Corrente electrica-FÍSICA 10ª PELEMBE
13 pág.

Corrente electrica-FÍSICA 10ª PELEMBE


DisciplinaFísica47.472 materiais1.574.451 seguidores
Pré-visualização3 páginas
1 
 
Escola Secundária Francisco Manyanga 
Ficha de apoio de Física 10ª Classe I Trimestre 2020 
Corrente eléctrica é o movimento ordenado das cargas eléctricas numa substância. 
A corrente eléctrica, nos metais é constituída pelo movimento ordenado de electrões. 
Sentido real da corrente: é o movimento ordenado de electrões. Mas, convenciona-se como sentido da 
corrente o sentido do movimento de que as cargas positivas teriam. Sentido contrário ao sentido real da 
corrente. 
Tipos de corrente eléctrica 
o Corrente continua- CC: aquela cujo fluxo de electrões é constante numa dada direcção. Por 
exemplo, a energia produzida pelas bactérias, pelos painéis solares. 
o Corrente alternada- CA: aquela cuja direcção do fluxo de electrões muda constantemente. Por 
exemplo, a energia fornecida pelas tomadas nas residências 
Fontes da corrente eléctrica 
o Baterías, painés solares, pilha seca, geradores eléctricos 
Vantagens da corrente alternada comparada com a corrente contínua 
o Económica para transportar a longa distância barato; 
o Fácil distribuição pelas cidades; 
o Fácil de variar a diferença de potencial através de transformadores 
o Usada por maior parte de electrodomésticos. 
Intensidade da corrente eléctrica: é a quantidade de carga eléctrica que atravessa uma secção recta de um 
condutor por unidade de tempo. 
I =
t
Q
 
\u394Q - é quantidade de cargas eléctricas 
\u394t - é a variação de tempo 
I - é intensidade da corrente 
A unidade da intensidade da corrente, no SI, é Ampére. 
Outras unidades da intensidade da corrente eléctrica 
Picoampére (pA) = 10-12 A 
Nanoampére(nA) = 10-9 A 
 
Microampére (\u3bcA) = 10-6 A 
2 
 
Miliampére (mA) = 10-3 A 
Centiampére (cA) = 10-2 A 
Deciampére (dA) = 10-1A 
Quiloampére (KA) = 103 A 
Megaampére (MA) = 106 A 
Gegaampére (GA) = 109 A 
1Ampére significa carga de 1 Coulomb que em 1 segundo atravessa a secção recta de um condutor 
Circuito eléctrico é o caminho percorrido pelas cargas eléctricas durante o seu movimento ordenado 
Principais Elementos de um circuito eléctrico simples 
Gerador (G) da corrente ou fonte de tensão: mantém uma diferença de potencial nos extremos do circuito. 
Transforma qualquer tipo de energia em energia eléctrica. 
Consumidor de energia eléctrica (L ou R ): transforma energia eléctrica noutra forma de energia 
Fios de ligação ( f ): interligam os diferentes elementos do circuito 
Interruptor ( K ): responsável em ligar e desligar o circuito, estabelecendo ou interrompendo a corrente 
eléctrica 
Amperímetro ( A ): medidor da intensidade da corrente que atravessa um circuito eléctrico ou uma porção do 
circuito. Para a medição deve ser intercalado em série nesse circuito ou nessa porção do circuito. 
Voltímetro ( V ): medidor da tensão (voltagem ou diferença de potencial) nos extremos de um consumidor ou 
do gerador da corrente. Deve ser intercalado em paralelo com esse consumidor ou com o gerador. 
Resistência eléctrica ( R ) : oposição que as restantes partículas de um conductor oferecem à passagem das 
cargas eléctricas. 
O valor numérico é calculado dividindo a diferença de potencial ( ddp) ou ( \u394U )nos extremos do circuito ou 
elemento, pela intensidade da corrente que percorre o circuito( I ), ou esse elemento. 
A unidade da resistência no SI é Ohm ( \u3a9), em homenagem ao físico alemão George Simon Ohm 
Pico-Ohm (p\u3a9) = 10-12\u3a9 
Nano-Ohm(n\u3a9) = 10-9\u3a9 
Micro-Ohm (\u3bc\u3a9) = 10-6\u3a9 
Mili-Ohm (m\u3a9) = 10-3\u3a9 
CentiOhm (c\u3a9) = 10-2\u3a9 
DeciOhm (d\u3a9) = 10-1\u3a9 
Quilo-Ohm (K\u3a9) = 103\u3a9 
 Mega-Ohm 
 
 Giga-(G\u3a9) = 106\u3a9 
 (M\u3a9)= 109\u3a9 
Lei de Ohm: Para um conductor que se encontra a temperatura constante, a razão entre a ddp nos extremos e 
a intensidade da corrente que o percorre, não varia, isto é, a resistência de um conductor é constante. 
Os condutores cuja resistência se mantém constante, são denominados condutores óhmicos e, os que não 
obedecem a lei de Ohm, são denominados condutores não Ohmicos. 
 
3 
 
Factores que influenciam na resistência de um condutor 
A resistência de um conductor depende de vários factores. Dentre eles figuram os seguintes:
Comprimento do conductor ( l ): se dois condutores feitos do mesmo material com mesma area de secção 
transversal, tiverem comprimentos diferentes terá maior resistência o que tiver maior comprimento. A 
resistência é directamente proporcional ao comprimento do condutor 
Área da secção transversal ( S ): Se dois condutores feitos do mesmo material e com o mesmo comprimento, 
tiverem areas de secção transversais diferentes, terá maior resistência que tiver menor área de secção 
transversal. A resistência é inversamente proporcional à áarea de secção transversal do conductor. 
Material de que o conductor é feito (\u3c1) dois condutores com o mesmo comprimento e mesma área de secção 
transversal mas de materiais diferentes têm resistências diferentes, devido `a diferença nas resistência 
específica ou resistividade. 
A unidade de resistividade ni SI é Ohm vezes metro (\u3a9 m ). Por vezes são usadas outras unidades, como: Ohm 
vezes milímetro quadrado por metro (\u3a9 mm2/m ), Oh vezes cm (\u3a9cm ), 
Portanto, A resistência eléctrica de um conductor metálico é directamente proporcional ao seu comprimento e 
inversamente proporcional à área da sua secção transversal. 
R = \u3c1
S
l
 
Tabela de resistências específicas de alguns materiais 
Material \u3a9 m \u2013 SI \u3a9 cm \u3a9 mm2/m 
Cobre 1,7.10-8 1,7.10-6 1,7.10-2 
Prata 1,5.10-8 1,5.10-6 1,5.10-2 
Alumínio 2,6.10-8 2, 6.10-6 2, 6.10-2 
Ferro 10.10-8 10.10-6 10.10-2 
Tungsténio 5,5.10-8 5,5.10-6 5,5.10-2 
Quadro de unidades de acordo com a unidade em que a resistênc ia específica está expressa 
\u3c1 L S R 
\u3a9.m M m2 \u3a9 
\u3a9.cm Cm cm2 \u3a9 
\u3a9.m m2/m M m m2 \u3a9 
 
 
 
 
4 
 
Escola Secundária Francisco Manyanga 
Avaliação Escrita de Física I Trimestre 2020 
Nome________________________________________________________turma ____n°____ 
 
1. Pela secção transversal de um conductor passa uma carga de dois coulomb durante cinco 
Segundos, quando nele se estabelece uma diferença de potencial de 8 v. Determine: 
a) A intensidade da corrente que percorre o conductor. 
 
 
b) A resistência eléctrica do conductor. 
 
 
 
 
2. Qual é a carga eléctrica que passa pela secção transversal de um conductor durante uma hora, sabendo-
se que a intensidade da corrente é constante e vale 2A? 
 
 
 
3. Calcule a diferença de potencial entre dois pontos de um conductor, sabendo que a intensidade da 
corrente é 5A e que a resistência entre dois pontos vale 2.2 \u3a9 
 
 
 
4. Um fio metálico com 200 metros de comprimento e 5 mm2 de secção foi submetido a uma ddp de 40v, 
sendo 0,04\u3a9 mm2/m a resistividade do metal: 
a) Determine a resistência do fio. 
b) Calcule a intensidade da corrente que percorre o fio. 
 
 
 
5 
 
Trabalho realizado pela corrente. 
A corrente eléctrica ao passar por uma secção de um conductor, provoca nele um aquecimento. A esse 
fenómeno denomina-se efeito térmico ou efeito de Joule. 
Lei de Joule/ Lenz: A quantidade de calor libertada numa resistência pela passage da corrente é directamente 
proporcional ao quadrado da intensidade da corrente e ao tempo durante o qual essa corrente passa 
W = q . \u394U W = \u394U . I \u394t W = R . I2 . \u394t 
A unidade de trabalho no SI é Joule, em homenagem ao físico ingles James Prescot Joule. 
Potência eléctrica: é a rapidez com que se realize um trabalho eléctrica. Para o caso de resistência eléctrica a 
potência mede a rapidez com que essa resistência transforma a energia eléctrica que recebe das cargas em 
calor. 
P =
t
W
 P = \u394U . I P = R . I2 
A unidade da potência no sistema internacional é Watt, em homenagem ao físico James watt, inventor da 
máquina a vapor.