A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Trabalho Contabilidade Gerencial AV2

Pré-visualização | Página 1 de 1

Universidade Veiga de Almeida 
Rio de Janeiro 
2019 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Nome: Guilherme Amaro Amarante Mendes 
Disciplina: Contabilidade Gerencial 
Tutor: Afonso Barros 
 
Situação problema 
No dia a dia da organização, os administradores se defrontam com uma série de 
situações influenciadas por ocorrências internas e externas que podem afetar a boa 
continuidade de seus negócios. Por isso, eles dispõem de ferramentas gerenciais que os 
auxiliam na tomada de decisão. Enquanto o administrador conservador reluta em aceitar 
novas ideias, existe um perfil de administrador aberto, disposto a aceitar novos 
conceitos, tendências e ideias que lhe permitam ser mais eficaz na direção de seus 
negócios. 
Leia o texto e depois discorra sobre a expressão: a tomada de decisão pela teoria das 
restrições (theory of constraints – TOC) apresenta melhores resultados do que o custeio 
por absorção tradicional. 
 
Teoria das Restrições – Contabilidade Gerencial – AV2 
 
Partindo do pressuposto acima, muito empresas com a intenção de solidificar seus 
negócios, e cada vez mais elevar seus ganhos, dessa maneira, o que muitos de seus 
colaboradores fazem é o planejamento e aplicação de estratégias de forma a aprimorar a 
produtividade da empresa. Porém, o que também tem sido o fator mais tem sido 
relevante em meio a uma organização é o fator da empresa querer reduzir seus custos, 
pois desse modo, estaria com maior acessibilidade de aquisição de novas tecnologias 
que podem ser alcançados de recursos internos, diminuindo custos por despesas e 
rentabilizando maior capital. 
Apenas alguma atividade pode ser executada ou tomada de decisão quando há 
informações suficientemente supridas, porque dentro de uma organização isso não 
muda. Todas as atividades desempenhadas, sejam de caráter operacional o gerencial, 
estão apoiadas em alguma informação que precisou ser preparada, no formato 
adequado, a partir dos dados coletados na contabilidade. Em condições normais, o 
objetivo de qualquer corrente diz respeito à sua capacidade de transmitir esforço sem se 
partir. No mundo dos custos, a principal medida de avaliação de desempenho consiste 
no custo por absorção, por sua vez, conceituado por ser um método que consistiria em 
agregar os custos de produção aos produtos fabricados, seja de forma direta ou indireta. 
Na análise das variâncias, o que significa que as decisões para alcance da meta visam a 
redução dos custos, que, na analogia, corresponderia à redução de peso da corrente. 
Controle nos padrões de custos de produção na pretensão de reduzir o custo total que 
poderia igualar à redução da corrente do peso através de um decréscimo com alguma 
relação com elo independente. 
Deste modo, a Teoria das Restrições (TOC) apresenta um papel relevante que tem como 
um auxilio na tomada de decisão de uma empresa, assim quanto a otimização na 
produção de um produto. Entretanto, esta teoria pode ser colocada em prática nas 
empresas, tendo em vista que parte da premissa de que todo sistema possui alguma 
restrição, pois, caso contrário, as empresas teriam produção infinita e lucro ilimitado. 
Pois ela se baseaia em um grupo de ações que induziam os grandes gestores a abordar 
os principais obstáculos referente ao gerenciamento da produção. Entretanto é possível 
perceber que as restrições podem ser um fator positivo, pois há uma relaxação gradual 
das mesmas no sistema que pode levar a uma mudança favorável no desempenho. Para 
Corbett (1997:39) a Teoria das restrições seria caracterizada como finalidade nas 
organizações: “O primeiro passo é reconhecer que todo sistema foi constituído para um 
propósito; não criamos nossas organizações sem nenhuma finalidade. Assim, toda ação 
tomada por qualquer parte da empresa deveria ser julgada pelo seu impacto no propósito 
global. Isso implica que, antes de lidarmos com aprimoramentos em qualquer parte do 
sistema, primeiro precisamos definir qual é a meta global do mesmo...”. 
Fonte: 
Teoria das restrições e contabilidade gerencial: interligando contabilidade a 
produção: http://www.fgv.br/rae/artigos/revista-rae-vol-38-num-3-ano-1998-nid-
45447/ 
http://www.abepro.org.br/biblioteca/enegep2001_tr32_0301.pdf 
Analise no processo com base na Teoria das Restrições: Uma Ferramenta de apoio 
a Tomada de Decisão em uma salina do RN. 
http://www.abepro.org.br/biblioteca/enegep2010_tn_sto_113_739_16899.pdf

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.