A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Sistemas Processuais Penais

Pré-visualização | Página 1 de 1

1
SISTEMAS PROCESSUAIS
Outrossim, tem como característica a
oralidade e publicidade, bem como a
aplicação do princípio da presunção de
inocência.
A doutrina costuma indicar a existência de três
sistemas processuais: 
@reviseidireito
sistema inquisitorial;
sistema acusatório; e
sistema misto.
1.
2.
3.
A gestão das provas é concentrada noA gestão das provas é concentrada no
juiz inquisidor.juiz inquisidor.
Além disso, o juiz não é dotado de iniciativa
probatória, sendo a gestão das provas, função
das partes.
Nessa modalidade de sistema, não há
contraditório, nem existe a obrigatoriedade de
que haja uma acusação feita por órgão
público, sendo o juiz dotado de ampla
iniciativa probatória.
O sistema inquisitorial teve início no século
XIII, sendo como em sistemas ditatoriais.
A principal característica é que as funções de
acusar, defender e julgar estão concentradas
em uma única pessoa, a qual é chamada de
juiz inquisidor.
O juiz não pode determinar a produção deO juiz não pode determinar a produção de
provas de ofício.provas de ofício.
Além disso, o acusado é mero objeto do
processo, não sendo considerado sujeito de
direitos. 
Esse sistema tem como característica a
existência de partes distintas, uma
exercendo a função de acusar e a outra de
defender, cabendo ao juiz apenas julgar.
Por fim, o sistema misto tem como
característica a existência de duas fases
distintas: 
A primeira fase é tipicamente inquisitorial,
sem publicidade e ampla defesa, com uma
instrução escrita e secreta, sem acusação e
sem contraditório.
O sistema acusatório é bem diferente do
sistema inquisitorial. 
A segunda fase tem caráter acusatório. Nela, o
órgão público apresenta a acusação, o réu se
defende e o juiz julga.