A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
fisiologia endocrina sistema reprodutor

Pré-visualização | Página 1 de 1

ANATOMIA DO SISTEMA REPRODUTOR FEMININO
· Dividido em órgãos produtores de gametas  e órgãos responsáveis pelo transporte e armazenamento. São eles: ovários (em número par - produtor), tubas uterinas (em número par), corpo uterino, vagina, vestíbulo da vagina e vulva (todos de transporte).
· Cada espécie possui suas particularidades em relação ao tamanho e formato dos cornos e corpo uterino
(Imagens retiradas do livro Anatomia dos animais domésticos : texto e atlas colorido
[recurso eletrônico] / Horst Erich König, Hans-Georg Liebich ; tradução: Régis Pizzato ; revisão técnica: Luciana Silveira Flôres Schoenau, Marleyne José Afonso Accioly Lins Amorim. – 6. ed. – Porto Alegre : Artmed, 2016.)
FISIOLOGIA - PARTE ENDÓCRINA
Gonadotrofinas - o que são? 
· Hormônios que agem nas gônadas (ovário)
· LH (hormônio luteinizante), FSH (hormônio folículo estimulante), progesterona, prostaglandina, melatonina (age na glândula pineal)
. O LH e FSH são antagonistas, porém estão sempre em produção (em níveis basais ou no ápice)
· São produzidos pelo eixo hipotálamo-hipófise-gonadal e tem como mecanismo de controle o feedback (positivo ou negativo)
Ciclo hormonal:
Hormônios - destino da secreção: 
· autócrinos: age no próprio tecido - exemplo: insulina
· parácrinos: age em órgãos próximos - exemplo: prostaglandina, progesterona, GnRH
· endócrinos: age em órgãos mais distantes, transporte pela corrente sanguínea - exemplos: FSH, LH, estrógeno
Folículos ovarianos: sintetizados por hormônios esteroidais (colesterol), também tem o funcionamento por feedback 
Útero: sintetiza prostaglandina 2 e ácido aracdônico (PGE2)
Liberação dos hormônios: têm frequência (quantidade de vezes) e amplitude (intensidade) de acordo com cada espécie e hormônio
Gonadotrofinas: 
· cadeia α: intra hipofisárias - ligadas ao eixo hipotálamo-hipófise-gonadal
· cadeia β: extra hipofisárias (são injetadas no animal, estimulando a resposta endógena)
. βHCG (gonadotrofina coriônica humana): estimula LH
. ECG (gonadotrofina coriônica equina): estimula FSH
. HMG (gonadotrofina menopáusica humana): estimula FSH e LH
Estímulos hormonais: 
· proprioceptivos: próprio organismo envia o estímulo através da circulação sanguínea para que ocorra a liberação hormonal - ex. mecanismo de feedback
· exteroceptivos: o animal recebe estímulos externos, com o intuito de estimular a liberação hormonal - ex. deixar várias fêmeas da mesma espécie juntas para regular o ciclo
. melatonina: hormônio secretado na glândula pineal, determinada pelo fotoperíodo. Atua nos receptores hipotalâmicos, e sua necessidade varia de acordo com a espécie
. Luz ⇾ SNC ⇾ gânglio central superior ⇾ noradrenalina ⇾ glândula pineal
FOLICULOGÊNESE
Tipos de folículo: (tem ação do FSH)
· folículo primordial: fica localizado no ovário, é a base do folículo primário - possui 3 camadas
· folículo primário: possui 4 camadas, tem adição da zona pelúcida (serve como proteção dos oócitos)
· folículo secundário: aumenta o número celular (células da granulosa), muda de tamanho e lâmina basal fica mais fina
· folículo terciário: próximo à ovulação, o oócito muda a concentração celular, aumenta células da granulosa e dobra as camadas
Fases do desenvolvimento folicular:
· recrutamento: FSH atua em todos os oócitos
· seleção: FSH atua em oócitos selecionados (já tiveram um prévio desenvolvimento pelo FSH)
· dominância: FSH atua no folículo dominante, que sintetiza inibina (diminuindo o FSH) e estrógeno
Ovulação do folículo: (ação do LH e estradiol)
· início: pico pré-ovulatório, tem ação do LH (matura o folículo dominante)
· fim: folículo 100% maturado se rompe e libera o oócito
· teorias: 
. grânulos das células da camada epitelial: ocorre de fora pra dentro - folículo fica repleto de líquido do antro
. musculatura lisa: células do tecido externo impedem o retorno venoso no folículo, aumentando a congestão, ingurgitamento e pressão, o folículo rompe
. pressão do fluido folicular: a pressão do líquido interno aumenta e o folículo se rompe
. resposta inflamatória: LH nas células da granulosa e teca causa inflamação, fazendo síntese da prostaglandina e rompe os folículos
Síntese do corpo lúteo/luteólise:
· glândula endócrina transitória
· ovulação ⇾ forma lesão dos ovários ⇾ ovário se rompe ⇾ forma corpo hemorrágico ⇾ cicatrização ⇾ formação do corpo lúteo/amarelo
· composição: mesmos tipos celulares que o folículo, mas com funções diferentes. As células da granulosa se transformam em LLC (células grandes do corpo lúteo) e sintetizam ocitocina; já as células da teca viram SLC (células pequenas do corpo lúteo) e sintetizam relaxina
· luteólise: lise do corpo lúteo por apoptose
. LLC ⇾ sintetizam ocitocina ⇾ age no endométrio ⇾ fica contrátil ⇾ sintetiza e libera prostaglandina ⇾ pelas artérias ovarianas e veia uterina chega no ovário ⇾ faz hipóxia e lise do corpo lúteo ⇾ ovários cicatrizam ⇾ vira corpo albicans