A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Dentística - Classificação de Cavidades

Pré-visualização | Página 1 de 1

Nomenclatura e classificação de cavidades
Em 1908, Black propôs 2 tipos de cavidade:
Cavidade natural: Áreas susceptíveis à cárie. 
Cavidades de superfícies lisas;
Cavidades de cicatrículas e fissuras.
Cavidade artificial: Preparos cavitário.
Tipos de Cavidade
Patológica: Cavidade causada pela destruição do tecido duro.
Terapêutica: Cavidade resultante de um processo cirúrgico que visa remover o tecido cariado.
Preparo cavitário
Remove o tecido cariado;
Obter formas precisas;
Impede a fratura do dente do material restaurador.
Classificação das Cavidades
Quanto a finalidade
Terapêutica: Resultante da remoção da cárie.
Protética: Cavidade com ou sem cárie. Seu objetivo é servir de suporte para prótese.
De acordo com o nº de face em que ocorre
Simples: Cavidade em 1 face;
Composta: Cavidade em 2 faces;
Complexa: Cavidade em 3 ou mais faces.
 
De acordo com a face envolvida
Oclusal:
Mésio-Oclusal (MO):
Disto-Oclusal (DO):
Mésio-Ocluso-Distal (MOD):
Partes constituíntes das cavidades
paredes
São os limites das cavidades.
Paredes Circundantes: Estão na lateral da cavidade.
Recebem o nome da face do dente que correspondem (V, L, M ou D).
Paredes de Fundo: Correspondem ao soalho da cavidade.
Pulpar: Paralela à face oclusal.
Axial: Paralela ao longo eixo do dente.
ângulos
É a união de 2 ou mais paredes.
Diedros: Formado pela união de 2 paredes de uma cavidade.
1º grupo: 2 paredes CIRCUNDANTES.
V, L, M, D e C.
2º grupo: Parede CIRCUNDANTE + parede de FUNDO.
V, L, M, D e C.
Axial ou Pulpar.
3º grupo: 2 paredes de FUNDO.
Axial ou pulpar.
Áxio-pulpar;
Pulpo-axial.
Triedros: Formando pela união de 3 paredes.
Circundante + axial + pulpar.
Cavo-Superficial: Formando pelas paredes da cavidade + superfície externa do dente.
Definido: 
Biselado: 
CLASSIFICAÇÃO DAS CAVIDADES PROPOSTA POR BLACK
Baseada nas áreas susceptíveis à cárie: Cavidades em superfícies lisas e cavidades em cicatrículas e fissuras.
Classe I
Cavidades em áreas com má coalescência de esmalte.
Áreas de sulcos, cicatrículas, fissuras etc.
classe II
Cavidades que envolvem faces proximais de dentes posteriores.
classe iii
Cavidades que envolvem as faces proximais de dentes anteriores, sem comprometimento do ângulo incisal.
classe iv
Cavidades que envolvem as faces proximais de dentes anteriores, com comprometimento do ângulo incisal.
classe v
Cavidades no terço cervical nas faces vestibulares/linguais de todos os dentes.
classe vi (howard e simon)
Cavidades nas bordas incisais e nas pontas de cúspides.