Econ emp
25 pág.

Econ emp


DisciplinaNpg1236 - Economia Empresarial282 materiais799 seguidores
Pré-visualização7 páginas
Nos últimos anos os consumidores brasileiros mudaram de patamar de consumo, passando a ter acesso a bens que antes não eram possíveis. Agora, eles se deparam com a era do valor agregado. Independente da classe social, o brasileiro está comprando mais e gastando uma fatia maior de sua renda com produtos premium. Se considerarmos a relação entre a demanda de um bem e a renda do consumidor (r) ceteris paribus, uma aumento na renda do consumidor, a demanda efetiva para um bem de consumo saciado:
I. a quantidade demandada aumenta.
II. a quantidade demandada diminui.
III. a quantidade demandada não se altera.
IV. a quantidade demandada se mantém em equilíbrio.
V. a quantidade demandada se mantém em inércia.
	
	
	
	apenas o item V está correto.
	
	
	apenas o item I está correto.
	
	
	apenas o item IV está correto.
	
	
	apenas o item II está correto.
	
	
	apenas os item III está correto.
	
	
	
	 
		
	
		2.
		Segundo o site http://www.jornaldiadia.com.br em 26/08/2010: "A produção de cana-de-açúcar brasileira pode enfrentar dificuldades para atender à demanda crescente de etanol (...). A procura pelo produto no mercado interno está em expansão porque a frota de veículos bicombustíveis aumenta em ritmo muito forte." Baseando-se na interação descrita entre oferta e demanda no mercado de etanol, bem como na teoria de Oferta e de Demanda, é verdadeiro que:
	
	
	
	Se o preço do etanol subir, haverá aumento na quantidade ofertada de etanol.
	
	
	O balanceamento descrito entre oferta e demanda de etanol tende a causar redução do preço desse produto.
	
	
	O produto etanol e os veículos biocombustíveis são substitutos.
	
	
	O balanceamento descrito entre oferta e demanda de etanol tende a levar ao aumento do preço desse produto. -
	
	
	Se o preço do etanol cair, haverá redução na quantidade demandada de etanol.
	
	
	
	 
		
	
		3.
		Informe se é falso (F) ou verdadeiro (V) o que se afirma sobre os principais fatores que afetam as curvas da oferta e da demanda. A seguir indique a opção com a seqüência certa: ( ) A renda desloca a curva de oferta. ( ) O preço de outros bens relacionados desloca a curva de demanda do bem procurado. ( ) O preço dos insumos desloca a curva de oferta. ( ) A tecnologia desloca a curva de demanda.
	
	
	
	V - F - V - F
	
	
	F - V - F - V
	
	
	F - F - V - V
	
	
	V - V - F - F
	
	
	F - V - V - F
	
	
	
	 
		
	
		4.
		É correto afirmar, exceto:
	
	
	
	Coeteris Paribus é uma hipoótese usda no estudo econômico
	
	
	No estudo da formação de preços estuda-se somente a os mercados de bens e serviços e de fatores de produção.
	
	
	Microeconomia estuda os grandes agregados macroeconômicos
	
	
	Microeconomia e Teoria da Formação de Preços são essencialmente sinônimos
	
	
	Oferta é uma força de mercado.
	
	
	
	 
		
	
		5.
		Dadas as seguintes equações: demanda: Qx = 44 - 6Px e oferta: Qx = 20 + 2Px . Sabendo-se que Qx = quantidade de X e Px = preço de X, os valores do preço e da quantidade de equilíbrio, respectivamente, são:
	
	
	
	Px = 3,00; Qx = 26
	
	
	Px = 4,00; Qx = 34
	
	
	P x = 3,00; Qx = 62
	
	
	Px = 4,00; Qx = 43
	
	
	Px = 4,00; Qx = 26
	
	
	
	 
		
	
		6.
		Para os produtores, a política de preço mínimo definido pelo governo objetiva: Marcar somente uma opção CORRETA
	
	
	
	proteger o comprador, diminuindo a lucratividade do produtor pela imposição de um preço acima do preço de equilíbrio
	
	
	aliviar possíveis tensões no mercado, para equilibrar as relações entre os agentes econômicos envolvidos
	
	
	proteger o produtor, garantindo que os mesmos não sofram prejuízos, pela imposição de mercado com um preço de equilíbrio abaixo do preço mínimo do produtores.
	
	
	proteger tanto o produtor quanto o vendedor, equilibrando as relações de consumo do mercado
	
	
	equilibrar preços de oferta e demanda, gerando maior transparência em mercados extremamente competitivos
	
	
	
	 
		
	
		7.
		Um deslocamento para a direita da Curva de Demanda de mercado de um determinado bem ou serviço pode ser atribuído
	
	
	
	a um aumento de renda dos consumidores
	
	
	a uma diminuição de preço de um bem substituto
	
	
	a um aumento de preço de um bem complementar
	
	
	são influenciados pelos custos fixos médios a curto prazo
	
	
	uma mudança de gosto desfavorável do consumidor a esse bem
	
	
	
	 
		
	
		8.
		Ao se analisar o equilíbrio no mercado de um produto pode-se explicar um aumento na escassez desse produto pela:
	
	
	
	pela elevação do preço e a consequente elevação da quantidade ofertada
	
	
	redução do preço e a consequente redução da quantidade ofertada
	
	
	redução do preço e a consequente elevação da quantidade ofertada
	
	
	pela elevação do preço e a consequente elevação da quantidade demandada
	
	
	pela elevação do preço e a consequente manutenção da quantidade demandada
	
		Marque a alternativa correta
	
	
	
	Se a renda dos consumidores aumentar e a quantidade demandada do bem X também aumentar, a elasticidade-renda desse bem é nula.
	
	
	Se a demanda de um bem X for elástica, qualquer que seja o nível de preço considerado para esse bem, um aumento no preço de equilíbrio do bem X provocará um aumento do gasto dos consumidores com o bem.
	
	
	Quando o preço de um bem Y, complementar do bem X, diminui, tudo o mais constante, a curva de demanda do bem X se desloca para a esquerda de sua posição original.
	
	
	Quando o preço de um bem Y, substituto do bem X, aumenta, tudo o mais constante, a curva de demanda do bem X se desloca para a direita de sua posição original.
	
	
	Se a demanda de um bem X for inelástica, qualquer que seja o nível de preço considerado para esse bem, um aumento no preço de equilíbrio do bem X provocará uma redução do gasto dos consumidores com o bem.
	
	
	
	 
		
	
		2.
		Indique a afirmativa incorreta sobre a curva de indiferença:
	
	
	
	É um instrumental gráfico que serve para ilustrar as preferências do consumidor
	
	
	É a representação gráfica mostrando que todos os pontos da curva representam igual satisfação
	
	
	É a representação gráfica de uma tabela de indiferença, isto é: uma listagem de combinações possíveis entre dois bens, feitas de tal maneira que, para o consumidor, é indiferente qualquer combinação pois a utilidade que lhes propiciam é a mesma
	
	
	A curva de indiferença é uma curva de nível que pretende representar determinado grau de utilidade ou satisfação
	
	
	A curva de indiferença é uma curva de equilíbrio entre o consumidor e a empresa vendedora do produto
	
	
	
	 
		
	
		3.
		Elasticidade Preço Cruzado da Demanda (Exy) calcula as alterações na quantidade demanda de um bem (X) quando o preço de outro bem (Y) se altera. Sabendo que, Epy representa a Elasticidade preço do bem (Y), podemos afirmar que:
	
	
	
	Se Exy = 0, então os bens são substitutos e se Exy < 0, os bens são complementares
	
	
	Se Exy > 0, então os bens são substitutos e se Exy = 0, os bens são complementares
	
	
	Se Exy < 0, então os bens são substitutos e se Exy > 0, os bens são complementares
	
	
	Se Exy > 0, então os bens serão substitutos sempre que Epy > 0 e negativo sempre que Epy < 0
	
	
	Se Exy > 0, então os bens são substitutos e se Exy < 0, os bens são complementares
	
	
	
	 
		
	
		4.
		A diferença entre o valor que uma pessoa está querendo pagar por um determinado bem ou serviço e o preço cobrado pelo mercado é conhecida como :
	
	
	
	Excedente do produtor
	
	
	Preferencia revelada
	
	
	Excedente do consumidor
	
	
	Excedente de demanda
	
	
	Lucro
	
	
	
	 
		
	
		5.
		Um produto X que possui elasticidade-preço da demanda igual a 0,5 tem elasticidade-preço da demanda:
	
	
	
	Unitária
	
	
	Inelástica
	
	
	Normal
	
	
	Elástica
	
	
	Inferior
	
	
	
	 
		
	
		6.
		Quando um bem ou serviço tem uma demanda chamada de inelástica, quando há