A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Atividade 2

Pré-visualização | Página 1 de 2

Pergunta 1
Resposta Selecionada: 
Resposta Correta: 
Feedback
da resposta:
A partir da Constituição Federal de 1988, uma nova configuração social se apresenta no cenário brasileiro, sobretudo para as políticas públicas, as quais vem
garantir, de forma efetiva, direitos sociais de caráter universal, a partir da instituição da Seguridade Social, apresentando em seu tripé: saúde, previdência e
assistência social. Esta última tem sua trajetória marcada pelo reconhecimento enquanto direito e, sobretudo, como proteção social da família. Assim, a
assistência social é considerada uma política:
 
SPOSATI, Aldaíza de Oliveira. O primeiro ano do Sistema Único de Assistência Social. In: Serviço Social e Sociedade nº 87. São Paulo. Cortez. 2006.
não contributiva, destinada a quem dela necessitar.
não contributiva, destinada a quem dela necessitar.
Resposta correta. A assistência social é uma política não contributiva, ou seja, não há contribuições monetárias para garantir o seu acesso, pois
esta tem como propósito atender a população que se encontra em situação de vulnerabilidade social.
Pergunta 2
Resposta Selecionada: 
Resposta Correta: 
Feedback da resposta:
“(...) hoje o maior desafio dessa política pública é assegurar que seu projeto político-institucional viabilize condições necessárias para superação, por parte da
assistência social, de seu caráter de política para amenização e/ou erradicação da pobreza, para afirmar-se como política de cidadania, contribuindo para o
enfrentamento das desigualdades sociais” 
PEREIRA, Tatiana Dahmer. Política Nacional de Assistência Social e território: enigmas do caminho. Revista Katálysis, 2010, 13.2: 191-200. 
Assinale a alternativa correta quanto á Política Nacional de Assistência Social (PNAS).
É uma política os usuários não necessitam contribuir para usufruir.
É uma política os usuários não necessitam contribuir para usufruir.
Resposta correta. A Política Nacional de Assistência Social (PNAS) é não contributiva.
Pergunta 3
Resposta Selecionada: 
Resposta Correta: 
Feedback da
resposta:
Os benefícios eventuais é de responsabilidade da assistência social em parceira com outros órgãos e entidades, estando previsto na LOAS a responsabilidade
dos Estados e municípios no atendimento a essa demanda. Nessa direção, garante-se ao usuário a proteção social, tendo como fundamento as diretrizes da
“política pública de assistência social, em caso das situações que demandam pelo atendimento àquele que porventura dela venha necessitar” (PNAS, 2004) 
 
A concessão de benefícios eventuais pode decorrer de situações como:
Calamidade pública.
Calamidade pública.
Resposta correta. Conforme descrito no Art. 22. da LOAS, os benefícios eventuais são concedidos aos cidadãos e às famílias em virtude de
nascimento, morte, situações de vulnerabilidade temporária e de calamidade pública.
Pergunta 4
“A assistência social após reconhecimento como política pública integrante da seguridade social é marcada por um momento distinto na sua história. Momento
marcado pelo desafio de constituição como política pública e como direito, o que expressa projetos em disputa no âmbito dessa política: um projeto em que se
busca assegurar o direito à proteção social como competência do Estado; e outro em que prevalece o caráter conservador pautado na dissociação entre
assistência social e direito, fundamentado na lógica da ajuda, da moralização, da intervenção emergencial, pontual, improvisada e precarizada”. 
1 em 1 pontos
1 em 1 pontos
1 em 1 pontos
1 em 1 pontos
Resposta Selecionada: 
Resposta Correta: 
Feedback
da
resposta:
 
CARNEIRO, Annova Míriam Ferreira; ARAUJO, Cleonice Correia; ARAUJO, Maria do Socorro Sousa. Política de Assistência Social no período 1988-2018:
construção e desmonte. SER Social, 2019, 21.44: 29-47). 
 
 Acerca da Proteção Social Básica e Especial previstas na PNAS (Política Nacional de Assistência Social) podemos afirmar que:
.O PAIF (Programa de Atenção Integral à Família) compõe o Serviço Social da Proteção Social Básica.
.O PAIF (Programa de Atenção Integral à Família) compõe o Serviço Social da Proteção Social Básica.
Resposta correta. Conforme o Art. 24-A, caput da Lei nº 8.742/1993 – LOAS, Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (Paif), que
integra a proteção social básica e consiste na oferta de ações e serviços socioassistenciais de prestação continuada, nos Cras, por meio do
trabalho social com famílias em situação de vulnerabilidade social, com o objetivo de prevenir o rompimento dos vínculos familiares e a violência no
âmbito de suas relações, garantindo o direito à convivência familiar e comunitária.
Pergunta 5
Resposta
Selecionada:
Resposta Correta:
Feedback
da
resposta:
A assistência social, direito do cidadão e dever do Estado, é política de Seguridade Social não contributiva, que provê os mínimos sociais, realizada através de
um conjunto integrado de ações de iniciativa pública e da sociedade, para garantir o atendimento às necessidades básicas. 
LEI ORGANICA DE ASSISTENCIA SOCIAL – LOAS. Distrito Federal: BRASIL, 1993. 
 
A Assistência Social apresenta tipos de proteção social em sua organização classificados em Proteção Social Básica e Proteção Social Especial. A partir desta
informação, assinale a afirmativa correta no que se refere a Proteção Social Básica:
.Compreende o conjunto de ações que previne situações de riso social e pessoal, bem como o fortalecimento de vínculos comunitários e
familiares.
.Compreende o conjunto de ações que previne situações de riso social e pessoal, bem como o fortalecimento de vínculos comunitários e
familiares.
Resposta correta. Para melhor organização da assistência social, destaca-se a Proteção Social Básica, configurando-se principalmente pelo
processo de prevenção à possível exposição de risco social e pessoal. As ações desenvolvidas nos espaços do CRAS e Centros de Convivência
buscam fortalecer os vínculos afetivos, assim como desenvolvendo potenciais do seu público usuário.
Pergunta 6
Resposta Selecionada: 
Resposta Correta: 
Feedback da
resposta:
“A seguridade social compreende um conjunto integrado de ações de iniciativa dos Poderes Públicos e da sociedade, destinadas a assegurar os direitos relativos
à saúde, à previdência e à assistência social” (BRASIL, 1988). 
A Política Nacional de Assistência Social representa um avanço no atendimento aos cidadãos brasileiros que necessitam de assistência. Dentre as suas
prerrogativas abaixo estão semente um item está contemplado com o que é preconizado pelo PNAS, identifique-o.
.A assistência social será prestada a quem dela necessitar, independentemente de contribuição à seguridade social.
.A assistência social será prestada a quem dela necessitar, independentemente de contribuição à seguridade social.
Resposta correta. Conforme Art. 203, caput da CF, A assistência social será prestada a quem dela necessitar, independentemente de
contribuição à seguridade socialǁ.
Pergunta 7
1 em 1 pontos
1 em 1 pontos
0 em 1 pontos
Resposta Selecionada: 
Resposta Correta: 
Feedback
da
resposta:
“A recente configuração da Assistência Social como política pública inserida no campo da seguridade social, no Brasil, decorre de um processo historicamente
construído a partir da luta de diferentes grupos e sujeitos sociais pela institucionalização da proteção social como responsabilidade estatal, o que vem se
efetivando a partir da Constituição Federal de 1988, e posterior regulamentação pela Lei Orgânica de Assistência Social (LOAS), nº 8.742, de 07 de dezembro de
1993”. 
 
CARNEIRO, Annova Míriam Ferreira; ARAUJO, Cleonice Correia; ARAUJO, Maria do Socorro Sousa. Política de Assistência Social no período 1988-2018:
construção e desmonte. SER Social, 2019, 21.44: 29-47). 
 
A Lei n. 8.742/93, conhecida como Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS), dispõe sobre a organização da assistência social e define os seguintes objetivos: 
I. A proteção à família, à maternidade, à infância, a adolescência e a velhice; 
II.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.