A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Faculdade texto doação de sangue

Pré-visualização | Página 1 de 1

Texto sobre a Doação de Sangue
Centro Universitário Unifacvest
Curso de Licenciatura em Pedagogia
Disciplina: Atividade Formativa
Autora da proposta da atividade: Jade Mabilia
Aluna: Jaíne dos Santos
Tema: Doação de Sangue
Objetivo: estimular a generosidade e as ações solidárias
Realizei uma visita ao hemocentro de pato branco, dia 30 de setembro, quarta – feira. Ao chegarmos lá no horário marcado antecipadamente, fomos atendidas pela secretária que antes de qualquer coisa verificou os dados da doadora, e em seguida nos informou que eu não poderia entrar dentro da sala de coleta por conta de ser uma norma interna do Hemepar, enquanto eu aguardava a secretária me entregou folders e panfletos que explicavam o passo a passo da doação: 
O primeiro passo da etapa é o cadastro na recepção, onde se você ainda não é cadastrado no sistema você deve apresentar um documento com foto como o RG, Carteira de trabalho, Habilitação, Passaporte ou Carteira de Conselho de Classe ao pessoal da recepção, então será realizada uma consulta ao SHT Web, um sistema estadual de informações e controle hemoterápico do Paraná, caso já tenha cadastro o sistema irá identificar o histórico de doações de sangue e se esse tem algum impedimento em qualquer Banco de Sangue do Paraná, é importante lembrar que o doador mantenha sempre seus dados atualizados para que o pessoal do Hemepar consiga encontrar o doador.
O segundo passo é o da triagem clínica, onde perguntas serão feitas pelos triadores (médicos/enfermeiras), ao doador que deverá responder as perguntas honestamente e corretamente, como: “atitudes de risco, antecedentes clínicos e hábitos de vida”, pois com base nessas perguntas que os triadores irão identificar se o doador tem um possível período de janela imunológica, que impede a doação temporariamente ou até definitivamente. Após o término das perguntas será definido o volume a ser coletado, que depende de sua altura e peso corporal, nisso antes da doação você deverá responder ao Voto de Auto Exclusão (VAE), onde oferecem a você a oportunidade sigilosa de excluir sua bolsa de sangue, e sua família, acompanhantes, e a equipe de trabalho do Hemepar do dia não saberão sua resposta, mas mesmo que você exclua através do VAE, os testes de detecção de doenças infecciosas transmitidas pelo sangue serão realizados. 
O terceiro passo é a hematológica, nessa etapa será determinada o valor da hemoglobina, através de uma punção digital ( famosa “picadinha no dedo”), e se o valor obtido for menor de 12,5 g/dl para mulheres e 13 g/dl para homens, será impedido de doar por ser considerado como “anemia para doação de sangue”.
O doador poderá retornar a doar sangue m 30 dias, porém se o valor da hemoglobina for igual ou maior que 18 g/dl também será impedido de doar sangue, e será encaminhado para avaliação médica, pois a hemoglobina é fundamental para levar oxigênio ás células, e para os receptores é muito importante que a hemoglobina esteja nos valores determinados na legislação.
O quarto passo é a sala de coleta, nesse passo o doador entra na sala e a bolsa será conferida e a equipe de enfermagem treinada realizará a coleta, que não ultrapassará 15 minutos ( com a agulha no braço), caso se sinta mal, ou algum desconforto informe a equipe de coleta, pois eles estão aptos a identificar e ajudar caso apresente alguma reação durante o processo ou após o mesmo. Após a doação concluída o doador ganha um lanche para comer para que haja reposição do volume doado, lembrando que quem é doador a um tempo tem uma carteira de doação, comprovando que doa, sabendo que após a sua primeira doação a sua carteira estará disponível somente depois de 30 dias, e deverá ser retirada no Hemocentro Coordenador, na sala de Divisão de Suporte ao Usuário Hemepar, localizada próximo a sala do lanche de doadores.
No sangue do doador serão realizados exames sorológicos que poderão apresentar resultados “Falso – Positivos”, o que não significa estar com alguma doença, por isso os resultados necessitam de confirmação e orientação médica. 
Os exames realizados na doação são:
· Anti – HBC
· Anti – HCV
· Anti – HIV I e II
· Anti – HTLV I e II
· Chagas 
· HbsAg
· Sífilis 
Se um dos exames acima apresentar sorologia “Reagente”, o doador será convocado para a repetição dos exames e orientação médica, conforme legislação vigente, e até a realização dos novos exames o doador ficará impedido de doar.
Quando falamos sobre doação, não falamos apenas de uma pessoa que vai em um hemocentro e doa sangue, estamos falando de uma pessoa que salva vidas, que se importa com as outras pessoas, por isso é essencial e muito importante que haja um estoque de sangue, que na maioria das vezes quando ocorre acidentes, ou pacientes de doenças crônicas, a única chance que eles tem é fazendo uma transfusão, por isso doe, salve vidas.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.