Lesões Elementares da Pele - Resumo Semiologia
5 pág.

Lesões Elementares da Pele - Resumo Semiologia


DisciplinaSemiologia Médica8.265 materiais125.231 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Lesões Elementares da Pele
Luciano Sampaio Guimarães - Medicina UFPE 144
· A pele é um dos melhores indicadores do estado de saúde geral;
· É constituída por 3 camadas: epiderme/derme/tecido subcutâneo
· Semiotécnica: inspeção e palpação; digitopressão e compressão
· Depende de iluminação adequada, desnudamento/exposição das partes, conhecimento prévio da semiotécnica, lupa (se necessário)
1. Coloração
· A \u201ccor da pele\u201d foi registrada na identificação \u2013 isso influencia na observação das modificações da coloração, já que nas pessoas de pele escura é mais difícil de observá-las
· Fluxo sanguíneo: pressionar, com a polpa do polegar, o esterno para expulsar o fluxo de sangue \u2013 em pacientes normais, a coloração deve voltar em menos de 1 seg (choque: volta mais lentamente)
· Palidez: atenuação/desaparecimento da cor rósea da pele; descoramento das mucosas
· Generalizada: em toda a pele, traduz \u2193 hemácias circulantes. Pode ocorrer por vasoconstrição generalizada ou por anemia (\u2193 hemoglobina)
· Localizada: em áreas restritas do corpo, a isquemia é a causa principal
· Avaliação quantitativa, sendo leve (+/1+) até o mais grave (+/4+)
· Vermelhidão/Eritrose: exagero da coloração rósea, mucosas hipercoradas, indica \u2191 qtd. sangue na rede vascular cutânea
· Generalizada: pacientes febris/expostos ao sol/policitemias/etc
· Localizada: pode ter caráter fugaz (ex: ruborização do rosto por emoção) ou duradouro
· Cianose: coloração azulada da pele e mucosas, manifesta-se quando Hb > 5mg/100ml
· Deve ser pesquisada no rosto: ao redor da boca, ponta do nariz, lobos das orelhas, extremidades dos membros
· Quanto à localização:
· Generalizada: na pele toda, mesmo que predomine em algumas regiões
· Localizada: apenas em algumas regiões, sempre significa obstrução de uma veia que drena a região (sempre periférica)
· Quanto à intensidade: leve, moderada ou intensa
· Quanto ao tipo:
· Central: insaturação arterial excessiva, ocorre principalmente em \u2193 tensão de O2 (ex: grandes altitudes)
· Periférica: perda exagerada de oxigênio no nível da rede capilar
· Mista: central + periférica, como no caso da ICC grave (congestão pulmonar + estase venosa periférica)
· Alteração da Hb: por alterações bioquímicas, impedindo a fixação do O2
· Icterícia: coloração amarelo-esverdeada da pele, mucosas visíveis e esclera. Resulta do acúmulo de bilirrubina no sangue.
· Principais causas: hepatite infecciosa, lesões obstrutivas das vias biliares extra-hepáticas
· Deve ser distinguida de outras condições que deixam a pele dessa cor (ex: consumo excessivo de alimentos ricos em caroteno) \u2013 checar frênulo da língua
· Albinismo: coloração branco-leitosa da pele por síntese defeituosa de melanina. Pode afetar a pele, pelos e olhos (oculocutâneo) ou apenas os olhos (ocular).
· Bronzeamento da pele: só possível de ser visto em pessoas brancas. 
· Dermatografismo: \u201curticária fictícia\u201d, aparecimento de linha vermelha ligeiramente elevada por atrito leve (lápis, unha, etc) que permanece por 4-5 minutos. É uma reação vasomotora sem significado semiológico.
· Fenômeno de Raynaud: alteração cutânea que depende das pequenas artérias e arteríolas das extremidades, resultando em modificação da coloração. Na área, observa-se palidez \u2192 cianose \u2192 vermelhidão.
2. Continuidade/Integridade: a perda da continuidade ocorre na erosão/exulceração, úlcera, fissura/rágade.
3. Umidade
· Sua avaliação inicia com a inspeção, mas o correto é na palpação com as polpas digitais e palma da mão.
· Na umidade normal, observa-se o grau apresentado pelos indivíduos hígidos.
· A pele seca é encontrada em idosos, dermatopatias crônicas, mixedema, avitaminose A, desidratação, etc.
· A umidade aumentada/pele sudorenta pode ser observada em indivíduos normais ou em algumas situações, como mulheres na menopausa (ondas de calor), febre, ansiedade, hiperidrose primária.
4. Textura
· Avaliada pelo deslizamento das polpas digitais sobre a superfície cutânea
· A textura pode ser normal, lisa/fina (idosos, edema agudo), áspera (trab. rude), enrugada (idosos, eliminação do edema)
5. Espessura
· Pinçamento de dobra cutânea com polegar e indicador da epiderme e da derme (não envolve tec. subcutâneo)
· Pode ser normal, atrófica (translucidez que permite visualização da rede venosa) ou hipertrófica/espessa (trab. expostos ao sol)
6. Temperatura
· Não é a mesma coisa que temperatura corporal, embora geralmente estejam intimamente ligadas
· Para avaliar: palpação com face dorsal dos dedos/da mão \u2192 temp. normal, aumentada ou diminuída
· Varia com vários fatores, especialmente nas extremidades
· As diferenças de temperatura em regiões homólogas apresentam significado semiológico especial, já que pode ser um distúrbio da irrigação
OBS: verificar se existe dor sozinha ou dor, calor e rubor (ex: artralgia x artrite)
7. Elasticidade e Mobilidade
· Elasticidade é a propriedade do tegumento cutâneo de se estender quando tracionado
· Avaliada por pinça de prega cutânea (polegar e indicador), fazendo certa tração e soltando a pele ao fim
· Pode ser normal, aumentada/hiperelasticidade (\u201cborracha\u201d), diminuída/hipoelasticidade (pele volta à posição primitiva vagarosamente, observada em desnutridos, desidratados e idosos)
· Mobilidade é a capacidade de se movimentar sobre planos profundos adjacentes
· Pode ser normal, diminuída ou aumentada
8. Turgor
· Avaliado pela pinça com polegar englobando tecido subcutâneo
· Diferencia-se em normal (pele \u201csuculenta\u201d, se desfaz rapidamente) ou diminuído (pele murcha, prega se desfaz lentamente)
9. Sensibilidade
· Dolorosa: hipoalgesia/analgesia (tocar pele com ponta de agulha); hiperestesia (dor em toques leves)
· Tátil: fricção leve com mecha de algodão; anestesia/hipoestesia refere-se à perda
· Térmica: dois tubos de ensaio, um com água quente e outro com água fria
· Lesões Elementares da Pele
· Avaliadas por inspeção e palpação; por vezes, o uso de lupa é vantajoso
· Alterações de Cor: mancha/mácula
· Manchas Pigmentares:
· Hipocrômicas/acrômicas: \u2193 ou ausência de melanina (hanseníase, pitiríase alba, vitiligo)
· Hipercrômicas: \u2191 melanina (pelagra, melasma/cloasma)
· Pigmentação externa: substâncias de aplicação tópica que produzem manchas do cinza ao preto
· Manchas Vasculares: distúrbios da microcirculação da pele
· A diferença para as manchas hemorrágicas é que elas desaparecem com a compressão (digitopressão, vitropressão e puntipressão)
· Telangiectasias: dilatações dos vasos terminais. Podem ser venocapilares (varículas, microvarizes) ou aranhas vasculares (corpo central do qual emergem pernas em várias direções; localizam-se no tronco)
· Eritematosa/Hiperêmica: decorre de vasodilatação, cor rosa/vermelho-viva
· Hemorrágica: não desaparecem pela compressão por se tratarem de sangue extravasado. Podem ser petéquias (puntiformes até 1cm de d); víbices (linear); equimoses (placas acima de 1cm de d)
· A coloração das médias e grandes equimoses depende do tempo de evolução:
· Até 48h: avermelhadas
· 48-96h: arroxeadas
· 5º-6º dia: azuladas
· 6º-8º dia: amareladas
· 9º dia: pigmentação normal
OBS: se o extravasamento sanguíneo for suficiente para produzir elevação da pele, é designado hematoma.
· Elevações Edematosas: lesão urticada ou tipo urticária, formações sólidas, uniformes, de forma variável
· Sólidas
· Pápulas: até 1cm de d, superficiais, bem delimitadas
· Tubérculos: d > 1cm
· Nódulos/nodosidade/goma: mais perceptíveis pela palpação do que pela inspeção. Pequenos (ervilha) são nódulos, maiores são nodosidades. Gomas são as nodosidades que tendem ao amolecimento e ulceração com eliminação de substância semissólida.
· Vegetações: lesões sólidas, salientes, lobulares, filiformes ou em couve-flor, consistência mole. Quando a camada córnea é espessa, a consistência é endurecida e recebe o nome de verrucosidade (verrugas).
· Líquidas
· Vesícula: d < 1 cm, diferença é que sua coleção é líquida (pápula: sólida)
· Bolha: d > 1 cm, podem ter conteúdo claro, turvo amarelado (purulenta) ou vermelho-escuro (hemorrágica)
· Pústula: vesícula de conteúdo