A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
SOS História - Governo Sarney

Pré-visualização | Página 1 de 2

PROF. PEDRO RICCIOPPO 
 
GOVERNO SARNEY 
 
1. O Governo Sarney acenou o fim 
da inflação através de uma política 
de controle de preços e salários que 
vigorou até as eleições de 1986 e 
frustrou a população por não ter 
atingido o seu objetivo. Essa política 
foi operacionalizada por meio do 
seguinte plano: 
a) Dornelles 
b) Cruzado 
c) Bresser 
d) Austral 
e) Verão 
 
 
 
2. O primeiro governo civil do Brasil, 
que exerceu o poder após o ciclo 
dos governos militares, iniciado em 
1964, foi chefiado por: 
a) João Goulart. 
b) João Café Filho. 
c) Fernando Collor. 
d) José Sarney. 
e) Itamar Franco. 
 
 
 
3. Com a morte do Presidente 
Tancredo Neves em 21 de abril de 
1985, o vice José Sarney, assumiu 
a Presidência da República. O 
principal acontecimento político do 
seu governo foi a elaboração de 
uma nova Constituição para o país. 
Em relação às medidas políticas 
propostas pela nova Carta Magna, 
assinale a opção FALSA: 
a) Constituição de 1988 anulou o 
direito de intervenção do Estado nos 
sindicatos. 
b) O Voto facultativo foi instituído 
para: os jovens de 16 anos, 
analfabetos e maiores de 70 anos. 
c) A nova Constituição determinou a 
realização de eleições diretas para 
Presidente em 15 de novembro de 
1990. 
d) O estabelecimento de dois turnos 
nas eleições para presidente, 
governadores e prefeitos foi uma 
das novidades da Constituição de 
1988. 
 
 
 
4. Em fevereiro de 1986, o então 
Presidente José Sarney, anunciou 
ao país uma grande mudança na 
economia e que tinha como objetivo 
controlar a inflação. A partir dessa 
data, o câmbio, os preços e os 
salários foram congelados. Esse 
plano ficou conhecido como 
a) Plano Bresser. 
b) Plano Cruzado. 
c) Plano Verão. 
d) Plano Trienal. 
e) Plano Real. 
 
 
 
 
 
PROF. PEDRO RICCIOPPO 
 
 
 
 
5. Em 1986, o Presidente José 
Sarney lançou um plano econômico 
que teve ampla aceitação popular, 
aumentando o seu prestígio e do 
seu partido, o PMDB. Contudo, 
alguns meses depois, a inflação 
retornou, levando o Plano Cruzado 
e a política econômica 
governamental ao fracasso. Para 
esse fato, contribuiu 
particularmente: 
a) A fragilidade eleitoral do PMDB, 
partido que dava sustentação ao 
Governo. 
b) Uma série de escândalos de 
corrupção que levaram o Governo 
Federal ao descrédito e, 
consequentemente, a uma 
fragilização de sua política 
econômica. 
c) A falta de investimentos externos 
que viabilizassem o 
desenvolvimento da infraestrutura 
portuária no Brasil. 
d) A excessiva preocupação do 
Governo com o processo eleitoral, 
adiando a implantação de medidas 
econômicas impopulares, mas 
fundamentais para ajustar os rumos 
da política econômica. 
e) A incapacidade de os políticos 
brasileiros convencerem a 
população a lutar contra a crise 
econômica e a inflação. 
 
 
 
6. O primeiro presidente pós 
Ditadura Militar eleito pelo colégio 
eleitoral foi Tancredo Neves. Com a 
sua morte o seu vice, José Sarney, 
assumiu a presidência e governou o 
país entre 1985 e 1990. Os 
principais acontecimentos do 
período foram: 
a) Reformas políticas (fim do 
Colégio eleitoral, liberdade aos 
sindicatos, direito de voto aos 
analfabetos, entre outros); 
Reformas econômicas com o Plano 
Cruzado; Constituição de 1988. 
b) O estabelecimento do Estado 
Novo que suprimiu direitos civis, 
políticos e sociais, sendo que o 
presidente a governar neste período 
foi Getúlio Vargas. 
c) Foi um período marcado por 
disputas entre oligarquias rurais, 
principalmente cafeicultores, que 
intentavam o controle político do 
país devido ao grande prestígio e 
força política que detinham, em 
razão do seu poderio econômico. 
d) As chamadas Reformas de Base 
que resultaram numa série de 
conflitos entre vários setores da 
sociedade que se opunham entre o 
sistema capitalista e socialista. 
e) O processo de Impeachment, 
Crise/Recessão; Plano Brasil Novo; 
Reforma Monetária (bloqueio dos 
ativos financeiros, confisco da 
poupança, entre outros); Movimento 
dos “Caras Pintadas”; Renúncia do 
Presidente. 
 
 
 
 
 
PROF. PEDRO RICCIOPPO 
 
 
 
 
7. Em 28 de fevereiro de 1986, o 
então Presidente da República, 
José Sarney, anunciou, em rede 
nacional de rádio e televisão, um 
conjunto de medidas econômicas 
chamado Plano Cruzado. Dentre as 
principais medidas do plano, 
destacam-se, exceto: 
a) A substituição do Cruzeiro por 
uma nova moeda, o Cruzado. 
b) A desindexação da economia. 
c) O congelamento das poupanças 
e das contas correntes. 
d) O congelamento dos preços e 
dos aluguéis. 
 
 
 
8. Apesar das dificuldades 
econômicas, o principal legado do 
governo de José Sarney como 
presidente da República, sem 
dúvida, foi o(a): 
a) implementação do Plano 
Nacional de Desenvolvimento, que 
privilegiou a construção de usinas 
hidrelétricas e rodovias. 
b) construção da usina atômica de 
Angra dos Reis, da rodovia 
Transamazônica e da ponte Rio-
Niterói. 
c) implantação de uma anistia 
“ampla, geral e irrestrita” aos 
exilados políticos, assim como a 
implantação, no plano econômico, 
do Plano Real. 
d) promulgação da Constituição de 
1988, que restabeleceu princípios 
democráticos no país. 
e) golpe de Estado, repressão 
política e construção da usina 
siderúrgica de Volta Redonda. 
 
 
 
9. Ao assumir a presidência da 
República (1985), José Sarney 
encontrou o quadro econômico 
brasileiro com altos índices 
inflacionários. Na tentativa de 
combater estes índices, adotou 
vários planos econômicos, entre os 
quais: 
a) o Plano de bloqueio das contas 
poupanças por dezoito meses para 
os valores acima de 50mil cruzados. 
b) o Plano Real, criado pelo então 
ministro Fernando Henrique 
Cardoso, pelo qual se convertia a 
unidade monetária brasileira de 
Cruzeiro para Real. 
c) o Plano Cruzado, lançado por 
Dílson Funaro, que transformava a 
unidade monetária brasileira de 
Cruzeiro para Cruzado e depois 
para Cruzado Novo. 
d) o Plano de Privatização, que 
extinguiu vários órgãos 
governamentais como o Instituto do 
Açúcar e do Álcool (IAA) e o 
Departamento Nacional de Obras 
contra a Seca. 
 
 
 
 
 
PROF. PEDRO RICCIOPPO 
 
e) o Plano Bolsa Família, que 
instituía o pagamento pelo governo 
de um salário mínimo para cada 
família pobre. 
 
 
 
10. Em 28 de fevereiro de 1986, o 
Presidente José Sarney anunciou 
ao país, em cadeia de rádio e 
televisão, a mais radical mudança 
na economia nos últimos anos: o 
Plano Cruzado. Analise as 
seguintes afirmações acerca dessa 
medida econômica: 
I. Os preços e o câmbio foram 
congelados, o mesmo ocorrendo 
com os aluguéis, as prestações e os 
salários. 
II. O Plano foi lançado na forma de 
um decreto-lei, imposto à sociedade 
de cima pra baixo, mas, ainda 
assim, agradou a população. 
III. O Plano, logo começou a dar 
mostras de sua fragilidade, fruto de 
sua desvinculação com a realidade 
brasileira, embora tenha propiciado 
algumas manifestações coletivas 
pouco vistas na sociedade 
brasileira. 
Está correto o que se afirma em 
a) I e II, apenas. 
b) III, apenas. 
c) I, II e III. 
d) II, apenas. 
 
 
 
11. Março de 1985, José Sarney 
(PMDB) assumiu de forma 
inesperada a Presidência da 
República e encontrou um Brasil 
com graves problemas estruturais, 
que entravavam o desenvolvimento 
e prejudicavam a competitividade do 
país no mercado mundial. Todas as 
assertivas indicam características 
desse período, EXCETO: 
a) As qualidades dos serviços 
públicos, como nas áreas de saúde 
e de educação, encontravam-se em 
queda. 
b) As rodovias careciam de 
manutenção. 
c) A capacidade da rede telefônica 
estava muito aquém da população, 
mas as leis brasileiras estimulavam 
as empresas estrangeiras de 
informática a atuarem no Brasil. 
d) Os índices inflacionários subiam 
em ritmo alarmante. 
 
 
 
12. Em março de 1985, José Sarney 
assumiu de forma inesperada a 
Presidência da República. Em 
fevereiro do ano seguinte, anunciou 
a adoção de um plano econômico 
que provocou impacto imediato em 
toda a sociedade, pois