A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Antropologia e Cultura brasileira Prova N2 _ Passei Direto

Pré-visualização | Página 1 de 2

Impresso por Catia, CPF 975.097.100-06 para uso pessoal e privado. Este material pode ser protegido por direitos autorais e não pode
ser reproduzido ou repassado para terceiros. 24/09/2020 21:29:48
 
 
 
 Resposta Correta: 
As asserções I e II são proposições verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da I. 
 Feedback da Resposta Incorreta. As duas asserções estão corretas, colonos europeus vinham ao Brasil resposta:
 também com o objetivo de miscigenação e branqueamento da população que, constituía-se na época de muitos negros 
 africanos e de índios, também não brancos. 
 
 Pergunta 2 1 em 1 pontos 
 Os homens são vistos como, sobretudo, ligados às ocupações da esfera da vida econômica e política e responsáveis por 
 elas, enquanto as mulheres seriam responsáveis pelas ocupações da esfera privada da domesticidade e reprodução. As 
 mulheres têm sido vistas como “naturalmente” inadequadas à esfera pública, dependentes dos homens e subordinadas à 
família. 
 SCHIMITT, M. Antropologia e Cultura Brasileira. Capítulo 4. Disponível na Biblioteca Virtual Laureate. 
 Considerando o texto e seus estudos anteriores: 
 I. Essa visão explica a pequena quantidade de mulheres em cargos de liderança. 
 II. Essa é uma visão de realidade já ultrapassada, hoje a mulher precisa trabalhar e dividir despesasIII. 
 Essa é uma visão de realidade onde as mulheres têm uma valoração negativa. 
 IV. Essa visão retrata um padrão idealizado de realidade com divisão de responsabilidades e igualdade de direitos 
É correto o que se afirma apenas em: 
 Resposta Selecionada: I e III. 
 Resposta Correta: I e III. 
 Feedback da Resposta Correta. Ao ser considerada “naturalmente” inadequada à esfera pública, resposta:
 dependente dos homens e subordinada à família a mulher fica em posição inferior, com valoração negativa. Com 
 essa visão, as mulheres que ingressam no mercado de trabalho, têm maior dificuldade em galgar cargos de liderança. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
← 
Impresso por Catia, CPF 975.097.100-06 para uso pessoal e privado. Este material pode ser protegido por direitos autorais e não pode
ser reproduzido ou repassado para terceiros. 24/09/2020 21:29:48
 
 
 Pergunta 3 1 em 1 pontos 
 Conforme o último censo realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (BRASIL, 2010), o Brasil é um 
 país que apresenta grande diversidade religiosa. Devido ao fato de, até o final do século XIX, o catolicismo ter sido a 
 religião oficial do país, ainda hoje a maioria dos brasileiros se declara católico. 
 SCHIMITT, M. Antropologia e Cultura Brasileira. Capítulo 4. Disponível na Biblioteca Virtual Laureate. A 
 partir do texto apresentado, considera-se correto o que se afirma em: 
 Resposta Selecionada: A religião católica é dominante no Brasil. Resposta 
 Correta: A religião católica é dominante no Brasi l.
 Feedback da Resposta Correta. A maioria dos brasileiros é católica (64,6%) apesar do catolicismo vir resposta:
 perdendo fiéis para o segmento evangélico. 
 
 Pergunta 4 1 em 1 pontos 
 É comum, no entanto, pensamos nos índios de forma genérica, como um ser humano que vive nu na mata, caça com 
 arco e flechas, mora em ocas, come mandioca, cultua Tupã e fala Tupi. Mas, na realidade, o termo “índio” é definido em 
 oposição a “branco”. Esse índio ideal do senso comum não existe, sendo que o que temos são diversas etnias com suas 
 próprias línguas, costumes e visões de mundo, como os bororós, os pataxós e os xavantes. 
 LAAI, T. Antropologia e Cultura Brasileira. Capítulo 2.(Apostila) 
 
 Considere as asserções abaixo e a relação proposta entre elas. 
 
 I. A representatividade das culturas indígenas nas artes e no entretenimento está, na maioria das vezes, vinculada a um 
passado colonial idealizado. 
 
PORQUE 
 
 II. Atualmente, segundo a lei, o índio é um cidadão brasileiro, pertencente a minoria étnica, com seus costumes e 
valores. 
 
É correto afirmar que: 
Resposta 
Selecionada: 
Resposta Correta: 
 
 As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da I. 
 
 As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da I. 
 Feedback da Resposta Correta. A representatividade e o conhecimento da cultura indígena são resposta: 
 pequenos devido a qualidade ruim e pequena quantidade de exposição na mídia. 
 
 Pergunta 5 1 em 1 pontos 
 Depois de instalar os engenhos de açúcar na colônia, por uma questão econômica e a necessidade de mão de obra 
 qualificada para trabalhar nos engenhos, Portugal começa a investir no tráfico de escravos. O primeiro navio de escravos 
 chega a Salvador a partir de 1560. Para a historiadora Marli Geralda “A característica da economia decidiu o tipo de 
 escravidão, o africano era considerado como uma coisa que falava”. “Duas forças permitiram que a escravidão 
 permanecesse no Brasil: pressão externa (dos traficantes de escravos, comércio que gerava muito dinheiro) e condição 
 interna (a produção agrícola de cana- -açúcar de que precisava de mão de obra especializada)”, diz.
Impresso por Catia, CPF 975.097.100-06 para uso pessoal e privado. Este material pode ser protegido por direitos autorais e não pode
ser reproduzido ou repassado para terceiros. 24/09/2020 21:29:48
 
A escravidão no Brasil colônia. Universia Brasil, 2012. Disponível em: < htt 
 p://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2012/02/28/914494/escravido-no-brasil-colonia.html>. Acesso em: 20 
de jun. 2019. 
Considerando o texto acima e seus estudos anteriores, assinale a alternativa 
correta: 
 Resposta 
 Selecionada: Os escravos eram necessários para a produção de cana de açúcar e também para produção de 
café, algodão e tabaco. 
 Resposta Correta: 
 Os escravos eram necessários para a produção de cana de açúcar e também para produção de 
café, algodão e tabaco. 
 Feedback da Resposta Correta. O comércio de escravos atendia a necessidade de mão de obra resposta:
 especializada e barata para a produção de cana de açúcar, café, algodão e tabaco em território colonial, para atender o 
 crescente consumo europeu. 
 
 Pergunta 6 1 em 1 pontos 
 REALIDADE E FICÇÃO A SERVIÇO DA INDÚSTRIA DO ENTRETENIMENTO: 
 DO CRASH DE 1929 AOS DIAS ATUAIS. 
Mauro Alencar 
 Fruto da maior crise econômica da História, o crash da Bolsa de Nova York, em 1929, a radionovela estabeleceu 
 as bases para o gênero que a sucedeu no imaginário popular: a telenovela que, com sua grande propagação por entre os 
 telespectadores, tem como uma de suas características a apropriação da realidade como matéria prima. Nela, realidade e 
 ficção tomam formas cada vez mais parecidas, uma acaba inspirando a outra. De tão forte que é este movimento, a 
 realidade também passou, com o correr do tempo, a se inspirar na telenovela e ser influenciada por ela. E tal realidade só 
 é possível porque há uma sociedade que a constrói coletivamente, dia a dia, de acordo com seus dogmas, culturas, 
 idiossincrasias e problemáticas. Hoje, o que vemos na TV é um constante diálogo entre a telenovela e a sociedade 
 brasileira, um movimento de espelho entre ambas. ALENCAR, Mauro. Realidade e ficção a serviço da indústria do 
 entretenimento: do crash de 1929 aos dias atuais. Antropologia da Novela, 2019. Disponível em: <h 
 ttps://antropologiadanovela.wordpress.com/2014/08 /04/mauro-alencar/>. Acesso em: 12 de jun. de 2019. 
 
 Como as telenovelas se relacionam com a antropologia? 
 I – A antropologia que estuda a brasilidade estuda as telenovelas. 
 II – As telenovelas expõem práticas sociais da brasilidade. 
III – Na novela realidade e ficção estão interligadas. 
 IV – A antropologia no Brasil é indiferente em relação às telenovelas.Selecione a alternativa que aponta os itens 
corretos: 
 Resposta Selecionada: I, II e III, apenas. 
 Resposta Correta: I, II e III,