A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
11 pág.
DIREITO ADMINISTRATIVO E CONSTITUCIONAL

Pré-visualização | Página 1 de 4

DIREITO ADMINISTRATIVO E CONSTITUCIONAL
1) Marque a alternativa que diferencia os Direitos Humanos dos Direitos Fundamentais:
Resposta: Enquanto os Direitos Fundamentais estão previstos nas constituições dos países, os Direitos Humanos estão previstos em tratados internacionais.
2) Com relação à Administração Pública Direta e Indireta, analise as assertivas a seguir e assinale com V as verdadeiras e com F as falsas:
( ) O critério para distribuir as entidades que comporão a Administração Pública Direta e Indireta é a natureza da personalidade jurídica das entidades que as integram. Assim, compõem a Administração Pública Direta as entidades dotadas de personalidade jurídica de direito público, e a Administração Pública Indireta é constituída pelas entidades dotadas de personalidade jurídica de direito privado.
( ) As autarquias são pessoas jurídicas de direito público, criadas por lei específica, com autonomia administrativa para o exercício de determinadas atividades típicas do Estado, sujeitas ao controle denominado tutela administrativa.
( ) As empresas públicas são entidades que compõem a Administração Pública Indireta e se apresentam como pessoas jurídicas de direito privado constituídas para o exercício de serviços públicos ou atividade econômica.
( ) É vedado ao Estado atuar diretamente na economia através do desempenho de atividades econômicas, por exemplo.
( ) A Administração Pública Direta tem por característica fundamental a desconcentração, já a Administração Pública Indireta, a descentralização.
Marque a alternativa com a sequência correta.
Resposta: F, V, V, F, V.
3) Marque a alternativa que corresponde a melhor explicação para o princípio da predominância do interesse. 
Resposta: À União cabe a elaboração legislativa e a atuação administrativa de interesse geral; aos Estados, as competências legislativas e administrativas de interesse regional; e aos Municípios, o exercício das competências administrativa e legislativa de interesse local.
4) Marque a alternativa que apresenta corretamente as limitações do Estado Constitucional: 
Resposta: As limitações materiais representam valores básicos e fundamentais, que devem ser preservados e protegidos pelo Estado; as limitações processuais regulamentam, por meio da lei, os órgãos e suas competências; e uma estrutura mínima exigível, ou seja, a separação dos poderes com o objetivo de evitar abusos.
5) No contrato tipicamente administrativo, no qual a Administração Pública é parte sob o regime jurídico publicístico, são características essenciais:
Resposta: a presença de cláusulas exorbitantes do Direito Privado e a natureza de contrato de adesão.
6) Sobre o tema organização administrativa, assinale a alternativa correta. 
Resposta: Autarquias são pessoas jurídicas de direito público, criadas por lei específica, com autonomia administrativa para o exercício de atividades típicas do Estado e, por isso, submetem-se ao regime jurídico de direito público.
7) O que constituem as finalidades da licitação? Assinale a alternativa correta.
Resposta: Isonomia, seleção da proposta mais vantajosa para a Administração e promoção do desenvolvimento nacional sustentável.
8) Quanto à estrutura do Poder Judiciário, marque a alternativa correta. 
Resposta: A justiça federal é composta pelos Tribunais Regionais Federais (TRFs) e pelos juízes federais. 
9) Sobre a composição do Poder Executivo, marque a alternativa correta.
Resposta: Os conselhos da República e da Defesa Nacional são órgãos do Poder Executivo e têm a função de auxiliar o presidente da República nos casos de intervenção federal ou declaração de estado de defesa e de sítio. 
10) À Administração Pública cabe o exercício da chamada função administrativa, razão pela qual o Direito Administrativo ocupa-se de estudá-la. Considere as especificidades das funções estatais, em especial da função administrativa, e assinale a alternativa correta. 
Resposta: Tal qual as atividades de função administrativa, os atos de função política ou de governo são suscetíveis ao controle de legalidade pelo Poder Judiciário. 
11) Sobre o tema regime jurídico administrativo, analise as assertivas a seguir.
I. O regime jurídico administrativo compõe-se de normas e princípios aos quais se submete a Administração Pública. O gestor público, no entanto, não tem o dever de observá-lo, pois, ainda que no exercício da função administrativa, conta com o respaldo da autonomia da vontade.
II. O regime jurídico administrativo comporta regras e princípios que norteiam a atuação da Administração Pública na sua finalidade precípua de atender ao interesse público.
III. O regime jurídico administrativo confere à Administração Pública prerrogativas que lhe permitem anular direitos individuais, se necessário for à efetivação do interesse público.
IV. O regime jurídico administrativo confere prerrogativas à Administração Pública, mas também lhe impõe deveres. Essa configuração afasta o paradigma de verticalização do Direito Administrativo, em que há a figura do “administrado”.
Assinale a alternativa correta. 
Resposta: Está correta a assertiva II, apenas. 
12) O Poder Judiciário só pode se manifestar, ou seja, proferir uma decisão, se houver alguma ação judicial (provocação) em andamento. Sendo assim, quem está autorizado a peticionar em juízo? 
Resposta: Podem provocar o poder judiciário o Ministério Público, a advocacia pública e privada e a Defensoria Pública. 
13) Sobre as competências do Supremo Tribunal Federal (STF), marque a alternativa correta. 
Resposta: O STF tem competências originárias e recursais previstas na Constituição. As competências originárias são aquelas em que o tribunal irá analisar os assuntos pela primeira vez, enquanto as recursais são ações que revisam as decisões de outros tribunais que o antecederam. 
14) Sobre o tema controle dos atos administrativos, responda:
I. Os atos administrativos são suscetíveis ao controle do Poder Judiciário, que poderá analisar aspectos como oportunidade e conveniência.
II. É possível que um ato administrativo seja legal, mas administrativamente inválido se desrespeitar o regime jurídico administrativo.
III. Atos administrativos podem ser invalidados a qualquer tempo sob a égide do princípio da legalidade.
IV. A revogação do ato administrativo constitui controle de mérito e opera efeitos retroativos.
É correto o que se afirma em: 
Resposta: II, apenas. 
15) Sobre atos administrativos, analise as assertivas a seguir e assinale com V as verdadeiras e com F as falsas.
( ) Atos materiais e atos políticos são espécies de atos administrativos porque são exercidos no bojo da função administrativa.
( ) A prerrogativa de praticar atos administrativos pertence exclusivamente ao Poder Executivo porque são relativos ao exercício da função administrativa.
( ) Admite-se que atos administrativos sejam praticados por particulares.
( ) O ato administrativo exprime manifestação de vontade da Administração Pública que, excepcionalmente, poderá contrariar as necessidades coletivas.
( ) Atos administrativos perfeitos serão, necessariamente, definitivos.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta. 
Resposta: F, F, V, F, F. 
16) Marque a alternativa que corresponde à indicação correta quanto às entidades federadas e suas competências legislativas: 
Resposta: As competências privativas e concorrentes cabem à União, e aos Estados, as competências concorrentes, suplementares e reservadas. 
17) Analise as assertivas a seguir:
I. O concurso público é dever da Administração Pública e apenas será dispensado nos casos previstos em lei e na própria Constituição.
II. A contratação de parentes para ocupar cargos públicos viola os princípios da impessoalidade e da moralidade administrativa.
III. Servidores públicos estão obrigados ao estrito cumprimento do regime jurídico administrativo para atendimento do interesse público.
IV. É vedado aos servidores públicos a associação sindical e o direito de greve.
Assinale a alternativa que traz as assertivas corretas.
Resposta: I, II e III.
18) Sobre o Poder Executivo