Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
15 pág.
Prova Virtual 1 tentativa

Pré-visualização | Página 1 de 2

1)
Apesar dos muitos sucessos do plano real, parte de sua estratégia de implementação foi responsável por danos estruturais à economia brasileira, na década de 1990. Com base nisso, analise os itens abaixo com relação a esses elementos. 
I. A elevação da taxa de juros para amenizar o endividamento externo. 
II. O elevado custo de manutenção da paridade cambial, com correspondente endividamento externo. 
III. O crescimento da informalidade e do desemprego, no período. 
IV. A vulnerabilidade externa frente aos movimentos internacionais de capitais. 
Agora, assinale a alternativa que apresenta somente os itens corretos. 
Alternativas:
I, II, III.
I, III.
II, IV.
I, II, III, IV.
checkCORRETO
I, II, IV.
Resolução comentada:
Todas as alternativas listam diferentes limitações do plano, responsáveis por danos estruturais à economia brasileira e comprometimento da estabilidade no médio-longo prazo. 
Código da questão: 27290
2)
Na teoria macroeconômica, _____________ (bem como a oferta de moeda) éconsiderada uma variável determinada institucionalmente (exógena), ou seja, depende dos objetivos de política econômica escolhidos pelas autoridades (se decidirem, por exemplo, que a política será recessiva ou expansionista). _____________ não são determinados por outras variáveis econômicas, mas são eles que determinam as demais variáveis. 
Escolha a alternativa que preenche corretamente as lacunas do texto: 
Alternativas:
As flutuações do nível geral de preços.
Os gastos públicos.
checkCORRETO
Os multiplicadores.
Os dispêndios.
As exportações.
Resolução comentada:
“Na teoria macroeconômica, os gastos públicos (bem como a oferta de moeda) são considerados uma variável determinada institucionalmente (exógena), ou seja, dependem dos objetivos de política econômica escolhidos pelas autoridades (se decidirem, por exemplo, que a política será recessiva ou expansionista). Os gastos públicos não são determinados por outras variáveis econômicas, mas são eles que determinam as demais variáveis.”
Código da questão: 27245
3)
Uma das características centrais do modelo keynesiano básico é a exploração do mecanismo chamado de multiplicador do gasto. Por meio dele, a propensão marginal a consumir de uma dada população garantiria que um aporte inicial e recursos incorporados ao sistema via gasto autônomo promovessem elevações consideráveis na produção e na renda. Sobre o multiplicador keynesiano, assinale a alternativa correta: 
Alternativas:
Justifica ações como a elevação do salário mínimo ou programas de transferência de renda, que privilegiam as camadas que mais consomem (em percentual da renda) da população.
CORRETO
Esse elemento explica a relação entre taxa de câmbio e inflação, sem que seja necessário o recurso a nenhuma outra variável.
checkINCORRETO
Incorpora um dado fundamental da reflexão keynesiana, que é a determinação da poupança sobre o investimento
Explora de forma adequada a razão dívida/pib
O multiplicador representa a importância da poupança para o modelo por depender fundamentalmente dessa variável.
Resolução comentada:
O multiplicador keynesiano do gasto explica as diferenças entre medidas que beneficiem a base da pirâmide salarial e seu topo; como os trabalhadores de baixa renda consomem uma parcela elevada do que recebem, qualquer variação na sua renda seria mantida dentro do modelo, garantindo expansão da produção, do emprego e da renda nacional.
Código da questão: 27247
4)
O principal preço referente ao mercado externo e um dos preços chave da economia que guarda íntima relação com a taxa de juros e o nível geral de preços é a:
Alternativas:
Taxa base de juros.
Taxa de câmbio.
checkCORRETO
Tarifa aduaneira.
Taxa de importação.
Taxa de crescimento.x
Resolução comentada:
O principal preço do mercado externo é a taxa de câmbio, definida como a medida da relação entre a oferta e demanda de divisas estrangeiras. 
Código da questão: 27259
5)
Leia atentamente as afirmações a seguir: 
1.A política de rendas objetiva garantir maiores rendimentos para os estratos superiores da sociedade, privilegiando a criação de empregos e a manutenção da relação entre poupança e investimento. 
2.A política fiscal é responsável pela administração da arrecadação de recursos pelo governo (via política tributária) e pela sua alocação (via política de gastos). 
3.A política monetária tem como objetivo exclusivo o controle do nível geral de preços, i.e., o combate à inflação. 
Escolha a alternativa que lista somente os enunciados VERDADEIROS. 
Alternativas:
3.
2.
checkCORRETO
1 e 2.
1 e 3.
2 e 3.
Resolução comentada:
A política de rendas objetiva garantir maiores rendimentos para os estratos superiores da sociedade, privilegiando a criação de empregos e a manutenção da relação entre poupança e investimento. (FALSA – na verdade, a política de rendas usualmente visa a elevação da renda das primeiras camadas da pirâmide da renda, pela elevação do salário mínimo e implementação de programas de transferência de renda).  A política monetária tem como objetivo exclusivo o controle do nível geral de preços, i.e., o combate à inflação. (FALSA – a política monetária também pode ser empregada para outras finalidades, garantindo, por exemplo, uma elevação da demanda por investimentos) 
Código da questão: 27269
6)
“Os tempos de créditos fartos a juros baratos no mercado internacional acabavam ali. Estavam em xeque modelos de desenvolvimento apoiados em altas doses de endividamento externo. 
A crise levaria o último governo da ditadura, chefiado pelo general João Figueiredo (1979-85), a tomar medidas drásticas. O objetivo inicial era deter a apreciação da moeda nacional notada em anos anteriores, incentivar as exportações e fazer frente ao aumento do déficit em conta corrente. 
Assim, o cruzeiro foi abruptamente desvalorizado em 30% no final de 1979. A medida acentuou a desaceleração econômica, o descontrole inflacionário e o desarranjo nas contas públicas. Em 1980, a inflação bate a simbólica marca de 100% ao ano. Mesmo com a elevação dos preços dos importados, o balanço de pagamentos registrou enormes déficits. Em 1981, o país entrava em uma recessão que perduraria até o segundo semestre de 1982.” 
A passagem acima referencia dois importantes acontecimentos da história econômica brasileira recente. No caso, são: 
Alternativas:
A falência do Banestado e a estatização da dívida privada.
A moratória do México e o esboço de recuperação da economia brasileira.
O movimento pelas Diretas Já e a redemocratização.
As crises financeiras da Malásia e da Rússia.
A maxidesvalorização do cruzeiro e a hiperinflação.
checkCORRETO
Resolução comentada:
Os episódios referenciados são a maxidesvalorização do cruzeiro e a hiperinflação de 1980. Ambos seriam repetidos ao longo da década, com novas tentativas de maxidesvalorização. 
Código da questão: 27283
7)
O crescimento do período 2003-2012 pode ser explicado a partir da conjuntura internacional e de decisões peculiares da política econômica, no âmbito nacional. Respectivamente, essas explicações partem da(do): 
Alternativas:
Adoção da âncora cambial e desindexação.
Todas as alternativas anteriores.
Alta no preço das commodities e políticas pautadas no crescimento com distribuição de renda.
checkCORRETO
Disponibilidade de capitais nos mercados financeiros internacionais e ciclo de privatizações.
Elevação da renda média e programas de transferência de renda.
Resolução comentada:
O expressivo crescimento observado nesse período pode ser creditado a alta no preço das commodities e à condução da política econômica com vistas às finalidades de crescimento e distribuição de renda. 
Código da questão: 27303
8)
Leia atentamente as seguintes reflexões sobre duas das forças competitivas de Porter:  
“Um dos maiores erros que um empreendedor pode cometer é entender que se seu produto é inovador, ele não tem concorrente. Por mais inédito que ele seja, se ele resolve um problema existente,
Página12