A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
roteiro estudo

Pré-visualização | Página 1 de 1

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNABUCO
DEPARTAMENTO DE BIOQUÍMICA
DOCENTE: Priscilla Gubert
DISCENTE: Doralice Paz
BIOQUÍMICA 2
ROTEIRO DE ESTUDO
1- Os hormônios, segundo suas características químicas são classificados em: hormônios peptídicos, que incluem grande grupo de hormônios sintetizados por vários tecidos endócrinos, por exemplo, insulina e glucagon que são produzidos no pâncreas, ocitocina e vasopressina, sintetizados no hipotálamo, etc. Hormônios derivados de aminoácidos: dopamina, adrenalina, noradrenalina, serotonina, T4 e T3 e hormônios derivados do colesterol: aldosterona, cortisol, estradiol, progesterona e testosterona.
2- Os neurônios magnocelulares hipotalâmicos, sintetizam a ocitocina e depois transportam esse hormônio ao longo dos seus axônios para o local de liberação na hipófise posterior, que está sob controle total do hipotálamo e quando secretada, atinge a circulação sanguínea. A ocitocina, estimula a contração do músculo liso do útero durante o parto, no final da gestação e durante o trabalho de parto, os receptores de ocitocina aumentam, fazendo com o que o útero fique mais sensível à sua presença. A ocitocina irá se ligar ao receptor de proteína Gq , levando à produção de GAD e IP3. O IP3 vai estimular o cálcio para o citosol e o cálcio irá formar um complexo com a cálcio-calmodulina, ativando a quinase MLC e isso leva a contração do músculo liso do útero.
3- Os receptores metabotrópicos estão associados a proteína G, ocorrendo uma ativação ou inibição dessa proteína G, que são uma grande família de proteínas, mas os três específicos são a proteína Gs, Gq e Gi. Já os receptores associados a tirosina-quinase promovem a autofosforilação do receptor do hormônio e resíduos de tirosina, bem como de substratos no citosol, iniciando, assim, uma cascata de reações de fosforilação.
4- O transporte dos hormônios na circulação, ocorre de duas maneiras: eles circulam livres no sangue até atingirem seus tecidos-alvo e podem ser transportados formando um complexo com proteínas de ligação- proteínas transportadoras que desempenham várias funções- quando ligadas com os hormônios , esse complexo formado aumenta a meia-vida do hormônio na circulação.
5- Os hormônios peptídicos são sintetizados no retículo endoplasmático rugoso, sob forma de pré-pro-hormônios, moléculas metabolicamente inativas. Essas moléculas são clivadas e dão origem aos precursores hormonais ainda inativos no retículo endoplasmático, chamados de pré- hormônios, no complexo de golgi , os precursores inativos são clivados por enzimas , originando as formas ativas que serão armazenadas e vesículas antes de serem liberadas na circulação .
6- As citocinas são fatores de crescimento que agem especificamente para organizar o desenvolvimento de células hematopoiéticas e a resposta imune. os receptores quando ligados às citocinas se oligomerizam, após isso as JAKs fosforilam resíduos de tirosina nos domínios citoplasmáticos das cadeias do receptor, possibilitando o recrutamento e fosforilação de STAT. As proteínas STAT são liberadas do receptro e formam dímeros que podem se translocar rapidamente para o núcleo e atuar como fatores de transcrição.