A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
ATIVIDADE4

Pré-visualização | Página 1 de 2

1. Os anfíbios representam o primeiro grupo de vertebrados que, evolutivamente, conquistou o ambiente terrestre. Apesar disso, a sobrevivência do grupo ainda permanece restrita a ambientes úmidos ou aquáticos, devido à manutenção de algumas características fisiológicas relacionadas à água. Uma das características a que o texto se refere é a
reprodução por viviparidade.
locomoção por membros anteriores e posteriores desenvolvidos.
regulação térmica por endotermia.
respiração pulmonar nos adultos.
cobertura corporal delgada e altamente permeável.
2. Sobre o grupo mais diversos entre os animais vertebrados, os “peixes”, analise as seguintes afirmativas: I. Nos peixes, a reprodução é sempre realizada por fecundação externa. II. Tubarões apresentam esqueleto composto por cartilagem, enquanto, raias possuem esqueleto ósseo. III. A maior parte dos zoólogos acredita que os pulmões dos tetrápodes (tais como aves e mamíferos) evoluíram de bexigas natatórias. Estão corretas as afirmações:
I e III somente.
I, II e III somente.
II e III somente.
I e II somente.
III somente.
3. (ENADE-2017/Adapt.) Um artigo científico publicado em 2014 postula que os tubarões modernos não são “fósseis vivos”, contrariando a hipótese que tem sido, até então, considerada consenso. Os autores da publicação defendem que essa linhagem evoluiu significativamente ao longo de milhões de anos. O estudo do qual resultou o artigo foi realizado principalmente por meio de análises de partes de um esqueleto fóssil datada em 325 milhões de anos, que apresenta características de peixes cartilaginosos e de peixes ósseos. PRADEL, A. et al., A Paleozoic shark with osteichthyan-like branchial arches. Nature. n. 509, 2014. Considerando o texto, apresentado assinale a opção correta.
O modelo evolutivo proposto nesse estudo pressupõe que esqueleto ósseo é uma característica basal, enquanto o esqueleto cartilaginoso é uma característica derivada.
Os padrões evolutivos que podem ser inferidos com base no resumo desse estudo permitem concluir que os tubarões e as arraias modernas são os descendentes mais próximos do ancestral mandibulados.
A mudança de perspectiva dos estudos não é significativa se considerarmos a visão clássica de evolução dos vertebrados mandibulados, visto que as características tidas como derivadas são as mesmas apontadas no estudo em questão.
As taxas evolutivas na linhagem dos tubarões são consideradas baixas, pois na proposta apresentada há indícios de que as modificações evolutivas estão ocorrendo lentamente.
Os tubarões são, de fato, “fósseis vivos”, o que está comprovado por diversas outras evidências apesar do que propõe o artigo.
4. (UFC-2002/Adapt.) O filo dos invertebrados mais relacionado ao homem é aquele que inclui as estrelas-do-mar, ou seja, os equinodermos. A justificativa para essa conclusão surpreendente foi baseada principalmente no estudo comparativo:
do documentário fóssil.
da fisiologia.
da simetria dos organismos.
dos órgãos internos.
do desenvolvimento embrionário.
5. (IFBA-2010/Adapt.) O IBGE elaborou um mapa que localiza as 238 espécies e subespécies aquáticas em risco de extinção no território brasileiro. O mapa revela que 79 espécies ameaçadas são invertebrados aquáticos, como estrelas e ouriços-do-mar. As outras 159 englobam peixes de água doce e salgada. Os principais fatores são: a destruição dos habitats dos animais, a poluição e a pesca indiscriminada. (O IBGE elaborou…, 2009, p.17). Sobre os equinodermos, grupo do qual fazem parte estrelas e ouriços-do-mar, é correto afirmar que
a reprodução desses animais é basicamente assexuada e o desenvolvimento é direto.
a maioria dos indivíduos adultos apresentam simetria bilateral, enquanto as larvas simetria pentarradial.
os equinodermos são animais exclusivamente marinhos e possuem sistema hidrovascular relacionado com captura de alimento e locomoção.
os machos inserem suas gônadas no interior dos ovários das fêmeas realizando, assim, a fecundação interna.
as estrelas e os ouriços-do-mar são animais estritamente herbívoros, alimentando-se de algas presentes no plâncton.
6. Talvez a maior de todas as inovações surgidas durante a história evolutiva dos vertebrados tenha sido o desenvolvimento da mandíbula que, associada a músculos e dentes, permitiu aos peixes primitivos arrancar com eficiência grandes pedaços de algas e de animais, tornando disponível para si uma nova fonte de alimento. Os cordados sem mandíbula estavam restritos à filtração, à sucção do alimento ou à captura de pequenos animais. Os primeiros vertebrados mandibulados tornaram-se predadores, permitindo-lhes grande aumento no tamanho. Analisando o texto e aplicando seus conhecimentos sobre os animais relacionados com o fato descrito, um estudante apresentou os seguintes comentários: I. Lampreias são ectoparasitas de peixes e baleias, e feiticeiras alimentam-se de vermes marinhos ou de peixes moribundos. II. Atualmente, o número de espécies de ágnatos é muito menor do que o dos peixes gnatostomados, fato provavelmente ocasionado pela ausência de mandíbula. III. As mandíbulas não se limitam à captura de alimento, mas também podem manipular objetos e cavar buracos. São corretos os comentários
II e III, somente.
I e III somente.
III somente.
I, II e III.
I e II somente.
7. Das características abaixo, assinale aquelas que estão presentes nos peixes ósseos e ausentes nos cartilaginosos. I. Presença de bexiga natatória. II. Presença de opérculo protegendo as fendas branquiais. III. Corpo coberto por escamas de origem dérmica.
I e II somente.
II e III somente.
I, II e III.
I somente.
I e III somente.
8. Echinodermata é um filo que compreende animais de tecidos complexos que divergiu dos demais invertebrados há muito tempo. E, parecem estar mais proximamente relacionados aos vertebrados que, por exemplo, aos insetos. Contudo, a simetria radial observada em Echinodermata é aparentemente um paradoxo, pois somente os animais mais simples, tais como esponjas e águas-vivas apresentam essa característica. Como se pode explicar a simetria radial em Echinodermata?
É uma adaptação secundária desses organismos, que é comprovada ao analisar as larvas bilaterais planctônicas, que se metamorfoseiam em animais bentônicos.
É uma evidência de grau de parentesco próximo entre equinodermos e esponjas e águas-vivas.
É uma adaptação secundária desses organismos, que é comprovada porque alguns animais apresentam simetria bilateral, como o pepino-do-mar.
É uma especialização dos equinodermos para sobreviver sob o substrato, e ingerir mais facilmente o sedimento, uma vez que são animais detritívoros.
É uma evidência de que a análise de parentesco por dados genéticos não é tão confiável, e que equinodermos são mais relacionados aos invertebrados.
9.
Todas estão corretas.
Apenas I e III estão corretas.
Apenas II e III estão corretas.
Apenas III está correta.
Apenas I e II estão corretas.
10. (PUC/RJ-2007/Adapt.) O princípio da capacidade de submersão dos submarinos é o mesmo presente na bexiga natatória de alguns peixes. Indique qual a alternativa que explica corretamente este funcionamento.
Quando a bexiga natatória se enche de ar, o peixe fica menos denso do que a água e submerge.
Quando a bexiga natatória se enche de ar, o peixe fica mais denso do que a água e sobe à superfície.
Quando a bexiga natatória se enche de água, o peixe fica menos denso que a água e submerge.
Quando a bexiga natatória se enche de água, o peixe fica menos denso que o meio e sobe à superfície.
Quando a bexiga natatória se enche de ar, o peixe fica menos denso do que a água e sobe à superfície.
_1647343814.unknown
_1647343822.unknown
_1647343826.unknown
_1647343828.unknown
_1647343829.unknown
_1647343827.unknown
_1647343824.unknown
_1647343825.unknown
_1647343823.unknown
_1647343818.unknown
_1647343820.unknown
_1647343821.unknown
_1647343819.unknown
_1647343816.unknown
_1647343817.unknown
_1647343815.unknown
_1647343798.unknown
_1647343806.unknown
_1647343810.unknown
_1647343812.unknown

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.