A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
30 pág.
MAPAS MENTAIS - CONTABILIDADE TRIBUTARIA - ICMS

Pré-visualização | Página 1 de 3

HI –
Hipótese de 
incidência
Fato Gerador
Obrigação 
Tributária
Lançamento
Crédito 
Tributário
@ritmodecontadora
Elementos da 
Obrigação 
Tributária
 Redução da base de
cálculo: isenção parcial
de um tributo, deve ser
previsto em lei.
 Exclusão da base de
cálculo: ato de excluir
valores, que em virtude da lei,
não fazem mais parte da base
de cálculo do tributo.
 Isenção: em virtude da
lei, determinado fato
gerador não tem a
incidência do tributo.
 Imunidade: considera-se
imune, CF, determinado
fato gerador não tem
incidência de tributo.
 Substituição tributária: o
substituto tributário é o
terceiro que a lei obriga
apurar o montante devido e
cumprir a obrigação de
pagamento do tributo em
“lugar” do contribuinte
@ritmodecontadora
Tributos
Sistema de Crédito ou de não 
cumulatividade dos tributos
@ritmodecontadora
PESSOA 
NATURAL OU 
PESSOA 
JURÍDICA
IV – Petróleo não tenha
fim comércio ou indústria
II - Serviço
I - Mercadoria
III – Importados
apreendidos ou
abandonados
IV – Energia Elétrica
não tenha fim
comércio ou
indústria
ICMS
@ritmodecontadora
NÃO INCIDE ICMS
CONTRIBUINTES:
@ritmodecontadora
@ritmodecontadora
Considera-se ocorrido o fato gerador quando
I – da saída de mercadoria de
estabelecimento de contribuinte, ainda que
para outro estabelecimento do mesmo titular;
II – do fornecimento de alimentação, bebidas
e outras mercadorias por qualquer
estabelecimento;
III – da transmissão a terceiro de mercadoria
depositada em armazém geral ou em
depósito fechado, no Estado do transmitente;
IV – da transmissão de propriedade de
mercadoria, ou de título que a represente,
quando a mercadoria não tiver transitado
pelo estabelecimento transmitente;
V – do inicio da prestação de serviços de
transporte interestadual e intermunicipal, de
qualquer natureza;
VI – do ato final do transporte iniciado no
exterior;
VII – das prestações onerosas de serviços de
comunicação, feita por qualquer meio,
inclusive a geração, a emissão, a recepção,
a transmissão, a retransmissão, a repetição
e a ampliação de comunicação de qualquer
natureza;
VIII – do fornecimento de mercadoria com
prestação de serviços:
a) não compreendidos na competência
tributária dos Municípios;
b) compreendidos na competência tributária
dos Municípios e com indicação expressa de
incidência do imposto da competência
estadual, como definido na lei
complementar aplicável,
IX – do desembaraço aduaneiro das
mercadorias importadas do exterior;
X – do recebimento, pelo destinatário, de
serviço prestado no exterior;
XI – da aquisição em licitação pública de
mercadorias importadas do exterior
apreendidas ou abandonadas;
XII – da entrada no território do Estado
de lubrificantes e combustíveis líquidos e
gasosos derivados de petróleo e energia
elétrica oriundos de outro Estado, quando
não destinados à comercialização ou à
industrialização;
XIII – da utilização, por contribuinte, de
serviço cuja prestação se tenha iniciado
em outro Estado e não esteja
vinculada a operação ou prestação
subseqüente.
@ritmodecontadora
@ritmodecontadora
1- As obrigações tributárias dividem-se em principais e 
acessórias. Dentre as alternativas relacionadas, assinale a 
que corresponde a uma obrigação principal.
A) Escrituração dos livros fiscais.
B) Emissão da nota fiscal de venda de mercadoria ou 
serviço.
C) Cálculo do saldo credor de ICMS por uma empresa 
exportadora.
D) Pagamento dos tributos incidentes sobre a 
prestação de serviços de qualquer natureza.
RESPOSTA CORRETA: D
@ritmodecontadora
2- De acordo com a Lei nº 5172/1966 (Código Tributário Nacional), em seu 
art. 113, as obrigações tributárias se dividem entre principais e acessórias. 
Dentre as listadas a seguir, todas são obrigações acessórias, EXCETO:
A) Pagamento do tributo devido.
B) Preparação e envio das declarações exigidas pelo 
Fisco.
C) Escrituração das operações de circulação de 
mercadoria.
D) Emissão da nota fiscal de venda de mercadoria ou 
serviço.
RESPOSTA CORRETA: A
@ritmodecontadora
3-A Sociedade Empresária adquiriu, a prazo, mercadorias para revenda pelo valor de R$
300.000,00, com incidência de ICMS de R$ 51.000,00 incluído na NF. Adicionalmente, pagou, à
vista, R$ 5.000,00 a título de frete para transporte das mercadorias, sem incidência de ICMS.
Tendo como referência apenas essas informações apresentadas, o lançamento contábil que
melhor registra essa operação é:
A) DÉBITO Mercadorias para Revenda – R$ 
254.000,00 
DÉBITO ICMS a Recuperar R$ 51.000,00
CRÉDITO Fornecedores R$ 249.000,00 
CRÉDITO Caixa R$ 5.000,00
B) DÉBITO Mercadorias para Revenda – R$ 
254.000,00
DÉBITO ICMS a Recuperar R$ 51.000,00
DÉBITO Fretes e Carretos – Despesa Administrativa 
R$ 5.000,00
CRÉDITO Fornecedores R$ 300.000,00
CRÉDITO Caixa R$ 5.000,00
C) DÉBITO Mercadorias para Revenda – R$ 
254.000,00 
DÉBITO ICMS a Recuperar R$ 51.000,00
CRÉDITO Fornecedores R$ 300.000,00 
CRÉDITO Caixa R$ 5.000,00
D) DÉBITO Mercadorias para Revenda – R$ 
249.000,00 
DÉBITO ICMS – Despesas Tributárias R$ 51.000,00 
CRÉDITO Caixa R$ 5.000,00
CRÉDITO Fornecedores R$ 254.000,00
RESPOSTA CORRETA: C
@ritmodecontadora
3-A Sociedade Empresária adquiriu, a prazo, mercadorias para revenda pelo valor de R$
300.000,00, com incidência de ICMS de R$ 51.000,00 incluído na NF. Adicionalmente, pagou, à
vista, R$ 5.000,00 a título de frete para transporte das mercadorias, sem incidência de ICMS.
Tendo como referência apenas essas informações apresentadas, o lançamento contábil que
melhor registra essa operação é:
NF
51.000 ICMS
V= 300.000
5.000
Conhecimento 
de transporte
Frete faz parte do CUSTO
da aquisição da
mercadoria, independente,
de ser terceirizado ou não.
249.000 300.000
5.000
254.000 - - 300.000
51.000 5.000
51.000 - - 5.000
Mercadorias
ICMS a Recuperar
Fornecedores
Caixa
RESPOSTA CORRETA: C
@ritmodecontadora
4- Com base nos dados abaixo, informe qual a base de
cálculo p/ o ICMS.
- Valor total dos produtos: R$ 856,00
- Desconto concedido: R$ 6,99
- Frete cobrado na nota fiscal: R$ 21,00
Para lembrar:
IPI nesse caso 
não entraria na 
Base de cálculo 
(BC).
Base de Cálculo = 856 – 6,99 + 21,00
Base de Cálculo = 870,01
@ritmodecontadora
5- Com base nas informações abaixo calcule o ICMS a 
recolher no mês.
Valor total dos produtos vendidos: R$ 225.355,00
Valor total de IPI destacados na NF: R$ 21.000,00 
Alíquota 18%
Valor total das entradas (compras) dentro estado: R$ 
85.000,00
Valor total das entradas (compras) fora do estado: R$ 
32.000,00 
Alíquota interna 18%
Alíquota interestadual 12%
Separa as BC (Base de Cálculo) c/ 
IPI e s/ IPI.
10% Vendas para consumidor
Fora/consumidor 
visualiza.
@ritmodecontadora
5- Com base nas informações abaixo calcule o ICMS a 
recolher no mês.
BC ICMS à Recolher:
1. 225.355+21.000 = 246.355
246.355*10% = 24.635,50
24.635,50*18% = 4.434,39 ICMS a 
recolher. 
2. 225.355x90% = 202.819,50x18% = 
36.507,51 ICMS a Recolher
Débito do ICMS = 4.434,39 + 36.507,51 
= 40.941,90
BC ICMS à Recuperar:
1. Dentro (SP): 8.500*18% = 15.300 
ICMS a Recuperar
2. Fora (SP)
32.000*12% = 3.840 ICMS a 
Recuperar
Crédito = 15.300 + 3.840
Crédito = 19.140
Apuração = Débito – Crédito
Apuração = 40.941,90 – 19.140 = 
21.891,90 Gare (ICMS à Recolher)
@ritmodecontadora
1- Com base nos dados abaixo, informe qual a base de 
cálculo p/ o ICMS.
Empresa industrial com produção total para revendedoras
Valor total dos produtos: R$ 250,00
ICMS ST: 15,00
Seguro cobrado na NF: 2,50
IPI: 25,00
Resolução:
BC ICMS = 250 + 2,50 = 252,00
Comentários:
Não soma IPI, porque é uma
REVENDA.
Não faz parte da obrigação
própria ICMS ST, é calculado a
parte próximo repassa.
Toma si a obrigação.
@ritmodecontadora
2- Com base nas informações abaixo calcule o ICMS a 
recolher no mês.
Valor total da produção para revendedores: R$ 300.000,00
Valor total de IPI destacados na NF