Resumo aula 04 - Diarreia
3 pág.

Resumo aula 04 - Diarreia


DisciplinaDietoterapia2.138 materiais9.070 seguidores
Pré-visualização1 página
Resumo aula 4 \u2013 Diarreia 
Diarreia Aguda 
Alteração do hábito intestinal caracterizada por aumento do número de evacuações e do teor 
de água nas fezes 
Cursa com depleção hidrossalina de intensidade variável e má absorção de água e eletrólitos 
Transmissão indireta: 
 Ingestão de água e alimentos contaminados e contato com objetos contaminados 
Transmissão direta: 
 De pessoa a pessoa, de animais para pessoas 
Fisiopatologia: 
Diarreia osmolar : \u2191 exagerado da osmolaridade na luz intestinal, atraindo água para a luz ( 
causada por vírus, bactérias, carboidratos). Soluto na luz do intestino. Responde ao jejum. 
Intolerância a lactose, S. dumping. 
Diarréia secretora : patógenos não-invasivos agridem o intestino delgado com toxinas que 
promovem secreção abundante de água e eletrólitos. Não responde ao jejum. 
Diarréia disabsortiva: distúrbio da absorção causado por toxinas. Geralmente acompanhada de 
esteatorréia. DII. 
Diarréia motora: alteração da motilidade intestinal \u2013 hipermotilidade ou hipotonia 
Diarréia exsudativa: processo inflamatório que sugere infecção por agentes invasivos, com 
agressão de íleo distal e cólon. Perda de muco, sangue, e proteínas plasmáticas. Acúmulo de 
liquidos e eletrólitos no intestino. DII 
Sínd. do intestino curto: perda de área intestinal 
Principais Enteropatógenos -> 
 Bactérias: 
Escherichia coli 
Salmonella - diarréia exsudativa por ileocolite, sepse em lactente desnutridos 
Vírus: 
Adenovírus entérico - diarréia secretora e osmótica 
Vírus Norwalk - diarréia secretora e osmótica 
Protozoários: 
Cryptosporidium - diarréia secretora 
Caso clínico: 
 
 
Diarréia secretora: 
Fezes líquidas, abundantes e claras, fétidas, sem sangue, muco ou pus 
Desconforto abdominal 
Pode haver febre ou vômitos 
Diarréia exsudativa (disenteria): 
Fezes amolecidas, com muco, sangue e pus 
Eliminações repetidas, em pequenas porções, com dor à evacuação 
Febre alta 
Leucocitose, neutrofilia e desvio a esquerda 
Diarreia viral: 
Fezes líquidas, sem muco, pus ou sangue 
Evacuações sem dor 
Vômitos e febre 
Casos semelhantes na família/comunidade 
Linfocitose 
Complicações: 
Desidratação 
Distúrbio hidroeletrolítico 
Desnutrição - decorrente da inapetência e vômitos, mau aproveitamento dos 
alimentos e catabolismo aumentado 
Anamnese: 
Início do quadro, características das fezes, febre, prostração, tolerância à hidratação 
oral, outros sintomas digestivos (vômitos, dor ou distensão abdominal) 
Sinais de infecção e antecedentes de parasitoses 
Dieta atual e pregressa 
Uso de drogas e alergias 
Condições sociais e sanitárias 
Exame Físico: 
Sinais de desidratação \u2013 mucosas secas, oligúria, alterações ortostáticas da FC 
e PA 
Estado nutricional 
Sinais de toxemia 
Tratamento: Remover a causa e repor líquidos e eletrólitos -> água de côco, bebidas isotônicas 
Diarreia aguda \u2013 tratamento dietético: 
C. Químicas: hiperprotéico, sem concentração de dissacarídeos, hipolipídica 
 Hipervitaminosas, \u2191B1, Hiperminerais, K, Fe, evitar ricos em enxofre 
 Fibras: hipo exceção pectina 
 Líquido: \u21911,2ml /kCal 
C. Físicas: fracionamento aumentado 
 Volume diminuído 
 Temperatura ambiente 
Outros: Evitar fibras insolúveis,