A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
597 pág.
Fundamentos Scrum

Pré-visualização | Página 1 de 38

Capacitações completas para um mercado competitivo
Fundamentos Scrum para a gestão ágil de projetos
Introdução ao Agile Scrum
Módulo 1
Introdução ao Agile Scrum
 Lição 1: Por que o Scrum?
 Lição 2: O surgimento do Scrum
 Lição 3: Conhecendo o manifesto ágil 
 Lição 4: O que é o Scrum?
 Lição 5: Os papeis no Scrum 
 Lição 6: O que é um projeto complexo?
 Lição 7: O ciclo adaptativo em ambientes ágeis
 Lição 8: Gestão ágil x gestão tradicional
 Lição 9: Complementos do framework Agile
 Lição 10: Os artefatos do Scrum
 Lição 11: Os eventos do Scrum
 Lição 12: Implementando o Scrum, como começar?
 Lição 13: As certificações Scrum
Lição 14: Questões comentadas
Por que o Scrum?
Vantagens
 Redução dos riscos do projeto.
 Maior qualidade no produto gerado.
 Visibilidade do progresso do projeto.
1 Entregas contínuas
SABBAGH, Rafael. Scrum – Gestão Ágil para Projetos de Sucesso. Edição atualizada. São Paulo: Casa do Código. 
Por que o Scrum?
Vantagens
 Planejar apenas com o nível de detalhes possível.
 Produzir apenas o necessário.
 Utilizar apenas os artefatos necessários e suficientes.
2 Redução de desperdício
1 Entregas contínuas
SABBAGH, Rafael. Scrum – Gestão Ágil para Projetos de Sucesso. Edição atualizada. São Paulo: Casa do Código. 
Por que o Scrum?
Vantagens
3 Aumento da motivação e produtividade
 Melhoria contínua.
 Trabalho em equipe e autonomia.
 Realização do trabalho de ponta a ponta.
 Time boxed, gerando um ritmo constante e sustentável.
3
2 Redução de desperdício
1 Entregas contínuas
SABBAGH, Rafael. Scrum – Gestão Ágil para Projetos de Sucesso. Edição atualizada. São Paulo: Casa do Código. 
Por que o Scrum?
Exemplos
Introdução ao Agile Scrum
 Lição 1: Por que o Scrum?
 Lição 2: O surgimento do Scrum
 Lição 3: Conhecendo o manifesto ágil 
 Lição 4: O que é o Scrum?
 Lição 5: Os papeis no Scrum 
 Lição 6: O que é um projeto complexo?
 Lição 7: O ciclo adaptativo em ambientes ágeis
 Lição 8: Gestão ágil x gestão tradicional
 Lição 9: Complementos do framework Agile
 Lição 10: Os artefatos do Scrum
 Lição 11: Os eventos do Scrum
 Lição 12: Implementando o Scrum, como começar?
 Lição 13: As certificações Scrum
Lição 14: Questões comentadas
O surgimento do Scrum
Contexto
O tempo em que vivemos é marcado pelo dinamismo e pelas mudanças rápidas e
constantes, em que a todo momento surgem novas tecnologias e novos modos de se
gerenciar. Nesse cenário de incertezas, precisamos ter uma grande capacidade de
adaptação e ser cada vez mais ágeis. Para atender a essas demandas, surgem as
metodologias ágeis de gestão de projetos.
O mundo está mudando o tempo todo! 
O surgimento do Scrum
Visão Histórica
ANOS 90
Em 1995, Jeff Sutherland e Ken
Schwaber trabalhavam juntos para
resumir o que haviam aprendido ao
longo dos anos a pedido da Object
Management (OMG).
ANOS 2000
Em 2003, esses dois grandes nomes
publicavam um artigo “Scrum and the
perfect Storm”, na qual detalhavam o
método ágil: Scrum.
Apresentador
Notas de apresentação
O Object Management Group, ou OMG, é uma organização internacional que aprova padrões abertos para aplicações orientadas a objeto
O surgimento do Scrum
O termo Scrum
O termo “Scrum” é uma redução da palavra Scrummage, que tem origem no rugby e dá
nome à jogada de reinício do jogo, tendo como objetivo recolocar a bola em disputa.
A analogia gira em torno de três fatores principais: auto-organização, velocidade e
senso de urgência que os times de rugby aplicam ao reiniciar o jogo.
CRUZ, Fábio. Scrum e Agile em projetos: guia completo. 2ª Ed. Rio de Janeiro: Brasport, 2018. 
Apresentador
Notas de apresentação
Scrum não é uma sigla, e sim o nome de umas das jogadas mais conhecidas do rúgbi. Os jogadores disputam a reposição de bola, onde é necessária a participação de todos os jogadores do time no mesmo objetivo, sendo que se um deles falham todos falham. Esse trabalho em equipe é bem caracterizado no framework Scrum, e por isso o seu nome foi originado desta palavra.
Introdução ao Agile Scrum
 Lição 1: Por que o Scrum?
 Lição 2: O surgimento do Scrum
 Lição 3: Conhecendo o manifesto ágil 
 Lição 4: O que é o Scrum?
 Lição 5: Os papeis no Scrum 
 Lição 6: O que é um projeto complexo?
 Lição 7: O ciclo adaptativo em ambientes ágeis
 Lição 8: Gestão ágil x gestão tradicional
 Lição 9: Complementos do framework Agile
 Lição 10: Os artefatos do Scrum
 Lição 11: Os eventos do Scrum
 Lição 12: Implementando o Scrum, como começar?
 Lição 13: As certificações Scrum
Lição 14: Questões comentadas
Conhecendo o manifesto ágil
O que é ser Ágil
“Ser ágil é gerar entregas contínuas, incrementais e frequentes de valor para o cliente,
focando em equipes auto organizadas.”
“Ser ágil significa simplificar o mindset, pensar de forma simples e objetiva. Porém, não
confundir pensar simples com preguiça de pensar.”
Vitor L. Massari
MASSARI, Vitor L. Agile Scrum Master no gerenciamento avançado de projetos: base para certificação EXIN Agile Scrum Master . 1ª Ed. Rio de Janeiro: Brasport, 2016. 
Apresentador
Notas de apresentação
“Ser ágil significa simplificar o mindset, pensar de forma simples e objetiva.
Porém, não confundir pensar simples com preguiça de pensar.”
Conhecendo o manifesto ágil
Por que surgiu?
O Manifesto para o desenvolvimento ágil de software, ou simplesmente Manifesto 
Ágil, surgiu de forma colaborativa por profissionais que se reuniram em busca de 
novas alternativas para o desenvolvimento de software de maneira mais ágil. Dessa 
forma, o manifesto é um documento que compila valores e princípios que seriam 
aplicados no desenvolvimento de software mas que hoje está dominando o mundo.
SURGIMENTO DO MANIFESTO ÁGIL
CRUZ, Fábio. Scrum e Agile em projetos: guia completo. 2ª Ed. Rio de Janeiro: Brasport, 2018. 
Apresentador
Notas de apresentação
“Ser ágil significa simplificar o mindset, pensar de forma simples e objetiva.
Porém, não confundir pensar simples com preguiça de pensar.”
Conhecendo o manifesto ágil
Valores 
Indivíduos e interação entre eles mais que processos e ferramentas;
Software em funcionamento mais que documentação abrangente;
Colaboração com o cliente mais que negociação de contratos;
Responder a mudanças mais que seguir um plano.
CRUZ, Fábio. Scrum e Agile em projetos: guia completo. 2ª Ed. Rio de Janeiro: Brasport, 2018. 
Apresentador
Notas de apresentação
“Ser ágil significa simplificar o mindset, pensar de forma simples e objetiva.
Porém, não confundir pensar simples com preguiça de pensar.”
Conhecendo o manifesto ágil
Princípios
I Nossa maior prioridade é satisfazer o cliente, através da entrega adiantada e contínua de software devalor.
SABBAGH, Rafael. Scrum – Gestão Ágil para Projetos de Sucesso. Edição atualizada. São Paulo: Casa do Código. 
Conhecendo o manifesto ágil
Princípios
I Nossa maior prioridade é satisfazer o cliente, através da entrega adiantada e contínua de software devalor.
II Aceitar mudanças de requisitos, mesmo no fim do desenvolvimento. Processos ágeis se adequam amudanças, para que o cliente possa tirar vantagens competitivas.
SABBAGH, Rafael. Scrum – Gestão Ágil para Projetos de Sucesso. Edição atualizada. São Paulo: Casa do Código. 
Conhecendo o manifesto ágil
Princípios
I Nossa maior prioridade é satisfazer o cliente, através da entrega adiantada e contínua de software devalor.
II Aceitar mudanças de requisitos, mesmo no fim do desenvolvimento. Processos ágeis se adequam amudanças, para que o cliente possa tirar vantagens competitivas.
Entregar software funcionando com frequência, na escala de semanas até meses, com preferência aos
períodos mais curto.III
SABBAGH, Rafael. Scrum – Gestão Ágil para Projetos de Sucesso. Edição atualizada. São Paulo: Casa do Código. 
Conhecendo o manifesto ágil
Princípios
I Nossa maior prioridade é satisfazer o cliente, através da entrega adiantada e contínua de software