A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Atividade de Concordância nominal- gabarito

Pré-visualização | Página 1 de 1

Atividade de Concordância nominalAluno(a): __________________________________________________
Prof.(a): _________________________________ Série (Ano): _______
Disciplina: ___________________ Data: ___/___/___ Unidade: _____
INSTITUTO DOM DE EDUCAR
01- Leia o trecho abaixo
     Na semana passada , o Supremo Tribunal Federal foi mais uma vez palco de discussões acerca da prisão de políticos envolvendo crimes de corrupção. O presidente da casa fez uma acusação contra um senador, Por sua vez , três ministros decidiram favoravelmente ao réu.
Marque a alternativa correta quanto aos elementos destacados
a- A expressão “ semana passada “ pode ser classificado como adjunto adnominal;
b- O vocábulo “ palco “ é complemento do verbo e por isso pode ser classificado como predicativo do objeto;
c- A palavra “ prisão “ é adjunto adnominal do termo “ discussões “;
d- A expressão “ contra um senador “ classifica-se como predicativo do sujeito;
e- O termo “ ao réu “ classifica-se como complemento nominal
02- A princesa Caralâmpia puxou-o por um braço, deitou-o no colo embalou-o:
– Não chore, nanico. [...]
RAMOS, Graciliano. A terra dos meninos pelados. Rio de Janeiro: Record, 2002. p.41.
Os trechos destacados apresentam a concordância nominal do
a- adjetivo com o substantivo.
b- numeral com o substantivo.
c- adjetivo com o sujeito.
d- particípio com o substantivo.
e- pronome com o substantivo.
Senhoras e senhores,
vão emboras,
por favores.
A fera
não tolera
sofredores.
ANTUNES, Arnaldo. a fera. In: ______. N.D.A. São Paulo: Iluminuras, 2010. p.165.
03- É possível identificar que o poema subverte algumas regras da gramática tradicional
a- aplicando as vírgulas e a pontuação em geral de forma não convencional.
b- tratando de forma coloquial a presença do vocativo no texto lírico.
c- utilizando regras de concordância em situações que não se aplicam.
d- apresentando períodos compostos por subordinação substantiva.
e- destruindo a lógica argumentativa, porque o texto não faz sentido.
Poucos conhecem o artista / que sou.
04- O pronome relativo destacado exerce a função sintática de
a- Sujeito
b- Objeto direto
c- Objeto indireto
d- Complemento nominal
e- Predicativo
“Quanto a mim, se ‘vos disser’ que li o bilhete três ou quatro
vezes, naquele dia, ‘acreditai-o’, que é verdade; se vos disser
mais que o reli no dia seguinte, antes e depois do almoço,
‘podeis crê-lo’, é a realidade pura. Mas se vos disser a
comoção que tive, ‘duvidai’ um pouco da asserção, e ‘não a
aceiteis’ sem provas.”
05- Mudando o tratamento para a terceira pessoa do plural, as expressões entre aspas, passam a ser:
a- Lhes disser; acreditem-no; podem crê-lo; duvidem; nãoa aceitem.
b- Lhes disserem; acreditem-lo; podem crê-lo; duvidam; nãoa aceitem.
c- Lhe disser; acreditam-no; podem crer-lhe; duvidam; nãoa aceitam.
d- Lhe disserem; acreditam-no; possam crê-lo; duvidassem;não a aceiteis.
e- Te disserem; acreditem-na; possam crê-lo; duvidassem;não a aceiteis.
Miudinhos, perdidos no deserto queimado, os fugitivos agarraram-se, somaram as suas desgraças e os seus pavores. O coração de Fabiano bateu junto do coração de Sinhá Vitória, um abraço cansado aproximou os farrapos que os cobriam. Resistiram à fraqueza, afastaram-se envergonhados, sem ânimo de afrontar de novo a luz dura, receosos de perder a esperança que os alentava. 
Vidas secas, de Graciliano Ramos.
06- Os termos “os” e “alentava” concordam, respectivamente, com
a- “fugitivos” e “luz”.
b- “farrapos” e “fraqueza”.
c- “fugitivos” e “esperança”.
d- “esperança” e "fugitivos”.
e- “Fabiano” e “Sinhá Vitória”.
07- abe-se que, na fala e na escrita, a escolha de palavras ou expressões inapropriadas, além de afetar o sentido do enunciado, pode depreciar a imagem do enunciador que comete a gafe. Foi o que aconteceu com o presidente Lula num dos encontros do G-20, ao comentar sobre a crise global: “Esta certamente talvez seja uma das maiores crises que já enfrentamos”.
Uma correção adequada para a frase é:
a- “Certamente esta talvez seja a maior crise quejá enfrentamos.”
b- “Esta certamente seja uma das maiores crises já enfrentadas pelo país.”
c- “Talvez esta é uma das maiores crises a qual enfrentamos.”
d- “Esta talvez seja uma das maiores crises que já enfrentamos.”
e- “Uma das maiores crises de que enfrentamos é esta: com certeza.”
08- Para seguir as normas gramaticais de concordância nominal, faz-se necessária, no anúncio, a troca de
a- “universitário” por “universitária”, porque o anúncio exige mulheres.
b- “usuária” por “usuário”, porque este adjetivo é comum para o masculino e para o feminino.
c- “os interessados” por “as interessadas”, porque loja é substantivo feminino.
d- “os interessados” por “as interessadas”, porque o anúncio exige mulheres.
e- “gerentes” por “administradoras”, porque gerentes não especifica o gênero das pessoas.
“Não estou bem por dentro”. 
Uma das razões que tornaram triste a longa permanência na fazenda é a ausência de alguns amigos.
CIPRO NETO, Pasquale. “Júnior foi um dos que provocou...”. Folha de S.Paulo, São Paulo, 8 jun. 2000. Disponível em: <http://www1.folha.uol.com.br>. Acesso em: 3 jun. 2015.
09- O trecho anterior não apresenta correção gramatical. Isso pode ter ocorrido porque o orador se deixou influenciar pela proximidade da palavra
a- “triste”.
b- “razões”.
c- “amigos”.
d- “fazenda”.
e- “permanência”.
010- Leia atentamente os períodos a seguir e depois analise as afirmações dadas:
• Ao persistirem os sintomas, um médico deverá ser consultado.
• A persistirem os sintomas, um médico deverá ser consultado.
I. Os dois períodos têm o mesmo sentido.
II. O primeiro período expressa certeza quanto à permanência dos sintomas.
III. O primeiro período, ao garantir a permanência dos sintomas, não apoia a prática da automedicação, enquanto o segundo período apoia a automedicação, por dizer que há a possibilidade de cura.
IV. O sentido expresso no primeiro período torna a frase inviável para o uso em comerciais de remédios.
Assinale a alternativa que indica as afirmações corretas.
a- Apenas I.
b- Apenas II.
c- Apenas II e III.
d- Apenas II, III e IV.
e- Apenas I, III e IV.