A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
AVALIAÇÃO II

Pré-visualização | Página 1 de 2

Disciplina:
	Comunicação e Linguagem (ADG08)
	Avaliação:
	Avaliação II - Individual FLEX ( Cod.:648492) ( peso.:1,50)
	Prova:
	22275770
	Nota da Prova:
	10,00
	
	
Legenda:  Resposta Certa   Sua Resposta Errada   Questão Cancelada
Parte superior do formulário
	1.
	O texto a seguir foi retirado de uma reportagem publicada em um site de notícias. Dele foram suprimidas palavras e expressões que mantinham a coesão textual e tornavam a mensagem clara e objetiva. Assinale a alternativa CORRETA em que as expressões substituem as palavras "embora", "segundo" e "quando", respectivamente, mantêm o mesmo sentido das orações:
" [...] Embora os problemas que a poluição luminosa causa às observações astronômica tenham se intensificado nos últimos anos, eles não são de hoje. Segundo o pesquisador Vladímir Jearim Peña Suárez, do Projeto Olhai pro Céu Carioca, do Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST), unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, quando o campus do Observatório Nacional do Rio de Janeiro foi transferido para o Morro de São Januário, em São Cristóvão, em 1922, a região era considerada suburbana, com uma densidade de população pequena e isolada [...]".
FONTE: <https://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/poluicao-luminosa-de-grandes-cidades-faz-estrelas-desaparecerem-do-ceu-e-pesquisas-minguarem.ghtml>. Acesso em: 18 jun. 2018.
	 a)
	Consoante - todavia - porque.
	 b)
	Apesar de - conforme - na ocasião.
	 c)
	Como - porém - caso.
	 d)
	Enquanto - pois - contudo.
	2.
	Todo texto possui uma intenção comunicativa principal. Para que a mensagem se adeque à finalidade de sua produção, é importante que saibamos caracterizar os diferentes tipos de textos. Sobre os tipos textuais, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) O texto dissertativo expõe opiniões sobre determinado assunto ou tema de forma coerente utilizando predominantemente o pretérito perfeito do indicativo.
(    ) A classificação de um texto considera a predominância das características pertinentes a uma determinada tipologia e, dificilmente, um texto terá somente elementos de um único tipo textual.
(    ) O texto descritivo caracteriza-se pelo uso predominante de substantivos e adjetivos para descrever algo ou alguém e auxiliar o leitor a criar uma imagem mental do que foi descrito.
(    ) O texto narrativo é muito utilizado no jornalismo e na literatura, pois discute e informa o leitor, sendo os conectores, os elementos coesivos responsáveis pelo encadeamento de ideias.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	V - V - V - F.
	 b)
	V - F - V - F.
	 c)
	F - V - V - F.
	 d)
	F - F - F - V.
	3.
	O texto a seguir é uma fábula de Monteiro Lobato. Um tipo textual possui características que se sobrepõem a elementos que seriam pertinentes a outros tipos. Portanto, as tipologias textuais não conterão apenas elementos de uma categoria. Leia o texto com atenção e analise as seguintes afirmativas:
A coruja e a águia
Coruja e águia, depois de muita briga resolveram fazer as pazes.
- Basta de guerra - disse a coruja.
- O mundo é grande, e tolice maior que o mundo é andarmos a comer os filhotes uma da outra.
- Perfeitamente - respondeu a águia.
- Também eu não quero outra coisa.
- Nesse caso combinemos isso: de agora em diante não comerás nunca os meus filhotes.
- Muito bem. Mas como posso distinguir os teus filhotes?
- Coisa fácil. Sempre que encontrares uns borrachos lindos, bem-feitinhos de corpo, alegres, cheios de uma graça especial, que não existe em filhote de nenhuma outra ave, já sabes, são os meus.
- Está feito! - concluiu a águia.
Dias depois, andando à caça, a águia encontrou um ninho com três monstrengos dentro, que piavam de bico muito aberto.
- Horríveis bichos! - disse ela. - Vê-se logo que não são os filhos da coruja.
E comeu-os.
Mas eram os filhos da coruja. Ao regressar à toca a triste mãe chorou amargamente o desastre e foi ajustar contas com a rainha das aves.
- Quê? - disse esta admirada. - Eram teus filhos aqueles monstrenguinhos? Pois, olha não se pareciam nada com o retrato que deles me fizeste...
Moral da história: Para retrato de filho ninguém acredite em pintor pai. Já diz o ditado: quem ama o feio, bonito lhe parece.
I- O texto anterior pertence à tipologia argumentativa, pois apresenta a opinião da coruja sobre os filhotes e seu argumento para a águia não comê-los.
II- O texto anterior pertence à tipologia narrativa, pois, de forma geral, relata uma história e apresenta personagens.
III- No trecho "Sempre que encontrares uns borrachos lindos, bem-feitinhos de corpo, alegres, cheios de uma graça especial, que não existe em filhote de nenhuma outra ave, já sabes, são os meus", observam-se traços descritivos, pois a personagem se utilizada de adjetivos para caracterizar seus filhotes.
IV- O narrador, neste texto, participa da história fazendo uso do discurso direto.
Assinale a alternativa CORRETA:
FONTE: LOBATO, Monteiro. Fábulas. 20. Ed. São Paulo: Brasiliense, [s/d].
	 a)
	As afirmativas II e III estão corretas.
	 b)
	As afirmativas II e IV estão corretas.
	 c)
	Somente a afirmativa III está correta.
	 d)
	Somente a afirmativa I está correta.
	4.
	A coesão e a coerência são mecanismos que aparecem bastante relacionados no texto. Geralmente, quanto mais coeso for um texto, mais ele será coerente, pois sua organização gramatical irá influenciar em seu sentido. Sobre a coesão e a coerência textuais, analise as sentenças a seguir:
I- A coerência estabelece uma relação de sentido entre as ideias e está ligada ao plano do conteúdo.
II- A coesão diz respeito aos recursos da língua usados para "costurar" o texto, articular suas partes e está ligada ao plano gramatical.
III- A construção de um bom texto depende dos elementos linguísticos e de sua organização, bem como do conhecimento de mundo partilhado pelo autor e pelo leitor, além do contexto de situação comunicativa em que o texto foi produzido.
IV- O uso inadequado dos elementos coesivos (além disso, ao contrário, porém, realmente, exceto etc.,) pode gerar mudanças nos aspectos formais do texto, sem gerar mudanças nas ideias.
Assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	As sentenças I, II e III estão corretas.
	 b)
	As sentenças II, III e IV estão corretas.
	 c)
	As sentenças II e IV estão corretas.
	 d)
	As sentenças I, III e IV estão corretas.
	5.
	Os tipos textuais podem variar, dependendo da organização, intenção e estrutura do texto. Tendo isso em consideração, leia o fragmento e analise as seguintes sentenças:
Texto 1
"Dario vinha apressado, guarda-chuva no braço esquerdo e, assim que dobrou a esquina, diminuiu o passo até parar, encostando-se à parede de uma casa. Por ela escorregando, sentou-se na calçada, ainda úmida de chuva, e descansou na pedra o cachimbo. Dois ou três passantes rodearam-no e indagaram se não se sentia bem. Dario abriu a boca, moveu os lábios, não se ouviu resposta. O senhor gordo, de branco, sugeriu que devia sofrer de ataque (...)". (Dalton Trevisan - Uma vela para Dario).
FONTE: TREVISAN, D. Uma vela para Dario. Cemitério de Elefantes. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1964 (adaptado).
Texto 2
"Ficara sentada à mesa a ler o Diário de Notícias, no seu roupão de manhã de fazenda preta, bordado a sutache, com largos botões de madrepérola; o cabelo louro um pouco desmanchado, com um tom seco do calor do travesseiro, enrolava-se, torcido no alto da cabeça pequenina, de perfil bonito; a sua pele tinha a brancura tenra e láctea das louras; com o cotovelo encostado à mesa acariciava a orelha, e, no movimento lento e suave dos seus dedos, dois anéis de rubis miudinhos davam cintilações escarlates."
(O Primo Basílio, Eça de Queiroz)
I- O texto 1 apresenta predominantemente narração.
II- O texto 2 apresenta predominantemente descrição.
III- Ambos os textos apresentam predominantemente dissertação.
Assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	Somente a sentença II está correta.
	 b)
	As sentenças I e II estão corretas.
	 c)
	Somente a sentença I está