MORFOLOGIA DO PORTUGUES 2
6 pág.

MORFOLOGIA DO PORTUGUES 2


DisciplinaMorfologia da Língua Portuguesa199 materiais3.506 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Acadêmico:
	
	
	Disciplina:
	Morfologia da Língua Portuguesa (LET38)
	Avaliação:
	Avaliação Final (Objetiva) - Individual FLEX ( Cod.:455113) ( peso.:3,00)
	Prova:
	13665537
	Nota da Prova:
	9,00
	
	
Legenda:  Resposta Certa   Sua Resposta Errada  
Parte superior do formulário
	1.
	Morfema é a unidade linguística mínima portadora de significado, que não se pode dividir em unidades menores, sem passar ao nível fonológico. Pode definir-se como constituinte imediato da palavra. Em gramática gerativa, é um elemento da estrutura profunda, que se opõe ao formante, elemento da estrutura de superfície. Isto posto, há que se considerar que tais unidades mínimas são de vários tipos. Associe os itens, utilizando o código a seguir:
I- Radical.
II- Vogal temática.
III- Tema.
IV- Afixo.
(    ) É o radical acrescido da vogal temática, já pronto para receber outros morfemas.
(    ) É o morfema acrescentado ao radical para a formação de palavras novas.
(    ) É o morfema que contém o significado básico da palavra.
(    ) É a vogal que aparece imediatamente após o radical, preparando-o para receber os outros morfemas.
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
FONTE: HOFFMANN, Rosane Raim. Ciberdúvidas da Língua Portuguesa. Disponível em: <http://www.ciberduvidas.com/pergunta.php?id=3230>. Acesso em: 5 fev. 2015.
	 a)
	III - IV - II - I.
	 b)
	IV - III - I - II.
	 c)
	IV - III - II - I.
	 d)
	III - IV - I - II.
	2.
	As palavras que compõem o léxico da língua portuguesa dividem-se em classes variáveis e invariáveis. As classes variáveis flexionam-se de diversos modos, ao passo que as classes invariáveis não apresentam flexões, portanto, não variam em gênero, número ou grau. Entre as classes invariáveis, encontram-se os pronomes. Os pronomes, a seu turno, são classificados de vários modos e, dentre estes, tem-se os pronomes de tratamento, os quais são usados para fazer referências a pessoas. Ao tratar-se com as pessoas, pode-se fazê-lo de modo mais familiar ou cerimonioso, de acordo com a pessoa, em relação ao seu cargo, título, idade etc. Pensando nesta perspectiva, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	Vossa Excelência é usado para príncipes e duques.
	 b)
	Vossa Eminência é usado para reitores de universidades.
	 c)
	Vossa Senhoria é usado para funcionários públicos graduados.
	 d)
	Vossa Magnificência é usado para sacerdotes em geral.
	3.
	Dentro do processo de formação das palavras, tem-se a Derivação e a Composição. O processo de composição se dá por aglutinação e por justaposição. A justaposição ocorre quando se juntam duas ou mais palavras e estas mantêm sua estrutura, isto é, não sofrem alteração nos fonemas. Baseando-se nesta afirmação, assinale a alternativa CORRETA em que todas as palavras são formadas por COMPOSIÇÃO POR JUSTAPOSIÇÃO:
	 a)
	Telefone, girassol, outrora.
	 b)
	Pôr do sol, telefone, cabisbaixo.
	 c)
	Beija-flor, girassol, passatempo.
	 d)
	Girassol, panela, aguardente.
	4.
	Leia atentamente o fragmento a seguir:
Mãe e filha chegaram ao cortiço às nove da noite. Piedade destampou a garrafa de aguardente, tomou uma talagada, foi para o pátio, onde as pessoas falavam alto e riam.
Depois da partida de Rita, já não se faziam sambas ao relento, pouco se dançava e cantava. O forte eram os forrobodós [...] Vendo Piedade triste, Pataca exclamou: 
- Que cara é essa, moça? Se Jerônimo se foi, põe outro no lugar dele.
Nessa noite, a bebedeira acabou sendo completa. Piedade dançou ao som de palmas, gritos e risadas, no meio de uma grande troça, a saia levantada, como se pretendesse imitar Rita. Era a boba do cortiço.[...]
FONTE: AZEVEDO, Aluísio. O cortiço. São Paulo: Scipione, 1999. p. 76.
Agora, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	O A em ?Era a boba do cortiço. [...]? é um pronome.
	 b)
	O A em ?a bebedeira acabou sendo completa? é uma interjeição.
	 c)
	O A em ?no meio de uma grande troça, a saia levantada? é um artigo.
	 d)
	O A em ?a garrafa de aguardente? é uma preposição.
	5.
	Advérbios são palavras que modificam, principalmente, o verbo, indicando a circunstância em que ocorre a ação por ele expressa. Considerando os advérbios, analise a frase a seguir: &quot;Um lindo balão azul atravessava calmamente o céu&quot;.
Que ideia é expressa pelo advérbio CALMAMENTE?
	 a)
	Tempo.
	 b)
	Dúvida.
	 c)
	Modo.
	 d)
	Condição.
	6.
	Analise os dois versos do poema Retrato, de Cecília Meireles:
?Eu não tinha estas mãos sem força,
tão paradas e frias e mortas?
Relacionando locuções adjetivas aos versos acima, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) Locução adjetiva é toda expressão constituída, em geral, por preposição+substantivo.
(    ) Não se pode afirmar que a expressão ?sem força?, do verso acima, seja exatamente um adjetivo, mas com certeza ela tem função adjetiva, já que caracteriza o substantivo mãos.
(    ) A expressão ?sem força? pode ser classificada como locução adjetiva.
FONTE: MEIRELES, Cecília. Retrato. Disponível em: <http://www.fabiorocha.com.br/cecilia.htm>. Acesso em: 24 jun. 2011.
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	F - V - F.
	 b)
	V - F - V.
	 c)
	F - F - F.
	 d)
	V - V - V.
	7.
	As palavras são divididas em classes denominadas classes gramaticais ou classes de palavras. Essa divisão baseia-se nas significações comuns que cada grupo de palavras de uma língua adquire no texto. Sendo assim, as palavras PSIU!, OH!, UFA! pertencem a qual classe de palavras?
	 a)
	Artigos.
	 b)
	Verbos.
	 c)
	Pronomes.
	 d)
	Interjeições.
	8.
	Análise morfológica é o ato de estudar cada uma das diversas palavras em uma frase independentemente, visando à sua classe gramatical. Se analisarmos morfologicamente a sequência: &quot;Tem lábios que murmuram delírios...&quot; teremos:
	 a)
	Verbo, advérbio, pronome relativo, verbo, substantivo.
	 b)
	Verbo, substantivo, conjunção, substantivo, verbo.
	 c)
	Substantivo, verbo, pronome indefinido, verbo, substantivo.
	 d)
	Verbo, substantivo, pronome relativo, verbo, substantivo.
	9.
	As formas nominais do verbo não apresentam flexão de tempo e modo, perdendo, desta maneira, algumas das características principais dos verbos. Por serem tomadas como nomes (substantivos, adjetivos e advérbios), recebem o nome de formas nominais.
Com relação às formas nominais dos verbos, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	O gerúndio pode funcionar como adjetivo.
	 b)
	O infinitivo, o particípio e o gerúndio são chamados de formas nominais do verbo e podem atuar na função dos verbos.
	 c)
	O infinitivo pode desempenhar a função de um substantivo, como no exemplo: &quot;Rir faz bem para a alma&quot;.
	 d)
	O particípio pode funcionar como um advérbio.
	10.
	Na Língua Portuguesa, as palavras podem ser formadas a partir de dois processos básicos de formação: derivação e composição. Sendo assim, atente para a formação das seguintes palavras: guarda-roupa, decompor, pedreira e dentista. Agora, assinale a alternativa CORRETA que apresenta, respectivamente, o processo pelo qual cada uma foi formada:
	 a)
	Justaposição, prefixação, sufixação, sufixação.
	 b)
	Justaposição, prefixação, justaposição, parassíntese.
	 c)
	Parassíntese, justaposição, aglutinação, parassíntese.
	 d)
	Justaposição, sufixação, justaposição, sufixação.
	11.
	(ENADE, 2011) A conjunção é um fator indicativo da natureza das relações entre orações. Quando se trata de conjunções coordenadas, pode-se, então, falar não só de uma classificação sintática, mas de um valor semântico subjacente que estabelece o vínculo das orações. Dessa forma, é correto afirmar que a conjunção coordenativa presente no quadrinho:
FONTE DA IMAGEM: Disponível em: <http://papaprova.com/uploads/20150607/novo-57.jpg>. Acesso em: 7 nov. 2016.