RESOLUÇÃO: Eletromagnetismo - Sears & Zemansky; Young & Freedman - Capitulo 29 - Questão 5
1 pág.

RESOLUÇÃO: Eletromagnetismo - Sears & Zemansky; Young & Freedman - Capitulo 29 - Questão 5


DisciplinaFísica54.208 materiais2.071.714 seguidores
Pré-visualização1 página
RESOLUÇÃO: Eletromagnetismo - Sears & Zeman-sky; Young 
& Freedman - 14ª Edic\u327a\u303o \u2013 Volume 3 
CARVALHO, Vinicius¹ 
1 Graduando em Física no Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia do Sertão Pernambucano.
Capitulo 29 
 Questão 5 
 Um fio retilíneo longo passa através do centro de 
um anel metálico, perpendicularmente ao plano do 
anel. Sabendo que a corrente do condutor está 
aumentando, surge uma corrente induzida nesse 
anel? Explique. 
 
R: O versor normal do anel é paralelo ao fio, e 
ortogonal ao plano do anel, plano esse que é paralelo 
o vetor de campo B, que fica ortogonal a toda a 
extensão do fio. 
 Como para gerar a força eletromotriz induzida 
(E_ind), pela lei de Faraday necessitamos da 
variação do fluxo magnético, e essa variação ela é a 
integração do produto das componentes internas do 
vetor de campo magnético e a normal do plano, 
sobre toda uma area de delimitação do objeto que 
será interseccionado pelo fluxo, a partir do momento 
em que o vetor do campo se encontra ortogonal a 
esse versor normal, segundo o postulado de 
Lagrange sobre produtos internos, temos que a 
resultante do mesmo é nula para ângulos múltiplos 
impares inteiros da metade de pi (90º), que é o caso 
descrito no primeiro parágrafo. Com isso fica 
impraticável a existência de um fluxo magnético, o 
que ocasiona na inexistência de uma força 
eletromotriz induzida que por sua vez pela lei de 
Ohm elimina a existência de uma corrente induzida, 
já que a situação não apresenta uma resistência.