Buscar

LISTA3 volumetria de precipitacao

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 3 páginas

Prévia do material em texto

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ
CURSO DE QUÍMICA DISCIPLINA: QUÍMICA ANALÍTICA II
III LISTA DE EXERCÍCIOS: Volumetria de Precipitação
PROF. CARLOS EMANUEL
1. Quantos grama de NaCl devem ser pesados para preparar-se 1,00L de solução que seja 100,0 mg/L
em a) Na+; b) Cl-; c) Qual a molaridade das soluções a e b. (MM: Na=23; Cl 35,5 g/mol)? (R: 254,3
mg; 164,8 mg; 4,35 x 10-3 M e 2,82 x 10-3 M)
2. Uma amostra de urina tem uma concentração de Cl- de 150 mmol/L. Supondo que todo cloreto está
presente sob a forma de NaCl, qual a concentração de NaCl em g/L? (R: 8,775 g)
3. Que massa de Ag2CO3 (MM=275,8 g/mol) forma-se quando 25,00 mL de AgNO3 0,2000 mol/L são
misturados com 50,00 mL de Na2CO3 0,0800 mol/L? (R: 0,6895 g)
4. Água do mar contém em média 1,08x103 mg/kg de Na+ e 270 mg/kg de SO4=. Calcule: a)
Concentração molar de Na+ e SO4= sabendo que a densidade da água do mar é 1,02 g/mL; b) pNa e
pSO4. (R: 0,0479 M; 2,87x10-3 M; 1,32; 2,54)
5. O produto de solubilidade do cloreto de prata é 1,82 x 10-10 e do cromato de prata é 1,1 x 10-12. Qual é
o composto mais solúvel em água? Comente os resultados. (R: 1,35 x 10-5 M; 6,50 x 10-5 M)
6. Uma solução contém 0,10 M de Cl- e 0,10 M de CrO42-. Uma solução diluída de AgNO3 é adicionada
vagarosamente enquanto o sistema é agitado. Calcule qual precipitado, AgCl ou Ag2CrO4, deverá
formar primeiro e calcule a concentração restante na solução do primeiro íon a formar precipitado
quando o segundo íon inicia a formação do precipitado. Dados: Ks(AgCl) = 1,8 x 10-10 e Ks(Ag2CrO4)=
2,4 x 10-12. (R: AgCl precipita primeiro; [Cl-] = 3,7 x 10-5)
7. Deseja-se separar Pb2+ e Ba2+ por precipitação com CrO42. Considere uma solução contendo esses
íons em concentração de 0,1000 mol/L cada um. Pode 99,9% de Pb2+ ser precipitado antes da
precipitação de Ba2+? Dados: Ks(PbCrO4) = 1,8 x 10-14 e Ks(BaCrO4) = 2,1 x 10-10. (R: Sim, com a
concentração de cromato nesse instante ainda não se atinge o valor de Ks BaCrO4)
8. A massa de 0,2142 g do sal MCl2 é dissolvida em água e titulada com 36,00 mL de AgNO3 0,1250
mol/L. Calcule a massa atômica do metal M. (R: 24,3 g/mol)
9. Com o intuito de calcular o volume de um reservatório de forma irregular, um químico adicionou 108,2
g de NaCl puro (MM=58,5 g/mol) no reservatório e o encheu de água. Após o NaCl ter sido
completamente dissolvido, uma alíquota de 100,0 mL da solução foi titulada com 9,39 mL de AgNO3
0,1008 mol/L. Qual é o volume do reservatório? (R: 195,6 L)
10. O método de Mohr foi usado na determinação de NaCl (MM=58,5 g/mol) em 1,0004g de uma amostra
dissolvida e titulada com 32,51 mL de AgNO3 0,1012 mol/L. No teste em branco, foram gastos 0,15
mL de solução de AgNO3. Calcule a % de NaCl nessa amostra. (R: 19,15 %)
11. Qual é a concentração de uma solução de nitrato de prata na qual 28,60 mL foram requeridos para
alcançar o ponto final da titulação com uma solução contendo 0,2116 g do padrão primário KCl
(MM=74,5 g/mol)? (R: 0,0993 mol/L)
12. Uma amostra de 20,00 mL de água do mar foi diluída a 100,00 mL. Retirou-se uma alíquota de 15,00
mL e titulou-se com 45,05 mL de solução de AgNO3 0,1502 mol/L. Calcule o teor de NaCl em g/L na
amostra original. (R: 131,9 g/L)
13. Uma solução padrão de nitrato de prata foi preparada dissolvendo 6,503 g de AgNO3 (MM=169,9
g/mol) puro em 250,0 mL de solução. Uma amostra pesando 0,6319 g e que contém um certo teor de
MgCl2, requereu 24,33 mL de nitrato de prata para a titulação. Calcule a porcentagem de MgCl2
(MM=95,3 g/mol) na amostra. (R: 28,1%)
14. Quantos gramas de KCl (MM=74,5 g/mol) estão contidos em 250,00 mL de solução, se na titulação
de 25,0 mL desta solução foi utilizado 34,00 mL de solução de AgNO3 0,1050 M? (R: 2,66 g em 250
mL)
15. A titulação de 0,485 g de uma amostra contendo cloreto foi realizada pelo Método de Mohr,
requerendo 36,80 mL de solução padrão de AgNO3 0,1060 mol/L. Calcule a porcentagem de cloreto
(MM=35,5 g/mol) na amostra. (R: 28,55 %)
16. Uma amostra de um pesticida pesando 0,1064 g foi decomposta pela ação de sódio bifenil em
tolueno. O cloreto liberado foi extraído com água e titulado com 23,28 mL de solução padrão de
AgNO3 0,03337 mol/L usando indicador de adsorção. Expresse os resultados desta análise em
termos de porcentagem de aldrin, C12H8Cl6 (364,92 g/mol). (R: 44,4 %)
17. Um volume de 100,0 mL de uma amostra de água de esgoto é tratada com amônia sendo o sulfeto
titulado com 8,47 mL de AgNO3 0,0131 mol/L, segundo a reação: 2 Ag+ + S2-  Ag2S (s). Determine o
teor de H2S (MM=34,0 g/mol) em mg/L nessa água. (R: 37,7 mg/L)
18. Uma alíquota de 25,00 mL de solução salina foi acidificada com ácido nítrico diluído e tratada com
25,00 mL de AgNO3 0,2149 mol/L. Após a adição do indicador de Volhard, a solução requereu 26,40
mL de solução de KSCN de 0,1322 mol/L para titulação. Calcule a concentração em mol/L do NaCl
na solução salina. (R: 0,0753 mol/L)
19. Uma alíquota de 50,00 mL de solução de brometo foi analisada por adição de 10,00 mL de AgNO3
0,1000 mol/L e titulação por retorno com KSCN 0,0832 mol/L, consumindo-se 5,34 mL. Qual a
concentração de Br- na solução original? (R: 0,0111 mol/L)
20. Uma quantidade de 20 tabletes de uma amostra contendo sacarina (MM=205 g/mol) foi tratada com
20,00 mL de AgNO3 0,0818 mol/L. Após filtração, o filtrado foi titulado com 2,82 mL de KSCN 0,0412
mol/L. Calcule o teor médio em miligramas de sacarina por tablete.
C7H4OSO2NNa + Ag+  C7H4OSO2NAg + Na+ (R: 15,6 mg/tablete)
21. Uma amostra do produto brometo de cálcio hexa-hidratado comercial (MM CaBr2.6H2O = 308 g/mol) e
pesando 8,0010g é dissolvida e diluída a 100,0 mL. A uma alíquota de 20,0 mL adiciona-se 50,0 mL
de AgNO3 0,1998mol/L precipitando todo o brometo (MM=80 g/mol) , sendo o excesso de Ag+ titulado
com 4,03 mL de KSCN 0,0997mol/L. Calcule a pureza do produto comercial. (R: 92,3 %)
22. Uma amostra de 3,000 g de detergente industrial contendo fosfato (MM=95 g/mol) foi dissolvida em
uma quantidade conveniente de água e precipitada pela adição de 1,000 g de AgNO3. A solução foi
filtrada e o filtrado requereu 18,23 mL de solução de KSCN 0,1377 mol/L para a titulação. Calcule a
porcentagem de fosfato no detergente. (R: 3,56%)
23. O fosfato (MM=95 g/mol) em 4,258 g de uma amostra de alimento vegetal foi precipitado como
Ag3PO4 através da adição de 50,00 mL de solução padrão de AgNO3 0,0820 mol/L. O precipitado foi
filtrado e lavado, sendo que o filtrado e a água de lavagem foram diluídos para exatamente 250,0 mL
de solução. A titulação de uma alíquota de 50,00 mL desta solução requereu 4,64 mL através da
titulação por retorno com solução padrão de KSCN 0,0625 mol/L. Expresse os resultados desta
análise em termos de porcentagem de P2O5 (MM=142 g/mol) (R: 1,47%)
24. O ácido monocloroacético (ClCH2COOH, MM=94,5 g/mol) foi extraído de 100 mL de uma bebida
carbonatada em éter dietílico e então retornado a solução aquosa como ClCH2COO- pela extração
com NaOH 1 mol/L. O extrato aquoso foi acidificado e tratado com 50,0 mL de solução padrão de
AgNO3 0,04521 mol/L, segundo a reação: ClCH2COOH + Ag+ + H2O  HOCH2COOH + H+ + AgCl
(s). Após a filtragem do AgCl, a titulação do filtrado com água de lavagem requereu 10,43 mL de uma
solução padrão de KSCN 0,098mol/L. Calcule a quantidade de ClCH2COOH em mg na amostra. (R:
117 mg).
25. Iodofórmio (MM=393,7 g/mol) presente em uma amostra de 1,380 g de desinfetante foi dissolvido em
álcool e decomposto pelo tratamento com HNO3 concentrado e o íon iodeto que foi precipitado com
33,60 mL de solução de AgNO3 0,0845 mol/L. Quando a reação foi completada o excesso de íon
prata foi titulado com 3,58 mL de solução de KSCN 0,0950 mol/L. Calcule a % de iodofórmio na
amostra. CHI3 (l) + 3 Ag+ (aq) + H2O  3 AgI (s) + 3 H+ + CO(g) (R: 23,7%)
26. 1,998 g de uma amostra contendo Cl- (MM=35,5 g/mol) e ClO4- (MM=99,5 g/mol) foi dissolvida em
suficiente quantidade de água para dar 250,0 mL de solução. Uma alíquota de 50,00 mL de solução
requereu 13,97 mL de AgNO3 0,08551 mol/L para titular o Cl-. Uma segunda alíquota de50,00 mL foi
tratada com V2(SO4)3 para reduzir o ClO4- a Cl-:
ClO4- (aq.) + 4 V2(SO4)3 (aq.) + 4 H2O(l)  Cl- + 12 SO42- + 8 VO2+ + 8 H+
A titulação da amostra reduzida requereu 40,12 mL de solução padrão de AgNO3. Calcule as
porcentagens de Cl- e ClO4- na amostra. (R: 10,6 % e 55,4 %)
27. O diretor de um laboratório químico de análise fecha acordo com um cliente no qual um grande
número de amostras contendo brometo (MM=80 g/mol) deverá ser analisado. Para evitar perda de
tempo calculando o resultado final, ele quer que o volume de AgNO3 usado na titulação de Fajans
seja igual numericamente à percentagem de brometo na amostra. Se de cada amostra se pesará
500,0 mg, que concentração molar de AgNO3 deverá ser usada? (R: 0,0625 mol/L)
28. Uma amostra de feldspato pesando 1,5001g, é decomposta obtendo-se uma mistura de KCl e NaCl
pesando 0,1803g. Os cloretos são dissolvidos em água, adicionando-se 50,00 mL de AgNO3 0,0833
mol/L. O filtrado requer 16,46 mL de KSCN 0,1000 mol/L na titulação indireta. Calcule a % de K2O no
silicato.
29. Uma solução de NaCl 0,1000 mol/L é titulada a 95% com uma solução de AgNO3 0,1000 mol/L .
Calcule pAg e pCl nesse ponto da titulação. (R: 2,59 e 7,41)
30. 40,0 mL de BaCl2 0,0250 mol/L são titulados com Na2SO4 0,0500 mol/L. Sabendo que KpsBaSO4 =
1,3x10-10, determine os valores de pBa ao adicionar-se: a) 0,0 mL; b) VPE ; c) VPE  10,0 mL
31. Titula-se com solução de: a) AgNO3 0,1000 mol/L, 50,0 mL de NaBr 0,1000 mol/L; b) AgNO3 0,0100
mol/L, 50,0 mL de NaBr 0,0100 mol/L. Compare as curvas de titulação obtidas por adição de
diferentes volumes de titulante.
32. Uma alíquota de 25,00 mL de solução 0,1306 mol/L AgNO3 esta sendo titulada com solução de KSCN
0,1194 mol/L. Calcule o pAg nos seguintes pontos:
(a) antes da adição de titulante (R: 0,88);
(b) após a adição de 10,00 mL de KSCN (R: 1,23);
(c) após a adição de 15,00 mL de KSCN (R: 1,43);
(d) no ponto de equivalência (R: 6,00);
(e) após a adição de 40,00 mL de KSCN (R: 10,33).
33. Construa a curva de titulação de 50,00 mL de solução 0,0400 mol/L KBr (pBr vs volume de titulante)
após a adição de: 5,00; 15,00; 25,00; 30,00; 35,00; 39,00; 40,00; 45,00 e 50,00 mL de AgNO3 0,0500
mol/L. Ks do AgBr = 5,2 x 10-13. (R: 1,49; 1,72; 1,84; 2,20; 2,53;3,25;6,14;9,70 e 9,98)
34. Calcule a concentração molar de equilíbrio do íon cloreto quando o cromato de prata inicia a
precipitação na titulação de 50,00 mL de NaCl 0,1003 mol/L com AgNO3 0,1014 mol/L. Supor que a
concentração inicial do indicador cromato de potássio é 3,00 x 10-3 mol/L. Este ponto está antes ou
após o ponto de equivalência? Calcule o volume gasto de titulante no P.F. da titulação. (R: 9,53 x 10-6
mol/L; após P.E.; Vpf=49,51 mL).

Outros materiais