A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
RELAÇÃO COMPRIMENTO TENSÃO MUSCULAR

Pré-visualização | Página 1 de 1

Relação comprimento e tensão do músculo 
Docente: Flavio Marcos
Discente: Beatriz Rosa
Leticia Granzotto
Zalém Mauricio
Geração de tensão com o movimento de aproximação e afastamento da origem e a inserção do músculo.
Isométrica
Concêntrica
Excêntrica
Ativa: força que o musculo está exercendo
passiva: ação que os componentes elásticos estão exercendo no movimento nessa contração
total: resultado de como está funcionando essa tensão
Quando a tensão ativa diminui, e a passiva aumenta, elas se encontram em um platô, gerando a tensão total
Propriedades do tecido muscular 
 Contratilidade: capacidade do musculo de encurtar
 Irritabilidade: capacidade de responder a um estimulo 
 Extensibilidade: capacidade do musculo de alongar ou esticar além do comprimento de repouso
 Elasticidade: capacidade do musculo de retornar ao comprimento normal após alongamento
Componentes contrátil (CC)
Propriedade do musculo que torna possível o desenvolvimento de tensão pelas fibras estimuladas 
Filamentos de actina e miosina – sarcômero
Produção de força
Estamos falando de comprimento de sarcômero, uma miofibrila tem város sarcômeros.
O musculo encurta porque os sarcômeros encurtam dentro da miofibrila.
Quando os sarcômeros alongam a miofibrila terá um comprimento muito maior, musculo está alongado e relaxado
No eixo vertical temos o grau de força que o musculo pode gerar
Quando temos um sarcômero com comprimento natural do musculo temos uma capacidade de gerar força de 100%. Isso é devido a todas as cabeças de miosina que tem uma boa conexão com a actina fazendo com que esses “ganchos” tenham uma atuação funcional, produzir força. (C) 
na (D) e na (E) a cabeça da miosina não conseguem estabelecer boa ou nenhuma conexão com a actina não produzindo uma força funional, afuncionais.
Na (B) e (A) vemos uma sobreposição das actinas onde as cabeças de miosina não conseguem conexão com a actina, a produção de força é um pouco superior 60% da capacidade máxima
Isso explica que um musculo extremamente alongado em um ângulo de trabalho muscular onde o musculo esteja fortemente alongado, quanto maior a força de alongamento menor será sua produção de força.
Quanto maior o encurtamento muscular, menor será a capacidade de tensionamento do dito cujo de gerar força.
https://www.youtube.com/watch?v=DWHAi4bfIcg&feature=youtu.be