA
	2019.3 EAD
	Disciplina: CEL1031 - GEOGRAFIA ECONÔMICA E DA INDUSTRIA 
	201708429387
	
	 
	
	 1a Questão
	
	
	
	
	ESAF 2010
A partir de meados do século XIX, esboçavam-se, em determinadas áreas do território brasileiro, mudanças no sentido da modernização econômica do país. Entre as opções que se seguem, assinale a que identifica o nome de célebre empreendedor desse período, que atuou em diversos setores, como o de construção de ferrovias e de navios, além da implantação de serviço de gás e da importante atuação como banqueiro.
		
	
	João Maurício Wanderley, Barão de Cotegipe
	
	Luís Alves de Lima e Silva, Duque de Caxias
	
	Nicolau de Campos Vergueiro, Senador
	 
	Irineu Evangelista de Souza, Barão de Mauá
	
	João Alfredo, Visconde de Ouro Preto
	Respondido em 11/09/2019 13:17:00
	
Explicação:
O Barão de Mauá ¿ Irineu Evangelista de Souza -, foi um brilhante industrial, banqueiro, político e diplomata. 
Foi precursor na área dos serviços públicos, entre várias de suas atuações podemos citar:
1851 ¿ Rio de Janeiro ¿ Construiu uma companhia de gás voltada para a iluminação pública do Rio de Janeiro.
1852 - Colocou em ordem as corporações de navegação a vapor no Rio Grande do Sul e no Amazonas.
1854 ¿ Introduziu a primeira estrada ferroviária, que ia da Raiz da Serra à cidade de Petrópolis, no Rio de Janeiro.
1854 ¿ Contribuiu com a fase inicial da União e Indústria, a primeira estrada ladrilhada do país, que compreendia o trecho de Petrópolis a Juiz de Fora.
1874 - Ajustou o assentamento do cabo submarino, entre tantas outras realizações. 
	
	
	 
	
	 2a Questão
	
	
	
	
	A Teoria do Capitalismo Tardio prega que o desenvolvimento industrial, dentro do contexto capitalista, tem sido determinado primeiramente por fatores internos e secundariamente por fatores externos.  Nessa corrente intelectual, o ponto que separa o Brasil agroexportador e o Brasil com potencial de industrialização foi no final do século XIX.  O primeiro período era de transição da economia colonial para a mercantil baseada no trabalho escravo e, posteriormente, houve o avanço para a economia capitalista exportadora, que originou o capital industrial, paralelamente à acumulação de capital no setor exportador de café.
Dentre os fatores que contribuíram para essa evolução não está:
		
	 
	Melhorais na qualidade do café e no aumento do preço dos transportes
	
	Estímulo à acumulação do capital
	
	Introdução da máquina de beneficiar e as estradas de ferro
	
	Aumento da procura por mão-de-obra assalariada
	
	Aumento do mercado de consumo
	Respondido em 11/09/2019 13:17:05
	
Explicação:
Com a implantação das estradas de ferro para escoar a produção do interior de São Paulo para o litoral, houve redução no preço do transporte do café.
	
	
	 
	
	 3a Questão
	
	
	
	
	Adaptada de FUNCAB 2012
A Teoria da Industrialização Liderada pela Expansão das Exportações defendia que o processo de industrialização ocorreu por conta de fatores externos ao país, como a Primeira Guerra Mundial, a Crise de 1929 e a Segunda Guerra Mundial, uma vez que, nesses períodos, a nação não podia importar as mercadorias e precisou encontrar meios para a fabricação dos produtos.  
Leia e analise, atentamente, as informações sobre o processo brasileiro de industrialização por substituição de importações e assinale a alternativa correta.
I. Esse processo apoiou-se em instrumentos de política econômica como reservas de mercado, subsídios e incentivos fiscais e financeiros à indústria nascente. 
II. Esse processo, no Brasil, se fez sem pressões inflacionárias, sem desequilíbrios externos e sem desigualdades regionais. 
III. Foi um processo por meio do qual o Estado, entre outras responsabilidades, assegurou investimentos em infraestrutura e exerceu o papel de empresário no segmento da indústria pesada.
Em sua análise:
		
	
	I e II são verdadeiras
	
	II e III são verdadeiras
	 
	I e III são verdadeiras
	
	I, II e III são verdadeiras
	
	I, II e III são falsas
	Respondido em 11/09/2019 13:17:07
	
Explicação:
I - CORRETA
II - INCORRETA. Todo crescimento brasileiro foi acompanhado de desigualdades regionais, que são verificadas até hoje
III - CORRETA.
	
	
	 
	
	 4a Questão
	
	
	
	
	UESPI 2013
Sob a presidência de Juscelino Kubitschek (1955-1961), a nação brasileira assistiu à criação de Brasília, ¿ considerada, pela UNESCO, patrimônio cultural da humanidade ¿ e vivenciou:
		
	
	Importante papel político para a aproximação dos países da América Latina com os Estados Unidos, em vista da estratégica posição do Brasil no Atlântico Sul
	 
	Um período predominantemente liberal, em termos econômicos, o que pode ser exemplificado pelo início da construção da Companhia Siderúrgica Nacional
	
	Momentos de euforia resultantes, em boa parte, da política desenvolvimentista de incremento à indústria nacional e aumento do poder aquisitivo da classe média
	
	Uma forte recessão econômica em que a indústria nacional não deu sinais de crescimento e o poder aquisitivo da classe média caiu
	
	Época de forte repressão política ao operariado e descaso para com a interiorização do desenvolvimento econômico
	Respondido em 11/09/2019 13:17:13
	
Explicação:
O Governo de Juscelino Kubitschek contou com apoio na industrialização e relativa satisfação dos interesses da classe média, que melhorou a sua condição econômica.  Não houve repressão, tal como nos anos do regime militar e a Companhia Siderúrgica Nacional foi criada no governo Vargas.
	
	
	 
	
	 5a Questão
	
	
	
	
	Adaptado de UFMT 2013
A primeira foi uma fase de desenvolvimento industrial dependente da agricultura de exportação, que induzia o crescimento da produção industrial à medida que criava mercado, gerava capacidade de importar e estimulava a formação de capital.
SUZIGAN, Wilson. Indústria Brasileira: Origem e Desenvolvimento. São Paulo: Brasiliense, 1986.
Uma característica que se destaca na economia agroexportadora brasileira na primeira metade do Século XX está relacionada:
		
	
	A necessidade de se deslocar a concentração das atividades industriais do Sudeste para o Nordeste do Brasil
	
	À proximidade entre base produtiva e estrutura de consumo da economia 
	 
	À existência de grande diferença entre a base produtiva (produtos para exportação) e a estrutura de demanda que precisava ser atendida pelas importações 
	
	Ao atendimento pelas importações de parte majoritária da demanda interna
	
	À estrutura de consumo interno pautada por igualdade na distribuição de renda
	Respondido em 11/09/2019 13:17:16
	
Explicação:
O padrão de desenvolvimento da primeira fase de desenvolvimento industrial era estruturalmente restrito, centrado nas indústrias tradicionais produtoras de bens de consumo e alguns insumos menos sofisticados, embora já estivesse ocorrendo uma pequena diversificação em direção aos insumos pesados. A política econômica, embora suscetível aos pleitos protecionistas da classe industrial emergente, era inteiramente dominada pelos interesses da agricultura, os quais detinham a hegemonia política na época.
	
	
	 
	
	 6a Questão
	
	
	
	
	FUNCAB 2015
As vivências das populações negras no Brasil após a Lei Áurea instigaram revisões pela memória e pela história da efeméride 13 de maio, que deixou de ser festejada de modo quase unânime. Partes das novas gerações passou a encarar a lei apenas como uma conquista jurídica, já que a população negra permaneceu em uma situação desprivilegiada e com o encargo de lutar contra o preconceito racial.
LOPES, MariaAparecida de Oliveira.Narrativas e significados do13 de maio e o 20 de novembro para a História do Brasil . 2009.
As circunstâncias em que a Lei Áurea foi decretada estão presentes em: 
		
	 
	Oposição do movimento republicano à monarquia, fortalecimento do movimento abolicionista, e enfraquecimento político da monarquia
	
	Oposição do movimento republicano à monarquia, fortalecimento do Império, e apoio da elite cafeeira ao abolicionismo
	
	Monarquia politicamente enfraquecida, oposição do movimento republicano à monarquia, e possibilidade real de continuidade do Império no Brasil
	
	Monarquia fortalecida politicamente, possibilidade real de um ¿terceiro reinado", e apoio do movimento abolicionista à causa republicana
	
	Ascensão do movimento republicano, oposição da elite cafeeira à monarquia, e possibilidade real da efetivação de um ¿terceiro reinado" no Brasil
	Respondido em 11/09/2019 13:17:22
	
Explicação:
A Lei Áurea foi sancionada pela Princesa Dona Isabel no dia 13 de maio de 1888, concedendo liberdade total aos escravos, no Brasil. No final do século XIX, no entanto, o mundo consolidava o modo de produção industrial, onde a força humana já não era imprescindível. O regime escravocrata entra em decadência e vários países europeus declaram extinta a escravidão em seus países. 
Na última década do período imperial brasileiro o contexto era de instabilidade e tensão social. A questão da escravidão era um ponto importante a ser resolvido e vinha, desde meados do século XIX, causando preocupação e a promoção de leis que tentavam adiar uma solução definitiva, como a Lei Eusébio de Queirós, a Lei do Ventre Livre e especialmente a Lei dos Sexagenários, aprovada apenas três anos antes da Lei Áurea.
Uma das questões que mais preocupava o governo imperial era justamente a pressão pelo fim da escravidão. O temor por um possível Terceiro Reinado de Isabel, os avanços do Partido Republicano Paulista eram algumas das questões que rondavam o Império mas, certamente, a escravidão configurava o centro de todas as preocupações.
	
	
		GEOGRAFIA ECONÔMICA E DA INDUSTRIA
10a aula
		
	 
	Lupa
	 
	 
	
	
PPT
	
MP3
	 
		Exercício: CEL1031_EX_A10_201708429387_V1 
	11/09/2019
	Aluno(a): GIVANILDO SOUSA
	2019.3 EAD
	Disciplina: CEL1031 - GEOGRAFIA ECONÔMICA E DA INDUSTRIA 
	201708429387
	
	 
	
	 1a Questão
	
	
	
	
	Em 1989, no bojo do reaganismo e do tatcherismo, diversos economistas latino-americanos de perfil liberal, funcionários de agências financeiras internacionais e representantes do governo norte-americano reuniram-se em Washington para avaliar as reformas econômicas em curso na América Latina. As conclusões do encontro, resumidas em dez regras gerais, ficaram conhecidas como Consenso de Washington. Embora tivessem, em princípio, caráter acadêmico, as conclusões do Consenso converteram- se em receituário imposto por agências internacionais para concessão de créditos: os países que quisessem empréstimos do FMI, por exemplo, deveriam adequar suas economias às novas regras.
Adaptado de João José Negrão. Para conhecer o Neoliberalismo. Publisher Brasil, 1998)
Indique a alternativa que expõe corretamente algumas das regras do Consenso de Washington:
		
	 
	Eliminação de restrições ao capital externo, permitindo o investimento estrangeiro direto; disciplina fiscal, por meio da qual o Estado deve limitar seus gastos à arrecadação, eliminando o deficit público; privatização, com a venda de empresas estatais
	
	Ampliação da legislação de controle do processo econômico e das relações trabalhistas; disciplina fiscal, por meio da qual o Estado deve limitar seus gastos à arrecadação, eliminando o deficit público; eliminação de restrições ao capital externo, permitindo o investimento estrangeiro direto
	
	Estatização de empresas de energia; focalização dos gastos públicos em educação, saúde e infraestrutura; disciplina fiscal, por meio da qual o Estado deve limitar seus gastos à arrecadação, eliminando o déficit público
	
	Privatização, com a venda de empresas estatais; focalização dos gastos públicos em educação, saúde e infraestrutura; restrição ao comércio exterior, com o aumento das alíquotas de importação
	
	Focalização dos gastos públicos em educação, saúde e infraestrutura; ampliação das restrições ao capital externo, limitando o investimento estrangeiro direto; privatização, com a venda de empresas estatais
	Respondido em 11/09/2019 13:17:34
	
Explicação:
O Consenso de Washington reúne um conjunto de medidas econômicas que foram apresentadas em 1989 no International Institute for Economy, na capital dos Estados Unidos. A proposta esteve alicerçada nas políticas neoliberais, as quais garantiam, dentre outras coisas, o crescimento econômico e o desenvolvimento social dos países latino-americanos. A principal medida adotada pelo governo brasileiro foi a política de privatizações, na qual as empresas dos ramos das telecomunicações, de energia, mineração e outros foram transferidos do Estado para a iniciativa privada.
	
	
	 
	
	 2a Questão
	
	
	
	
	CESGRANRIO 2014
Observe a reportagem a seguir:
As emissões de gases do efeito estufa provavelmente vão ficar cerca de 30 por cento acima do nível necessário para manter o aquecimento global dentro de uma meta acordada internacionalmente em 2030, alertou a Organização das Nações Unidas (ONU) nesta terça-feira [...] Até 2030, as emissões anuais devem estar em 53 bilhões a 55,5 bilhões de toneladas de equivalente a dióxido de carbono, muito acima do limite de 42 bilhões de toneladas necessário para evitar uma elevação de temperatura de mais de 2 graus Celsius neste século, disse a agência ambiental da ONU.
Disponível em . Acesso em 31 out 2017.
Sobre o efeito estufa, verifica-se que:
		
	
	Provoca o aquecimento ou o resfriamento do planeta, de acordo com a estação local, sem alterações climáticas sensíveis
	
	É gerado pelos gases que formam a atmosfera e que não conseguem reter o calor que vem do solo
	 
	É um fenômeno natural por meio do qual a Terra procura conservar constante a sua temperatura
	
	Torna a Terra um planeta com condições muito mais favoráveis à vida, quando não está presente
	
	É um efeito provocado pelas atitudes inadequadas do homem
	Respondido em 11/09/2019 13:17:53
	
Explicação:
O efeito estufa ou efeito de estufa é um processo físico que ocorre quando uma parte da radiação infravermelha (percebida como calor) é emitida pela superfície terrestre e absorvida por determinados gases presentes na atmosfera, os chamados gases do efeito estufa ou gases estufa.  É um fenômeno natural de manutenção da temperatura da Terra, e a sua intensificação pode provocar o aquecimento global.
	
	
	 
	
	 3a Questão
	
	
	
	
	
FUVEST SP
Acerca da década de 1980 no Brasil, podemos afirmar, do ponto de vista econômico, que foi um período:
		
	
	De forte desenvolvimento da indústria, ainda que não acompanhado por outros setores da economia
	
	De recomposição da mão-de-obra, como resultado do declínio das migrações
	 
	De recessão das atividades econômicas, tanto que muitos o consideram uma década perdida
	
	De ampla abertura ao capital estrangeiro, propiciando por essa via o aumento do produto interno bruto
	
	De grande expansão, embora fortemente perturbado pelas incertezas quanto à consolidação da democracia
	Respondido em 11/09/2019 13:18:15
	
Explicação:
A década perdida é uma designação para o período financeiro de crise na América Latina durante a década de 1980 (e que em alguns países continuaram até a década seguinte). Em geral, as crises consistiam em dívidas externas impagáveis, grandes déficits fiscais e volatilidade inflacionária e cambial, que na maioria dos países da região eram fixos.
	
	
	 
	
	 4a Questão
	
	
	
	
	VUNESP 2017